Jerónimo Martins: Notícias

  • 1 Respostas
  • 1311 Visualizações
*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +1/-0
Jerónimo Martins: Notícias
« em: Março 16, 2006, 01:45:42 pm »
Citar
Jerónimo Martins quer 20 novas lojas em Portugal

A Jerónimo Martins vai abrir este ano 20 novas lojas em Portugal e cem na Polónia, num investimento superior a 200 milhões de euros.


O anúncio foi realizado no Porto pelo presidente da comissão executiva do grupo, Luís Palha.
A empresa de distribuição considera que o sector está animado com a nova legislação, o que revitaliza a concorrência e a economia do País.

Factos que levam a Jerónimo Martins a defender a existência de nichos para a abertura de novas unidades de distribuição alimentar.

Desta forma, a Jerónimo Martins prevê terminar o ano com uma rede de 190 lojas Pingo Doce (mais 10 do que em 2005) e de 42 unidades Feira Nova (mais 10 do que no ano anterior).

Na Polónia, a empresa pretende continuar o programa de expansão e remodelação das unidades já existentes, abrindo mais cem unidades para atingir as 900 lojas a operar até ao final do ano.

16-03-2006 0:39:17
 

de:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro_d ... news=64626
Sempre a bombar..
« Última modificação: Junho 27, 2006, 03:39:53 pm por Marauder »
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Junho 27, 2006, 03:39:14 pm »
Citar
Polónia: ONG denuncia «transgressões» na rede Biedronka

A organização não-governamental OECD Watch organizou no domingo em Varsóvia, Polónia, um seminário sobre alegadas infracções às leis laborais na rede de supermercados Biedronka, do grupo Jerónimo Martins.


Peter Pennartz, responsável da organização que promove a responsabilidade empresarial, acusou a rede Biedronka de infringir as directivas da Organização para a Cooperação Económica e Desenvolvimento (OECD, na sigla em inglês), cometendo «transgressões aos direitos dos trabalhadores».

«Este caso envolve, não apenas o governo polaco, mas igualmente o governo português, que têm a responsabilidade de velar para que a empresa respeite as directivas da OCDE», afirmou Pennartz em declarações à Agência Lusa.

«Num próximo passo, queremos organizar um encontro para o qual convidaremos os representantes da Jerónimo Martins, dos governos polaco e português e de ONG, talvez precisamente em Portugal», acrescentou.

«Organizámos este seminário para tomar conhecimento das transgressões sofridas pelas vítimas da Jerónimo Martins na Polónia - os trabalhadores e fornecedores da rede Biedronka», referiu o responsável da OECD Watch.

Os representantes da OECD Watch ouviram os testemunhos de empregados, ex-empregados e sindicalistas da rede de lojas Biedronka.

Contactado, Pawel Tyminski, porta-voz da filial da JM na Polónia, limitou-se a afirmar que a empresa não foi convidada a participar no seminário.

A Agência Lusa procurou também contactar a Jerónimo Martins em Portugal, mas não obteve resposta.

Clemens Rode, coordenador da organização alemã Friedrich Ebert Stiftung, afirmou à Agência Lusa que os alegados abusos na rede Biedronka põem em causa o investimento português na região.

«Com estas práticas a Jerónimo Martins prejudica a reputação do investimento português na Polónia e, em consequência, noutros países», assinalou.

«Temos uma representação em Portugal e vamos encetar medidas para esclarecer isto. É necessário convencer a Jerónimo Martins de que só tem a ganhar mudando de métodos», adiantou.

Representantes da «Associação dos Prejudicados pelas Grandes Redes Comerciais - Biedronka» e da Fundação de Helsínquia para os Direitos Humanos indicaram que os controlos realizados pela Inspecção Geral do Trabalho comprovaram transgressões às leis laborais na rede.

Entre estas, referiram, estão a falsificação dos registos de horas de trabalho, imposição às mulheres de trabalhos físicos pesados e não pagamento das horas de trabalho extraordinário.

Dorota Jackowska, ex-trabalhadora de uma loja Biedronka em Olsztyn, disse à Lusa que os funcionários portugueses da empresa mostram habitualmente desrespeito em relação aos polacos.

Outra ex-trabalhadora, Barbara Karpinska, acusou a Biedronka de se furtar ao pagamento de horas extraordinárias e de ter sido sujeita a trabalhos pesados, causadores de problemas de saúde.

Diário Digital / Lusa

26-04-2006 7:01:00


de:
http://diariodigital.sapo.pt/dinheiro%5 ... news=66238

Meti a notícia aqui visto que está indirectamente relancionada com Portuga, visto que se trata de um investimento 100% português na Polónia.
A nova forma de escravatura do século 21...
 

 

Estaleiros Navais de Viana do Castelo: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 11
Visualizações: 4587
Última mensagem Maio 13, 2008, 10:27:57 am
por P44
Espírito Santo Turismo: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1193
Última mensagem Julho 29, 2006, 03:28:00 pm
por Marauder
Sonae Indústria: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 4
Visualizações: 1465
Última mensagem Julho 29, 2006, 09:33:44 am
por Marauder
Sonae Sierra: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 4
Visualizações: 1876
Última mensagem Julho 18, 2006, 08:42:56 pm
por Marauder
Portugal Telecom: Notícias

Iniciado por Marauder

Respostas: 115
Visualizações: 23195
Última mensagem Agosto 22, 2017, 01:01:52 am
por Viajante