EH-101

  • 636 Respostas
  • 154829 Visualizações
*

dc

  • Perito
  • **
  • 490
  • Recebeu: 63 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +3/-1
Re: EH-101
« Responder #615 em: Abril 12, 2019, 12:44:22 pm »
O que é a Defloc, e porque está esta associada aos EH-101? E porque é que a manutenção dos EH-101 é tão complicada ao ponto de ter problemas que não se vêem com outras unidades da FAP?
 

*

asalves

  • Membro
  • *
  • 263
  • Recebeu: 86 vez(es)
  • Enviou: 28 vez(es)
  • +10/-5
Re: EH-101
« Responder #616 em: Abril 12, 2019, 01:17:49 pm »
O que é a Defloc, e porque está esta associada aos EH-101? E porque é que a manutenção dos EH-101 é tão complicada ao ponto de ter problemas que não se vêem com outras unidades da FAP?

O problema é que está na tugalandia.

Basicamente existe uma enorme quantidade de burocracia (para evitar abusos), depois as pessoas responsáveis por negociar os programas e fazer os contratos são uns incompetentes que tentam ser mais esperto que os outros para tentarem fugir a burocracia (muitas vezes criadas por eles) e acabam com os contratos rejeitados pelo tribunal constitucional que apenas segue a burocracia.

Exemplo: Existe uma verba descrita para comprar peças amarelas, depois no contrato diz que vai-se usar essa verba para também comprar peças azuis. Conclusão: Rejeitado pelo Tribunal.

Exemplo2: No contrato refere que o valor a pagar deverá cobrir todos e quaisquer custos para que os Helis funcionem, mas depois tem uma aliena onde diz que a fap é responsável pela inspecção e pequenas manutenções. Conclusão, rejeitado pelo  Tribunal.

Isto foram exemplos irreais mais é mais ou menos que isso acontece, para além de não haver garantias de prazos e afins.

A Defloc é um intermediário entre o estado e o fabricante de motores, que acho que maioritária mente é publica. (Por algum motivo em armamento nunca é o estado a comprar diretamente ao fabricante há sempre um intermediário privado/publico para a compra, não sei se tem a ver com questões fiscais ou não)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: dc

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7164
  • Recebeu: 539 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +49/-13
Re: EH-101
« Responder #617 em: Abril 12, 2019, 01:19:48 pm »
Defloc
http://www.empordef.pt/empresas/menu_direita_defloc.htm

Na prática é uma empresa criada pelo estado para comprar os EH101, esta empresa pagou os EH101 com empréstimos bancários, esta empresa depois "cede" os EH101 à Força Aérea Portuguesa para os usar, deste modo o governo vai pagando a dívida aos bancos usando esta empresa, deve ter sido alguma engenharia financeira para a dívida não aparecer no défice no estado.

Mas como os EH101 não são da Força Aérea, esta não tem autonomia para grandes decisões com o construtor e na mauntenção dos aparelhos, eles são da defloc, a FAP apenas os utiliza.

exemplo da confusão
https://observador.pt/2017/05/25/eh-101-defesa-refem-do-fabricante-para-renegociar-manutencao-dos-helicopteros-de-salvamento/

Os C-295 também foram adquiridos num modelo semelhante, a defaerloc.

Todas estas empresas pertencem ao grupo empordef, que está em liquidação, pode ser que entretanto isso mude.
http://www.empordef.pt/
« Última modificação: Abril 12, 2019, 01:27:05 pm por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, dc

*

dc

  • Perito
  • **
  • 490
  • Recebeu: 63 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +3/-1
Re: EH-101
« Responder #618 em: Abril 12, 2019, 03:07:59 pm »
Isto parece-me uma grande complicação, e algo desnecessária. Se a dita empresa quisesse, podia na prática negar o uso dos EH-101 à FAP? Isto também se sucede com outros meios cruciais à nossa soberania, como as fragatas, F-16, submarinos?
 

*

Stalker79

  • Analista
  • ***
  • 629
  • Recebeu: 121 vez(es)
  • Enviou: 738 vez(es)
  • +26/-9
Re: EH-101
« Responder #619 em: Abril 12, 2019, 03:48:54 pm »
Isto parece-me uma grande complicação, e algo desnecessária. Se a dita empresa quisesse, podia na prática negar o uso dos EH-101 à FAP? Isto também se sucede com outros meios cruciais à nossa soberania, como as fragatas, F-16, submarinos?


Obviamente não pode negar o uso visto tratar-se de uma empresa do estado.
Teriam imediatamente o governo á perna e iam todos para o olho da rua por tal burrice.
 :-P
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7164
  • Recebeu: 539 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +49/-13
Re: EH-101
« Responder #620 em: Abril 12, 2019, 04:04:07 pm »
Além dos que eu indiquei não conheço mais nenhum com esse sistema.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2275
  • Recebeu: 837 vez(es)
  • Enviou: 1917 vez(es)
  • +137/-2
Re: EH-101
« Responder #621 em: Abril 12, 2019, 04:08:04 pm »
Salvo erro, os equipamentos 'adquiridos' por contrato de locação foram os submarinos, os C-295 e 10 dos EH-101. Os outros dois EH-10 (SIFICAP) foram adquiridos directamente pelo Estado, com ajuda de fundos comunitários.

Para mim, o mais grave de todos estes programas foi o dos submarinos. Optou-se pela locação de dois navios, que custou mais que a aquisição directa de três navios, com o único propósito de ludibriar as contas do deficit. No fim, porque Bruxelas mudou as regras, acabámos por pagar os navios antecipadamente sem qualquer benefício para as contas do deficit.

Mas ainda não acabou. Devido aos problemas levantados pelo incumprimento das contrapartidas, os alemães ofereceram um terceiro navio de borla (que podia ser o quarto, se tivéssemos optado pela aquisição inicial de três submarinos, como foi sempre o objectivo da Marinha); esta oferta foi recusada pelo governo português da altura. Por isso, quando o Arpão e o Tridente estiverem encostados simultaneamente para reparos/manutenção, lembrem-se que é graças aos senhores Durão Barroso, Portas e Sócrates que não temos mais submarinos operacionais.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, Get_It, tenente, Stalker79

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8410
  • Recebeu: 725 vez(es)
  • Enviou: 1136 vez(es)
  • +56/-15
    • http://youtube.com/HSMW
Re: EH-101
« Responder #622 em: Abril 12, 2019, 06:55:17 pm »
lembrem-se que é graças aos senhores Durão Barroso, Portas e Sócrates que não temos mais submarinos operacionais.

No entanto também é devido a eles que temos dois em vez de nenhum...
« Última modificação: Abril 13, 2019, 06:17:58 pm por HSMW »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: nelson38899

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1700
  • Recebeu: 187 vez(es)
  • Enviou: 432 vez(es)
  • +7/-1
Re: EH-101
« Responder #623 em: Abril 13, 2019, 12:52:59 am »
Mas ainda não acabou. Devido aos problemas levantados pelo incumprimento das contrapartidas, os alemães ofereceram um terceiro navio de borla (que podia ser o quarto, se tivéssemos optado pela aquisição inicial de três submarinos, como foi sempre o objectivo da Marinha); esta oferta foi recusada pelo governo português da altura.
Na altura os alemães queriam-nos impingir com o Papanikolis que os gregos tinham acabado de rejeitar a entrega. Acho que fizemos bem em dizer não visto que provavelmente seria um "presente" envenenado e que era um submarino ligeiramente diferente que os nossos U-209PN.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Major Alvega

  • Perito
  • **
  • 428
  • Recebeu: 319 vez(es)
  • Enviou: 134 vez(es)
  • +112/-101
Re: EH-101
« Responder #624 em: Abril 13, 2019, 02:13:23 am »
O que é a Defloc, e porque está esta associada aos EH-101? E porque é que a manutenção dos EH-101 é tão complicada ao ponto de ter problemas que não se vêem com outras unidades da FAP?

A Defloc foi um esquema organizado pelos políticos da altura e os escritórios de advogados (que lhes chamam um veículo financeiro) com argumento de não levar o valor dos EH101 ao déficit e de o poder agravar ainda mais.
Mas foi com outro propósito. E uma maneira de os contribuintes e o Estado pagar 2 ou 3x mais o valor do equipamento. A corrupção já não se faz da forma clássica que é o fabricante paga umas luvas por debaixo da mesa ao tipo ou tipos que decidem a compra. Leva-se a operação para os bancos e eles pagam uma comissão dos juros que cobram a mais ao erário público.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, tenente, MATRA

*

Stalker79

  • Analista
  • ***
  • 629
  • Recebeu: 121 vez(es)
  • Enviou: 738 vez(es)
  • +26/-9
Re: EH-101
« Responder #625 em: Abril 13, 2019, 12:58:47 pm »
Mas ainda não acabou. Devido aos problemas levantados pelo incumprimento das contrapartidas, os alemães ofereceram um terceiro navio de borla (que podia ser o quarto, se tivéssemos optado pela aquisição inicial de três submarinos, como foi sempre o objectivo da Marinha); esta oferta foi recusada pelo governo português da altura.
Na altura os alemães queriam-nos impingir com o Papanikolis que os gregos tinham acabado de rejeitar a entrega. Acho que fizemos bem em dizer não visto que provavelmente seria um "presente" envenenado e que era um submarino ligeiramente diferente que os nossos U-209PN.

Cumprimentos,


O ligeiramente diferente dásse a volta, agora mesmo com todos os problemas que foram relatados, o submarino só seria aceite se os alemães corrigissem os defeitos.
A espera valia a pena ter uma terceira unidade á disposição para mim.
 :-P
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, tenente

*

Fraz

  • Membro
  • *
  • 3
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • Enviou: 24 vez(es)
  • +2/-0
Re: EH-101
« Responder #626 em: Abril 14, 2019, 03:01:17 pm »
Quanto ao terceiro submarino, lembro-me de ler sobre almirantes da Armada reforçarem a não-opção por ter elementos diferentes, na altura referia o tal sujeito que, por exemplo, a evacuação nesse navio teria que ser efectuada e treinada de forma diferente aos dois originais..

Parece-me uma desculpa fraquinha, acho que passaram a oportunidade por na altura haver uma certa histeria nas esquerdas mais à esquerda sobre o valor financeiro ou a necessidade de submarinos.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Stalker79

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2122
  • Recebeu: 909 vez(es)
  • Enviou: 454 vez(es)
  • +178/-44
Re: EH-101
« Responder #627 em: Abril 18, 2019, 02:19:59 pm »
Parece-me que a Leonardo está a precisar de competição no nosso país...

Citar
Contrato mensal de manutenção dos helicópteros da Força Aérea aumenta 60%

Defesa faz contratos bimestrais por ajuste direto com o fabricante dos EH-101, que é de 3,2 milhões de euros no primeiro trimestre e subiu para 3,8 milhões bimestrais.

Manuel Carlos Freire
18 Abril 2019

O valor do novo contrato de manutenção dos helicópteros EH-101 da Força Aérea teve um aumento mensal da ordem dos 60%, conforme resulta do contrato em vigor nos meses de abril e maio face ao pago no primeiro trimestre.

O ministro da Defesa assinou em março o despacho - publicado nesta semana - que estabelece em 3,8 milhões de euros o custo do contrato bimestral de manutenção completa (FISS, sigla em inglês) dos EH-101 celebrado com o fabricante italiano Leonardo. Contudo, o valor pago pelos mesmos serviços no primeiro trimestre foi de 3,2 milhões.

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/18-abr-2019/interior/contrato-mensal-de-manutencao-dos-helicopteros-da-forca-aerea-aumenta-60--10808851.html?target=conteudo_fechado
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Stalker79

*

Stalker79

  • Analista
  • ***
  • 629
  • Recebeu: 121 vez(es)
  • Enviou: 738 vez(es)
  • +26/-9
Re: EH-101
« Responder #628 em: Abril 18, 2019, 02:35:40 pm »
Parece-me que a Leonardo está a precisar de competição no nosso país...

Citar
Contrato mensal de manutenção dos helicópteros da Força Aérea aumenta 60%

Defesa faz contratos bimestrais por ajuste direto com o fabricante dos EH-101, que é de 3,2 milhões de euros no primeiro trimestre e subiu para 3,8 milhões bimestrais.

Manuel Carlos Freire
18 Abril 2019

O valor do novo contrato de manutenção dos helicópteros EH-101 da Força Aérea teve um aumento mensal da ordem dos 60%, conforme resulta do contrato em vigor nos meses de abril e maio face ao pago no primeiro trimestre.

O ministro da Defesa assinou em março o despacho - publicado nesta semana - que estabelece em 3,8 milhões de euros o custo do contrato bimestral de manutenção completa (FISS, sigla em inglês) dos EH-101 celebrado com o fabricante italiano Leonardo. Contudo, o valor pago pelos mesmos serviços no primeiro trimestre foi de 3,2 milhões.

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/18-abr-2019/interior/contrato-mensal-de-manutencao-dos-helicopteros-da-forca-aerea-aumenta-60--10808851.html?target=conteudo_fechado


Eu já a olhar pro H145 ou até para o H215M ! (sim, o super puma moderno)
 c56x1
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5064
  • Recebeu: 902 vez(es)
  • Enviou: 550 vez(es)
  • +61/-34
Re: EH-101
« Responder #629 em: Abril 18, 2019, 02:59:13 pm »
Por este andar tinha saído mais barato comprar o Super Stallion e ainda fazia a época de incêndios... :mrgreen: :mrgreen:







Saudações



"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/