BRASIL - FALTA DE AUTORIDADE DO ESTADO ?

  • 5 Respostas
  • 3048 Visualizações
*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
BRASIL - FALTA DE AUTORIDADE DO ESTADO ?
« em: Maio 15, 2006, 09:34:12 am »
Citar
Brasil: ataques fazem 52 mortos

2006/05/14 | 16:30 IN: portugaldiario.iol.pt

É a maior acção contra as forças de segurança

Uma segunda madrugada sangrenta foi vivida este domingo em São Paulo, com ataques a bases policiais promovidos pela facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) que aumentaram para 52 o número de mortos.


Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os mortos são 35 polícias, 14 criminosos e três civis. O último balanço era de 32 mortos.

O total de feridos é de 53, sendo 24 polícias militares, cinco polícias civis, cinco guardas metropolitanos, dois agentes de segurança, oito civis e seis alegados criminosos. A onda de violência chegou também às prisões do Estado, onde foram verificadas 36 rebeliões simultâneas, com mais de 120 reféns.

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, em pelo menos 16 penitenciárias do Estado de São Paulo os presos ainda mantêm dezenas de reféns na manhã de hoje.

Esta é a maior acção contra as forças de segurança já ocorrida no Estado de São Paulo.

As autoridades paulistas afirmaram que os ataques foram represálias à transferência de 765 presos, subordinados aos líderes do PCC, para uma penitenciária de segurança máxima em Presidente Venceslau, a 620 quilómetros de São Paulo.

Outros 10 a 15 presos, considerados os líderes da facção criminosa, foram transferidos para o Departamento de Investigações sobre o Crime Organizado, da Polícia Civil, na zona norte de São Paulo, e depois levados para uma penitenciária no interior do Estado, cuja localização não foi divulgada por motivos de segurança.

O governador Cláudio Lembo admitiu que já esperava as «consequências» pelo transferência dos reclusos.
«Nós não estamos com bravatas nem com timidez. Estamos com a segurança de quem cumpre a lei e o Estado de Direito», referiu.

Entretanto, o ministério da defesa já prometeu apetrechar as forças de segurança de São Paulo depois de vários agentes terem denunciado a desigualdade de meios para combater os ataques.

Aos carros potentes dos criminosos, os agentes respondem com viaturas antigas e de baixa cilindrada.

Às armas de topo dos marginais, os polícias têm de reagir com revólveres velhos que encravam a cada passo.


Depois do assalto recente efectuado por um grupo de marginais a uma instalção do Exército no Rio de Janeiro, do qual resultou o roubo de algumas armas, e da reacção das FA's brasileiras contra as favelas onde os supeitos do assalto estariam refugiados, agora esta situação a fazer lembrar os piores dias em Bagdad.

Haverá no Brasil uma situação de falta de autoridade do Estado?
 

*

antoninho

  • Perito
  • **
  • 562
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Maio 15, 2006, 06:19:32 pm »
Segundo deu para perceber nas noticias, ouvidas por mim e por todos, transmitidas na tv, o problema  foi antes as diversas autoridades, fazerem acordos com os gangues, ora isso não se pode fazer num estado de direito, haver territorio nacional, na mão de meia duzia de criminosos onde a policia não vai, nem qualquer autoridade é inadmissivel.
Depois quando se quebra isso vem a violência desses grupos e qual é o espanto, então não é que já haver politicos a dizer que se tem de chegar a acordo para acabar com tal situação.
Pobre do país que por aí vai não, não chega longe o seu fim como nação.
Não pode haver parcela que seja  do territorio nacional, onde não possa haver autoridade, pois essa é a nossa defesa quer como cidadãos quer como territorio nacional, se um grupo se sente marginalizado e decide que o espaço que ocupa é deles e mais de nimguem, desculpem mas isso é o quê?
Aqui em Portugal já estamos a assistir a isso e os politicos de meia tigela, cobardes que são não dão a autoridade a quem de direito para emendar a situação que começa por ser erradicar essas zonas incluir toda essa população na sociedade e mão dura nos parasitas que a coberto aí residem.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #2 em: Maio 15, 2006, 06:24:45 pm »
O que há é muito bandido sem-vergonha.

Esta situação está a ultrapassar os limites do aceitavel.

eu creio que poucos países teriam capacidade para estabelecer a ordem quando grupos de bandidos armados decidem coordenar ataques utilizando telemóveis.

Também há outras questões que não podemos esquecer, e que têm a ver com as questões internas.

Quando falamos de autoridade do estado, estamos também a falar na autoridade do Estado de São Paulo e não na autoridade do Estado-Nação como conhecemos em Portugal.

Na televisão o governador de São Paulo veio dizer que não era preciso intervenção do governo central, nomeadamente do exército, porque isso implica dar autoridade dentro do estado a uma entidade supra-estatal.

Não podemos esquecer que no governo do estado de São Paulo e em Brasilia (governo federal), estão partidos politicos diferentes, e ninguém quer ficar com a imagem de "incompetente" que não foi capaz de garantir a ordem pública.

= = =

Desta história toda, ficam os mortos, e um ataque coordenado que poderia ter resultados trágicos.

Se esse movimento se transformasse numa "guerrilha urbana" isso seria trágico.

Hoje de manhã, no sul de São Paulo foi o caos, porque a maioria das empresas de transportes não começaram a trabalhar logo de manhã e havia milhares de pessoas nas ruas.

Se esses grupos quisessem provocar instabilidade, poderiam efectuar atentados terroristas entre a população com bombas, e sería uma tragédia.

= = =

E depois vem o Lula dizer que o problema é falta de cultura.
Se calhar até é, mas o que é que ele quer fazer?
Enviar os bandidos para a escola para eles aprenderem a ser bonzinhos?

Em minha opinião, perante um ataque desta magnitude à autoridade (do Estado como do país) não pode haver grandes pruridos na repressão.

Cumprimentos
 

*

Nuno Bento

  • Perito
  • **
  • 339
  • Recebeu: 7 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Maio 17, 2006, 06:29:45 am »
A meu ver o culpado nº 1 disto tudo é a pobreza em que vive a maior parte da população brasileira. com muitas assimetrias sociais.
No brasil existem os muito ricos em condominio fechado e o resto que na sua maioria vivem na mizeria. Resultado revolta das classes mais desfavorecidas corrupção e crime. Mais a policia e o exercito tem salarios de miseria por isso são facilemte corrumpiveis (vejam o filme a cidade de Deus).
E depois vem falar em armas nucleares em porta aviões e em serem uma potencia regional . Primeiro tem de arrumar a casa e darem condições de via as populações so assim resolvem esse problema.
O brasil neste fim de semana parecia Bagdad com a diferença dos bandidos não serem suicidas.
Esta guerra não se resolve com o exercito ou com armas resolve se e com politicas economicas e de combate a corrupção.  Pois como dizem os brasileiros quem nada tem tem de se virar . Dai que para os residentes nas favelas a unica saida seja o crime.
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Maio 17, 2006, 04:59:10 pm »
Tem razão Nuno, e isso é trabalho para mais que uma geração.

Mas tem que se começar a fazer, ou a sociedade brasileira começará a entrar em crise.

A maior ameaça à integridade de um estado é a desestabilização social.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #5 em: Maio 17, 2006, 06:10:04 pm »
Eu não estou em desacordo, mas também pergunto, porque é que este tipo de coisas acontece no Estado de São Paulo.

Em São Paulo, no norte do Paraná e no Mato Grosso do Sul.

Há problemas politicos demasiado estranhos por detras de tudo isto, nomeadamente a incapacidade por parte do governo do estado de São Paulo em debelar a revolta.

O governo do estado não quis pedir intervenção do exército, afirmando que o estado podia debelar o problema, mas ao mesmo tempo fica-se com a impressão que o que fizeram foi "negociar".

O governo de São Paulo não quis prejudicar o partido, dando "munições" que pudessem ser utilizadas na campanha eleitoral.

Há demasiados problemas, há os problemas da exclusão, com certeza, mas há também outros problemas.

A facilidade com que se corrompem os guardas prisionais, a facilidade com que se entra nas prisões etc...

Curiosamente, entra-se com facilidade nas prisões brasileiras, mas para sair fica mais complicado.

A sociedade criou um extrato de pessoas, que não conhecem outra realidade que não seja a violência e aquele tipo de vida. Há pessoas que nasceram filhos de pais que viveram na prisão e morreram na prisão e não conhecem outra vida.

Mas não podemos confundir a incapacidade dos governos em resolver problemas sociais com a permissividade de alguns governos.

No Rio de Janeiro, por exemplo, nos anos 80, quando da abertura politica, o governador do Rio de Janeiro, Leonel Brizola, aprovou regras que proibiam a policia de entrar nas favelas, transformando-as em micro-estados semi-independentes. Muita da violência foi criada pela chamada "esquerda festiva", embora tenha que se reconhecer, que seria injusto imputar-lhe todas as responsabilidades.

Cumprimentos
 

 

182 anos da independencia "politica" do Brasil

Iniciado por fredom

Respostas: 4
Visualizações: 3314
Última mensagem Setembro 08, 2004, 05:28:42 pm
por Ricardo Nunes
Soldados do Brasil ajudam em enchentes e incêndios no Haiti

Iniciado por Guilherme

Respostas: 9
Visualizações: 4569
Última mensagem Agosto 30, 2005, 08:06:32 pm
por J.Ricardo
Presença do Brasil no Conselho de Segurança em 2004/2005

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 0
Visualizações: 2038
Última mensagem Janeiro 05, 2006, 05:54:26 pm
por J.Ricardo
França admite vender material militar ao Brasil

Iniciado por Lancero

Respostas: 1
Visualizações: 2989
Última mensagem Fevereiro 18, 2008, 02:58:50 am
por Jorge Pereira
BRASIL: O PRIMEIRO DISTINTIVO DE QUALIFICAÇÃO PÁRA-QUEDISTA

Iniciado por Miguel Silva Machado

Respostas: 3
Visualizações: 2876
Última mensagem Fevereiro 28, 2009, 10:51:25 am
por Cabeça de Martelo