Presidente promulga os diplomas contestados pelos militares

  • 2 Respostas
  • 1491 Visualizações
*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
Presidente promulga os diplomas contestados pelos militares
« em: Setembro 20, 2005, 11:26:20 pm »
Fonte da Presidência da República disse à Lusa que os dois decretos foram promulgados por Jorge Sampaio hoje à tarde.

As duas leis do Governo alteram o regime de assistência na doença dos militares das Forças Armadas e o estatuto dos militares e a passagem à reserva e reforma.

Os diplomas estavam em Belém desde 26 de Agosto e o Presidente tinha até 5 de Outubro para promulgar ou vetar as leis.

O Governo proibiu segunda-feira os militares no activo de participarem na manifestação convocada para quarta-feira, em Lisboa, pelas mulheres de três dirigentes das associações militares, sob pena de serem alvo de procedimento disciplinar.

As associações militares contestam os diplomas do Governo sobre a idade de reforma e o sistema de saúde nas Forças Armadas.

Diário Digital / Lusa
=============================================

Já não era sem tempo.

Com todas estas manifestações corporativas, estes senhores dos sindicatos  golpistas  fizeram mais mal às F.A's de Portugal, que cinco anos de atraso na modernização das Forças Armadas.

Num país sério, estavam todos atrás das grades, culpados de traição rebelião e sedição.
Num país sério, perderiam todas as benesses e seriam expulsos das Forças Armadas.
Mas como somos um país de brandos costumes, estes cancros vivos, criados pelas organizações clandestinas do Partido Comunista Português, no que respeita à associação de praças da armada, vão continuar nas Forças Armadas.

Agora chamam excessos ao golpismo aberto.
De vómito!!!

Cumprimentos
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2439
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +13/-16
(sem assunto)
« Responder #1 em: Setembro 21, 2005, 11:48:21 am »
Obrigado papatango :wink:

quando se jura servir sua patria não é para se servir da nação...

todos tem que apertar o cinto, e assim a vida, mas agora andar a dizer que quem tem as armas somos nos, isso é trair seu juramento, alias eu nunca vi isso numa grande nação..

na Africa é que se ve militares a fazerem Golpes, para ter melhores salarios e vantagems...

cumprimentos
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7508
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +138/-194
(sem assunto)
« Responder #2 em: Setembro 23, 2005, 07:35:59 pm »
Eu gostei! :mrgreen:

A abrilada também foi o resultado de uma acção corporativa depois apropriada por oportunistas.
Pode ser que haja outra - que como a anterior começou pela carteira dos militares - e que sirva para colocar alguma coisa no sítio, até porque está quase tudo fora do lugar.

Não vejam é os militares como gente impoluta. São feitos da mesma massa fraca que a nossa. O discurso é que pode ser mais polido e diferente mas são iguaizinhos a nós.
E depois são profissionais. Já não são própriamente o "povo" não é?
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

 

Interesses económicos Vs Interesses de Militares

Iniciado por Cabecinhas

Respostas: 3
Visualizações: 2539
Última mensagem Junho 28, 2008, 12:21:14 am
por Cabecinhas
Militares "ousados" passearam no Rossio

Iniciado por Cabeça de Martelo

Respostas: 11
Visualizações: 5556
Última mensagem Abril 11, 2007, 03:47:41 pm
por ricardonunes
Governo fixa em 23.636 o limite máximo de militares em 2004

Iniciado por Tiger22

Respostas: 2
Visualizações: 1503
Última mensagem Abril 15, 2004, 07:46:21 pm
por TazMonster
Portugal «deve ser» país participante nas áreas militares

Iniciado por Fábio G.

Respostas: 29
Visualizações: 9361
Última mensagem Junho 17, 2004, 12:17:24 pm
por Rui Elias
CM: Militares - Despesa mensal aumenta cerca de 500 euros

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 1584
Última mensagem Fevereiro 19, 2006, 10:28:42 pm
por PereiraMarques