Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique

  • 52 Respostas
  • 16031 Visualizações
*

Guilherme

  • Perito
  • **
  • 380
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #15 em: Maio 05, 2004, 03:07:13 pm »
Seria interessante Brasil e Portugal realizarem manobras militares conjuntas, em território português e/ou brasileiro, semelhantes à manobras militares que o Brasil realiza com Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile.
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #16 em: Maio 05, 2004, 03:14:04 pm »
Eu estou de acordo consigo.

Assim houvesse vontade política de parte a parte para isso.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +12/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #17 em: Maio 05, 2004, 04:59:41 pm »
Já foram feitos uns pequenos exercicios no Brasil há uns anos atrás, no âmbito da CPLP. Os seguintes foram feitos (creio que no fim do ano passado ou já este ano) em Moçambique, mas por falta de dinheiro, foram jogos de computador, em que se treinaram alguns militares, considerando os meios de que cada um podería dispôr.

Não sei se houve alguma vantagem que permita a sua utilização em tácticas futuras.

Na verdade, a cooperação militar entre Portugal  e o Brasil, tem uma quantidade de problemas de dificil resolução.

 :arrow: Meios militares que inevitavelmene teriam que ser adaptados á realidade Brasileira, dado em qualquer circustância a liderânça de operações ser sempre do Brasil, por razões óbvias.

 :arrow: Standardização em equipamentos NATO por parte de Portugal e uma certa independência por parte do Brasil, que leva o país a utilizar equipamentos das mais diversas proveniências.

Já qui referimos a questão do golfo da Guiné e o petroleo, unica região onde eventualmente haveria lugar a alguma cooperação entre os dois países. No entanto, não sei em que ponto está a capacidade da marinha Brasileira para agir longe do seu territorio.

Não sei por exemplo em que condições estará o Brasil para formar um grupo de combate, com o Porta-Aviões, as fragatas Niteroi e o/os LST's de desembarque, a 5.000 Km da costa.

O outro problema, naturalmente, tem a ver com o custo de exercicios longe do território.

De qualquer forma também é verdade que os exercicios são a única forma de testar a operacionalidade das forças. O que provavelmente ocorre quer no Brasil quer em Portugal é que as chefias olham para os meios de que dispõe e chegam á conclusão de que "... é melhor nem começar... "

Cumprimentos
 

*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +3/-8
(sem assunto)
« Responder #18 em: Maio 05, 2004, 05:00:32 pm »
Guilherme:

Seria mesmo muito interessante. Especialmente para as tropas Portuguêsas treinarem em ambiente de selva tropical. Seria um lugar ideial para mandar o DOE dos fuzileiros especialistas em operações em ambientes tropicais.

Portugal e Brasil deviam ter um relacionamento tal qual os USA têm com a UK. Apesar de Portugal fazer parte da NATO, seria sempre preferível aos dois países atuarem em conjunto em situações internacionais, onde por exemplo a ONU faz um requisito de tropas.

Até seria interessante, talvéz não no momento, mas num futuro próximo, os Portuguêses e os Brasileiros praticarem operações anfibias com os fuzileiros de ambas as nações, e contando com o suporte aéreo vindo do porta-aviões Brasileiro. Assim poderiam começar a preparár-se para situações onde as duas FA podem vir a intervir em conjunto, dentro do espaço geográfico que interessa aos dois países.

Seria uma forma excelente dos Brasileiros começarem a "flexar" os músculos a nível internacional, e para nós "ajudar-mos" vcs a aumentar ainda mais essa projeção do Brasil como potência militar. E claro, seria bom p'ra nós tb porque seria uma boa forma de aumentar, e manter as nossas capacidades militares.

É a minha opinião... :mrgreen:
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #19 em: Maio 06, 2004, 01:40:11 pm »
Papatango

É exatamente por causa das dificuldades que ambos os países terão para actuar tão longe das suas águas, que seria vantajoso propôr a S. Tomé a construção de uma pequena base naval conjunta.

E esta base naval, e de apoio até poderia ser esporádicamente e a pedido, disponibilizada a países amigos.

Olhe que se não formos nós, os EUA avançam, rápidamente e em força, como dizia o outro...
 

*

J.Ricardo

  • Perito
  • **
  • 311
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #20 em: Setembro 21, 2004, 12:56:06 am »
Vi alguns comentários que merecem nota, por exemplo: não podemos comparar o relacionamento Brasil/Portugal com o relacionamento EUA/UK, estes últimos são potências econômicas com interesses em comum, enquanto Brasil e Portugal estão longe de ser potências daquela magnitude, os interesses dos dois países também raramente são convergentes, tornando-se difícil uma oportunidade para que possam atuar em conjunto, até porque ambos tem limitações orçamentária que tornam quase proibitivos ações muito vultuosas. Quanto ao comentário do Guilherme, estão equivocados quanto a governo Lula (não sou petista e muito menos votei nele!!!), mas com FHC (ex-presidente) mandamos no máximo 90 (tisc) soldados para uma missão importantíssima como foi (e o é) a intervenção no Timor Leste, já no governo Lula mandamos 1.200 soldados para o Haíti (país sem nenhum laço cultural ou econômico conosco), fora que estamos sem os caças fx por culpa dele, pois em seu mandato foi escolhido o Gripen como melhor opção, mas faltou-lhe coragem para compra-los, deixando o onus da compra para o futuro presidente, também deve ser dito que por culpa de sua equipe econômica que destinava pouquíssimos recursos para para a defesa, ainda estão nos estaleiros a corveta Barroso e o sub Tikuna, ainda se lembrarmos bem, a todo momento os almirantes da marinha reclamavam da insignificante quantia que lhes era destinada para o projeto do SNA.
 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #21 em: Julho 27, 2010, 03:44:09 pm »
Peço perdão pela necromancia, mas passados seis anos, e o panorama mundial se transformou de sobremaneira que certos assuntos dados como mortos mereçam ser trazidos de volta à tona.

E creio que a aliança militar não deva se restringir aos exercícios FELINO, mas ser de fato efetiva, com disponibilidade de pessoal para atuar. Essa aliança poderia ter resolvido parte (se não toda) da questão de Guiné-Bissau.

O Brasil tá começando a por suas garras de fora, a começar pelo novo avião de transporte militar a substituir os Hercules, de projeto brasileiro e no qual Portugal pode participar da fabricação, passando por uma provável base militar brasileira na Namíbia, e também podemos citar o arrojo da marinha portuguesa contra os piratas somális. Acho que aquele assunto de base militar luso-tupi-angolana em Sao Tomé & Príncipe pode voltar a ser discutido, não acham?
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #22 em: Julho 27, 2010, 04:07:09 pm »
A CPLP pode muito bem criar uma força militar conjunta para intervir nao so no espaço lusofono como em missoes da ONU...

Uma excelente ideia seria tambem a criaçao de uma força comum de Proteçao Civil, coisa que nao existe ainda em lado algum, julgo eu . Esta força poderia intervir em caso de catastrofe natural ou ecologica, evacuaçao de populaçoes em caso de guerra civil, etc

PS. A Marinha portuguesa cumpre muito bem a sua missao de combate à pirataria mas falar de "arrojo" talvez seja um bocado exagerado pois o inimigo em questao é do mais modesto que existe : pescadores maltrapilhos em barcos de madeira e armados de velhos bacamartes :)
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2030
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +1/-0
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #23 em: Julho 27, 2010, 04:35:50 pm »
Citação de: "legionario"
pescadores maltrapilhos em barcos de madeira e armados de velhos bacamartes :)

Velhos bacamartes uma ova.. têm mas é AK-47 e RPG-7s.. nada de ultra-moderno, mas eficazes na mesma. Ainda aparecem mas é uns Strela comprados no mercado negro qualquer dia..
__
«Os chamados partidos políticos, por definição e exigências da sua vida própria, não representam nem podem servir a unidade nacional» Salazar
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #24 em: Julho 27, 2010, 05:14:08 pm »
Nao é este o topico indicado para falar da pirataria na Somalia, mas nao resisto a lembrar que existem dois tipos de pirataria nesta regiao , uma delas ja todos conhecem e todos comentam, a    outra forma de pirataria   é aquela praticada por "piratas" de varias naçoes europeias, asiaticas etc e que consiste na pilhagem dos recursos maritimos da Somalia aproveitando a ausencia de Estado organizado e de Guarda Costeira neste pais.

Os pescadores somalis queixam-se e com razao que as frotas pesqueiras de varios paises equipadas com barcos ultra-sofisticados lhes esgotaram o peixe nas suas aguas deixando-os à mingua...e que seria esta situaçao que os levou a retaliar.
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14533
  • Recebeu: 816 vez(es)
  • Enviou: 802 vez(es)
  • +88/-90
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #25 em: Julho 27, 2010, 05:27:57 pm »
Pescadores? A maior parte deles nunca tinha posto os pés num barco na sua vida.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Snowmeow

  • 200
  • +0/-0
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #26 em: Julho 27, 2010, 08:23:19 pm »
Sem aprofundar no off-topic, mas...
Citação de: "legionario"
A Marinha portuguesa cumpre muito bem a sua missao de combate à pirataria mas falar de "arrojo" talvez seja um bocado exagerado pois o inimigo em questao é do mais modesto que existe : pescadores maltrapilhos em barcos de madeira e armados de velhos bacamartes :twisted:
"Não corte uma árvore no Inverno; pois sentirás falta dela no Verão." Jairo Navarro Dias
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #27 em: Julho 28, 2010, 04:17:55 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Pescadores? A maior parte deles nunca tinha posto os pés num barco na sua vida.

Uma afirmaçao tanto vale quanto a sua justificaçao, amigo Cabeça de Martelo   :roll:

Se completar o que escreveu terei muito gosto em contra-argumentar...
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14533
  • Recebeu: 816 vez(es)
  • Enviou: 802 vez(es)
  • +88/-90
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #28 em: Julho 28, 2010, 04:39:28 pm »
Legionário um pescador é alguém que pesca num barco, certo? Quantos é que antes disto tinham posto os pés num barco? Poucos, muito poucos. A maior parte esteve envolvida na guerra civil, numa das muitas facções.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-15
Re: Uma aliança militar Brasil-Portugal-Angola-Moçambique
« Responder #29 em: Julho 28, 2010, 06:27:13 pm »
Vc tem razao por um lado, mas infelizmente nao o soube justificar. Os somalis da costa, essencialmente pescadores, têm antigos costumes de pirataria que durante os tempos da presença francesa foram severamemnte reprimidos. A pirataria somali dos nossos dias ultrapassa em muito os miseraveis que dao o corpo ao manifesto a bordo das suas frageis embarcaçoes.
Vou publicar dentro de minutos um pequeno comentario sobre este assunto no topico que lhe diz respeito.
IN HOC SIGNO VINCES
 

 

Timor, transferência de território ou Portugal o Idiota útil

Iniciado por Luso

Respostas: 20
Visualizações: 11852
Última mensagem Setembro 13, 2007, 07:51:04 pm
por comanche
Crise em Timor - o que pode fazer Portugal?

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 49
Visualizações: 15347
Última mensagem Junho 23, 2006, 10:22:37 am
por Rui Elias
União Portugal/Cabo-Verde

Iniciado por Ataru

Respostas: 226
Visualizações: 40443
Última mensagem Fevereiro 06, 2012, 07:47:55 pm
por PCartCast
Uma Lusitania (e talvez o futuro de Portugal)

Iniciado por Lusitanian

Respostas: 52
Visualizações: 8577
Última mensagem Março 11, 2011, 03:39:30 pm
por Lusitanian
Portugal Ultramarino

Iniciado por Lusitanus

Respostas: 307
Visualizações: 45768
Última mensagem Abril 13, 2015, 12:18:35 am
por HSMW