Sócrates cria nova secreta à margem da lei, diz Visão

  • 13 Respostas
  • 7727 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7681
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 586 vez(es)
  • +224/-205
Sócrates cria nova secreta à margem da lei, diz Visão
« em: Fevereiro 02, 2006, 08:57:59 am »
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?s ... ews=213112

Sócrates cria nova secreta à margem da lei, diz Visão

O primeiro-ministro José Sócrates estará a criar um novo núcleo de serviços de informação, sob a direcção de Júlio Pereira, secretário-geral do Serviço de Informações da República Portuguesa, noticia hoje a revista Visão.

Esse núcleo restrito de análise e produção de informações, já tem funcionamento no edifício da Presidência do Conselho de Ministros, na Rua Gomes Teixeira, refere a revista na sua edição de hoje, com o titulo de capa «A Secreta oculta de Sócrates».
De acordo com a Visão, este núcleo «indicia a existência de uma secreta paralela, uma espécie de serviço privado do chefe de Governo, actuando à margem da lei e de qualquer escrutínio do Conselho de Fiscalização, eleito pelo Parlamento».
A actual legislação não prevê que o secretário-geral do Serviço de Informações da República Portuguesa (SIRP), actualmente Júlio Pereira, tenha uma estrutura própria de pesquisa e produção de informações.
Segundo a Visão, a actividade do grupo restrito, a trabalhar para o gabinete de Júlio Pereira, que responde directa e politicamente perante o primeiro-ministro, é exclusiva do SIS (Serviço de Informações de Segurança) e do SIED (Serviço de Informações Estratégicas de Defesa).
O SIS e o SIED são os únicos com competência para pesquisar e tratar informações ultraconfidenciais, classificadas como segredo de Estado.
Em causa, escreve a Visão, podem estar os direitos, liberdades e garantias dos cidadãos, já que o novo modelo não tem cobertura formal nem jurídica.
Ainda que a trabalhar limitada e informalmente, para melhorar a eficácia dos serviços e dar apoio ao responsável do SIRP, a acção daquele núcleo contraria o espírito da lei, adianta a revista semanal.
O artigo da Visão indica também que o «embrião da nova secreta faz parte de um plano ambicioso, que tem sido mantido no segredo dos deuses».
De acordo com a Visão, o objectivo final, já delineado, passa, a médio prazo, pela fusão das três actuais secretas, as duas civis (SIS e SIED) e a militar (DIMIL - Divisão de Informações Militares), num único serviço de informações.
A revista adianta que alguns dos departamentos, como o financeiro já estão em fase adiantada de integração.
O Governo, segundo a Visão, prepara-se para avançar com a transferência das «secretas» para um pólo único, de alta segurança, o qual poderá ficar instalado na Ameixoeira, na zona do Lumiar, em Lisboa, em antigas instalações militares, que, aliás, já estão em obras.
Neste momento, a questão que se coloca é complexa do ponto de vista jurídico, pois a lei de regulamentação do funcionamento dos serviços encontra-se por aprovar há cerca de um ano e meio.
A Visão refere que o Governo e Júlio Pereira continuam a trabalhar no assunto mas que para já ainda não há nenhum documento definitivo.
A situação não é desconhecida do novo Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, que de acordo com a Visão, terá certamente uma palavra a dizer a partir de 9 de Março, data em que toma posse, pois a lei obriga a que seja «especialmente informado».
Contactado pela Visão, Júlio Pereira não se mostrou disponível para prestar qualquer tipo de esclarecimento.
A revista escreve também que «em tempo de cortes orçamentais, as secretas têm um aumento de 25%», o que pode indiciar a estratégia governamental de reforçar ou remodelar este sector.

Diário Digital / Lusa
02-02-2006 7:41:00
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1697
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Fevereiro 02, 2006, 01:46:42 pm »
A ser verdadeira a notícia da VISÃO, acho o caso gravíssimo.

Uns serviços de informações em qualquer estado de direito deve servir os interesse do Estado, na linha de proteger e defender contra ameaças, e não servir os interesse do Governo, porque aí as funções passariam a ser confundidas com as de uma polícia política.

Estado e Governo não são a mesma coisa.

Acho que tudo isto merece um esclarecimento.
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1175
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Fevereiro 02, 2006, 06:10:56 pm »
O governo já se apressou a desmentir a notícia.
O PSD e o PCP já manifestaram a intenção de pedirem inquéritos parlamentares.

A Visão por sua vez reafirma o que escreveu e diz que vai continuar com a investigação sobre o caso, considerando naturais os desmentidos.

Ainda estamos na fase dos desmentidos, mas em política... não costuma haver fumo sem fogo,... e algum empolamento jornalistico de casos, que ás vezes, nem o chegam a ser.

Não é a primeira vez que se houve falar na fusão das 3 secretas portuguesas.
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Fevereiro 02, 2006, 06:57:48 pm »
A fusão das 3 secretas é um erro. Já foi tentado noutros países e foi desastroso porque a parte militar e civil começam a competir uma com a outra e só dá problemas.
 

*

Nuno Bento

  • Perito
  • **
  • 339
  • Recebeu: 7 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Abril 26, 2006, 12:23:03 am »
Citação de: "Yosy"
A fusão das 3 secretas é um erro. Já foi tentado noutros países e foi desastroso porque a parte militar e civil começam a competir uma com a outra e só dá problemas.


Sis ; Siedm e .... :?:
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7405
  • Recebeu: 616 vez(es)
  • Enviou: 755 vez(es)
  • +97/-30
(sem assunto)
« Responder #5 em: Abril 26, 2006, 08:50:17 pm »
Citação de: "Nuno Bento"
Citação de: "Yosy"
A fusão das 3 secretas é um erro. Já foi tentado noutros países e foi desastroso porque a parte militar e civil começam a competir uma com a outra e só dá problemas.

Sis ; Siedm e .... :?:


 :censurado: é secreto
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Abril 27, 2006, 09:49:18 pm »
Citação de: "Nuno Bento"
Citação de: "Yosy"
A fusão das 3 secretas é um erro. Já foi tentado noutros países e foi desastroso porque a parte militar e civil começam a competir uma com a outra e só dá problemas.

Sis ; Siedm e .... :?:


Sorry, enganei-me  ;)
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6765
  • Recebeu: 307 vez(es)
  • Enviou: 201 vez(es)
  • +175/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Abril 27, 2006, 10:25:16 pm »
A 3ª é a DIMIL - Divisão de Informações Militares, ex-DINFO - Divisão de Informações
 

*

NotePad

  • Perito
  • **
  • 579
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Abril 27, 2006, 11:51:44 pm »
...
« Última modificação: Fevereiro 25, 2007, 05:50:04 am por NotePad »
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Abril 28, 2006, 04:55:20 pm »
Citação de: "PereiraMarques"
A 3ª é a DIMIL - Divisão de Informações Militares, ex-DINFO - Divisão de Informações


Pensava que essa já tinha acabado - que tinha sido absorvida pelo SIEDM.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7405
  • Recebeu: 616 vez(es)
  • Enviou: 755 vez(es)
  • +97/-30
(sem assunto)
« Responder #10 em: Abril 28, 2006, 08:04:24 pm »
Citação de: "NotePad"
Acho muito bem feito esta fusão, actualmente temos 3 agencias na mesma area a gastar $$ e recursos humanos a triplicar, e fazer nao se sabe bem o que. Assim juanta-se tudo e cria-se 1 agencia muito mais eficiente. digo eui...


E você gostava com certeza de saber o que é que eles fazem? Então não servia para nada.  :lol:

Não é bem na mesma area porque o SIS é informações internas (Portugal) e o SIEDM é informações externas (outros paises), a Dimil não sei.
 

*

quintanova

  • 148
  • +0/-0
    • Em Busca de Lecor
(sem assunto)
« Responder #11 em: Março 18, 2008, 11:41:16 pm »
Já é uma sorte esses senhores conseguirem acabar um Soduku (ou lá como se chama), quanto mais o trabalho que deviam... Cruz Credo. Trabalho? Foge!

*

RicP

  • 357
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #12 em: Março 19, 2008, 05:08:41 pm »
Cá para mim a "Visão" anda a ter visões...

 c34x
 

*

jmg

  • Analista
  • ***
  • 637
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Março 21, 2008, 09:24:17 am »
Bem enquanto o SIEDM recolhia informação estratégica até do ponto de vista militar (Orçamentos de estado reservados para a defesa, tipos de investimentos feitos no sector da defesa, pesquisa e desenvolvimento científico na área da defesa, acordos multi ou bilaterais em matéria de defesa.....) a DIMil dedica-se à recolha de informações tácticas ou operacionais (Organização de grandes unidades, estado de prontidão, estado de preparação, mobilização, aumento do numero de exercícios realizados....).
Não te fies de mim, se te faltar valentia.
(Inscrição gravada num antigo punhal.Autor desconhecido)

ΜΟΛΩΝ ΛΑΒΕ
 

 

Nova directora-geral dos Serviços de Informação e Segurança

Iniciado por Tiger22

Respostas: 21
Visualizações: 12570
Última mensagem Agosto 01, 2007, 08:13:23 pm
por SSK
A Reforma "Secreta" que Merece Consenso

Iniciado por p.esteves

Respostas: 1
Visualizações: 3298
Última mensagem Junho 16, 2015, 04:52:37 pm
por Cabeça de Martelo
Agente da secreta moçambicana morto a tiro em Maputo

Iniciado por Lancero

Respostas: 0
Visualizações: 2323
Última mensagem Maio 22, 2007, 07:01:49 pm
por Lancero
SIEDM ajuda a criar secreta em Timor

Iniciado por Tiger22

Respostas: 2
Visualizações: 4623
Última mensagem Julho 21, 2010, 10:44:28 am
por nelson38899
Putin ordena reestruturação da secreta russa

Iniciado por Fábio G.

Respostas: 0
Visualizações: 1996
Última mensagem Julho 14, 2004, 12:16:03 pm
por Fábio G.