Alouette III ainda estão ai para as curvas

  • 134 Respostas
  • 37417 Visualizações
*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2960
  • Recebeu: 110 vez(es)
  • Enviou: 10 vez(es)
  • +80/-20
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #30 em: Dezembro 08, 2010, 12:21:15 pm »
ACADO, nunca ouvi falar do Phanter para a FAP, quando foi isso ?
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

I_Pereira

  • 5
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
    • http://fibus12.blogspot.com
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #31 em: Dezembro 08, 2010, 10:52:06 pm »
Um video durante o exercicio "Felino 2008", em São Jacinto :wink:

http://www.youtube.com/watch?v=xLJjB8tJqUE
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2373
  • Recebeu: 106 vez(es)
  • Enviou: 37 vez(es)
  • +13/-3
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
Re: Re:
« Responder #32 em: Dezembro 12, 2010, 03:54:22 pm »
Citação de: "Lightning"
Citação de: "ACADO"
Nao percebo porque e que se fala tanta desse Heli, quando ele e maioritariamente usado pelos civis.
Quer dizer, e que ate dentro da Eurocopter ha versoes mais capazes como por exemplo o AS 565 Panther que ja chegou a estar na agenda Portuguesa e depois desapareceu misteriosamente.
Sera que a Eurocopter esta desesperada por vender o 565 e nos somos os lixados outra vez...

Eu pessoalmente prefiro os helicopteros da AgustaWestand, mas técnicamente os helicopteros da Eurocopter também devem ser bem capazes de efectuar as suas missões, até recentemente o US Army e US National Guard sustituiram, UH-1 e OH-58 por um helicoptero da Eurocopter do tipo do EC-635, só que chamado UH-72 Lakota.

http://en.wikipedia.org/wiki/UH-72_Lakota

Sim, mas uma coisa é ter 3 ou 4 pra instrucção.Outra coisa é ter não sei quantos preparados para a Guerra. Eles têm esses Helis para missões de ambulacia ou socorro, não pra combate.

Não me parece que nos possamos dar ao luxo de ter não sei quantos modelos diferentes. Mais vale modelos mais polivalentes.

Só acho estranho falar-se muito num modelo que apenas parece que foi adaptado para combate, e não contruido de raiz para isso. No entanto as vezes isso até dá muitos bons resultados.
Mas continuo a achar esquesito.
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

pchunter

  • 368
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +0/-0
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #33 em: Dezembro 12, 2010, 04:29:14 pm »
Porque não se compra uns MD500 para instrução? Quer o ec635 quer  LYNX são bimotores por isso mais caros de voar; como tal do meu ponto de vista faz sentido ter um aparelho com um custo de hora de voo mais baixo para instrução.

 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7247
  • Recebeu: 569 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +58/-21
Re: Re:
« Responder #34 em: Dezembro 12, 2010, 04:41:47 pm »
Citação de: "ACADO"
Sim, mas uma coisa é ter 3 ou 4 pra instrucção.Outra coisa é ter não sei quantos preparados para a Guerra. Eles têm esses Helis para missões de ambulacia ou socorro, não pra combate.

Os nossos também não são para combate :wink: .

Citar
Só acho estranho falar-se muito num modelo que apenas parece que foi adaptado para combate, e não contruido de raiz para isso. No entanto as vezes isso até dá muitos bons resultados.
Mas continuo a achar esquesito.

É verdade que nenhum desses helicopteros que estão na lista é um helicotero de combate, mas se quisermos um "puro sangue" já vamos ter que comprar dois tipos de helicopteros diferentes, pois a Força Aérea quer um helicoptero ligeiro para instrução e não um de combate.
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2373
  • Recebeu: 106 vez(es)
  • Enviou: 37 vez(es)
  • +13/-3
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
Re: Re:
« Responder #35 em: Dezembro 13, 2010, 08:33:13 pm »
Citação de: "Lightning"
Citação de: "ACADO"
Sim, mas uma coisa é ter 3 ou 4 pra instrucção.Outra coisa é ter não sei quantos preparados para a Guerra. Eles têm esses Helis para missões de ambulacia ou socorro, não pra combate.

Os nossos também não são para combate :mrgreen: , são para fazer (pelo menos a nivel da Força Aérea) o que os Allouette tem feito, são os chamados helicopteros utilitários, fazem transporte ligeiro, instrução de pilotos, apoiam a instrução de tropas especiais, busca e salvamento na costa, etc.

É verdade que nenhum desses helicopteros que estão na lista é um helicotero de combate, mas se quisermos um "puro sangue" já vamos ter que comprar dois tipos de helicopteros diferentes, pois a Força Aérea quer um helicoptero ligeiro para instrução e não um de combate.

Mas os AH-6(ou Md500) ou os Lynx ou NH90 ou Phanter que referi são animais de Guerra, não são ? Aliás, tanto os AH6 como os Lynx têm larga utilização em combate.

Faz-me um bocado confusão pois como já referi, uma coisa é ter 2 ou 3 ou 4 pra instrução, agora comprar uma esquadrilha, ou lá como se chama, acho que é a mesma coisa que estar a dizer: "mas nós não fazemos intenção de estar em Guerra!!!"
« Última modificação: Dezembro 13, 2010, 08:36:49 pm por ACADO »
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2373
  • Recebeu: 106 vez(es)
  • Enviou: 37 vez(es)
  • +13/-3
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #36 em: Dezembro 13, 2010, 08:35:35 pm »
Citação de: "typhonman"
ACADO, nunca ouvi falar do Phanter para a FAP, quando foi isso ?

Não era para a FAP, era para o Exército. Vinha no site deles à uns anos. Mas realmente nunca consegui confirmar isso e nunca apareceream em mais lado nenhum.
Tenho isso imprimido nalgum lado. Vou ver se encontro.
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7247
  • Recebeu: 569 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +58/-21
Re: Re:
« Responder #37 em: Dezembro 13, 2010, 10:26:50 pm »
Citação de: "ACADO"
Mas os AH-6(ou Md500) ou os Lynx ou NH90 ou Phanter que referi são animais de Guerra, não são ? Aliás, tanto os AH6 como os Lynx têm larga utilização em combate.
Citar

Eles não são aeronaves com funções principais de guerra, mas se for preciso vão claro, olhe os Alouette nas nossas mãos também foram animais de guerra :wink: .

Citar
Faz-me um bocado confusão pois como já referi, uma coisa é ter 2 ou 3 ou 4 pra instrução, agora comprar uma esquadrilha, ou lá como se chama, acho que é a mesma coisa que estar a dizer: "mas nós não fazemos intenção de estar em Guerra!!!"

Cada aparelho tem as suas funções, e mesmo não tendo funções principais de combate não quer dizer que não sejam precisos numeros relativamente altos, na Força Aérea podemos ver isso nos Epsilon TB-30 e nos Alpha Jet, devemos ter à volta de uns 15 de cada tipo e a função principal deles é instrução. A Marinha noutro caso só tem 5 helicopteros Lynx e esses já são usados em operações reais, isto é, ser de combate ou não ser de combate não é sinónimo de ser preciso mais ou menos aparelhos, há mais factores, no caso dos Lynx um dos factores é a quantidade de fragatas a partir das quais pode operar.

Em relação ao numero de aeronaves, a Força Aérea precisa de mais do que 2 ou 3 ou 4, esse numero é insuficiente pois os helicopteros ligeiros da FAP não fazem só instrução (e mesmo que fizessem só instrução não sei se esse numero seria suficiente), o numero que a FAP precisa deve ser entre os 8 a 12, aparelhos, por ai.

A designação esquadra (na Força Aerea esquadrilha já não é um termo tão usado, explico no fim) é simplesmente o nome dado a uma força relativamente autonoma, que agrupa um certo numero de aeronaves, pilotos, mecânicos, logistica, etc.

O numero de aeronaves pode variar conforme o tipo de aeronave (por exemplo a nivel de caças não é comum haver esquadras com mais de 20 aparelhos e o minimo costumam ser esquadras de 12 caças, isso é um padrão muito comum nos paises ocidentais mas pode haver exemplos de esquadras com valores intermédios, entre 12 e 20, essa é a razão de termos 2 esquadras de F-16 e de no passado termos tido 2 esquadras de Alpha Jet e não uma unica esquadra com 40 ou 50 caças).

Nos outros tipos de aeronaves, aviões de carga, helicopteros, etc já não é comum haver tantas aeronaves agrupadas numa esquadra como nos caças, já são valores menores em que no máximo tem 10 ou 12 aparelhos mas no minimo pode ser só 2 ou 3 aeronaves, conforme as necessidades do pais, a esquadra do C-130 só tem 6 aviões, a esquadra do P-3 só tem 5 aviões, a esquadra do Falcon só tem 3 aviões, a esquadra dos Pumas nos Açores sõ tem 4 helicopteros, etc.

Em relação ao termo esquadrilha, na Força Aérea, não sei a designação oficial, mas na pratica tem sido usado para grupos de aeronaves que a Força Aérea não considere (pode ser por razões diversas) que haja necessidade de formarem uma esquadra propriamente dita, esquadrilha é um patamar abaixo de esquadra, sei de 2 exemplos, a Esquadra 711 nos Açores que era constituida pela Esquadrilha Puma e pela Esquadrilha Aviocar ( a esquadra 711 foi o resultado da fusão de duas esquadras separaradas que existiam nos Açores, a 503 e a 752) e o outro caso que conheço foi em Sintra onde operava uma esquadra de FTB, a 701 se não me engano, quando se começou a reduzir o numero de aviões deste tipo foi decidido acabar com a esquadra e os poucos aviões restantes que ainda voavam passaram a contituir uma equadrilha dentro da Esquadra 502 do Aviocar, até ao fim completo do FTB, altura em que também a esquadrilha foi desactivada.
 

*

cumulonimbo

  • 6
  • +0/-0
Re: Re:
« Responder #38 em: Dezembro 16, 2010, 11:24:36 pm »
Citação de: "Lightning"
assim em vez de dois tipos de helicopteros já só vem um.

E se no futuro com a vinda dos NH-90 para o Exército, substituirmos os Lynx da Marinha por NH-90 navais, também será menos um tipo de helicoptero diferente :wink: .



Isso já não é factor.
O Exército já nao vai receber os NH-90. Melhor, vai apenas receber um (1),  e muito possivelmente apenas em 2014.
 

*

Desertas

  • Perito
  • **
  • 338
  • +0/-0
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #39 em: Dezembro 17, 2010, 01:06:58 am »
Citação de: "cumulonimbo"
Citação de: "Lightning"
assim em vez de dois tipos de helicopteros já só vem um.

E se no futuro com a vinda dos NH-90 para o Exército, substituirmos os Lynx da Marinha por NH-90 navais, também será menos um tipo de helicoptero diferente :wink: .



Isso já não é factor.
O Exército já nao vai receber os NH-90. Melhor, vai apenas receber um (1), e muito possivelmente apenas em 2014.


Apenas um . Não vejo lógica nessa aquisição. Então não íamos receber 10 NH-90 TTH ? As OGMA não estão ligadas ao projecto ?
God and the soldier all men adore
in time of trouble and no more
for when war is over and all things righted
God is neglected and the old soldiers slighted
 

*

cumulonimbo

  • 6
  • +0/-0
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #40 em: Dezembro 17, 2010, 10:32:59 am »
Apenas um. Uma estupidez pegada.
É boato meu e nao vou adiantar para já mais nada. Mas vão ver que tenho razão.

O PEC é lixado meu amigo. Os nossos militares (Altas patentes) do Exército andam a brincar aos helicópteros.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7247
  • Recebeu: 569 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +58/-21
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #41 em: Dezembro 17, 2010, 06:45:44 pm »
Citação de: "cumulonimbo"
Apenas um. Uma estupidez pegada.
É boato meu e nao vou adiantar para já mais nada. Mas vão ver que tenho razão.

Então não se ponha a mandar boatos para o ar se faz favor que pode levar pessoas menos dentro do assunto em erro, é que não vir nenhum ainda pode ser,é sinal que esse contracto foi cancelado, agora vir um? Só uma pessoa que não percebe mesmo nada do assunto é que diz uma coisa dessas, é algo sem sentido de qualquer ponto de vista, operacional, logistico, de formação ,etc, é como se o Exército só comprasse um Leopard 2 ou só um Pandur, ou a Força Aérea só um helicoptero EH101 ou só um avião C-295.

Se sabe de alguma coisa em concreto e que não tenha problemas em divulgar, é de bom agrado que recebemos essas informações (boas ou más), mas não invente se faz favor, a não ser que indique no respectivo texto que que se trata de uma brincadeira, ironia, etc.
 

*

cumulonimbo

  • 6
  • +0/-0
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #42 em: Dezembro 17, 2010, 07:01:27 pm »
Fala um ex-piloto do Exército, Sr Moderador.
E dar-me-á razão.

Simplesmente nao tenho assim tanta informação concreta que possa alongar-me.
E tem razão. "É algo sem sentido de qualquer ponto de vista"

Bem haja!
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8448
  • Recebeu: 743 vez(es)
  • Enviou: 1192 vez(es)
  • +61/-28
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #43 em: Dezembro 17, 2010, 07:06:12 pm »
De qualquer modo a 1ª parte da formação dos mecânicos está prevista para ser iniciada no próximo ano.
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7247
  • Recebeu: 569 vez(es)
  • Enviou: 711 vez(es)
  • +58/-21
Re: Alouette III ainda estão ai para as curvas
« Responder #44 em: Dezembro 17, 2010, 10:20:01 pm »
Citação de: "cumulonimbo"
Fala um ex-piloto do Exército, Sr Moderador.
E dar-me-á razão.

Simplesmente nao tenho assim tanta informação concreta que possa alongar-me.
E tem razão. "É algo sem sentido de qualquer ponto de vista"

Bem haja!

Caso o Exército venha a ter só um helicoptero, então digo, que se venda.
Eu aceito todas as criticas, pois podem ser verdade, há derrapagens orçamentais, há mau planeamento, etc, todos temos direito à ter opinião, e neste caso em concreto dos helicopteros do Exército opiniões há muitas, uns dizem que deviam vir tal como está planeado, outros dizem que deviam vir mas para a Força Aérea, outros dizem que não deviam vir nenhum pois são muito caros e o pais está mal financeiramente, outros dizem que deviam vir estes e ainda deviam ´vir mais, são opiniões, mas criticas só para dizer mal por qualquer que seja a razão é que não concordo.

Espero que as suas criticas façam parte do primeiro lote.
 

 

Qual as prioridades para a Força Aérea entre 2011-2020 ?

Iniciado por dc

Respostas: 38
Visualizações: 9988
Última mensagem Novembro 15, 2010, 02:34:53 pm
por bokaido
Sistemas de defesa antiaérea de longo alcance para Portugal

Iniciado por Tiger22

Respostas: 24
Visualizações: 11466
Última mensagem Agosto 21, 2006, 08:26:19 pm
por Pedro Monteiro
CDS propõe 12 anos de serviço para pilotos da Força Aérea

Iniciado por Marauder

Respostas: 19
Visualizações: 8685
Última mensagem Setembro 12, 2007, 02:40:44 am
por raphael
A voar contra o tempo para tentar salvar vidas

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 21
Visualizações: 11073
Última mensagem Abril 01, 2010, 11:40:11 am
por Ricardo Nunes
Temos liberdade para utilizar os F-16 MLU onde quisermos?

Iniciado por papatango

Respostas: 4
Visualizações: 2747
Última mensagem Fevereiro 22, 2005, 07:15:36 pm
por Ricardo Nunes