Exército dos EUA conta com novos meios para minimizar baixas

  • 4 Respostas
  • 2989 Visualizações
*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 567
  • +0/-0
Exército dos EUA conta com novos meios para minimizar baixas
« em: Março 09, 2004, 05:32:14 pm »
Blindagens reforçadas, lasers para destruir minas nas bermas das estradas e instrumentos electrónicos de intercepção de foguetes RPG são alguns dos novos equipamentos de que dispõe o exército norte- americano para proteger melhor as suas tropas.

Ouvidos na quinta-feira por uma comissão do Senado, num momento em que continuam a aumentar as baixas norte-americanas no Iraque e no Afeganistão, membros do Pentágono apresentaram uma lista de projectos de tecnologia de ponta, alguns dos quais foram já aprovados.

Com efeito, 4.800 peças de blindagem concebidas para reforçar os veículos de transporte de tropas (Humvee) contra os ataques com granadas e metralhadoras estão já a caminho de zonas operacionais, explicaram os responsáveis.

De igual modo, um laser produzido inicialmente para defesa anti- míssil foi já instalado em veículos todo o terreno no Afeganistão com o objectivo de destruir minas e bombas por explodir.

Estes novos materiais destinam-se a minimizar as baixas humanas, muitas vezes causadas por engenhos explosivos colocados ao longo das estradas e comandados à distância.

Desde o início da intervenção no Iraque, há cerca de um ano, já morreram 550 soldados norte-americanos e 3.150 ficaram feridos. No Afeganistão, morreram 112 militares desde finais de 2001.

Os cientistas do exército estão também a aperfeiçoar câmaras extremamente sensíveis capazes de detectar, a partir de helicópteros ou de aviões de reconhecimento, engenhos explosivos colocados ao longo das estradas.

Estão igualmente em fase de teste sistemas de intercepção electrónica que combinam um radar de visão circular e pequenos projécteis comandados por computador com o objectivo de destruir foguetes em voo, explicou o general Charles Cartwright, adjunto da chefia do comando de investigação.

Um sistema de detecção permitirá aos soldados norte-americanos ver os inimigos, mesmo que estejam escondidos atrás de muros, portas e outras construções.

Quanto às tropas confrontadas com esconderijos, como aquele em que foi encontrado o antigo presidente iraquiano, Saddam Hussein, já não terão de se meter nesses buracos, já que um sistema de câmaras inteligentes poderá filmar nos labirintos situados no subsolo e fazer chegar as imagens à superfície.

Estão também em fase de acabamento aparelhos de tradução, como o "Phraselator", que converterá em árabe, pachtun ou dari frases orais curtas em inglês, e poderá ser usado em conversas básicas com prisioneiros ou habitantes.

Finalmente, novas ligaduras deverão pôr termo a hemorragias importantes num período de dois a quatro minutos.

O governo do presidente George W. Bush pediu 10,5 mil milhões de dólares para financiar os programas científicos e tecnológicos do exército para o ano fiscal de 2005, que começa em Outubro próximo, o que representa um aumento de 1,5 por cento em relação ao ano anterior.
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7454
  • Recebeu: 317 vez(es)
  • Enviou: 104 vez(es)
  • +48/-100
(sem assunto)
« Responder #1 em: Maio 08, 2004, 12:02:50 pm »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Rui Elias

  • Investigador
  • *****
  • 1698
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #2 em: Junho 29, 2004, 04:17:57 pm »
Para baixar drásticamente as baixas dos seus militares, julgo que o mais eficaz e mais barato seria retirarem-se do Iraque e não entrar em novas aventuras, a menos que se trate de legítima defesa, ou em casos comprovadamente justos, o que não foi o caso do Iraque.
 

*

Spectral

  • Investigador
  • *****
  • 1439
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Junho 29, 2004, 10:14:32 pm »
Citar
Para baixar drásticamente as baixas dos seus militares, julgo que o mais eficaz e mais barato seria retirarem-se do Iraque e não entrar em novas aventuras, a menos que se trate de legítima defesa, ou em casos comprovadamente justos, o que não foi o caso do Iraque.


Caro Rui Elias, tem que repetir sempre a mesma "cassete" em todo o lado e a toda a hora ?

Já agora, volto a dizer que concordo com o que vc disse acima  8)
« Última modificação: Junho 29, 2004, 11:07:17 pm por Spectral »
I hope that you accept Nature as It is - absurd.

R.P. Feynman
 

*

[PT]HKFlash

  • Membro
  • *
  • 183
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Junho 29, 2004, 11:06:12 pm »
Ora cá vaai um bis! :D
 

 

EUA poderão ter exército de robots dentro de 10 anos

Iniciado por Lince

Respostas: 0
Visualizações: 1055
Última mensagem Fevereiro 16, 2005, 07:00:33 pm
por Lince
"novo" tipo de paraquedas para reabastecimento...

Iniciado por Luso

Respostas: 0
Visualizações: 1070
Última mensagem Fevereiro 07, 2005, 09:35:06 pm
por Luso
Telemóveis podem ser armas para evitar ataque nuclear

Iniciado por André

Respostas: 0
Visualizações: 3673
Última mensagem Janeiro 27, 2008, 05:55:03 pm
por André
A solução para os problemas de falta de água em Portugal

Iniciado por dremanu

Respostas: 2
Visualizações: 3475
Última mensagem Junho 06, 2007, 12:36:32 am
por lurker
EUA usam nanotecnologia para melhorar desempenho dos navios

Iniciado por Marauder

Respostas: 1
Visualizações: 1667
Última mensagem Maio 30, 2006, 02:52:36 pm
por Cabeça de Martelo