Catalunha começa a querer independencia?

  • 56 Respostas
  • 24356 Visualizações
*

3520

  • Membro
  • *
  • 158
  • +0/-0
Catalunha começa a querer independencia?
« em: Outubro 30, 2005, 03:29:03 pm »
Citar
Espanha: 71,4% dos catalães querem novo estatuto de autonomia

Para 71,4% dos catalães, é «necessário» um novo estatuto de autonomia da Catalunha, segundo uma sondagem do governo regional (Generalitat) divulgada este domingo pela imprensa espanhola.




De acordo com a sondagem, há 46,9% de habitantes da Catalunha «muito ou bastante satisfeitos» com a actual proposta da Generalitat, que qualifica aquela região do nordeste de Espanha de «nação» e amplia a sua autonomia financeira.

Em contrapartida, 22,4% declaram-se «pouco ou nada satisfeitos» e 12,5% «nem pouco nem muito satisfeitos».

A proposta da Generalitat, aprovada a 30 de Setembro último por 90% dos deputados do parlamento regional, não suscitou qualquer resposta a 18,2% dos inquiridos.

Contra 71,4% que consideram «necessário» um novo estatuto, 16,6% dos catalães julgam o contrário e 12% não têm opinião formada.

O estatuto deverá ser objecto, a partir de quarta-feira, no Congresso de Deputados, em Madrid, de um debate que se anuncia tenso, nomeadamente em vista da forte oposição do Partido popular (PP, direita), que nele vê uma «ameaça» para a unidade de Espanha.

Na opinião de mais de dois terços dos catalães (69,9%), a Catalunha contribui para o Estado espanhol «com mais dinheiro que o que lhe corresponde» pagar.

Ainda segundo a sondagem da Generalitat, uma coligação de socialistas e independentistas, a Catalunha é vista por 60,4% dos inquiridos como «uma nação no seio do Estado espanhol», 31,5% pensam que «não» e 8,1% não têm opinião.

Diário Digital / Lusa

30-10-2005 14:48:00


o que acham disto?  :?
 

*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +3/-8
Re: Catalunha começa a querer independencia?
« Responder #1 em: Outubro 30, 2005, 03:49:36 pm »
Citação de: "3520"
Citar
Espanha: 71,4% dos catalães querem novo estatuto de autonomia

Para 71,4% dos catalães, é «necessário» um novo estatuto de autonomia da Catalunha, segundo uma sondagem do governo regional (Generalitat) divulgada este domingo pela imprensa espanhola.

De acordo com a sondagem, há 46,9% de habitantes da Catalunha «muito ou bastante satisfeitos» com a actual proposta da Generalitat, que qualifica aquela região do nordeste de Espanha de «nação» e amplia a sua autonomia financeira.

Em contrapartida, 22,4% declaram-se «pouco ou nada satisfeitos» e 12,5% «nem pouco nem muito satisfeitos».

A proposta da Generalitat, aprovada a 30 de Setembro último por 90% dos deputados do parlamento regional, não suscitou qualquer resposta a 18,2% dos inquiridos.

Contra 71,4% que consideram «necessário» um novo estatuto, 16,6% dos catalães julgam o contrário e 12% não têm opinião formada.

O estatuto deverá ser objecto, a partir de quarta-feira, no Congresso de Deputados, em Madrid, de um debate que se anuncia tenso, nomeadamente em vista da forte oposição do Partido popular (PP, direita), que nele vê uma «ameaça» para a unidade de Espanha.

Na opinião de mais de dois terços dos catalães (69,9%), a Catalunha contribui para o Estado espanhol «com mais dinheiro que o que lhe corresponde» pagar.

Ainda segundo a sondagem da Generalitat, uma coligação de socialistas e independentistas, a Catalunha é vista por 60,4% dos inquiridos como «uma nação no seio do Estado espanhol», 31,5% pensam que «não» e 8,1% não têm opinião.

Diário Digital / Lusa

30-10-2005 14:48:00

o que acham disto?  :?


Pessoalmente, estou nas tintas para essa gente toda.
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Outubro 30, 2005, 03:54:09 pm »
eu acho e que eles querem a independencia mas nunca a vao ter. :D
 

*

3520

  • Membro
  • *
  • 158
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Outubro 30, 2005, 03:54:30 pm »
Citar
Pessoalmente, estou nas tintas para essa gente toda.
 

 :nice:  :nice:
 

*

garrulo

  • Perito
  • **
  • 545
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Outubro 30, 2005, 04:09:11 pm »
Que quiere decir lo de las tintas?. Gracias.
España tiene el 107% de la renta de la UE, Portugal el 75%, entramos al mismo tiempo. No seremos tan tontos.
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #5 em: Outubro 30, 2005, 04:15:34 pm »
significa que no lhe interesa.
 

*

garrulo

  • Perito
  • **
  • 545
  • +0/-0
ca
« Responder #6 em: Outubro 30, 2005, 04:18:36 pm »
GraciasPedro.
España tiene el 107% de la renta de la UE, Portugal el 75%, entramos al mismo tiempo. No seremos tan tontos.
 

*

pedro

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Outubro 30, 2005, 04:20:37 pm »
de nada estoy a su servicio
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +12/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #8 em: Novembro 06, 2005, 07:59:43 pm »
notei o que um comentador no programa "Eixo do mal" na SIC-Noticias disse sobre a questão do Estatuto Autonómico da Catalunha, e que basicamente foi:

Citar
Este processo, é claramente um processo irreversível.
Não tem volta atrás.
Estamos perante um processo acelerado de separatismo, tão rápido, que nós em Portugal nem sequer nos estamos a aperceber disso.

Depois de o novo estatuto ser definitivamente aprovado (e já passou na generalidade no parlamento espanhol) não haverá grandes diferenças entre a Catalunha e qualquer estado independente.

A "Espanha" vai-se manter, mais do ponto de vista formal, porque terá um governo central, que terá cada vez menos poder real e efectivo.

O Rei, será uma espécie de monarca da Commonwealth, e pouco mais que isso.


E claro, Portugal, estará metido nesta bagunça dentro de pouco tempo.
Não estará na próxima fase, mas estará na seguinte.

Cumprimentos
 

*

3520

  • Membro
  • *
  • 158
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Novembro 06, 2005, 08:16:38 pm »
papatango, de que forma é que portugal estará metido na dita "bagunça"?
uma vez que portugal não tem nada a ver  com a soberania do estado espanhol
 

*

Johnnie

  • Analista
  • ***
  • 655
  • Recebeu: 52 vez(es)
  • Enviou: 19 vez(es)
  • +2/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Novembro 06, 2005, 08:16:41 pm »
Talvez um estado federado que compreenda em si as várias nações ibericas seja o mais adquado para  a Espanha e mais fiel á realidade...Afinal há uma nação Espanhola ou a Espanha é o conjunto de várias nações?

Os colegas Espanhois estarão decerto mais habilitados a opinar sobre este tema, já que em Portugal dado vivermos num Estado/Nação, aos Portugueses falta alguma sensibilidade para apreciar esta questão sob o prisma correcto.
«When everything is coming your way... You are in the wrong lane!!!!"
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7465
  • Recebeu: 333 vez(es)
  • Enviou: 111 vez(es)
  • +62/-141
(sem assunto)
« Responder #11 em: Novembro 06, 2005, 09:54:00 pm »
Também assisti a essa intervenção de Nogueira Pinto e fiquei um pouco surpreendido com a segurança com que afirmou tal ideia, apesar de fazer a óbvia ressalva de não fazer futurologia. E considero Nogueira Pinto uma pessoa equilibrada.
« Última modificação: Novembro 06, 2005, 10:13:27 pm por Luso »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7465
  • Recebeu: 333 vez(es)
  • Enviou: 111 vez(es)
  • +62/-141
(sem assunto)
« Responder #12 em: Novembro 06, 2005, 09:59:21 pm »
Citar
E claro, Portugal, estará metido nesta bagunça dentro de pouco tempo.
Não estará na próxima fase, mas estará na seguinte.


Estava a assistir à intervenção de Nogueira Pinto e a pensar exactamente nisso.
Se a tal associarmos toda a propaganda feita à família real espanhola e ao gozo miserável com que tratam a nossa, a aproximação promoção do inter-regionalismo internacional que dilui fronteiras, mais essa ideia de uma "Commonwealth Hispanica" começa a tomar consistência e nitidez.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1175
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #13 em: Novembro 06, 2005, 10:47:55 pm »
Citação de: "Luso"
Citar
E claro, Portugal, estará metido nesta bagunça dentro de pouco tempo.
Não estará na próxima fase, mas estará na seguinte.

Estava a assistir à intervenção de Nogueira Pinto e a pensar exactamente nisso.
Se a tal associarmos toda a propaganda feita à família real espanhola e ao gozo miserável com que tratam a nossa, a aproximação promoção do inter-regionalismo internacional que dilui fronteiras, mais essa ideia de uma "Commonwealth Hispanica" começa a tomar consistência e nitidez.


Luso um federalismo mais acentuado, especialmente de alguns estados como a Catalhunha e o País basco não será o princípio do fim do estado espanhol como monarquia?

A actual "Commonwealt britânica" não tem nada, mesmo nada a haver com ideia de estado monárquico que os espanhóis têm.
Não estou a ver um Basco com uma autonomia bastante alargada, muito próxima da independência, a submeter-se a um Rei ainda que figura simbólica, que não tem nada a ver com a cultura basca.
Nem estou a ver as tradicionais regiões seguidoras do poder instituido actualmente em Espanha, a deixarem o seu Rei diminuido à simples figura de protócolo, sem poder nunhum.
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +12/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #14 em: Novembro 06, 2005, 11:23:45 pm »
Citação de: "3520"
papatango, de que forma é que portugal estará metido na dita "bagunça"?
uma vez que portugal não tem nada a ver com a soberania do estado espanhol

Há alguma alteração de fundo na estrutura da Espanha-Estado, ou das várias "Espanhas" em que Portugal não tenha metido o bedelho e vice-versa?
Citação de: "Johnnie"
Os colegas Espanhois estarão decerto mais habilitados a opinar sobre este tema, já que em Portugal dado vivermos num Estado/Nação, aos Portugueses falta alguma sensibilidade para apreciar esta questão sob o prisma correcto.
Eu acho, que os espanhóis, que viveram e foram educados segundo o sistema Castelhano-centrico têm muito mais dificuldades em entender o que lhes está a passar por cima que nós.

Para lhe dar uma ideia, nós temos muito mais facilidade em entender a exigência da Catalunha em querer que a lingua catalã, tenha preferência que a lingua castelhana.

Troquemos de posições:
Em vez de ser Portugal a separar-se dos Habsburgos em 1640, se tivesse sido a Catalunha.
Éramos nós que eramos obrigados a falar castelhano, a utilizar o castelhano como nossa lingua, sob o pretexto de nos entendermos melhor, e isto, mesmo sabendo que a nossa lingua e culturas ocntinuavam a existir.
Não faríamos todos os possiveis para garantir ao português o estatudo de lingua  oficial e não de lingua co-oficial?

Tanto quanto sei, com o novo estatuto é a lingua catalã que será obrigatória, e a lingua castelhana terá um tratamento de subalternidade.
Será que isso não faz mais sentido?

Por tudo isto acho que provavelmente temos mais capacidade para entender o que se passa que os próprios espanhóis, habituados e criados com a ideia de uma Espanha-Nação, que na realidade nunca existiu.

O sentimento "Hispanico" não é necessáriamente castelhano, embora nos últimos três séculos, Castela tenha feito tudo para se transformar na Espanha. Falhou com Portugal e isso já todos sabemos. Agora, é também óbvio que também falhou na Catalunha.

Citação de: "Tomkat"
Nem estou a ver as tradicionais regiões seguidoras do poder instituido actualmente em Espanha, a deixarem o seu Rei diminuido à simples figura de protócolo, sem poder nunhum.

Creio que você se refere a Castela.
E esse é realmente o problema. Ou seja, depois de séculos a criar a ideia de que a Espanha era Castela e que Castela era Espanha, é agora extremamente complicado voltar atrás.

Do ponto de vista dos ibéristas, há que dar alguma coisa a Castela, e ao sentimento castelhano, para não lhes dar a entender que tudo está perdido e que tudo foi em vão.

Alguma coisa tem que ser feita, para mostrar aos castelhanos que não há um processo de desagregação, e que um novo ordenamento juridico-constitucional não passa necessáriamente pela desagregação, mas por um processo que pode mesmo ser de agregação.

Ora, o que é que vamos agregar?  :roll:

Cumprimentos
« Última modificação: Novembro 07, 2005, 08:21:35 pm por papatango »
 

 

Governo montenegrino pede «sim» à independência

Iniciado por Marauder

Respostas: 3
Visualizações: 2497
Última mensagem Abril 08, 2006, 11:06:20 am
por Marauder