Trocas comerciais entre China e países lusófonos cresceram

  • 1 Respostas
  • 3092 Visualizações
*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +7/-11
Trocas comerciais entre China e países lusófonos cresceram
« em: Fevereiro 08, 2006, 12:08:16 am »
Trocas comerciais entre China e países lusófonos cresceram 25%

--------------------------------------------------------------------------------

Brasil e Angola são os principais parceiros

Trocas comerciais entre China e países lusófonos cresceram 25%


As trocas comerciais entre a China e a Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) cresceram 25,9 por cento nos sete primeiros meses de 2005, com Angola e o Brasil a assumirem a responsabilidade por 93,5 por cento do comércio bilateral.

Dados estatísticos hoje divulgados pela Rádio Macau indicam que o valor das trocas comerciais atingiu os 12.146 milhões de dólares durante este período.

A balança comercial é largamente positiva para os países de língua portuguesa, que exportaram produtos no valor de 8780 milhões de dólares e importaram 3366 milhões de dólares de produtos chineses.

O Brasil foi o principal beneficiado. As suas trocas aumentaram 9,6 por cento em 2005, registando-se uma subida de 1,7 por cento nas suas exportações para a China e de 28,9 por cento nas suas importações.

Angola é o segundo parceiro lusófono da China, tendo exportado produtos (essencialmente petróleo) no valor de 3581 milhões de dólares (mais 72,2%), enquanto as importações de produtos chineses quase duplicavam (mais 90,2%), embora continuem relativamente modestas (196 milhões de dólares).

Moçambique é o país que mais aumentou as trocas com a China durante o primeiro semestre de 2005, com crescimentos de 116,2 por cento das exportações (38,5 milhões de dólares) e de 104,5 por cento das importações (58,5%).

Portugal é o único pais lusófono que não aumentou as exportações para a China, mas em 2005 as importações portuguesas cresceram 60,5 por cento em relação a idêntico período de 2004.

Na CPLP, apenas São Tomé e Príncipe não tem relações comerciais com a República Popular da China. Em troca recebe da Formosa ajuda financeira especial de vários milhões de dólares por ano.

A China designou Macau como o elo de ligação aos países de língua portuguesa. O Fórum para a Cooperação Comercial realizou-se naquele território em 2003 e em Luanda em 2005.

A RP China intensificou também em 2005 as relações políticas, comerciais e financeiras com África. O terceiro fórum ministerial China-África, a realizar em 2006, foi elevado ao nível de cimeira a pedido dos 29 chefes de Estado africanos que visitaram Pequim no ano transacto.

3 Janeiro 2006
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

André

  • Investigador
  • *****
  • 3570
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +14/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Abril 28, 2009, 12:32:32 pm »
Trocas comerciais entre China e mundo lusófono crescem 66% em 2008


As trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa totalizaram 59.156,2 milhões de euros (77.022 milhões de dólares) em 2008, mais 66,16% do que em 2007, disse à agência Lusa fonte oficial em Macau.

De acordo com os dados revelados pela mesma fonte, entre Janeiro e Dezembro de 2008, a China importou dos oito países de língua portuguesa produtos no valor de 52.721 milhões de dólares, mais 66,15 por cento do que em 2007, contra vendas de 24.300 milhões de dólares, ou mais 66,18 por cento.

O Brasil, principal parceiro da China entre os países de expressão portuguesa, viu as trocas comerciais com a República Popular aumentarem 63,52 por cento para 48,573 milhões de dólares, com as exportações chinesas a totalizarem 18.749 milhões de dólares e as importações 29.823 milhões de dólares.

Angola registou um crescimento de 79,30 por cento, com as exportações chinesas a valerem 2.928 milhões de dólares e as importações 25.311 milhões de dólares.

Portugal, o terceiro parceiro chinês no âmbito dos países de língua portuguesa, registou um aumento de 21,73 por cento, para 2.691,2 milhões de dólares, com a China a importar produtos portugueses no valor de 387,2 milhões de dólares e a vender produtos no valor de 2.304 milhões de dólares.

O valor das trocas comerciais entre a China e os países de língua portuguesa em 2008 ultrapassou em larga medida os 50.000 milhões de dólares previstos como meta a atingir para 2009, quando se completam seis anos do estabelecimento do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, cuja base formal da cooperação tem sede em Macau.

Lusa

 

 

Lula: China será a grande viagem do governo brasileiro

Iniciado por Guilherme

Respostas: 0
Visualizações: 1763
Última mensagem Maio 17, 2004, 03:06:02 pm
por Guilherme
China dá ajuda económica de 3 milhões euros à Guiné-Bissau

Iniciado por comanche

Respostas: 3
Visualizações: 3514
Última mensagem Agosto 09, 2007, 08:06:28 pm
por André
Angola é o maior exportador de petróleo para a China

Iniciado por Fernando Negro

Respostas: 1
Visualizações: 2525
Última mensagem Novembro 13, 2012, 07:53:36 pm
por Cláudio C.
Relações Angola-China

Iniciado por comanche

Respostas: 12
Visualizações: 7243
Última mensagem Outubro 10, 2018, 02:52:39 pm
por Lusitano89
Relações Brasil - China

Iniciado por P44

Respostas: 4
Visualizações: 2912
Última mensagem Outubro 16, 2010, 09:06:41 pm
por Lusitano89