Guerra entre Portugal e Espanha?

  • 1598 Respostas
  • 225978 Visualizações
*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7521
  • Recebeu: 299 vez(es)
  • Enviou: 102 vez(es)
  • +40/-53
(sem assunto)
« Responder #30 em: Abril 16, 2005, 11:35:06 pm »
Façam o favor de estarem mais atentos ao que se passa aqui em casa e de serem bons cidadãos, atentos, cumpridores e exigentes. Sou eu que vos peço.
Deixem os espanhóis, que eles (pobres coitados) já têm problemas de sobra para terem que nos gramar.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

komet

  • Investigador
  • *****
  • 1676
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #31 em: Abril 16, 2005, 11:46:23 pm »
Citar
Deixem os espanhóis, que eles (pobres coitados) já têm problemas de sobra para terem que nos gramar.


Dejá vu
... tenho a sensação que eu próprio já disse essa frase num passado não muito distante  :o
"History is always written by who wins the war..."
 

*

psychocandy

  • 113
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #32 em: Abril 17, 2005, 01:07:40 pm »
Citação de: "Luso"
Façam o favor de estarem mais atentos ao que se passa aqui em casa e de serem bons cidadãos, atentos, cumpridores e exigentes. Sou eu que vos peço.
Deixem os espanhóis, que eles (pobres coitados) já têm problemas de sobra para terem que nos gramar.


Completamente Luso, isto ate me doi de lêr.
Como podem voces falar de um possivel ataque de um dos paises que mais coopera militarmente com Portugal? Cheio de raizes historicas culturais e sociais profundas com o nosso país? Isso eh a mesma coisa que supor que o nosso irmão nos vai violar a qualquer instante.
"The nation which forgets its defenders will be itself forgotten."
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #33 em: Abril 17, 2005, 04:47:51 pm »
Estamos a falar em termos teóricos, como aliás é obvio.
Basta ler os escritos anteriores.
O que se discute é apenas em termos académicos.
Discute-se a possibilidade de resistir a uma investida de forças espanholas, considerando a necessidade de reunir forças, pelo menos três vezes superiores às forças portuguesas, que é a única forma de garantir a viabilidade do ataque e o seu sucesso.

Se passamos a incluir a NATO, por exemplo, todo o exercício perde a sua lógica, porque o que todos sabemos é que os americanos chamavam-nos e aos espanhóis e diziam: Portem-se como gente crescida, e estava o caso arrumado.

A questão é académica, no entanto, tem razões para se discutir. Qualquer país tem planos de contingência, para qualquer eventualidade. Não devemos criticar este tipo de discussões, porque em certos círculos militares este tipo de raciocinio faz-se sim senhor.

Os Alemães, teriam planos de contingência para ataques franceses, os franceses têm planos de contingência contra ataques alemães.
A Europa já estava “lançada” e não foi por isso que os franceses deixaram de desenvolver armas atómicas. A França, quis apenas garantir, que em qualquer circunstancia, não seria ocupada e vencida outra vez.
Quem é que pode atacar a França?

A tese de Franco, para se tornar general, foi "Como tomar Portugal em 24 horas"

= = =
Citação de: "Psychocandy"
Como podem voces falar de um possivel ataque de um dos paises que mais coopera militarmente com Portugal? Cheio de raizes historicas culturais e sociais profundas com o nosso país? Isso eh a mesma coisa que supor que o nosso irmão nos vai violar a qualquer instante.


:arrow: Aquando dos conflitos Liberais/absolutistas na península ibérica, os “Liberais” espanhois, prometeram ajuda aos liberais portugueses, mas primeiro os portugueses tinham que aceitar fazer parte da Espanha.

:arrow: Em 1939/1940, embora recebendo claro apoio por parte de Salazar, Franco, quando se entrevistou com Hitler, foi claro quanto ás suas pretensões. Portugal deveria ficar sob a “protecção” Espanhola, ou então seria invadido por espanhóis e por alemães.
Franco não deixou sempre de agradecer o apoio português, e de elogiar os portugueses, no entanto, pelas costas não teve o mais pequeno pudor em preparar o nosso desaparecimento como nação independente.

:arrow: Depois de 25 de Abril, e enquanto Franco ainda era vivo, a imprensa oficial Espanhola perguntava-se nas suas páginas: “Y que será del pequeño Portugal?”. Perguntando se o paíse sería viavel sem o seu império, e esquecendo que Portugal existia desde 1143. (Lembre-se que para a maioria dos historiadores espanhois, tenta  vender subliminarmente a ideia de que Portugal é independente apenas desde 1640)

A Espanha, Psychocandy, convive mal com a nossa existência. Nunca, REPITO, NUNCA será capaz de viver com a ideia de que o plano do Estado Castelhano falhou.

Psychocandy, os Espanhois, não foram não são e nunca serão nossos irmãos. Um irmão talvez não nos traísse. Um vizinho, que a história demonstrou ser absolutamente falso e traiçoeiro, nunca será de confiança.

Ter um relacionamento são, escorreito e moderno com a Espanha, é para nós de toda a vantagem. Mas não entender a história, pode-nos ser absolutamente fatal. A Espanha, já sabe, que tem que nos adormecer, com cantigas de boa vizinhança e de amizade. Se não tivermos o discernimento suficiente para o entender, garanto-lhe que começaremos a dormir. Quando acordarmos, pode ser demasiado tarde.

A unica coisa que eu tenho pedido às pessoas é que entendam os espanhóis, que os aceitem como são, mas que nunca, nunca deixem de pensar que por detrás de cada movimento, pode estar uma segunda intenção, porque esse é o comportamento típico que têm demonstrado ao longo de séculos.

Cumprimentos

(Vide escritos de, J.H. Saraiva a António José Telo. O espectro político é muito grande)
 

*

Nautilus

  • Membro
  • *
  • 123
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #34 em: Abril 17, 2005, 06:32:54 pm »
Citar
Ter um relacionamento são, escorreito e moderno com a Espanha, é para nós de toda a vantagem. Mas não entender a história, pode-nos ser absolutamente fatal. A Espanha, já sabe, que tem que nos adormecer, com cantigas de boa vizinhança e de amizade. Se não tivermos o discernimento suficiente para o entender, garanto-lhe que começaremos a dormir. Quando acordarmos, pode ser demasiado tarde.

PT dixie
Bravo Pt   :Palmas: estou plenamente de acordo consigo .
Não nos podemos esquecer que de Espanha não vêm nem bons ventos nem bom casamentos.
"Que o país deixe de ter medo!"
Humberto Delgado

Cumprimentos
Nautilus
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1105
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #35 em: Abril 18, 2005, 12:53:15 pm »
Isto é apenas uma questão académica, mas devemos estar sempre preparados para qualquer eventualidade.

Citar
A Espanha, Psychocandy, convive mal com a nossa existência. Nunca, REPITO, NUNCA será capaz de viver com a ideia de que o plano do Estado Castelhano falhou.

Psychocandy, os Espanhois, não foram não são e nunca serão nossos irmãos. Um irmão talvez não nos traísse. Um vizinho, que a história demonstrou ser absolutamente falso e traiçoeiro, nunca será de confiança.


Que exagero! Actualmente ambos os países fazem parte da UE e acho que a velha rivalidade se estar a esbater (se é que ainda existe). Mas já agora vejam isto   :lol:

Em relação á 2ª Guerra vão aqui.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #36 em: Abril 18, 2005, 02:11:38 pm »
Citação de: "Yosi"
Que exagero! Actualmente ambos os países fazem parte da UE e acho que a velha rivalidade se estar a esbater (se é que ainda existe)


Yosi, leia os escritos do professor Agostinho da Silva, e depois falamos.

A rivalidade, não pode deixar de existir.
Quando deixar de existir, o país desaparece.
O perigo, não é nós termos uma relação normal com os espanhóis, o perigo é não entendermos a História, porque agarrar num livro dá trabalho.
A Espanha, não é, nem nunca foi um país nosso aliado. Devemos estabelecer com os espanhois todas as relações que possam ser frutuosas, mas nunca podemos esquecer que, nenhuma nação foi mais traiçoeira e falsa para Portugal, quanto Castela e depois a sua "segunda edição" a que chamamos Espanha, ao longo de muitos e muitos séculos.

Yosi, como é que um comportamento velho de muitos e muitos séculos, pode mudar em 30 anos?

Resposta: Não pode!

Fora isso, não há problemas em comprar caramelos. No entanto, não devemos esquecer que demasiados caramelos, podem produzir problemas de nível intestinal. Gato escaldado, tem medo de água fria.

Cumprimentos
 

*

psychocandy

  • 113
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #37 em: Abril 18, 2005, 02:49:47 pm »
(por exemplo)
Eu trabalho com um militar espanhol, ao contrario do que se possa pensar.. ele fala portugues.. E nem e' de seu direito. E' amistoso, nao tece qualquer comentario aos portugueses, nao atira a pedra, nem lança a suspeita. Se eu lhe alguma vez lhe mencionasse estas teorias da conspiraçao, nem sei qual seria a sua reacção, o mesmo diria de um qualquer cidadão espanhol. Talvez largasse uma gargalhada.
Eu so vejo eh Espanha a oferecer-se para dar aquele curso, treinar aquele piloto.. coisas que muitos outros "amigos" nao fazem ;)
Isto falando trivialmente e no geral.
Estamos sim, a ser invadidos por espanhois no campo economico. Mas isso nao eh culpa deles nem inimizade a Portugal. Sao apenas frutos de um país que nada quer produzir, so quer importar, que nao aceita as suas cores e os seus produtos, que se desculpa com conflitos do passado para justificar os presentes. O presente eh que em Espanha tem-se orgulho em ser espanhol, produz-se, vende-se, trabalha-se para um fim que sirva um país, em Portugal vive-se a dizer isto e aquilo, abstraindo-se e confundido realidade dos factos. O primeiro a dar a facada nao e' um espanhol, e' mesmo o portugues no outro portugues!! Olhem a vossa volta e vejam quem destroi todos os dias o nosso país, serão mesmo os espanhois ?
"The nation which forgets its defenders will be itself forgotten."
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5580
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +2/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #38 em: Abril 18, 2005, 03:58:52 pm »
============================================
Continua em
http://www.forumdefesa.com/forum/viewto ... 9952#19952
============================================
Naturalmente, as questões de táctica e estratégia, podem continuar a ser discutidas aqui.

Recordo que, as questões de táctica e estratégia, não têm necessáriamente que ser acompanhadas por considerações politicas.

Analisamos as questões de guerras com Espanha, como analisamos guerras com Marrocos, com a Argelia, ou com outro país qualquer.

Cumprimentos
 

*

ferrol

  • 724
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #39 em: Julho 25, 2005, 12:30:31 pm »
Citação de: "papatango"
Além de tudo isso, era preciso que a Espanha sequer tivesse os tais Tomahawk. A verdade, é que não os tem, e há razões para crer que nunca os terá.
Premonitorio... :rir:
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2758
  • Recebeu: 34 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +8/-12
(sem assunto)
« Responder #40 em: Julho 25, 2005, 12:37:27 pm »
PT ES O MAIOR!!!!!!!!!!!!!! :wink:  :wink:
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Tiger22

  • Perito
  • **
  • 569
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #41 em: Julho 25, 2005, 01:50:22 pm »
Péssima compra a dos espanhóis.

Os Tomahawks virão com tantas limitações na sua utilização que nem sequer contra Marrocos a Espanha os poderá utilizar. Não sei se sabem que Marrocos passou a ser “aliado preferencial”dos norte-americanos. Os mísseis vão servir para fazer feitio, gastar dinheiro e pouco mais. Só com ordem expressa de Washinton é que a Espanha os poderá utilizar.
"you're either with us, or you're with the terrorists."
 
-George W. Bush-
 

*

Yosy

  • Especialista
  • ****
  • 1105
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #42 em: Julho 25, 2005, 04:14:05 pm »
Citação de: "Tiger22"
Péssima compra a dos espanhóis.

Os Tomahawks virão com tantas limitações na sua utilização que nem sequer contra Marrocos a Espanha os poderá utilizar. Não sei se sabem que Marrocos passou a ser “aliado preferencial”dos norte-americanos. Os mísseis vão servir para fazer feitio, gastar dinheiro e pouco mais. Só com ordem expressa de Washinton é que a Espanha os poderá utilizar.


 :?

Espanha tem que pedir autorização aos EUA para usar os Tomahawks?
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7521
  • Recebeu: 299 vez(es)
  • Enviou: 102 vez(es)
  • +40/-53
(sem assunto)
« Responder #43 em: Julho 25, 2005, 05:36:45 pm »
Não me admirava nada. Creio que o Chile também deve obedecer a políticas semelhantes em relação aos AMRAAM, que ficam à guarda dos EUA (mesmo pagos pelo Chile)...
Ele há coisas...
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

ferrol

  • 724
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #44 em: Julho 25, 2005, 06:23:26 pm »
Citação de: "Yosy"
Espanha tem que pedir autorização aos EUA para usar os Tomahawks?
Depende. ¿Portugal ten que pedir permiso para usa-los F-16?¿pideu permiso G.B para usalos en Irak?Pois o mesmo pasará cos tommies.
Tu régere Imperio fluctus, Hispane memento
"Acuérdate España que tú registe el Imperio de los mares”
 

 

"A Guerra" - RTP1

Iniciado por LanceroQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 41
Visualizações: 17199
Última mensagem Abril 26, 2008, 01:23:32 pm
por lurker
Filipe I(II);Filipe II(III); Filipe III(IV) Reis de Portugal

Iniciado por TemplárioQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 0
Visualizações: 1183
Última mensagem Abril 07, 2010, 01:22:56 pm
por Templário
A guerra com o Iraque foi um "erro estratégico"

Iniciado por Tiger22Quadro Conflitos do Presente

Respostas: 7
Visualizações: 3394
Última mensagem Maio 04, 2004, 03:16:28 pm
por Guilherme
"Memórias da Guerra - 1961-1974"

Iniciado por LanceroQuadro Conflitos do Passado e História Militar

Respostas: 11
Visualizações: 32061
Última mensagem Junho 15, 2007, 04:28:40 pm
por Lancero
Guerra Colonial: Fotos dos "gun trucks"

Iniciado por sprint1050Quadro Conflitos do Passado e História Militar

Respostas: 0
Visualizações: 2969
Última mensagem Agosto 17, 2008, 02:35:53 pm
por sprint1050