EH-101

  • 694 Respostas
  • 169019 Visualizações
*

ocastilho

  • Membro
  • *
  • 79
  • Recebeu: 38 vez(es)
  • Enviou: 34 vez(es)
  • +21/-2
Re: EH-101
« Responder #660 em: Junho 08, 2019, 09:44:10 am »
Mais uma vez o que se prova com o que direi à frente é uma total falta de planeamento na FAP e nas FAs em geral.
 Há coisa de 10 anos a esta parte decidiram acabar com os PILs e formar só PILAVs, uma tremenda mudança com elevadas implicações a nível económico e temporal de gestão de pessoal, escusado será dizer que um PILAV fica muito mais caro de formar e demora muito mais tempo, mas Pais rico é assim, ou é do bom e do melhor ou nada.

Suas sumidades repararam agora que se calhar os PILs fazem falta e toca de abrir vagas para PILs. O argumento é o "combate ao fogos", apesar de ser uma boa desculpa para dar ao zé povinho, é provavelmente mentira, mas ennfim...

Ora não há dinheiro para aeronaves, ora não há pilotos para as pilotar, logo não vale a pena comprar, a verdadeira pescada de rabo na boca. E com papas e bolos se enganam tolos.

PS: NVF, estás desactualizado, hoje em dia no secundário os miúdos já dão calculo integral. Um verdadeiro aleluia, porque os alemães e outros já o ensinavam há muito tempo no secundário, mas não deviamos querer por muita pressão nos nossos meninos.
"Se servistes à pátria, que vos foi ingrata, vós fizestes o que devíeis, ela o que costuma."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15064
  • Recebeu: 1026 vez(es)
  • Enviou: 960 vez(es)
  • +173/-170
Re: EH-101
« Responder #661 em: Junho 08, 2019, 12:48:46 pm »
PS: NVF, estás desactualizado, hoje em dia no secundário os miúdos já dão calculo integral. Um verdadeiro aleluia, porque os alemães e outros já o ensinavam há muito tempo no secundário, mas não deviamos querer por muita pressão nos nossos meninos.

Eu como pai de uma criança que está no Básico vejo que a pressão agora é muito superior ao da que eu tive à 30 e tal anos atrás. A matéria dada também é muito à frente do que eu dei e ainda por cima fazem testes de aferição com outros professores, o que lhes provoca um elevado nível de stress (tudo por algo que na prática não vale para nada).
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 438
  • Recebeu: 154 vez(es)
  • Enviou: 52 vez(es)
  • +20/-8
Re: EH-101
« Responder #662 em: Junho 12, 2019, 05:32:06 pm »
CJ explicas essa do meio operacional? É que para mim ou está capaz de executar missões ou não está. Queres dizer que existe um aparelho que rapidamente pode ser colocado em condições de voo, é isso.

PS: Se o Papa cá viesse agora estavamos lixados, não há 3 EH101 para colocar em Monte Real, alguém ia ter de ir de carro.

Então: segundo aparelho em vias de ficar operacional por ter pedido peças emprestadas a outro que está neste momento parado à espera de manutenção. Pronto, soa-te melhor assim?  :mrgreen:

Essa gostei, uma canibalização Provisório/Selectiva !!!!
Ou seja, já que estás AOG, foste uma vez mais, o Foxtrot Óscar Delta Índia Delta Óscar.

Abraços

Presumo que as regras de manutenção sejam iguais ao meio civil, se assim for as fichas de manutenção e os "documentos" de cada peça deve ser coisa gira, imaginem calcular as horas de voo de uma determinada peça? Deve haver peças a passar pela frota todo  :mrgreen:
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7510
  • Recebeu: 653 vez(es)
  • Enviou: 796 vez(es)
  • +104/-31
Re: EH-101
« Responder #663 em: Junho 12, 2019, 06:44:43 pm »
Presumo que as regras de manutenção sejam iguais ao meio civil, se assim for as fichas de manutenção e os "documentos" de cada peça deve ser coisa gira, imaginem calcular as horas de voo de uma determinada peça? Deve haver peças a passar pela frota todo  :mrgreen:

Há programas informáticos que fazem isso, quando um componente é instalado num avião isso também é feito informaticamente.
 

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 438
  • Recebeu: 154 vez(es)
  • Enviou: 52 vez(es)
  • +20/-8
Re: EH-101
« Responder #664 em: Junho 13, 2019, 12:23:04 pm »
Presumo que as regras de manutenção sejam iguais ao meio civil, se assim for as fichas de manutenção e os "documentos" de cada peça deve ser coisa gira, imaginem calcular as horas de voo de uma determinada peça? Deve haver peças a passar pela frota todo  :mrgreen:

Há programas informáticos que fazem isso, quando um componente é instalado num avião isso também é feito informaticamente.

Sim, é a sorte, mesmo assim imagine o quanto difícil deve ser planear um revisão, ou revisões, pois se for preciso o limite de horas de voo dos componentes pode chegar ao ponto em que nenhum coincide uns com os outros ou seja no pior caso de mês a mês andam a fazer "revisões" a sorte é que os Helis não voam assim tanto.

Mesmo em condições normais ou os helis acabam por ter para mais vezes ou não se chega a aproveitar a vida útil dos componentes ou então ficam ao canto a espera de encaixarem num buraco qualquer.

Eu acho que é com estas pequenas coisas que se acaba por gastar mais dinheiro e tempo (que nos dias de hoje equivale a dinheiro) do se as coisas fossem feitas como deve ser.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4118
  • Recebeu: 1954 vez(es)
  • Enviou: 746 vez(es)
  • +549/-71
Re: EH-101
« Responder #665 em: Junho 13, 2019, 01:13:00 pm »
Presumo que as regras de manutenção sejam iguais ao meio civil, se assim for as fichas de manutenção e os "documentos" de cada peça deve ser coisa gira, imaginem calcular as horas de voo de uma determinada peça? Deve haver peças a passar pela frota todo  :mrgreen:

Há programas informáticos que fazem isso, quando um componente é instalado num avião isso também é feito informaticamente.

Sim, é a sorte, mesmo assim imagine o quanto difícil deve ser planear um revisão, ou revisões, pois se for preciso o limite de horas de voo dos componentes pode chegar ao ponto em que nenhum coincide uns com os outros ou seja no pior caso de mês a mês andam a fazer "revisões" a sorte é que os Helis não voam assim tanto.

Mesmo em condições normais ou os helis acabam por ter para mais vezes ou não se chega a aproveitar a vida útil dos componentes ou então ficam ao canto a espera de encaixarem num buraco qualquer.

Eu acho que é com estas pequenas coisas que se acaba por gastar mais dinheiro e tempo (que nos dias de hoje equivale a dinheiro) do se as coisas fossem feitas como deve ser.

mesmo quando as aeronaves tem pouca ou nenhuma utilização, ao fim de X tempo tens de substituir os rotáveis.

Abraços
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5474
  • Recebeu: 1112 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +378/-136
Re: EH-101
« Responder #666 em: Julho 16, 2019, 11:48:38 am »
http://www.passarodeferro.com/2019/07/ogma-anuncia-contrato-de-manutencao-da.html?fbclid=IwAR1_hwZHVX-EUvbu1Rz9Yx43MlUq2trKejvowaOthSV2aEPhFhztiN_9IKE

Citar
A OGMA anunciou ontem 15 de Julho de 2019, através da sua conta na rede social Twitter, a celebração, com a DGRDN (Direção Geral de Recursos da Defesa Nacional), de um contrato para a manutenção de 2º e 3º Escalão do sistema de armas EH101 Merlin.

No mesmo "tweet" pode ainda ler-se que o contrato cobre a totalidade dos doze helicópteros que compõem a frota ao serviço da Força Aérea Portuguesa (FAP), actualmente (e por enquanto) ainda baseados na Base Aérea nº6, sita no Montijo.

A manutenção da frota EH101 da FAP tem sido o "calcanhar de Aquiles" de uma aeronave que, sendo excelente para as missões que lhe são atribuídas, tem enfrentado sucessivos problemas de operacionalidade, devido à manutenção, cujo contrato não foi assegurado adequadamente pelo Estado Português aquando da sua aquisição. Desde Dezembro de 2018, quando terminou o anterior contrato com a Leonardo - que é também o fabricante do modelo - que a manutenção estava a ser realizada ao abrigo da extensão do mesmo contrato, que estava contudo limitada legalmente, no tempo.



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, NVF, Charlie Jaguar, Cabeça de Martelo, Lightning, tenente, Stalker79, MATRA, Red Baron

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2429
  • Recebeu: 1206 vez(es)
  • Enviou: 716 vez(es)
  • +694/-172
Re: EH-101
« Responder #667 em: Julho 17, 2019, 02:16:02 pm »
Embora se continue sem saber qual o veredicto final do EIA da BA6, com a vinda da escola de helicópteros para Portugal o MDN e a FAP apressaram-se a confirmar a transferência das Esq. 751 e 552 para Sintra.

Citar
(...) A candidatura portuguesa à instalação dessa nova escola europeia de helicópteros militares avançou em paralelo com a decisão da Força Aérea em transferir a sua esquadra de helicópteros EH-101 - sedeada no Montijo, onde deverá ficar o aeroporto complementar de Lisboa - para a base de Sintra (BA1). A Força Aérea prevê igualmente transferir a esquadra dos helicópteros ligeiros Koala da base de Beja para a BA1, admitiram fontes do ramo ao DN. (...)

https://www.dn.pt/poder/interior/escola-de-helicopteros-militares-da-ue-fica-em-portugal-11117418.html
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Claust

  • Membro
  • *
  • 15
  • Recebeu: 17 vez(es)
  • Enviou: 38 vez(es)
  • +3/-0
Re: EH-101
« Responder #668 em: Agosto 06, 2019, 07:26:37 pm »
A OGMA entregou a aeronave EH-101 N / C 19610 à FAP, após uma inspeção 50/100/150/200 / 300H / 3/6/12/18/24 / 48M realizada pela equipe local na Base Aérea 6.


Fonte: https://twitter.com/OGMA_PT/status/1158780059894919169
« Última modificação: Agosto 06, 2019, 07:30:34 pm por Claust »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, MATRA

*

goldfinger

  • Perito
  • **
  • 356
  • Recebeu: 138 vez(es)
  • Enviou: 33 vez(es)
  • +44/-0
Re: EH-101
« Responder #669 em: Agosto 08, 2019, 07:34:22 am »
A España servir hasta morir
 

*

ICE 1A+

  • Analista
  • ***
  • 679
  • Recebeu: 473 vez(es)
  • Enviou: 38 vez(es)
  • +106/-8
Re: EH-101
« Responder #670 em: Setembro 06, 2019, 12:39:12 am »
Citar
"É com profundo pesar que informamos que o capitão piloto-aviador Noel Ferreira, militar da Esquadra 751, faleceu vítima de um acidente com um helicóptero de combate a incêndios".

R.I.P

 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2429
  • Recebeu: 1206 vez(es)
  • Enviou: 716 vez(es)
  • +694/-172
Re: EH-101
« Responder #671 em: Novembro 03, 2019, 11:57:22 am »
Para além de ir adquirir mais duas aeronaves, o Canadá vai avançar com o MLU aos seus AW101 Cormorant actualizando-os para a versão Mk.612 utilizada pela Noruega. Por cá é o mesmo de sempre, não se passa nada...  ::)


Retirado da revista "Combat Aircraft November 2019"
Citar
GO-AHEAD FOR CORMORANT MID-LIFE UPGRADE

THE CANADIAN GOVERNMENT has revealed plans to acquire at least two more CH-149 Cormorant search and rescue helicopters and upgrade the 14 that are currently in service at a cost of up to $1.06 billion. The Cormorant Mid-Life Upgrade, according to the Department of National Defence, will allow the Cormorants to continue operating until 2042. The government had previously announced plans to issue a sole-source contract for the upgrades to Leonardo in May 2018. Canada originally purchased 15 Cormorants, but one crashed in 2006.

Based on the AW101, the helicopters entered service in 2000. Under the plans, the CH-149s will be upgraded to the AW101 Mk612 configuration, which is currently being delivered to Norway for its SAR missions. CH-149s are currently based at 19 Wing/CFB Comox, British Columbia, 9 Wing/CFB Gander, Newfoundland, and 14 Wing/CFB Greenwood, Nova Scotia. The acquisition of additional aircraft will permit the assignment of 8 Wing/CFB Trenton, Ontario, which had operated CH-149s until 2005. The SAR mission at that base is currently handled by smaller CH-146 helicopters. The Cormorants will receive upgraded navigation, communication and flight recorder systems that will be compliant with new Canadian, US, and European airspace requirements. Additionally, the aircraft will gain digital ‘glass’ displays, improved sensors and more powerful engines. Although the project is currently in its definition phase, work will begin in 2020, and the delivery of the first upgraded Cormorant should follow in 2022.

It was initially unclear whether the two additional helicopters would be newly produced examples or would use some of the nine VH-71A airframes that were acquired from the US Navy in 2012. However, it was later revealed that the airframes — which were originally part of the US Navy’s Presidential Helicopter Program — would instead be stripped of their useful parts to support the upgraded/expanded CH-149 fleet.

Tom Kaminski
« Última modificação: Novembro 03, 2019, 11:58:43 am por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Red Baron

  • Perito
  • **
  • 330
  • Recebeu: 63 vez(es)
  • Enviou: 88 vez(es)
  • +77/-17
Re: EH-101
« Responder #672 em: Novembro 03, 2019, 02:18:21 pm »
Para além de ir adquirir mais duas aeronaves, o Canadá vai avançar com o MLU aos seus AW101 Cormorant actualizando-os para a versão Mk.612 utilizada pela Noruega. Por cá é o mesmo de sempre, não se passa nada...  ::)


Retirado da revista "Combat Aircraft November 2019"
Citar
GO-AHEAD FOR CORMORANT MID-LIFE UPGRADE

THE CANADIAN GOVERNMENT has revealed plans to acquire at least two more CH-149 Cormorant search and rescue helicopters and upgrade the 14 that are currently in service at a cost of up to $1.06 billion. The Cormorant Mid-Life Upgrade, according to the Department of National Defence, will allow the Cormorants to continue operating until 2042. The government had previously announced plans to issue a sole-source contract for the upgrades to Leonardo in May 2018. Canada originally purchased 15 Cormorants, but one crashed in 2006.

Based on the AW101, the helicopters entered service in 2000. Under the plans, the CH-149s will be upgraded to the AW101 Mk612 configuration, which is currently being delivered to Norway for its SAR missions. CH-149s are currently based at 19 Wing/CFB Comox, British Columbia, 9 Wing/CFB Gander, Newfoundland, and 14 Wing/CFB Greenwood, Nova Scotia. The acquisition of additional aircraft will permit the assignment of 8 Wing/CFB Trenton, Ontario, which had operated CH-149s until 2005. The SAR mission at that base is currently handled by smaller CH-146 helicopters. The Cormorants will receive upgraded navigation, communication and flight recorder systems that will be compliant with new Canadian, US, and European airspace requirements. Additionally, the aircraft will gain digital ‘glass’ displays, improved sensors and more powerful engines. Although the project is currently in its definition phase, work will begin in 2020, and the delivery of the first upgraded Cormorant should follow in 2022.

It was initially unclear whether the two additional helicopters would be newly produced examples or would use some of the nine VH-71A airframes that were acquired from the US Navy in 2012. However, it was later revealed that the airframes — which were originally part of the US Navy’s Presidential Helicopter Program — would instead be stripped of their useful parts to support the upgraded/expanded CH-149 fleet.

Tom Kaminski

1- Os EH-101 são dos estado e não das FA/FAP
2- O ultimo HM2 foi produzido em 2016, "ainda" só estamos menos de 4 anos atrasados.
3- O upgrade para HM2 custaria cerca de 200M€.
4- A FAP nunca pagaria um upgrade de 200M€ para um helicóptero de uso civil.
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4174
  • Recebeu: 264 vez(es)
  • Enviou: 267 vez(es)
  • +54/-14
Re: EH-101
« Responder #673 em: Novembro 03, 2019, 05:18:18 pm »
Eu diria, que os EH101, já precisam de um upgrade ao motor e aos instrumentos de busca e salvamento.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Red Baron

  • Perito
  • **
  • 330
  • Recebeu: 63 vez(es)
  • Enviou: 88 vez(es)
  • +77/-17
Re: EH-101
« Responder #674 em: Novembro 03, 2019, 08:45:43 pm »
Eu diria, que os EH101, já precisam de um upgrade ao motor e aos instrumentos de busca e salvamento.

O motor do EH-101 é simplesmente a base para o futuro dos helicópteros europeus. É bom lembrar que o RTM322 não só equipa os EH-101 mas também os NH-90.

O upgrade para o padrão HM2 a grade diferença é no Cockpit.