TAP: Notícias

  • 295 Respostas
  • 62649 Visualizações
*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #45 em: Dezembro 18, 2007, 06:27:25 pm »
TAP é a 3ª maior exportadora portuguesa, com vendas de 1.100 M€

Citar
A TAP é a terceira empresa com sede em Portugal a nível de exportações, afirmou hoje o presidente-executivo da companhia aérea, adiantando que em 2007 as vendas feitas fora do país totalizaram 1,1 mil milhões de euros.

«Hoje, somos a terceira empresa com sede em Portugal que mais exporta», afirmou o Fernando Pinto, durante um encontro com jornalistas, especificando que das três empresas que mais exportam - AutoEuropa, Quimonda, TAP -, «a TAP é a única genuinamente portuguesa».
As vendas da TAP atingiram 1,8 mil milhões de euros no ano passado, das quais 1,1 mil milhões foram feitas fora de Portugal, afirmou o presidente-executivo da TAP, adiantando que em 2007 a companhia de bandeira registou um crescimento de 16% na África, 11% na Europa e 8,5% no Brasil.

Fernando Pinto disse que apesar dos mercados serem muito protegidos em África, uma das ambições da companhia aérea é «crescer mais em Angola», escusando-se a adiantar potenciais novos destinos.

No entanto, este crescimento tem sido difícil de compatibilizar com as condições oferecidas pelo aeroporto da Portela, uma situação em que a companhia aérea tem «trabalhado e tem tido muitas melhoras, nomeadamente na pontualidade».

A este propósito, o presidente-executivo da TAP disse que em Novembro a taxa de pontualidade da companhia aérea se situou nos 72%, aproximando-se assim dos 80% da média europeia.

Referindo-se à aquisição da Portugália, Fernando Pinto, disse que a «integração foi perfeita» e que «a redução de trabalhadores teve de ser feita para que o projecto tivesse sucesso».

Contudo, o presidente-executivo disse que a um dos entraves ao crescimento da Portugália é a falta de pilotos.

«Não temos o número de pilotos necessário para atender à operação, mas em meados do próximo ano deve estar tudo resolvido», afirmou.

Questionado sobre a privatização da TAP, o presidente da companhia aérea disse que as conversações serão iniciadas no primeiro semestre de 2008, «não estando ainda acertada uma data com o Governo».

Para 2008, as duas «preocupações principais» do presidente da TAP são aumento do preço do petróleo, «que torna difícil fazer previsões», e a definição de um sistema de contribuição das companhias aéreas em virtude das emissões de dióxido de carbono (CO2).

A propósito das emissões de CO2, Fernando Pinto, afirmou que as companhias aéreas «são responsáveis por apenas 2%» do total das emissões, afirmando que a concretização do Céu Único Europeu «retiraria do céu europeu 12 milhões de toneladas de carbono por ano», o que corresponde a «12% do que é gerado ao longo de um ano pelas empresas aéreas europeias».

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #46 em: Dezembro 19, 2007, 10:07:56 pm »
TAP próxima de atingir 1 milhão de passageiros para o Brasil

Citar
A transportadora aérea portuguesa TAP anunciou hoje que deverá atingir a marca de 1 milhão de passageiros transportados nas rotas para o Brasil, nos próximos dias.

Trata-se da primeira vez na sua história que a TAP alcançará esse número de passageiros para o mesmo destino, num período de apenas um ano de operações, salientou a companhia, em comunicado.

De Janeiro a Novembro deste ano, a TAP transportou cerca de 930.000 passageiros entre Portugal e o Brasil, um aumento de 13 por cento em relação ao mesmo período de 2006.

Desde Julho deste ano, a TAP é a única transportadora internacional a realizar uma ligação directa entre a região Centro-Oeste do Brasil e a Europa, através da rota Brasília - Lisboa.

A partir de 11 de Fevereiro de 2008, a transportadora portuguesa iniciará a operação de cinco voos semanais entre Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais, na região Sudeste, e Lisboa.

Após o início da nova operação, a empresa aérea passará a oferecer 65 ligações semanais entre Portugal e o Brasil, o que reforçará a sua liderança no transporte aéreo de passageiros entre os dois destinos.

Actualmente, a TAP opera 60 voos semanais entre São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Recife, Fortaleza e Natal para Lisboa.

No ano passado, a companhia transportou mais de sete milhões de passageiros, 936.000 deles nas rotas para o Brasil.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #47 em: Dezembro 26, 2007, 11:39:47 pm »
TAP atinge primeiro milhão de passageiros nas linhas do Brasil

Citar
A TAP Portugal alcançou no dia 24 de Dezembro, mais um número histórico nas suas linhas do Brasil, ao transportar pela primeira vez, no mesmo ano, o passageiro um milhão, assinalou a companhia área num comunicado.

Ao atingir o milionésimo passageiro na sua operação no Brasil, «a TAP vem mais uma vez confirmar a justeza da sua aposta na estratégia de crescimento, que tem vindo a ser feita nos últimos anos, em especial com a expansão da sua rede e a oferta de novos destinos».
No caso do Brasil, a TAP inaugurou este ano as ligações para Brasília, tendo já previsto para 2008 abrir a linha de Lisboa para Belo Horizonte, em 11 de Fevereiro, reforçando ainda ao longo do ano a sua oferta para o Nordeste, fruto da substituição dos Airbus A310 pelo modelo A330, modelo com maior capacidade.

Com esta nova ligação à capital de Minas Gerais, «a TAP passa a oferecer 65 frequências por semana para um total de oito cidades brasileiras», detalha a comunicação da companhia.

A transportadora aérea nacional atingiu já em 2007 um crescimento superior a 16% na sua operação no Brasil, e alcançou uma taxa de ocupação média acima dos 80 por cento nos voos entre Portugal e o Brasil.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #48 em: Janeiro 14, 2008, 09:41:09 am »
TAP assina leasing de seis Airbus com AerVenture

Citar
A AerVenture assinou um contrato com a TAP Portugal envolvendo o leasing operacional de seis aviões Airbus novos do modelo A320-200, segundo anúncio da sociedade de direito holandês AerCap Aviations Solutions.

O contrato de leasing prevê a entrega dos aviões em 2009 e a duração do aluguer por oito anos.
Os aparelhos que serão entregues à companhia aérea portuguesa fazem parte de uma encomenda de 70 aviões da série A320 adquiridos pela AerVenture à Airbus em Dezembro de 2005.

A AerVenture Limited é uma joint venture detida pelas companhias AerCap N.V., a LoadAir (Kuweit) e a Al Fawares.

A TAP é um dos 15 novos clientes que a entidade acrescentou à sua carteira desde 2006, indica a comunicação da AerCap sem mencionar o valor do contrato assinado com a TAP.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #49 em: Janeiro 14, 2008, 07:30:24 pm »
TAP transportou quase 8 milhões de passageiros em 2007

Citar
A TAP transportou quase 8 milhões de passageiros em 2007, o que corresponde a um crescimento de 12,8 por cento do seu tráfego em relação ao ano anterior, anunciou hoje a transportadora aérea nacional.

A empresa, que transportou no ano passado 7.930.454 passageiros, colocou à disposição dos seus clientes um total de 13,2 milhões de lugares, o que correspondeu a um crescimento da oferta de 14,1 por cento.

Dos lugares oferecidos pela TAP, 590 mil respeitam ao mercado europeu e 150 mil ao Brasil.

De acordo com um comunicado da TAP, a Europa foi o segmento de mercado com maior crescimento absoluto, mais 588 mil passageiros (Mais 14,9 por cento), seguida do Brasil, com mais 149 mil (mais 17,1 por cento).

Mas, em termos relativos, todos os sectores de mercado onde a TAP opera tiveram um desempenho positivo, com aumento do número de passageiros transportados.

No território nacional a TAP ultrapassou o milhão de passageiros nos voos para as Regiões Autónomas, o que corresponde a uma crescimento de 2,4 por cento, e ultrapassou o milhão e meio nos voos com partida do Porto, registando um crescimento de superior a 20 por cento.

A TAP considera que o crescimento alcançado no número de passageiros foi conseguido, nomeadamente, à custa dos novos destinos (Brasília, Sevilha, e Hamburgo) e do reforço da operação noutros.

Actualmente a TAP voa para 57 destinos.

Diário Digital / Lusa

 

*

comanche

  • Investigador
  • *****
  • 1799
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #50 em: Janeiro 17, 2008, 12:16:01 pm »
TAP vai ganhar 1,3 milhões de passageiros
Novos aviões permitem transportar 13,2 milhões de clientes por ano.

Cátia Simões
Citar
linhas estratégicas para 2008 que a TAP vai apresentar hoje, na  Bolsa de Turismo de Lisboa.

A companhia aérea tem apostado em novos aviões para substituição e reforço da frota. Os novos aparelhos vão permitir oferecer mais cerca de 1,3 milhões de assentos, apurou o Diário Económico. A TAP deverá passar, assim, a oferecer 13,2 milhões de lugares, quando, o ano passado, oferecia 11,9 milhões de assentos.

Após ter recebido o primeiro A330, de fábrica, para substituir os antigos A310, a transportadora ainda vai receber mais quatro aviões deste modelo, até Junho deste ano. A substituição dos A310 pelos A330 leva a um aumento do número de lugares oferecidos pela TAP, já que o A330 oferece 268 lugares e o A310 oferecia apenas 188. Por outro lado, a frota de médio curso vai aumentar em dois aviões, durante o primeiro semestre.

O reforço nos aviões e maior oferta de assentos vai focar-se muito na Europa, onde também conta com os aviões mais pequenos da Portugália (PGA), este ano já totalmente articulada com a operação da TAP. Por outro lado, a frota permite também explorar outros destinos. Fernando Pinto, presidente da transportadora, fixou como objectivo crescer “entre 8% e 10% em África” este ano, avançou, em declarações recentes ao Diário Económico, embora admita a “dificuldade” em aumentar a operação num mercado protegido pelos governos dos países em questão.

Por outro lado, a companhia aérea continuará a apostar no Brasil, com a abertura, a 11 de Fevereiro, de uma nova rota para Belo Horizonte, aumentando para oito o número de destinos para onde voa neste país – S. Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife, Natal e Belo Horizonte.

O facto de ter uma forte oferta para o Brasil, com 60 voos por semana quando abrir a rota de Belo Horizonte, torna os lugares nos aviões da TAP muito procurados fora de Portugal. Esta aposta nos mercados exteriores para a venda de bilhetes é necessária para sustentar o crescimento da transportadora, que tem alguns desafios incontornáveis a enfrentar.  

A escalada do preço do petróleo tem obrigado as companhias aéreas em geral a aumentar a taxa de combustível e faz encarecer os custos das transportadoras. Por outro lado, a falta de pilotos no mercado tem penalizado a operação quer da TAP quer da PGA. A companhia regional é a mais prejudicada. Fernando Pinto já disse que a PGA poderia ser rentabilizada em mais 20% mas está a ser apenas em 5% devido ao défice de pilotos.

As preocupações ambientais, com a redução das emissões de dióxido de carbono para a atmosfera e a possível criação de uma taxa de carbono também é uma preocupação da comapnhia aérea. A TAP tem vindo a frisar a necessidade de um bom funcionamento do aeroporto, de modo a evitar tempos de espera desnecessários, que gastam combustível e causam poluição.


As apostas da TAP...

1 - Continuação da aposta nas rotas do Brasil
É já em Fevereiro que a TAP começará a voar para Belo Horizonte, aumentando para oito os destinos em território brasileiro. Em 2007 a TAP ultrapassou o milhão de passageiros transportados para o Brasil.

2 - O reforço das ligações a África
O objectivo da TAP é crescer até 10% nas rotas para África em 2008. Em 2006, este crescimento foi de 16%, mas Fernando Pinto admite que “a dificuldade é crescer em mercados protegidos”.

3 - Novos aviões de substituição e reforço de frota
n  Em 2008, a TAP vai começar o processo de substituição dos A310 pelos A330. A frota também vai crescer em dois aviões de médio curso. Feitas as contas, a TAP terá mais 10,3% assentos para oferecer aos passageiros.


E as preocupações

1 - A escalada do preço do combustível
Com o preço do petróleo a subir, os custos fixos da TAP também aumentam, dificultando a rentabilidade da operação. Este ano, a TAP orçamentou em 78 dólares o barril quando, o ano passado, se fixara nos 65 dólares.

2 - A falta de pilotos para rentabilizar a operação
O problema é mais grave na Portugália, que precisa de 14 pilotos. Os aviões da PGA estão a ser aproveitados em apenas 5%, quando poderiam estar a ter 20% mais rentabilidade.

3 - A redução de emissões de cabono
A redução das emissões de CO2 está na agenda de todas as companhias aéreas. Não está descartada a hipótese da criação de uma taxa de carbono, que encarecerá o preço dos bilhetes.
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #51 em: Janeiro 17, 2008, 07:28:11 pm »
TAP prevê transportar 9 milhões de passageiros este ano

Citar
A TAP prevê transportar ao longo deste ano, em todas as suas rotas, nove milhões de passageiros, o que representa um aumento de 13,5 por cento face a 2007, anunciou hoje o administrador-executivo da companhia aérea.

«Temos como objectivo para 2008 transportar nove milhões de passageiros em todas as rotas da TAP», afirmou Luiz Mor, em conferência de imprensa na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que decorre até domingo.

Em 2007, a TAP transportou 7.930.454 passageiros, mais 12,8 por cento que em 2006, colocando à disposição dos seus clientes quase 12 milhões de lugares, o que correspondeu a um aumento da oferta de 14, 1 por cento.

Dos 57 destinos que integram a rede da companhia de bandeira, a Europa foi o sector que atraiu mais passageiros, tendo sido transportados 4.546, um aumento de 14,9 por cento face a 2006.

No entanto, o Brasil foi o destino que registou o maior crescimento em número de passageiros, alcançando os 1.021 em 2007, mais 17,1 por cento que em 2006.

Os sectores de mercado onde a TAP opera - Europa, voos domésticos, Brasil, Africa, Estados Unidos da América e Venezuela - «registaram todos um aumento do número de passageiros transportados», como sublinhou o administrador-executivo da companhia aérea.

De acordo com as estatísticas divulgadas hoje, a rota Lisboa-Funchal foi aquela que atraiu mais passageiros (559.141), seguindo-se a rota Lisboa-Paris (493.375) e ligação Lisboa-Londres (437.219).

Na ocasião, Luiz Mór, anunciou que Lisboa-Belo Horizonte (cinco voos semanais), Porto-Salvador, (um voo por semana) e Funchal-Madrid (um voo por semana entre Julho e Setembro) serão os novos destinos servidos pela companhia aérea em 2008.

Questionado sobre novos destinos possíveis, o responsável escusou-se a responder, afirmando que «neste momento está tudo em aberto: África, América, Brasil, Europa» e referindo que «a Europa tem sempre mais potencialidades».

O administrador-executivo anunciou também o reforço nas ligações Porto-Funchal, que passa de dois para três voos diários, Lisboa-Brasília, de cinco para seis voos diários, de Lisboa-Bissau, de um para dois voos diários.

A rota Lisboa-Maputo-Joanesburgo passa a ter cinco frequências diárias, enquanto de Lisboa para Newark a companhia aérea passa a oferecer quatro voos por dia.

Durante a época alta (meses de Verão) serão também reforçadas as ligações entre Lisboa e Copenhaga, Praga, Budapeste e Praia.

Este ano, a frota da TAP para os voos de médio curso será composta por 17 aviões A319 (19 a partir de Junho), 15 A320 e três A321, enquanto a frota para os voos de longo curso contará com quatro A340, nove A330 (12 a partir de Junho).

Um dos objectivos para 2008 será «o reforço das iniciativas para melhorar os indicadores de pontualidade e entrega de bagagens», problemas que o administrador atribui ao aeroporto de Lisboa, que «é muito pequeno» e tem «diversas restrições e os tapetes [de processamento de bagagens] param constantemente».

Problemas que não têm impedido a concretização do programa de expansão da companhia aérea, como afirmou Luiz Mór, sublinhando «que não existe nenhuma acção de restrição ao crescimento que a TAP tenha tomado em função das limitações da infra-estrutura».

Actualmente, a medida de malas perdidas no aeroporto de Lisboa é de 23 por cada mil.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #52 em: Janeiro 17, 2008, 08:12:37 pm »
11.000 passageiros já fizeram reserva para nova rota da TAP Lisboa-Belo Horizonte

Citar
Onze mil passageiros já fizeram a sua reserva para os voos da TAP que, a partir de 11 de Fevereiro de 2008, vão ligar Lisboa a Belo Horizonte, no Brasil, anunciou o administrador-executivo da companhia aérea.

"Neste momento, já temos onze mil reservas para os próximos seis meses para o voo Lisboa-Belo Horizonte, o que não garante, à priori, o sucesso da linha", afirmou Luiz Mor, em conferência de imprensa na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), que decorre até domingo.

"Houve um crescimento lento na segunda quinzena de Dezembro, mas em Janeiro o crescimento verificado está a ser muito forte, o que também está relacionado com o comportamento do consumidor, que está a fazer as reservas com menos antecedência", justificou o responsável.

Luiz Mór disse também que o destino Belo-Horizonte "vai ter se afirmar com o tráfego local", ao contrário do que acontece com Brasília, que oferece ligações a todo o território brasileiro.

De acordo com o responsável, estes são "números muito bons", uma vez que a nova rota só está disponível desde 10 de Outubro.

A ligação entre a capital portuguesa e a capital do Estado brasileiro de Minas Gerais terá uma frequência de cinco voos semanais e será assegurada por um avião Airbus A330.

Os voos para Belo Horizonte vão realizar-se nos dois sentidos às segundas, quartas, quintas, sábados e domingos, partindo de Lisboa às 10:00 e aterrando em Belo Horizonte às 17:30.

No sentido inverso, os voos levantam voo de Belo Horizonte às 19:00 e aterram no aeroporto de Lisboa às 06:05.

Belo Horizonte será o oitavo destino da rede TAP no Brasil, juntando-se ao Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Salvador, Natal, Recife e Fortaleza, elevando para 6 o número total de ligações semanais entre Portugal e o Brasil.

No entanto, em Fevereiro de 2008, a TAP vai aumentar para seis o numero de frequências semanais para Brasília (actualmente existem cinco voos por semana), o que fará da transportadora portuguesa "a maior companhia aérea intercontinental de todos os tempos a operar no Brasil", com um total de 66 frequências semanais entre Portugal e o Brasil.

Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #53 em: Janeiro 24, 2008, 03:36:59 pm »
TAP iniciará a ligação directa Salvador-Porto em Março

Citar
A transportadora aérea portuguesa TAP anunciou que iniciará uma ligação directa entre Salvador, capital do Estado da Baía, e a cidade do Porto, a partir de 31 de Março.

Salvador, que já oferece voos diários para Lisboa, passará a contar com uma frequência semanal para a cidade do Porto às segundas-feiras.
No sentido inverso, o modelo Airbus A330, com capacidade para 259 passageiros, deixará a cidade do Porto às quintas-feiras, salientou a transportadora num comunicado.

«O voo directo para o Porto é mais uma facilidade para quem tem como destino a região da Galiza, ao Noroeste da Espanha. Muito conhecida pelo turismo religioso, especialmente devido aos caminhos de Santiago de Compostela, é onde está um dos mais importantes santuários católicos do mundo», salientou a empresa no comunicado.

Os passageiros que desembarcarem na cidade do Porto e que tenham como destino essa região espanhola receberão transporte gratuito para as cidades de Tuy, Porrino, Vigo, Pontevedra, Caldas de Reys, Santiago de Compostela, Ribavadia e Orense.

Desde Julho deste ano, a TAP é a única transportadora internacional a realizar uma ligação directa entre a região Centro-Oeste do Brasil e a Europa, através da rota Brasília - Lisboa.

A partir de 11 de Fevereiro de 2008, a transportadora portuguesa iniciará a operação de cinco voos semanais entre Belo Horizonte, capital do Estado de Minas Gerais, na região Sudeste, e Lisboa.

No dia 12 de Fevereiro, a TAP reforçará a rota de Brasília com mais um voo, ascendendo para um total de 66 ligações semanais entre Portugal e o Brasil.

Actualmente, a TAP opera 60 voos semanais entre São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Recife, Fortaleza e Natal para Lisboa e Porto.

No ano passado, a companhia transportou mais de um milhão de passageiros nas rotas para o Brasil.

Diário Digital / Lusa

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #54 em: Fevereiro 01, 2008, 11:49:09 pm »
TAP diz que melhorou na pontualidade e extravio de bagagens

Citar
A transportadora portuguesa abandona últimos lugares do «ranking»
A TAP acaba de anunciar que as estatísticas da Association of European Airlines (AEA), revelam a melhoria da transportadora no último trimestre do ano, nos indicadores de pontualidade da sua operação e de extravio de bagagens.

«A companhia terminou o ano numa posição ainda distante dos seus objectivos, mas revela já uma melhoria acentuada no último trimestre», revela em comunicado.

Aliás, de acordo com a transportadora, «as dificuldades resultantes das deficientes condições de operação do Aeroporto de Lisboa e os problemas com a GroundForce (operador de handling que lhe presta assistência)» levaram a que a TAP aparecesse nos últimos lugares do «ranking».

«Esta situação deixou agora de se registar em resultado das acções entretanto empreendidas, tanto a nível interno como graças ao esforço e coordenação conjuntos da TAP, ANA, GroundForce e ainda dos SEF», salienta.

É de referir que estas estatísticas excluem as estatísticas «low cost».

Agência Financeira

 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #55 em: Fevereiro 06, 2008, 01:39:42 pm »
TAP é companhia europeia que mais se atrasa

Citar
A transportadora aérea portuguesa TAP é a que mais atrasos regista e a que perde mais bagagem, segundo estudo feito pela Associação de Companhias Aéreas Europeias (AEA), hoje divulgado na imprensa belga.

Segundo o estudo, publicado pelo diário francófono La Derniere Heure, a TAP está no fim da tabela com apenas 59,5 por cento de chegadas e 62,5 por cento de partidas pontuais.

No topo da tabela está a luxemburguesa Luxair, com 86,8 por cento de chegadas e 88,1 por cento de partidas no horário previsto, sendo que holandesa KLM ocupa o segundo lugar (84,9 e 80,5 por cento, respectivamente) e a Air France o sétimo lugar (82,1 e 81,5 por cento).

Segundo o estudo da AEA, que envolveu 28 companhias europeias, a mítica pontualidade britânica também deixa a desejar, dado que a British Airways está em 25º lugar, com 64,7 por cento de chegadas pontuais e 67,5 por cento de partidas.

No que respeita à perda de bagagens, o estudo da associação europeia abarca as 26 companhias aéreas que a integram, sendo que a TAP está novamente em último lugar - o 26º - com uma taxa de 27,8 extravios de malas em cada mil passageiros.

A Air Malta e a Turkish Airlines dividem o primeiro lugar desta tabela, com 4,5 perdas de bagagem por mil passageiros.

A média das 26 companhias da AEA é de 16,6 perdas por mil passageiros.

Diário Digital / Lusa

 

(sem assunto)
« Responder #56 em: Fevereiro 06, 2008, 01:58:27 pm »
Por falar em TAP, quando é que os seus funcionários passam a usar as novas fardas? É que as actuais já cheiram a naftalina.
http://deepestsolitude.blogspot.com/
Exceptis excipiendis.
Est autem fides credere quod nondum vides; cuius fidei merces est videre quod credis.
Mea mihi conscientia pluris est quam omnium sermo.
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3536
  • Recebeu: 27 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +6/-5
(sem assunto)
« Responder #57 em: Fevereiro 06, 2008, 03:56:52 pm »
Citação de: "Supremo Alquimista"
Por falar em TAP, quando é que os seus funcionários passam a usar as novas fardas? É que as actuais já cheiram a naftalina.


O Alberto que pague umas novas :roll:
Potius mori quam foedari
 

(sem assunto)
« Responder #58 em: Fevereiro 06, 2008, 04:12:31 pm »
Citação de: "ricardonunes"
Citação de: "Supremo Alquimista"
Por falar em TAP, quando é que os seus funcionários passam a usar as novas fardas? É que as actuais já cheiram a naftalina.

O Alberto que pague umas novas :!:  :roll:


Felizmente que em breve deixaremos de voar nessa companhia aéria rasca. Em breve teremos a FlyMI.
http://deepestsolitude.blogspot.com/
Exceptis excipiendis.
Est autem fides credere quod nondum vides; cuius fidei merces est videre quod credis.
Mea mihi conscientia pluris est quam omnium sermo.
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #59 em: Fevereiro 06, 2008, 04:12:34 pm »
Citação de: "ricardonunes"
Citação de: "Supremo Alquimista"
Por falar em TAP, quando é que os seus funcionários passam a usar as novas fardas? É que as actuais já cheiram a naftalina.

O Alberto que pague umas novas :roll:


O AJJ vai pagar é as da FlyMi ...  :wink:

 

 

Estaleiros Navais de Viana do Castelo: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 11
Visualizações: 4356
Última mensagem Maio 13, 2008, 10:27:57 am
por P44
Espírito Santo Turismo: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1088
Última mensagem Julho 29, 2006, 03:28:00 pm
por Marauder
Sonae Indústria: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 4
Visualizações: 1326
Última mensagem Julho 29, 2006, 09:33:44 am
por Marauder
Jerónimo Martins: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 1
Visualizações: 1244
Última mensagem Junho 27, 2006, 03:39:14 pm
por Marauder
Sonae Sierra: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 4
Visualizações: 1721
Última mensagem Julho 18, 2006, 08:42:56 pm
por Marauder