Portugal e Espanha anunciam frente em questões europeias

  • 1 Respostas
  • 1628 Visualizações
*

Dinivan

  • Membro
  • *
  • 198
  • +0/-0
Portugal e Espanha anunciam frente em questões europeias
« em: Maio 22, 2005, 12:40:01 pm »
DE com Lusa

 
Portugal e Espanha anunciaram hoje a criação de uma frente comum no contexto europeu que se traduzirá no apoio incondicional às propostas um do outro, após um encontro em Lisboa entre os chefes das diplomacias dos dois países.

"Espanha vai apoiar as pretensões portuguesas assim como Portugal vai apoiar as pretensões espanholas", afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Diogo Freitas do Amaral, na conferência de imprensa que se seguiu ao encontro.

"Vamos defender em uníssono as propostas legítimas de Portugal e de Espanha", disse por seu lado o ministro espanhol, Miguel Angel Moratinos.

"A Espanha apoiará a 100% todas as propostas portuguesas (na União Europeia). Somos muito sensíveis às necessidades portuguesas e sabemos que Portugal também é muito sensível às posições espanholas", acrescentou.

A decisão de criar esta frente comum foi classificada por Freitas do Amaral como "um progresso qualitativo" nas relações luso-espanholas no contexto europeu, uma vez que, segundo explicou, ela pressupõe um apoio recíproco mesmo nas questões em que não há um interesse político directo.

"Há vários anos que temos tido posições comuns. Mas há uma novidade: Numa altura em que há, em parte, interesses portugueses e espanhóis que não coincidem inteiramente, mesmo assim e apesar disso, Portugal vai apoiar a Espanha naquilo que não é directamente um problema português, assim como a Espanha vai apoiar Portugal naquilo que não é directamente um interesse espanhol", declarou.

Esta frente comum aplica-se, nomeadamente, à negociação das perspectivas financeiras da UE para o período 2007-2013 e, neste contexto, à tentativa de Portugal de reduzir ao mínimo a perda de fundos de coesão no próximo quadro comunitário de apoio.

"A Espanha, pelos seus próprios méritos, já atingiu um patamar que lhe permite estar numa situação, em matéria de fundos regionais, que não é idêntica. Mas, mesmo assim, vamos apoiar-nos reciprocamente nas questões em que as soluções de que precisamos possam ser diferentes", disse Freitas do Amaral.

Questionado sobre a estratégia portuguesa para as negociações de domingo próximo no Luxemburgo, o ministro português afirmou: "Temos uma posição de princípio, temos um objectivo e temos uma estratégia. Mas a estratégia não deve ser revelada".

Reiterou, a propósito, que Portugal não abdica do princípio da solidariedade e da coesão entre os Estados membros, um princípio que "é permanente enquanto houver diferenças" de desenvolvimento entre os países.

Sobre a próxima ronda negocial, limitou-se a dizer: "Vamos actuar de uma maneira muito firme, com vontade e com determinação para lutar por aquilo que consideramos justo".

O encontro de hoje entre os dois ministros foi ainda dedicado à preparação da reunião extraordinária de ministros dos Negócios estrangeiros ibero-americanos, sábado em Guimarães.

O ministro espanhol disse-se convencido de que a reunião - em que vai ser designado o novo secretário-geral ibero-americano, um cargo recém criado e que se destina a "dar seguimento" às decisões das cimeiras - será "um grande êxito".

"Haverá um 'antes' e um 'depois de Guimarães', uma vez que a (prevista) eleição do novo secretário-geral ibero-americano representa um salto qualitativo extraordinário" no trabalho das cimeiras anuais de chefes de Estado e de Governo, disse Moratinos.

Sobre a possível eleição para aquele cargo do uruguaio Enrique Iglesias, Moratinos afirmou que "há consenso", mas que "deve dar-se tempo ao tempo e esperar pelo fim da reunião de Guimarães", preparatória da Cimeira Ibero-Americana de Outubro, em Salamanca.

http://www.diarioeconomico.com/edicion/ ... 88,00.html
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1086
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Maio 22, 2005, 03:09:33 pm »
Um boa medida não haja dúvida.

Que pensará o General Loureiro dos Santos acerca disto?  :wink:
 

 

Portugal "sem fronteiras"

Iniciado por TOMKAT

Respostas: 6
Visualizações: 3705
Última mensagem Maio 10, 2006, 10:15:52 pm
por superbuzzmetal
Mirage 2000 para Marroccos!!! implicações para Portugal!!!

Iniciado por Miguel

Respostas: 25
Visualizações: 8362
Última mensagem Fevereiro 03, 2005, 08:27:23 pm
por capelo
Portugal «deve ser» país participante nas áreas militares

Iniciado por Fábio G.

Respostas: 29
Visualizações: 9368
Última mensagem Junho 17, 2004, 12:17:24 pm
por Rui Elias
Portugal vai ter meios modernos para combate a catástrofes

Iniciado por Fábio G.

Respostas: 3
Visualizações: 2237
Última mensagem Agosto 03, 2004, 03:35:58 pm
por emarques
Forças mecanizadas do exército Espanhol à beira de Portugal

Iniciado por dremanu

Respostas: 13
Visualizações: 5549
Última mensagem Maio 08, 2006, 12:40:15 pm
por carlovich