Brasil pode exportar urânio enriquecido em dez anos.

  • 0 Respostas
  • 2112 Visualizações
*

J.Ricardo

  • Perito
  • **
  • 311
  • +0/-0
Brasil pode exportar urânio enriquecido em dez anos.
« em: Agosto 09, 2005, 12:42:08 pm »
Citar
Brasil pode exportar urânio enriquecido em dez anos, diz ministro
JANAINA LAGE
da Folha Online, no Rio

O ministro de Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende, afirmou que dentro de dez anos o país pode se tornar exportador de urânio enriquecido.

Segundo Rezende, o país não tem qualquer interesse na retomada da construção de bombas nucleares. O assunto voltou à tona com as declarações do ex-presidente José Sarney. Ao assumir a presidência, ele recebeu a notícia de que o país trabalhava para ter sua própria bomba atômica com instalações nucleares na serra do Cachimbo (oeste do Pará).

De acordo com o ministro, o país gastou recursos com as instalações da serra do Cachimbo e com o projeto de desenvolvimento de urânio à época do governo de José Sarney.

"Isso [o enriquecimento] era feito escondido, eventualmente tinha fins militares, não de fazer uma bomba, mas de fazer submarino nuclear. Todo esse projeto foi convertido para atuação civil, com fins pacíficos. Todo o aprendizado conseguido de enriquecimento de urânio está sendo usado agora para enriquecer urânio para combustível nuclear", afirmou.

Segundo Rezende, o país tem comprovadamente a sexta maior reserva de minério de urânio, mas um cálculo mais exato levando em conta a abrangência nacional poderia levar o Brasil até para a terceira colocação em reserva do minério.

Existem alguns entraves para que o país possa se tornar exportador de urânio enriquecido. Antes disso, seria necessário alterar a Constituição, que prevê que o país não pode se tornar exportador. Além disso, o país precisa desenvolver tecnologia para produção em massa maior. O Brasil precisaria também de uma autorização da AIEA (Agência Internacional de Energia Atômica).

"Essa hipótese não deve ser descartada. Um país que tenha a sexta, quinta ou terceira reserva de minério de urânio tem de ter capacidade de exportar esse produto, porque ele é de alto valor agregado", disse.

Rezende destacou ainda que o produto deverá ganhar maior importância a longo prazo com o cenário de escassez do petróleo dentro de 30 ou 40 anos. "Existem indicações de que em dez anos nós poderíamos ser exportadores de urânio enriquecido", disse.

O ministro ressaltou que o país não tem um programa acabado para este fim, mas que a discussão sobre o programa nuclear brasileiro deve se acelerar nos próximos meses. O Brasil gasta hoje US$ 15 milhões por ano para importar urânio enriquecido.
 

 

"Quero mais Brasil"

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 11
Visualizações: 8984
Última mensagem Setembro 06, 2010, 12:58:28 pm
por |FIT|_Benny
Ramos-Horta visita Brasil e busca investimentos para Timor

Iniciado por Tiger22

Respostas: 0
Visualizações: 2598
Última mensagem Fevereiro 16, 2004, 12:56:49 am
por Tiger22
O grupo galego Calvo merca o mais grande en Brasil.

Iniciado por ferrol

Respostas: 21
Visualizações: 9795
Última mensagem Outubro 24, 2004, 08:38:06 pm
por dremanu
Brasil vence ação contra subsídio europeu ao açúcar

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 3
Visualizações: 2362
Última mensagem Maio 04, 2005, 06:51:37 pm
por J.Ricardo
Brasil e União Européia fazem pressão por acordo comercial

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 0
Visualizações: 1460
Última mensagem Novembro 14, 2005, 01:55:24 pm
por J.Ricardo