Portugal Telecom: Notícias

  • 115 Respostas
  • 18420 Visualizações
*

YOMISMO

  • 98
  • +0/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #30 em: Julho 01, 2010, 11:36:26 am »
Creo que Socrates ha tomado la peor decisión posible. Solo le puede salvar, aunque el daño ya está hecho, de que Telefónica consiga completar la compra del 30% de VIVO hasta el 16 de julio.

Espero y deseo que si Telefónica no puede comprar VIVO (el 30% propiedad de PT) tal y como han decidido los accionistas de PT pues que se empiecen a presionar para destruir el valor que aporta VIVo a PT. A mi entender se debería hacer lo siguiente:

- Disolución judicial de Brasicel (joint-venture de TEF-PT propietaria del 60% de VIVO. (con esta actuación se crea inseguridad en los accionistas extranjeros de PT ya que intuiran problemas en sus dividendos y posible, segura, pérdida del  valor de la acción de PT). Puede durar años y costar mucho dinero (PT tiene bastante menos que TEF).

- Bloqueo de la repatriación de dividendos de VIVO (afectará a PT (50% de sus lucros) y a TEF (5% de sus lucros). Se consigue aumentando las inversiones a realizar en Brasil por lo que solo hay que proponérselo a Lula y éste lo apoyará (nacionalismo brasileiro...).

- Anulación-suspensión de todos los contratos de VIVO con empresas de PT (y con las de TEF aunque creo que no hya muchos). Causaría destrucción de empleos cualificadosen Portugal con carácter inmediato y afectaría gravemente al presupuesto de PT.

- Eliminación de las ventajas de compras unificadas con el grupo TEF de VIVO. Afectaría negativamente al presuipuesto de VIVO e bajaría los lucros (y por tanto el valor de VIVO).

Y a esperar que Sócrates quiera vender......a ver quien tiene más cojones y DINERO.
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 569
  • +0/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #31 em: Julho 01, 2010, 06:23:26 pm »
Tantos disparates :roll:

Há um factor fundamental nesta guerra. O Brasil e o Lula. Ele já disse quando esteve em Portugal há pouco tempo atrás que quer a PT a levar a banda larga a todo o Brasil, e não a Telefónica.

A razão é simples: Tecnologicamente a PT está muito à frente da Telefónica. Não só tecnologicamente mas ao nível da qualidade. Toda a gente sabe (que o confirmem os brasileiros e os espanhóis sérios) da porcaria que é o serviço da Telefónica ( em todos os países onde opera). Basta ver os serviços de banda larga oferecidos (e suas respectivas velocidades) pelas duas operadoras.

Tudo no fundo depende da vontade do Brasil e do Lula. E todos sabemos para onde tendem as preferências.

PS. Há rumores de que também já está preparada uma operação de compra de uma grande operadora brasileira no caso da venda da Vivo. Onde a PT não teria de partilhar gestão com os baixos e traidores espanhóis.

Isto também vem mostrar mais uma vez que naquela gente é impossível confiar. A traição e a falta de seriedade está-lhes no sangue.
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 569
  • +0/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #32 em: Julho 01, 2010, 07:29:18 pm »
Comentários em jornais espanhóis:

Citar
Muy bien por Portugal, que fué lo mismo que hizo Madrid, cuando la OPA lanzada por GAS NATURAL de Barcelona hacia ENDESA de Madrid, menudo girigay se montó, que preferian darselo a cualquier empresa extranjera el gobierno de Aznar, antes que a una de cataluña, por lo que me alegro, las ideas de Telefónica és meterse en el mercado de Brasil, siendo un pais emergente, a Telefónica le va a pasar lo que le pasó a España cuando perdió Brasil después de conquistarla.


Citar
Quisiera hacer un inciso. Que conste que soy español, para que se sitúe en contexto mi comentario. ¿Sabéis que el gobierno de Aznar vetó en su día la fusión de KPN (compañía telefónica holandesa) y Telefónica porque el Estado Holandés seguía participando mayoritariamente en KPN? Sí, hizo uso de la acción de oro para poder vetar la fusión. ¿Con qué cara les podemos decir a los portugueses que nos dejen comprar la empresa perteneciente a Portugal Telecom? No se puede decir una cosa a unos socios y otra a otros.


Citar
Cualquier brasileño dirá que el servicio de telesp (Telefónica) es malo y el servicio de VIVO (control Ejecutivo del PT) es bueno. Telefónica tomó la decisión de tomar el control de vivo tan hostil y traicionero, que es hoy en día lo que es gracias al PT, haciendo caso omiso de cualquier tipo de ética. Telefónica quiere vivo para ayudar a telesp. Este negocio no es bueno para Portugal y el Gobierno debe hacer todo lo posible para evitarla, Con o sin Bruselas.


Citar
Yo no se que ruido es ese...cuando una empresa catalana optp por una opa por ENDESA en Madrid se formo tremendo lio,alegaron que esa era una empresa española y en un final prefirieron que fuera a manos alemanas....o ya nadie recuerda este rollo...?



Citar
Me gustaría saber qué acciones o presiones está ejerciendo Telefónica para que una noticia así salga en portada en varios medios, y aún dos días después se siga hablando de ella. ¿Qué quieren? ¿Qué hagamos de esto una lucha nacional?

Nem todos os espanhóis são iguais...
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 569
  • +0/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #33 em: Julho 01, 2010, 07:40:58 pm »
Este no DN preocupou-me:

Citar
Que inocentes os portugueses.Força sócrates, dizem alguns.Não vem ke isto é tudo uma orquestração da telefónica e do sócrates para ele sai com cara de patriota, ele esta por dentro do esquema e a venda esta decidida ao tempo, isto é só fumaça.caso contrário porque razão é ke atelefónica não esperava pelo dia 8 para lançar a opa, com isso poupava trabalho visto que a golden -share vai acabar.Na próxima semana, depois da UE matar a golden-share, a PT faz o que decidiu a AG e vende a Vivo.A Telefonica não segue a via judicial, o BES encaixa o dividendo extra que vai receber e o Sócrates vai dizer que fez tudo o que podia para manter em mãos nacionais uma participação estratégica.assim este traidor passa uma de patriota.
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

cromwell

  • Especialista
  • ****
  • 1105
  • +1/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #34 em: Julho 02, 2010, 02:19:03 am »
Citar
quinta-feira, 1 de Julho de 2010
O NEGÓCIO DA VIVO E EL PAÍS


UMA VERGONHA

Uma pessoa comum não pode deixar de sentir-se indignada com a linguagem usada pelo nacionalista El País a propósito da fracassada aquisição, pela Telefonica, da participação accionista da PT na VIVO.
Sabendo todos nós como se passam as coisas em Espanha, é de uma arrogância sem limites a adjectivação usada pelo editorial do jornal no comentário que dedica ao assunto.
Começando pela política externa: Apesar de não passar hoje de um “império de muletas”, como diz Fidel, a Espanha considera a América Latina coutada sua, e age em conformidade, às vezes até muito ridiculamente, quer em relação aos países do continente sul-americano, quer relativamente àqueles que na imperial tradição espanhola lhe disputam a influência na região. E então é muito interessante verificar que as relações da Espanha com os países latino-americanos ou se pautam pela subserviência destes à antiga metrópole (facto historicamente muito favorecido por as oligarquias que durante séculos exploraram os povos indígenas ou os descendentes de escravos serem muito homogeneamente de origem espanhola) ou pela tentativa de os seduzir para alianças contra um suposto inimigo “estrangeiro”.
Na política externa espanhola não interessam afinidades ideológicas, respeito pela democracia ou outros factores do mesmo género, o que interessa é saber se esses países reverenciam a Espanha e a consideram como seu primeiro parceiro. Se não for o caso, são ostracizados indistintamente pela direita e pela esquerda espanhola. Servem para ilustrar esta situação os exemplos da Argentina, que o El País flagela frequentemente, a Venezuela, de que a arrogância imperial do Bourbon relativamente a Chávez na conferência Ibero-americana é um bom exemplo, Cuba e a Nicarágua, obviamente, mas também a Bolívia e todos aqueles que aspiram a emancipar-se de tutelas seculares.
Em sentido contrário, a Colômbia, à cabeça, mas também aqueles que eles cortejam com o objectivo de secundarizar outras influências.
Historicamente derrotada pelos portugueses na América – a única parte do mundo onde Portugal foi efectivamente grande -, humilhada pelos americanos em Cuba e nas Filipinas em 1898, quando o “Império” já andava de muletas, contestada na própria Península Ibérica pelas nacionalidades históricas, afundada numa crise sem precedentes e de consequências imprevisíveis, a Espanha e o seu orgulho, nesta amálgama de factos passados e presentes, julgavam ter encontrado no seu inabsorbível vizinho ocidental a presa fácil para as suas aspirações hegemónicas nas telecomunicações latino-americanas. Enganaram-se.
E feridos no seu orgulho castelhano proferem impropérios contra quem se opôs a esse propósito de dominação hoje imposto pela arrogância do capital. Eles que ainda até há bem pouco tempo travaram uma luta dessa mesma natureza contra o capital alemão nos domínio da energia eléctrica.
É sabido que Castela sempre teve historicamente uma quinta coluna em Portugal. Hoje ela corporizada pelos “modernos” neoliberais, que na sua imensa pequenez continuam a advogar a liberdade contratual como um princípio que assegura a igualdade das partes, sem esquecer obviamente aqueles que, tal como nos tempos passados, o que querem é dinheiro ou mordomias venham elas donde vierem.
Para suavizar o discurso, vamos, portanto, fazer votos para que a selecção de Espanha seja derrotada pelo Paraguai e não tenhamos que esperar pela Argentina (se lá chegar...), antes de mais nada porque entre as promessas de nudez já anunciadas em caso de vitória é muito preferível ficar com a de Larissa Riquelme do que com a de Maradona!

http://politeiablogspotcom.blogspot.com ... -pais.html


O El País é a versão espanhola da Manuela Moura Guedes. :evil:
"A Patria não caiu, a Pátria não cairá!"- Cromwell, membro do ForumDefesa
 

*

YOMISMO

  • 98
  • +0/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #35 em: Julho 05, 2010, 01:47:28 pm »
Un comentario de alguien ilustrado (Tiger22):
Tantos disparates  

Todas essas medidas são um absurdo. É preciso saber o que se escreve  

Há um factor fundamental nesta guerra. O Brasil e o Lula. Ele já disse quando esteve em Portugal há pouco tempo atrás que quer a PT a levar a banda larga a todo o Brasil, e não a Telefónica.

A razão é simples: Tecnologicamente a PT está muito à frente da Telefónica. Não só tecnologicamente mas ao nível da qualidade. Toda a gente sabe (que o confirmem os brasileiros e os espanhóis sérios) da porcaria que é o serviço da Telefónica ( em todos os países onde opera). Basta ver os serviços de banda larga oferecidos (e suas respectivas velocidades) pelas duas operadoras.

Tudo no fundo depende da vontade do Brasil e do Lula. E todos sabemos para onde tendem as preferências.


Tecnológicamente hablando, Telefónica está muy por encima de PT (se de lo que hablo); si se refiere a la calidad sepa usted que el problema de la mala calidad en Brasil se solucionó mendando un equipo de excelentes profesionales de Telefónica de España y en un par de mesee han dejado la red en una calidad bastante aceptable.

En ADSL, Telefónica, repito, TELEFÓNICA, fue la única operadora mundial que apostó por esta tecnología y su sistema de TV sobre adsl fue patentado y es el standard mundial para el resto de operadoras (cedido a ATT bajo la condición de su posterior desarrollo y sin costo para Telefónica).

En cuanto  a la calidad en España pues creo que es bastante mejor que en Portugal teniendo en cuenta la extensión y orografía de España y la distribución de habitantes. En redes móviles tampoco hay color, Movistar ofrece servicios de todos los tipos y para todos los clientes. PT no puede ya que NO TIENE ESCALA para poder adquierir soluciones caras y complejas (que se lo explique un economista ya que no lo va a entender).

Telefónica se ha extendido por Europa y por Latinoamérica mientras que PT no ha hecho nada en empresas de redes de telecomunicaciones salvo VIVO y Meditel (ambas con TEF). El resto de paises donde está PT,solo es socio minoritario, sin control, o son empresas de información telefónica (una porquería).

Telefónica está controlada mayoritariamente por españoles mientras que PT está controlada mayoritariamente por extranjeros.

Lula prefiere los $$$$$, le da igual que sean de PT o de TEF o está demostrado que PT no tiene $$$$.

Y si hay alguno que trabaje en PT que lo confirme
 
¿porqué vendio PT su porcebntaje de MEDITEL? ¿que va a hacer PT si TEF deja que se hunda VIVO?
 

Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #36 em: Julho 05, 2010, 02:21:06 pm »
Os espanhóis nunca foram de confiança e a história já nos ensinou isso, mas agora também é bem feito para o Sócrates, sempre com os paninhos quentes para os "nostros hermanos" , sinceramente Portugal precisa de uma ditadura para acabar com estes xupistas que andam sempre a rebaixar Portugal aos olhos da UE.  :twisted:
 

*

legionario

  • Especialista
  • ****
  • 936
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-12
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #37 em: Julho 05, 2010, 03:36:25 pm »
A globalizaçao é assim mesmo ! queremos so as coisas boas que nos traz o ultra-liberalismo economico mas nao nos devemos esquecer que existe um reverso da medalha. O problema é por serem espanhois os compradores ?  se os compradores fossem americanos ou ingleses se calhar ja ninguem reclamava .

Os americanos do Financial Times acusam-nos de colonialistas , FDP !!!  Colonialistas sao as empresas americanas do tipo da Monsanto que a bem ou à força controlam os mercados mundiais e impoêm os seus produtos, as suas regras e os seus preços.

O Estado deveria guardar o controlo das empresas estratégicas e suspender imediatamente o processo de privatizaçoes . Ja venderam ou destruiram uma boa parte das nossas melhores empresas que eram patrimonio da naçao , e que ganhou o povo, legitimo proprietario desse patrimonio ?

é um fartar vilanagem ! Olha vendam tudo e depois comam m...  Cambada de burros !
IN HOC SIGNO VINCES
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7321
  • Recebeu: 188 vez(es)
  • Enviou: 301 vez(es)
  • +13/-3
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #38 em: Julho 08, 2010, 10:56:33 am »
Citar
"Golden share" do Estado na PT é ilegal
10h20m
Célia Marques Azevedo, correspondente em Bruxelas

O Tribunal de Justiça da União Europeia considera ilegal a posse da "golden-share" por parte do Estado na PT, motivo por que deu razão à Comissão Europeia.

Da leitura do acórdão do Tribunal feita esta quinta-feira de manhã no Luxemburgo resulta que a detenção de acções douradas por parte do Estado na PT “constitui uma restrição não justificada à livre circulação de capitais”. Mais, que a detenção das acções privilegiadas confere a Portugal “uma influência sobre as tomadas de decisão da empresa susceptível de desencorajar os investimentos por parte de operadores de outros estados-membros”, justifica o colectivo de advogados.  Uma “influência” na gestão da PT “não justificada pela amplitude” da sua participação, que se resume a 500 acções do tipo A.

O Tribunal de Justiça da UE não aceitou qualquer justificação do Governo Português, nem mesmo as evocadas por razões de segurança pública.

Portugal é recordado pelo Tribunal que a segurança pública “apenas pode ser invocada em caso de ameaça real e suficientemente grave que afecte um interesse fundamental da sociedade”. Por isso, e na falta de justificação “pelas quais considera que a detenção das “golden shares” permitiria evitar uma violação da segurança pública, o Tribunal diz que “esta justificação não pode ser acolhida”.

A instituição comunitária conclui ainda que o exercício dos direitos especiais pelo Estado “não está sujeito a qualquer condição ou circunstância específica e objectiva”. Apesar de a legislação sobre as privatizações sujeitar “a criação de acções privilegiadas à condição de que esta é exigível por razões de interesse nacional, nem esta lei nem os Estatutos da PT estabelecem critérios quanto às circunstâncias em que os referidos poderes especiais podem ser exercidos”.

Assim, a falta de clarificação ?constitui uma violação grave da liberdade de circulação de capitais? e confere às autoridades nacionais ?uma margem de apreciação tão discricionária, que não pode ser considerada proporcionada aos objectivos prosseguidos?, declara o Tribunal.
Portugal deve agora dar seguimento ao acórdão do Tribunal “o mais rapidamente possível”.

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Economi ... id=1613432
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

cromwell

  • Especialista
  • ****
  • 1105
  • +1/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #39 em: Julho 09, 2010, 12:32:09 pm »
O El País intervem outra vez, até gozando com Portugal sobre o negócio e dizendo que só vale a pena ao governo portugues desistir.
É um jornal cheio de franquistas...

Citar
EDITORIAL
Acción de hojalata
El Gobierno portugués debe aplicar con rapidez la sentencia que declara ilegal el veto a Telefónica
09/07/2010

El Tribunal de Justicia de la Unión Europea ha dictaminado que fue ilegal el uso de los derechos especiales (acción de oro) que mantiene el Gobierno portugués sobre la empresa Portugal Telecom (PT), mediante los cuales vetó la venta a Telefónica de la participación de PT en la operadora brasileña Vivo por un importe de 7.150 millones de euros. La sentencia es rotunda y clara. Sostiene que "Portugal ha incumplido las obligaciones que le incumben en virtud de la libre circulación de capitales", que ostenta "una influencia sobre la gestión de PT que no está justificada por la magnitud de la participación que mantiene" y rechaza la potestad que se reserva el Ejecutivo de nombrar a la tercera parte del Consejo, así como el derecho de veto en la elección de directores y del consejo auditor.

En síntesis, el Tribunal respalda sin ambages la denuncia de la Comisión Europea (CE) por el uso de la acción de oro, y la propia CE ha instado al Gobierno portugués a que cumpla rápidamente la sentencia. La claridad de la sentencia, el rechazo comunitario de los vetos políticos a la libertad de circulación de capitales y la posición de la mayoría de los accionistas de PT, partidarios de la operación, deberían ser razones suficientes para que el Gobierno de Sócrates renunciara a obstaculizar una decisión empresarial sin complicaciones estratégicas. Pero el primer ministro y su equipo, heridos en su honor por el dictamen, parecen dispuestos a elegir el camino agotador de la dilación administrativa. Eso se desprende de la interpretación del ministro de la Presidencia, Silva Pereira, quien asegura que la sentencia "abre una nueva fase en la que el Estado luso buscará soluciones que permitan un respeto integral de la legislación comunitaria, pero también de sus intereses".

Es de temer que la "nueva fase" demore la venta, encarezca el precio más allá de lo razonable (los 7.150 millones son ya un precio muy por encima del de mercado) y faculte a Lisboa para imponer condiciones que impidan la firma efectiva de la operación. Silva Pereira entiende incorrectamente que la sentencia "no pone en cuestión la existencia de derechos especiales" y que tiene "una eficacia meramente declarativa". Pero el caso es que sí lo hace, desde el momento en que reitera que la acción de oro restringe la libre circulación de capitales. Y rechaza además las fútiles invocaciones a la seguridad nacional. Por tanto, si Sócrates impone su pintoresca interpretación del dictamen y obstaculiza o encarece la venta de Vivo a Telefónica, habrá que concluir que la seguridad jurídica en Portugal es muy cuestionable.

Dice el presidente de la Comisión, Durão Barroso, que garantizará su aplicación. Su palabra tendrá valor si la operación se negocia al ritmo que marquen los accionistas (Telefónica y PT ya están en ello) y se firma en condiciones similares a las del pasado 30 de junio. Pero la ilegal acción de oro habrá triunfado si Telefónica tiene que renunciar a Vivo a causa de tramposas negociaciones interminables o restricciones políticas insensatas.


http://www.elpais.com/articulo/opinion/ ... iopi_1/Tes

AOS EMPRESARIOs E POLITICOS ESPANHOIS

- QUANDO DEIXAREM DE SER O 4º PAIS MAIS PROTECIONISTA DA OCDE ENTAO PODEM VIR DAR PALPITES
- QUANDO RESOLVEREM A SITUAÇAO DA ENDESA E DE OUTRAS 2 ELECTRICAS ESPANHOLA FALAMOS POIS É QUASE GEMEA A SITUAÇAO
- QUANDO DEIXAREM DE COLOCAR ENTRAVES DAS MAIS DIVERSAS ORDENS AS EMPRESAS PORTUGUESAS FALAMOS ( AQUI FALO COM CONHECIMENTO DE CAUSA)
- PORTUGAL É UM ESTADO SOBERANO NAO É UM PROVINCIA DE ESPANHA NEM É UM ESTADO FEDERAL DA EUROPA.......

POR ULTIMO, NAO VENHAM PASSAR ATESTADOS DE MENORIDADE AOS PORTUGUESES NEM DAR LIÇOES DE INTERPRETAÇAO....
"A Patria não caiu, a Pátria não cairá!"- Cromwell, membro do ForumDefesa
 

*

cromwell

  • Especialista
  • ****
  • 1105
  • +1/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #40 em: Julho 10, 2010, 04:26:31 pm »
Neste caso, parece que para os castelhanos, Portugal é que é o malvado, mas o diário de notícias faz-nos relembrar outras coisas :twisted: :

Citar
Incumpridores
Espanha esteve três anos para abrir mão da 'golden share'
08 Julho 2010
Apontado ontem pelo Banco Mundial como um dos países mais proteccionistas da OCDE, o Estado espanhol demorou três anos para cumprir a decisão do Tribunal de Justiça Europeu (TJE), que decretava a ilegalidade das golden shares na Telefónica, Repsol, Endesa, Argentaria e Tabacalera. A ordem foi anunciada em 2003, mas só foi acatada em 2006. Durante estes três anos, o Governo de Madrid continuou a influenciar os destinos destas empresas, particularmente o da Telefónica. A fusão da operadora com a holandesa KPN foi travada por decisão de Aznar, que temia a perda de controlo espanhol sobre a operadora.

Alemanha - Volkswagen

Um dos casos mais flagrantes de desrespeito às posições do Tribunal de Justiça Europeu é o do Estado alemão em relação à Volkswagen. Depois de várias advertências, o tribunal decidiu, em 2007, que a Alemanha teria de se desfazer da posição privilegiada que tinha na empresa, mas o Executivo germânico optou por não acatar a ordem. Ainda hoje mantém a "minoria de bloqueio" no capital da empresa.

Holanda - Royal KPN/TNT

Dois anos. Foi este o tempo levou ao Estado holandês a respeitar a ordem do Tribunal de Justiça Europeu que determinava o fim das golden shares na empresa de telecomunicações Royal KPN e na companhia de correios TNT. Apesar de a decisão daquele tribunal ter sido anunciada no início de 2003, só em Dezembro de 2005 é que o Governo se desfez destas participações.


Reino Unido - British Airport Authorities


O Estado britânico foi o mais rápido a responder à decisão do TJE, tendo vendido a golden share que tinha na British Airport Authorities em apenas três meses. A rapidez de resposta deixou a BAA mais vulnerável a "ataques" externos e, em 2006, três anos após o fim da golden share, a empresa foi comprada pela espanhola Ferrovial.

Itália - Telecom Itália

Condenado há mais de um ano pelo Tribunal de Justiça Europeu pelo uso indevido da golden share no bloqueio do negócio entre a Telecom Itália e a espanhola Telefónica, o Estado italiano continua sem fazer alterações à sua posição privilegiada. O primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, já fez saber que não pretende desfazer-se da golden share.


Com estes exemplos, só tenho a dizer: que direito tem a empresa dos outros países europeus em criticar e gozar com o governo português sobre esta situação, se o país deles já fez o mesmo ?

Além disso, os castelhanos também já usaram os seus golden shares várias vezes no passado, como demonstra a notícia, com destaque da intervenção ultra proteccionista do imperialista Aznar.
"A Patria não caiu, a Pátria não cairá!"- Cromwell, membro do ForumDefesa
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 8897
  • Recebeu: 293 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +15/-5
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #41 em: Julho 10, 2010, 10:38:26 pm »
Portugal precisa de uma «telecom» na América do Sul diz Berardo


O empresário Joe Berardo defende que Portugal “precisa da América do Sul nas comunicações para desenvolver uma empresa internacional nesta área” e diz que o problema da “golden share” na PT é o Governo querer intervir no mercado.

Em entrevista à agência Lusa, o comendador considerou que se Portugal não apostar neste projeto, pode “daqui a dias não ser nada”, sublinhando que “em todo o mundo existem 'golden shares' de vários tipos, mas estas não podem é ser manipuladas pelo governo”.

“O problema não é a golden share, mas o Governo ter a 'golden share' e intervir no mercado”, aponta.

O empresário realça que as pessoas desconheciam que “o Governo ia ter a coragem” de usar este mecanismo no negócio da Vivo, “quando tinha sido avisado em Bruxelas que essa ação estava contestada”, disse Berardo, sustentando, ainda assim, que este processo “vai chegar a bom porto tanto pela parte do Governo espanhol, como do Executivo português”.

Recorda que “tentou comprar a golden share da PT por 200 milhões de euros” em 2007, “aquando da oferta pública de aquisição (OPA) de Belmiro de Azevedo”.

“Não me quiseram vender e agora vão perder o direito daquela ação e serão mais 200 milhões que Governo podia ter arrecadado e não o fez. Vai perdê-las e não tem valor nenhum”, adianta.

Berardo afirma que esta situação é “uma desgraça, porque também está lá, está a perder muito dinheiro”, mencionando que “tentou vender ao preço que os acionistas grandes venderam, mas agora os acionistas pequenos ficaram pendurados”.

“Penso que o Governo não vai permitir que aconteça o mesmo que aconteceu com a Cimpor, que era uma bandeira de Portugal, uma empresa internacional, que deixou de ser portuguesa”, refere.

Destaca que a Cimpor, presentemente, “tem dois acionistas brasileiros, que detêm mais de 60 por cento do capital e coitados dos acionistas pequenos, [que] ficaram todos pendurados, enquanto que os grandes disseram adeus, ficaram ricos, e o capital ficou na mão dos estrangeiros”.

“É inadmissível o que aconteceu na Cimpor, também foi manipulada pelo Governo nessa altura. Espero que esta interferência do Governo não deixe os pequenos acionistas pendurados”, sublinhou.

Considera que todo este processo da PT “foi uma manipulação” porque ainda recentemente, em maio deste ano, “andaram a promover em Nova Iorque as 20 maiores empresas e agora surge esta situação”.

Sobre o seu interesse em outras privatizações que possam acontecer em Portugal, casos da GALP e EDP, Joe Berardo admite que vai “estudar o mercado”.

Lusa
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 569
  • +0/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #42 em: Julho 11, 2010, 12:58:40 am »
Citação de: "YOMISMO"
Un comentario de alguien ilustrado (Tiger22):
Tantos disparates  

Todas essas medidas são um absurdo. É preciso saber o que se escreve  

Há um factor fundamental nesta guerra. O Brasil e o Lula. Ele já disse quando esteve em Portugal há pouco tempo atrás que quer a PT a levar a banda larga a todo o Brasil, e não a Telefónica.

A razão é simples: Tecnologicamente a PT está muito à frente da Telefónica. Não só tecnologicamente mas ao nível da qualidade. Toda a gente sabe (que o confirmem os brasileiros e os espanhóis sérios) da porcaria que é o serviço da Telefónica ( em todos os países onde opera). Basta ver os serviços de banda larga oferecidos (e suas respectivas velocidades) pelas duas operadoras.

Tudo no fundo depende da vontade do Brasil e do Lula. E todos sabemos para onde tendem as preferências.


Tecnológicamente hablando, Telefónica está muy por encima de PT (se de lo que hablo); si se refiere a la calidad sepa usted que el problema de la mala calidad en Brasil se solucionó mendando un equipo de excelentes profesionales de Telefónica de España y en un par de mesee han dejado la red en una calidad bastante aceptable.

En ADSL, Telefónica, repito, TELEFÓNICA, fue la única operadora mundial que apostó por esta tecnología y su sistema de TV sobre adsl fue patentado y es el standard mundial para el resto de operadoras (cedido a ATT bajo la condición de su posterior desarrollo y sin costo para Telefónica).

En cuanto  a la calidad en España pues creo que es bastante mejor que en Portugal teniendo en cuenta la extensión y orografía de España y la distribución de habitantes. En redes móviles tampoco hay color, Movistar ofrece servicios de todos los tipos y para todos los clientes. PT no puede ya que NO TIENE ESCALA para poder adquierir soluciones caras y complejas (que se lo explique un economista ya que no lo va a entender).

Telefónica se ha extendido por Europa y por Latinoamérica mientras que PT no ha hecho nada en empresas de redes de telecomunicaciones salvo VIVO y Meditel (ambas con TEF). El resto de paises donde está PT,solo es socio minoritario, sin control, o son empresas de información telefónica (una porquería).

Telefónica está controlada mayoritariamente por españoles mientras que PT está controlada mayoritariamente por extranjeros.

Lula prefiere los $$$$$, le da igual que sean de PT o de TEF o está demostrado que PT no tiene $$$$.

Y si hay alguno que trabaje en PT que lo confirme
 
¿porqué vendio PT su porcebntaje de MEDITEL? ¿que va a hacer PT si TEF deja que se hunda VIVO?


Tantos disparates… :lol:  :lol:  :lol:

O ADSL é tecnologia do passado. Neste momento o futuro é a fibra óptica. Em Portugal há quase 20 anos (vinte) existe fibra óptica “na rua” (um dos pioneiros mundiais, em parte graças à PT) e agora está a ser massificada a sua ligação até à casa do cliente. Não é por acaso que Portugal é um “laboratório” da Microsoft e do próprio MIT na hora de lançar qualquer produto nessa área. Qualquer comparação com a Espanha é de partir a rir… :lol:  :lol:  Quais soluções não pode comprar? As que permitem um serviço terceiro-mundista como a Telefónica oferece aos seus clientes?


A estratégia da PT passa pelo mundo lusófono. Brasil e Angola são um exemplo disso. O veto do governo e o recente anúncio para negociar da Telefónica só veio provar o óbvio: Só há negócio com o acordo do governo. Seja ele qual for. Se a UE diz que as acções especiais são ilegais, faz-se o que o governo já disse que iria fazer: Passa-as para a CGD e ponto final. Continua tudo na mesma, e os espanhóis, “a tomar por culo”

Provavelmente a PT vende uma pequena parte da VIVO e logo a seguir faz uma fusão com a OI, ficando com 80 milhões de clientes para além de uma participação na VIVO.

Bingo!
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #43 em: Julho 12, 2010, 03:41:36 am »
Citar

Telecomunicações
Sócrates sondou Lula da Silva sobre fusão entre PT e a Oi

Carlos Caldeira

11/07/10 20:40

Primeiro-ministro português, José Sócrates, reuniu-se com o presidente brasileiro na visita oficial ao Brasil, em Maio.

A 6 de Maio a Telefónica manifestou o seu interesse em adquirir a brasileira Vivo. Poucos dias depois, o primeiro-ministro, José Sócrates, esteve de visita oficial ao Brasil. Por essa ocasião, Sócrates consultou o presidente brasileiro, Lula da Silva, sobre a possibilidade de uma fusão entre a PT e a Oi, empresa brasileira de telecomunicações, segundo noticiou, na passada sexta-feira o jornal "Folha de São Paulo".

Desconhece-se se o fez com o conhecimento dos accionistas que constituem o núcleo duro da operadora portuguesa. Nesta altura, a Telefónica oferecia 5,7 mil milhões de euros para comprar os 30% da PT na Vivo.

Lula da Silva terá alertado Sócrates para as barreiras que existem à criação de uma empresa de telecomunicações luso-brasileira, mas, segundo o jornal brasileiro, terá concordado com a ideia. Esta pode ter sido a razão do Estado para accionar a ‘golden share': ganhar tempo face à investida da Telefónica e garantir a presença da PT no Brasil.

A notícia do jornal brasileiro vem no seguimento da informação avançada pelo Diário Económico, a 3 de Julho, de que "os principais accionistas da PT estão a estudar uma possibilidade de fusão com a operadora brasileira Oi, de forma a encontrar uma alternativa no Brasil que permita obter luz verde do Governo à venda da Vivo".

O presidente do Banco Espírito Santo (BES), Ricardo Salgado, negou a existência de "negociações", mas não a de estudos sobre esta possibilidade.

A Oi é controlada pelos grupos Andrade Gutierrez e La Fonte, com 50,18%, mas o Governo tem grande influência através do banco estatal BNDES e de fundos de pensão de estatais, com 49,82%. É também a única operadora brasileira que não tem um parceiro internacional. Com receitas de 3,35 mil milhões de euros até Março, trata-se da maior empresa de fixo e móvel do Brasil.

Com 62 milhões de utilizadores, a Oi é apontada pelos analistas de mercado como uma das alternativas de investimento no Brasil para a PT, na eventual venda da sua participação na Vivo à Telefónica.

A entrada de PT na Oi já foi também defendida por um antigo ministro de Lula da Silva. José Dirceu, actualmente um influente dirigente do Partido dos Trabalhadores do presidente brasileiro, afirmou numa entrevista na semana passada que sempre defendeu "a fusão da Oi com a Brasil Telecom ou uma empresa comum com a Portugal Telecom."


Ex-homem forte do Governo Lula da Silva, José Dirceu deixou o cargo de ministro da Casa Civil, em 2005, na sequência do escândalo de um saco azul do Partido dos Trabalhadores, conhecido como "mensalão".
 

*

YOMISMO

  • 98
  • +0/-0
Re: Portugal Telecom: Notícias
« Responder #44 em: Julho 12, 2010, 11:55:17 am »
Señores, espero que comprendan varias cosas:

- El mercado de Telecomunicaciones en España está muy regulado, por el gobierno. Telefónica, como operador dominante, no puede sacar ofertas tecnológicas que sus competidores no puedan replicar. El resultado es que la oferta tecnológica es inferior a otros paises similares (Portugal por extensión y población no es comparable).

- Telefónica, como grupo, dispone de tecnología, conocimiento, contactos y posibilidad de poder implementar cualquier tecnología. PT está a años luz, por debajo, de las capacidades de Telefónica.

- Telefónica tenía desplegada en España, hace más de 20 años de red de F.O. y coaxial que se "oxidó" debido a que ningún competidor podía realizar la inversión para ofrecer un producto similar.

- Telefónica está haciendo un despliegue de red de datos celular que pocos operadores pueden hacer; literalmente, Vodafone España se está desangrando por tener que llevar el mismo ritmo de inversión.

- Telefónica obligó a PT a cambiar de red de CDMA a GSM en VIVO y esta inversión ha sido más costosa para PT que para TEF.

- El mercado portugués es pequeño y no es apatecible para Telefónica ya que el gobierno portugués es muy proteccionista cuando acuden empresas españolas en ciertos sectores "estratégicos"; cuando son empresas alemanas, franceses o inglesas no ocurre lo msimo.

Recuerden que cuanda hablan de lo mala que es Telefónica, también se refieren a MOVISTAR, O2 (lider en UK), O2 Germany, O2 Irlanda, O2 Chequia, O2 eslovaquia y muchísimas empresas más que abarcan desde satélites, programas de Defensa, producción de contenidos, etc. PT solo dispone de una operadora integral (en Portugal PT-TMN) y otra participación importante, una joint-venture con TEF (VIVO). El resto de empresas donde PT participa se dedican a actividades no relacionadas con la operación de redes y su % es marginal.

Creo, es solo mi opinión, que en Portugal hay una cierta "idea preconcebida" sobre España como nación subdesarrollada, desde la Guerra Civil de 1936 y no han savbido actualizar ese concepto. Olvidan detalles que en su conjunto, les permitiría cambiar su "foto" de España. A mi entender, hechos relevantes de la tecnología y empresa española pueden ser los siguientes:

- Creación de una red de alta velocidad, equiparable a las mejores del mundo, y que está permitiendo la exportación de infrestructura y trenes de alto valor añadido.

- Diseño y construcción de barcos de guerra de gran valor y tecnología, y con gran éxito de exportación (destructores AEGIS, submarinos scorpene y S80, LHA, OPV's, etc).

- Evolución de empresas con carácter nacional a grandes multinacionales de servicios y construcción, líderes en sus respectivos negocios.

- Lider mundial en energías renovables.

- 2º pais del mundo en Turismo.

- 8º mayor productor mundial de vehículos (se producen más de 2,5 millones de vehículos, se exporta creca del 90%, portugal produce 175.000 solo).

- red de satélites de comunicaciones propia lider en Latinoamérica y 2ª de Europa.

Y más cosas que se me olvida. No solo vendemos naranjas, bacalao y aceite.

Cuando se critica a un pais también hay que valorar otras cosas.
 

 

Filipe I(II);Filipe II(III); Filipe III(IV) Reis de Portugal

Iniciado por TemplárioQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 0
Visualizações: 1181
Última mensagem Abril 07, 2010, 01:22:56 pm
por Templário
Johnson&Johnson: Notícias

Iniciado por MarauderQuadro Mundo

Respostas: 0
Visualizações: 1483
Última mensagem Junho 26, 2006, 06:36:44 pm
por Marauder
Portugal "sem fronteiras"

Iniciado por TOMKATQuadro Portugal

Respostas: 6
Visualizações: 3068
Última mensagem Maio 10, 2006, 10:15:52 pm
por superbuzzmetal
"Napoleão e Portugal"

Iniciado por JoseMFernandesQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 5
Visualizações: 3759
Última mensagem Maio 22, 2006, 11:22:13 pm
por Luso
Iniciativa "Compromisso Portugal"

Iniciado por Tiger22Quadro Portugal

Respostas: 0
Visualizações: 1783
Última mensagem Fevereiro 11, 2004, 04:12:19 pm
por Tiger22