GNR - GIPS

  • 66 Respostas
  • 34024 Visualizações
*

Artic Fusion

  • Membro
  • *
  • 148
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #30 em: Dezembro 08, 2006, 11:29:11 pm »
Eles fazem o que qualquer GNR que não seja parte de um GIPS faz...
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3534
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +4/-4
(sem assunto)
« Responder #31 em: Dezembro 09, 2006, 07:08:36 pm »
Citação de: "Artic Fusion"
Eles fazem o que qualquer GNR que não seja parte de um GIPS faz...

Ver dias a passar :lol:
Potius mori quam foedari
 

*

Artic Fusion

  • Membro
  • *
  • 148
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #32 em: Dezembro 09, 2006, 10:27:50 pm »
Citação de: "ricardonunes"
Citação de: "Artic Fusion"
Eles fazem o que qualquer GNR que não seja parte de um GIPS faz...
Ver dias a passar :twisted:  :twisted:
 

*

Bravo Two Zero

  • Especialista
  • ****
  • 1009
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #33 em: Dezembro 10, 2006, 01:46:18 pm »
Citação de: "Artic Fusion"
Citação de: "ricardonunes"
Citação de: "Artic Fusion"
Eles fazem o que qualquer GNR que não seja parte de um GIPS faz...
Ver dias a passar :twisted:  :twisted:


 :no:
Não vá por aí........................
"Há vários tipos de Estado,  o Estado comunista, o Estado Capitalista! E há o Estado a que chegámos!" - Salgueiro Maia
 

*

Artic Fusion

  • Membro
  • *
  • 148
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #34 em: Dezembro 10, 2006, 02:54:43 pm »
Citação de: "Bravo Two Zero"
Citação de: "Artic Fusion"
Citação de: "ricardonunes"
Citação de: "Artic Fusion"
Eles fazem o que qualquer GNR que não seja parte de um GIPS faz...
Ver dias a passar :twisted:  :twisted:

 :no:
Não vá por aí........................


?

Grau de humor de Bravo Two Zero=0
 

*

Bravo Two Zero

  • Especialista
  • ****
  • 1009
  • Recebeu: 13 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #35 em: Dezembro 10, 2006, 03:29:48 pm »
Citação de: "Artic Fusion"
Citação de: "Bravo Two Zero"
Citação de: "Artic Fusion"
Citação de: "ricardonunes"
Citação de: "Artic Fusion"
Eles fazem o que qualquer GNR que não seja parte de um GIPS faz...
Ver dias a passar :twisted:  :twisted:

 :no:
Não vá por aí........................

?

Grau de humor de Bravo Two Zero=0


Deve ser isso, deve......................
"Há vários tipos de Estado,  o Estado comunista, o Estado Capitalista! E há o Estado a que chegámos!" - Salgueiro Maia
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2882
  • Recebeu: 69 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +30/-18
(sem assunto)
« Responder #36 em: Dezembro 10, 2006, 10:58:38 pm »
O camarada ArticFusion sei que aí em Vila Real ta frio mas não se chatei-e.. :lol:
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

sturzas

  • Membro
  • *
  • 120
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #37 em: Dezembro 11, 2006, 02:24:06 am »
Boas Pessoal

Penso que a rapaziada do GISP, quando não há "fogos", realizam as tarefas de um qualquer militar da GNR. Pelo menos já fui multado há cerca de três semanas, em Bragança, a minha terra de origem, por um militar da Guarda, que tinha o "patch" do GISP.

Penso contudo, que o empenho feito na formação de cerca de 300 (?) elementos (pelo menos 3 companhias destacadas pelo território nacional, durante o Verão), também deva atingir, se não o faz, sem dúvida deveria, a formação em qualquer situação de catástrofe, cheias, tremores de terra, vulcões, etc.

Acho na realidade, que a criação destes operacionais, que pelos vistos até fizeram um trabalho aceitável, neste último verão, inseridos como é claro num esquema diferente, não deve esconder aquilo que deveria existir, um Corpo de Bombeiros Profissionais, dependentes directamente do SNBPC-Ministério da Administração Interna. E a estes últimos, sim deveriam ser dadas condições materiais e de formação para desempenharem a missão que, na prática continuam a ser deles. Ainda não vi nestas cheias, ninguém do GISP a fazer qualquer coisa que fosse; bombeiros muitos. O dinheiro da formação desses elementos tem que ser justificado, na prática, pois é essa a sua função.

Cumprimentos.
NA PAZ E NA VIDA... QUE RESERVA TÃO CALMA E TRANQUILA... MAS SE OUVIRES O TROAR DA GUERRA... ENTÃO IMITA O TIGRE...
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3534
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +4/-4
(sem assunto)
« Responder #38 em: Dezembro 11, 2006, 02:03:06 pm »
Decreto - Lei 22/2006 de 02/02/2006

Artigo 4.º
Grupo de Intervenção de Protecção e Socorro

1 - É criado, na dependência do comando-geral da GNR, o GIPS.

2 - O GIPS tem como missão específica a execução de acções de prevenção e de intervenção de primeira linha, em todo o território nacional, em situação de emergência de protecção e socorro, designadamente nas ocorrências de incêndios florestais ou de matérias perigosas, catástrofes e acidentes graves.

A minha questão para o Alferes Artic Fusion, estão os soldados do GIPS capacitados para actuar em situações de catástrofe e acidentes graves?
Se sim, já entraram em "acção" nestes últimos casos de cheias e vendavais?
É que o que se houve e vê noticiado, é que esses militares tiveram formação para combate a incêndios, bem como o material que lhes foi destribuido é especifico para esse fim.
Potius mori quam foedari
 

*

golex

  • 39
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #39 em: Fevereiro 11, 2007, 05:56:38 pm »
acho piada aos que se revoltam contra  a instituição GNR por tentar fazer o melhor numa nova missão que lhe atribuiram (mais uma) em vez de questionarem as estratégias administrativas de quem governa e toma este tipo de decisões.
acho que é um problema nacional, em vez de reclamarmos junto do gerente limitamo-nos a gritar com o balconista.
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3534
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +4/-4
(sem assunto)
« Responder #40 em: Fevereiro 11, 2007, 06:02:17 pm »
Citação de: "golex"
acho piada aos que se revoltam contra  a instituição GNR por tentar fazer o melhor numa nova missão que lhe atribuiram (mais uma) em vez de questionarem as estratégias administrativas de quem governa e toma este tipo de decisões.
acho que é um problema nacional, em vez de reclamarmos junto do gerente limitamo-nos a gritar com o balconista.


Sr. golex, sabe responder á minha última questão?

Falo por mim, não tenho nada contra a GNR, só não gosto dos paparazzi da BT :twisted:
Potius mori quam foedari
 

*

golex

  • 39
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #41 em: Fevereiro 11, 2007, 06:21:21 pm »
sr. ricardo nunes, creio que como qualquer outra unidade que tem por base o RI, quando não estão em serviço efectivo estão de prevenção e em treino. sublinho o creio.
quanto aos meios fornecidos a estes militares não lhe sei dizer, mas a formação é abrangente e não limitada aos incêndios. de qualquer forma é obvio que sendo os incendios florestais a principal calamidade que tem assolado o território nacional, é natural que a maior preocupação tenha sido precisamente o combate ao incendios.
devo ainda dizer que em matéria de opinião eu também não concordo com a atribuição desta função à GNR, à protecção civil ou a um corpo profissional e de elite de bombeiros seriamais apropriado, acho que a especialização leva a uma melhor performance e o estado português está a fazer precisamente o contrário.
quanto ao fotografos da bt sao fáceis de contornar, basta cumprir o código da estrada.
« Última modificação: Fevereiro 11, 2007, 06:46:11 pm por golex »
 

*

ricardonunes

  • Investigador
  • *****
  • 3534
  • Recebeu: 24 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +4/-4
(sem assunto)
« Responder #42 em: Fevereiro 11, 2007, 06:44:11 pm »
Citação de: "golex"
sr. ricardo nunes, creio que como qualquer outra unidade que tem por base o RI, quando não estão em serviço efectivo estão de prevenção e em treino. sublinho o creio.


Crê ou sabe?
Mas a minha questão é mais simples, os GIPS já entraram em acção este ano/ano passado para acudir a situações de calamidade publica sem ser incêndios florestais?
Potius mori quam foedari
 

*

golex

  • 39
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #43 em: Fevereiro 11, 2007, 06:50:05 pm »
peço desculpa que eu não tinha lido a suaquestão com atenção. já reformulei a resposta. em resposta a esta ultima pergunta será "creio", a informação que lhe dei não é totalmente isenta de imprecisões.
 

*

golex

  • 39
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #44 em: Fevereiro 11, 2007, 06:51:04 pm »
de facto naõ sei qual tem sido a utilização operacional dos GIPS.
 

 

GIPS

Iniciado por MarkusCorreia

Respostas: 6
Visualizações: 3634
Última mensagem Março 26, 2009, 11:25:10 am
por Pedr0