Tensão em Timor Leste

  • 485 Respostas
  • 107051 Visualizações
*

Paisano

  • Especialista
  • ****
  • 905
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +1/-0
    • http://defesabrasil.com/forum
(sem assunto)
« Responder #75 em: Maio 30, 2006, 04:47:38 pm »
Massacre Dili (25/05/2006) - Documento da UN Police - Timor Leste:

http://www.defesanet.com.br/docs/massacre_dili.pdf

Fonte: www.defesanet.com.br
As pessoas te pesam? Não as carregue nos ombros. Leva-as no coração. (Dom Hélder Câmara)
_________________
Volta Redonda
_________________
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7463
  • Recebeu: 328 vez(es)
  • Enviou: 108 vez(es)
  • +59/-137
(sem assunto)
« Responder #76 em: Maio 30, 2006, 09:04:57 pm »
Bom, pelos vistos lá vamos abandonar Timor outra vez.
Em vez da Indónésia va passar a ser um protectorado Australiano.
Não gostei do facto da mulher de Xanana ter mandado umas bocas. Tem que estar caladinha.
Entretanto, mais uma vez se demonstra que não temos capacidade de transporte. Contínuamente a sermos apanhados de calças na mão.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +7/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #77 em: Maio 30, 2006, 09:32:47 pm »
A mulher do Xanana Gusmão está a transformar-se numa especie de porta-voz presidencial, especialmente para a imprensa australiana...

Quanto à capacidade de transporte ou à falta dela, é o que já sabemos e o que já sabiamos.

Realmente não a temos. Não a temos nós como não têm a maioria dos países europeus, que por isso dependem dos Estados Unidos.

Quando a GNR foi para o Iraque, tinha lá as forças italianas que "emprestaram" os IVECO deles, até que se compraram os nossos à pressa (mais ou menos como no Afeganistão, em que pedimos emprestados aos espanhóis e depois mandámos blindar os nossos à pressa.

Neste caso, em Timor, não temos muletas, e por isso entende-se que não sejamos capazes de dar um passo.

é até constrangedor ouvir politicos a falar numa prontidão imediata e na capacidade da partida nas próximas 24 horas.
É igualmente constrangedor ter ouivido um oficial do exército a dizer mais ou menos a mesma coisa.

Aos politicos, eu desculpo a imbecilidade, mas ao oficial do exército acho que não se pode desculpar o desconhecimento com a mesma facilidade.

Um oficial responsável, sabe que a operacionalidade e capacidade de intervenção de um aforça móvel, não está apenas dependente da disponibilidade imediata dos homens, mas também e acima de tudo, da capacidade para os transportar.

Vide o que aconteceu na I Guerra Mundial, em que não tinhamos qualquer capacidade para transportar tropas, com os resultados conhecidos.

Durante o periodo "Salazar" tentou-se resulver o problema com o célebre programa de construção de navios, que embora se tenha tornado obsoleto com o aparecimento dos aviões a jacto, foi importante na altura.

Hoje, não há nada.

Nem sequer um navio onde possamos carregar uns simples jipes.

Cumprimentos
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6578
  • Recebeu: 188 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +10/-0
(sem assunto)
« Responder #78 em: Maio 30, 2006, 10:03:56 pm »
Resolução do Conselho de Ministros português:
http://dre.pt/pdfgratis/2006/05/104b01.pdf
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1691
  • Recebeu: 182 vez(es)
  • Enviou: 425 vez(es)
  • +7/-1
Referências
« Responder #79 em: Maio 31, 2006, 02:05:42 am »
A Wikipédia em inglês tem, a respeito da operação das forças militares em Timor-Leste, o artigo Operation Astute. Que por sua vez tem o número de soldados enviados, os nomes das unidades e ainda, entre outras coisas, uma cronologia.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Marauder

  • Investigador
  • *****
  • 2102
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #80 em: Maio 31, 2006, 05:08:24 pm »
Mais 123 militares para a força internacional da ONU, neste caso da Nova-Zelândia
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?s ... ews=230178

E os nossos 120 GNRs vão amanha..
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6578
  • Recebeu: 188 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +10/-0
(sem assunto)
« Responder #81 em: Maio 31, 2006, 09:40:19 pm »
Citar
Timor-Leste
Partida de GNR adiada

A partida do contigente da GNR para Timor-Leste foi adiada por um dia. Os militares portugueses deixam Lisboa na sexta-feira, confirmou o ministro da Administração Interna, António Costa.

A partida dos militares para Timor-Leste estava marcada para amanhã ao fim do dia, do Aeroporto do Figo Maduro, mas foi adiada por uma horas para sexta-feira de manhã, segundo noticiou a rádio TSF. Em causa está uma questão de logística, que permitirá aos militares da GNR chegar ao aeroporto de Díli de dia.

O transporte de 114 militares e uma equipa de três elementos do INEM deverá realizar-se num avião civil, enquanto um aparelho Antonov vai fazer o transporte de 24 viaturas, armamento e mantimentos, de acordo com um comunicado oficial da GNR divulgado na quinta-feira.

Três oficiais da GNR já se encontram em Díli, onde preparam a chegada do restante contigente, que parte para aquele território numa missão de urgência para ajudar a manter a ordem em Timor-Leste, na sequência da vaga de violência que assola o país.

Fonte: http://www.correiomanha.pt/noticia.asp? ... l=21&p=200
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6578
  • Recebeu: 188 vez(es)
  • Enviou: 149 vez(es)
  • +10/-0
(sem assunto)
« Responder #82 em: Junho 01, 2006, 12:22:07 am »
Lista de viaturas a enviar segundo a SIC Notícias:
6 VBTP Iveco
6 Carrinhas Mercedes (daquelas com uma grade no vidro da frente)
4 Jipes
3 Pick-ups
 

*

RedWarrior

  • 235
  • +0/-0
    • http://rouxinol.blogspot.com/
(sem assunto)
« Responder #83 em: Junho 02, 2006, 08:30:33 am »
Citação de: "papatango"
Quanto à capacidade de transporte ou à falta dela, é o que já sabemos e o que já sabiamos.

 Os portugueses não puseram ainda lá uma força, mas não foi por falta de transporte, foi porque os australianos tinham obrigado o governo timorense a assinar uns termos que lhes davam um exclusivo de liderança de todas as forças estrangeiras em Timor. Esses termos já foram remodelados, e agora sim, já devem estar a caminho :lol:
 O governo australiano queria instalar lá um governo fantoche, mas parece que está a fracasar porque ( quem diria ) a diplomacia portuguesa levou a melhor, inclusivé alguém da administração australiana disse que se devia formar um governo de unidade com os revoltosos  :evil: :evil:
A primeira vítima de todas as guerras é a verdade
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14427
  • Recebeu: 784 vez(es)
  • Enviou: 762 vez(es)
  • +62/-56
(sem assunto)
« Responder #84 em: Junho 02, 2006, 10:18:29 am »
Citação de: "RedWarrior"
Citação de: "papatango"
Quanto à capacidade de transporte ou à falta dela, é o que já sabemos e o que já sabiamos.
Os portugueses não puseram ainda lá uma força, mas não foi por falta de transporte, foi porque os australianos tinham obrigado o governo timorense a assinar uns termos que lhes davam um exclusivo de liderança de todas as forças estrangeiras em Timor. Esses termos já foram remodelados, e agora sim, já devem estar a caminho :lol:
 O governo australiano queria instalar lá um governo fantoche, mas parece que está a fracasar porque ( quem diria ) a diplomacia portuguesa levou a melhor, inclusivé alguém da administração australiana disse que se devia formar um governo de unidade com os revoltosos  :evil: :wink:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +7/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #85 em: Junho 02, 2006, 02:11:10 pm »
A mim parece mais desculpa de mau pagador.

Ainda agora,foi referido na TV que a missão para Timor está parada, porque chegaram à conclusão de que um Antonov não pode aterrar no aeroporto de Dili.

Se isto for verdade, é para chorar e bater com a cabeça nas paredes, porque qualquer pessoas minimamente bem informada, sabe que o aeroporto de Dili só dá para aviões do tipo Hercules C-130 e até aos Boeing 737 ou os Fokker F-100 da empresa Merpati-Nusantara (empresa regional da Indonesia).

Fica muito mais bonito na fotografia, dizer que toda a incompetência e atraso patético da missão se deveu à nossa vontade patriótica de não termos as tropas sob o comando da Austrália, em vez de admitir que o que há, incompetência, que resulta em falsas partidas, noticias descoordenadas, imprecisões e meias verdades.

O MNE não estava informado da situação.
Os jornalistas dão-nos uma imagem um bocado poética demais (com afirmações de que todo o Timor está à espera da GNR salvadora).
Os atrasos e a prontidão de 24 horas, transformaram-se em quase 15 dias .

Eu diria, que encontraram limalha de ferro nos motores dos Antonov...

Cumprimentos
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1691
  • Recebeu: 182 vez(es)
  • Enviou: 425 vez(es)
  • +7/-1
(sem assunto)
« Responder #86 em: Junho 02, 2006, 03:05:45 pm »
Citação de: "papatango"
A mim parece mais desculpa de mau pagador.

Ainda agora,foi referido na TV que a missão para Timor está parada, porque chegaram à conclusão de que um Antonov não pode aterrar no aeroporto de Dili.

Se isto for verdade, é para chorar e bater com a cabeça nas paredes, porque qualquer pessoas minimamente bem informada, sabe que o aeroporto de Dili só dá para aviões do tipo Hercules C-130 e até aos Boeing 737 ou os Fokker F-100 da empresa Merpati-Nusantara (empresa regional da Indonesia).

Fica muito mais bonito na fotografia, dizer que toda a incompetência e atraso patético da missão se deveu à nossa vontade patriótica de não termos as tropas sob o comando da Austrália, em vez de admitir que o que há, incompetência, que resulta em falsas partidas, noticias descoordenadas, imprecisões e meias verdades.

O MNE não estava informado da situação.
Os jornalistas dão-nos uma imagem um bocado poética demais (com afirmações de que todo o Timor está à espera da GNR salvadora).
Os atrasos e a prontidão de 24 horas, transformaram-se em quase 15 dias .

Eu diria, que encontraram limalha de ferro nos motores dos Antonov...

Cumprimentos
E mais:

Citação de: "Diário Digital / Lusa"
GNR não partirá para Timor-Leste antes das 22:00, diz MAI
O contingente da GNR que vai para Timor-Leste não partirá antes das 22:00 de hoje porque ainda falta obter uma autorização de sobrevoo de um país árabe, disse no Luxemburgo o ministro da Administração Interna.

«Estamos a fazer tudo para que a partida seja hoje, não será concerteza antes das 22:00 ou 23:00 horas de hoje», disse António Costa aos jornalistas à margem de uma reunião da União Europeia.

O ministro explicou que o facto de nos países Árabes a sexta- feira ser dia de descanso semanal tem dificultado a obtenção das autorizações de passagem do voo.

Fonte diplomática disse entretanto à Lusa que o país Árabe em causa é o Bahrein.

Diário Digital / Lusa
02-06-2006 13:04:00

fonte: http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=12&id_news=230569


Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

alfsapt

  • Membro
  • *
  • 250
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #87 em: Junho 02, 2006, 03:11:46 pm »
Isto já passou da incapacidade e de incompetência... já é apenas vergonhoso!

Tenham alguma consideração pelo bom nome do País e vontade do Povo timorense (que ao Português já estão fartos de chamar de ignorantes) e dizem logo que a GNR vai assim que nos deixarem ir podendo só lá chegar 2ª feira.

A imagem de atrasados pior já não fica.
"Se serviste a patria e ela te foi ingrata, tu fizestes o que devias, ela o que costuma."
Padre Antonio Vieira
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7463
  • Recebeu: 328 vez(es)
  • Enviou: 108 vez(es)
  • +59/-137
(sem assunto)
« Responder #88 em: Junho 02, 2006, 03:15:30 pm »
Por onde andam os "especialistas" e os "controleiros" que por aí andam a fazer propaganda a detergentes foleiros?
Já não enganam ninguém. Ainda bem que as pessoas vão abrindo os olhos...
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +7/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #89 em: Junho 02, 2006, 04:48:05 pm »
A logística, é sempre o calcanhar de Aquiles de qualquer força.

O que não entendo é esta história de concluirem que Díli não tem aeroporto para receber aeronaves Antonov.

Se houvesse um minimo de preparação antecipada, isto já estava mais que estudado.
A ser verdade que concuiram à última hora que o avião não podia aterrar em Díli, isto será infelizmente uma demonstração de que ninguém tinha estudado o problema.

A ser verdade, é constrangedor.

Será que ninguém sabia a dimensão da pista de Díli?

Eu devia oferecer os meus serviços de aconselhamento a esses senhores :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

Cumprimentos
 

 

Timor, transferência de território ou Portugal o Idiota útil

Iniciado por Luso

Respostas: 20
Visualizações: 11736
Última mensagem Setembro 13, 2007, 07:51:04 pm
por comanche
Crise em Timor - o que pode fazer Portugal?

Iniciado por Rui Elias

Respostas: 49
Visualizações: 15152
Última mensagem Junho 23, 2006, 10:22:37 am
por Rui Elias
Austrália praticou «extorsão» no Mar de Timor, diz livro

Iniciado por comanche

Respostas: 0
Visualizações: 2082
Última mensagem Junho 02, 2007, 04:41:20 pm
por comanche
Tensão em Moçambique

Iniciado por Cabecinhas

Respostas: 23
Visualizações: 6094
Última mensagem Dezembro 17, 2018, 07:20:04 pm
por Lusitano89
Timor-Leste: Ramos Horta Eleito Presidente

Iniciado por P44

Respostas: 0
Visualizações: 2013
Última mensagem Maio 10, 2007, 01:32:29 pm
por P44