Guerra entre Portugal e Espanha?

  • 1598 Respostas
  • 250168 Visualizações
*

PCartCast

  • 225
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • Enviou: 3 vez(es)
  • +0/-0
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1545 em: Agosto 06, 2011, 11:52:10 am »
Pois eu digo que os EUA iriam optar pela neutralidade... Não lhes interessa estar a gastar dinheiro na invasão de uma região que já controlam... Quanto a uma possível invasão espanhola teriam mais a ganhar com a manutenção da actual situação do que serem forçados a renegociar um acordo novo com um governo que poderia não lhes ser tão favorável... Relembro-lhes, que eles actualmente não pagam nada pela base das Lages.

Por outro lado temos a mania de eles se armarem em polícias do mundo, dou o caso do kosovo, qual o interesse deles em ceder o kosovo aos albaneses kosovares?? Eu nunca percebi, talvez essa mania de ordem e de serem os policias do mundo nos fosse mais favorável a nós do que aos espanhóis.

Por outro lado temos a economia, a nossa economia infelizmente é mais maleável e dependente do que a espanhola, penso que os EUA optariam pela manutenção da situação do que favorecer uma economia que poderia desestabilizar a região e os interesses da indústria norte-americana aqui em Portugal... Indústria essa que actualmente sobrevive da maõ de obra barata, como a Delphi e outros.

*

whiskey01

  • Membro
  • *
  • 188
  • +0/-0
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1546 em: Agosto 07, 2011, 06:46:30 pm »
Vá lá, alguém que não glorifique os Americanos. Claro que eles não são os bons da fita, nunca foram. Eles não têm bases por toda a Europa porque têm pena de nós, ou porque os oficiais e soldados deles preferem as europeias às americanas. Tudo bem em dizer que a China vai ser a próxima super potência. Mas daí a falar em guerras EUA vs China? Vamos lá ter calma...

A verdade dos factos é simples: Toda a gente nos caga em cima porque os nossos políticos se puseram todos a jeito e venderam o nosso país. Se isto estoirasse a sério, ninguém queria saber de nós, nem dos espanhóis. Quanto muito aparecia a Hillary Clinton na televisão a dizer o mesmo que eles dizem quando não querem saber dos outros. Dos EUA, levávamos um "The United States strongly condemn this attack", e já íamos com sorte.

Já agora, os EUA são polícias do mundo? Eu diria antes mercenários. Essa malta não dá ponto sem nó. Se eles defendem uma região, é porque têm algum interesse lá. Se não tiverem interesse, funcionam muito na base do "Já que estamos aqui, vamos fazer umas quantas bases". E a malta cala-se, porque no fundo foram eles que os ajudaram. Eles sabem que é feio cuspir no prato onde se come.

Resumindo, os EUA não ajudavam porra nenhuma, e é iludido quem pensa o contrário.

 
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Os FDP que nos lixam muitas vezes não se chamam Dimitri ou Yan, às vezes chamam-se Pedro ou John.

Vamos lá ver... Os FDP que nos lixaram nunca se chamaram Dmitri ou Yan. Sempre se chamaram Pedro ou John. Essa ideia muito elaborada e muitas vezes enfatizada de um modo patego nos filmes americanos de que os russos são maus, têm misséis nucleares, perseguem políticos e de que querem invadir a Europa é tudo propaganda americana. O que muita gente não faz é parar para pensar e ver que:

- O primeiro país a aplicar o conceito de Guerra Biológica foi os Estados Unidos nas Guerras Índias, quanto ofereciam vacas contaminadas com varíola aos índios para matar e, consequentemente, enfraquecer a população deles mais depressa.

- Os Estados Unidos condenam sempre o uso de armas Químicas mas aplicaram o conceito de Guerra Química no Vietname, quando pulverizaram selvas inteiras com o Agente Laranja, chegando mesmo a contaminar tropas americanas. Por isso é que muito dos efectivos que combateram no Vietname vieram a morrer de cancro, anos mais tarde, e não foi só por causa das tracejantes (que contêm urânio empobrecido).

- O primeiro país a aplicar o conceito de Guerra Nuclear foi os Estados Unidos, quando largaram as duas bombas atómicas em Hiroshima e Nagasaki, nos finas da 2ª Guerra Mundial, dado que as estimativas de um desembarque de tropas no Japão chegavam a ultrapassar o milhão de mortos. Hiroshima e Nagasaki não eram alvos militares.

O fantasma do "lobo mau" russo não passa de uma invenção americana. Já nos traíram a nós, durante a Guerra Colonial. Quem faz uma, faz duas, faz três.
Portanto quem ainda acha que os EUA são bons, que tire as suas conclusões.
«Com quem saiba conduzi-los, eles irão a toda a parte e combaterão quem se quiser. Marcharão sujeitando-se às maiores fadigas, sem um murmúrio, vivendo apenas de pão e água com um dente de alho como condimento…»

Relato de um Oficial do Exército Britânico sobre os soldados portugueses (sec XVIII)
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4159
  • Recebeu: 263 vez(es)
  • Enviou: 259 vez(es)
  • +54/-10
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1547 em: Agosto 07, 2011, 07:27:33 pm »
Mas apesar de isso tudo, continuo a querer uma ditadura americana que uma ditadura russa. Se gostas de gulags aconselho-te umas férias à coreia do norte, pode ser que aí vejas a verdadeira democracia comunista.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Duarte

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 12 vez(es)
  • Enviou: 16 vez(es)
  • +2/-0
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1548 em: Agosto 07, 2011, 07:45:55 pm »
Citar
Os FDP que nos lixaram nunca se chamaram Dmitri ou Yan.

Não foi por não tentarem...   :N-icon-Axe:
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8507
  • Recebeu: 765 vez(es)
  • Enviou: 1253 vez(es)
  • +75/-34
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1549 em: Agosto 07, 2011, 08:45:06 pm »
Citação de: "whiskey01"
Tudo bem em dizer que a China vai ser a próxima super potência. Mas daí a falar em guerras EUA vs China? Vamos lá ter calma...
Acredito seriamente numa Guerra Fria tanto por razões politicas como económicas.

Citar
Já agora, os EUA são polícias do mundo? Eu diria antes mercenários. Essa malta não dá ponto sem nó. Se eles defendem uma região, é porque têm algum interesse lá.
E então? Sempre foi assim com qualquer nação. Ninguém entra numa guerra por caridade. Os interesses têm de financiar a guerra e ter retorno após o conflito.


Citar
Vamos lá ver... Os FDP que nos lixaram nunca se chamaram Dmitri ou Yan. Sempre se chamaram Pedro ou John. Essa ideia muito elaborada e muitas vezes enfatizada de um modo patego nos filmes americanos de que os russos são maus, têm misséis nucleares, perseguem políticos e de que querem invadir a Europa é tudo propaganda americana. O que muita gente não faz é parar para pensar e ver que:
Jonh, Ivan, Alejandro, Ton-Pai-Pai... Não interessam os nomes. O nossos interesses podem sempre colidir com os de muitos outros.

Citar
- O primeiro país a aplicar o conceito de Guerra Biológica foi os Estados Unidos nas Guerras Índias, quanto ofereciam vacas contaminadas com varíola aos índios para matar e, consequentemente, enfraquecer a população deles mais depressa.

Acho que antes disso mais a Sul houve uns cobertores com pulgas e doenças.

Citar
e não foi só por causa das tracejantes (que contêm urânio empobrecido).
:mrgreen:

Citar
- O primeiro país a aplicar o conceito de Guerra Nuclear foi os Estados Unidos, quando largaram as duas bombas atómicas em Hiroshima e Nagasaki, nos finas da 2ª Guerra Mundial, dado que as estimativas de um desembarque de tropas no Japão chegavam a ultrapassar o milhão de mortos. Hiroshima e Nagasaki não eram alvos militares.
Só porque os Alemães não desenvolveram a bomba a tempo.
O bombardeamento de cidades e populações era uma coisa normal na época. Provavelmente mais tarde voltará a ser...

Citar
O fantasma do "lobo mau" russo não passa de uma invenção americana. Já nos traíram a nós, durante a Guerra Colonial. Quem faz uma, faz duas, faz três.
Portanto quem ainda acha que os EUA são bons, que tire as suas conclusões.
Não há bons nem maus, apenas interesses comuns e interesses que colidem.
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

whiskey01

  • Membro
  • *
  • 188
  • +0/-0
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1550 em: Agosto 07, 2011, 10:03:43 pm »
Respondendo à letra:

Citação de: "HSMW"
Acredito seriamente numa Guerra Fria tanto por razões politicas como económicas.

Estava a falar de um conflito armado. Guerra Fria há de certeza. Os americanos e os outros capangas não andam a ser atacados informaticamente por diversão.

Citação de: "HSMW"
E então? Sempre foi assim com qualquer nação. Ninguém entra numa guerra por caridade. Os interesses têm de financiar a guerra e ter retorno após o conflito.

Exacto. O Afeganistão é riquíssimo. De facto, os nossos Comandos e Páras andam lá numa busca ao El-Dorado.

Citação de: "HSMW"
O nossos interesses podem sempre colidir com os de muitos outros.

Mas isso não invalidam o facto de nos lixarem, certo? A me*** continua a voar para este lado!

Citação de: "HSMW"
Acho que antes disso mais a Sul houve uns cobertores com pulgas e doenças.

Ilumina-me acerca disso...

Citação de: "HSMW"
:shock: Tracejantes com urânio?? É por isso que deixam uns traços verde flurescente! :mrgreen:

Não têm? Então diz-me lá do que é que são feitas as tracejantes? Antes de gozares, acho que te devias informar. Senão alguém faz figura de parvo...

Citação de: "HSMW"
Só porque os Alemães não desenvolveram a bomba a tempo.

Mas os alemães eram os mauzões. E nunca os vi a apontar o dedo aos russos por eles terem tido Gulags. Se os nossos podres estão ao descoberto, não convém falar dos dos outros. Os americanos, porém, tiveram a lata de o fazer. E sim, os bombardeamentos eram e são normais. Mas não com armas nucleares.

Citação de: "HSMW"
Não há bons nem maus, apenas interesses comuns e interesses que colidem.

Pois claro. Se eu matar um milhão de Judeus e meio mundo me declarar guerra por causa disso, os meus interesses colidiram com os de alguém... certo? Judeus também são interesses... e eu não sou mau...
«Com quem saiba conduzi-los, eles irão a toda a parte e combaterão quem se quiser. Marcharão sujeitando-se às maiores fadigas, sem um murmúrio, vivendo apenas de pão e água com um dente de alho como condimento…»

Relato de um Oficial do Exército Britânico sobre os soldados portugueses (sec XVIII)
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14956
  • Recebeu: 977 vez(es)
  • Enviou: 933 vez(es)
  • +167/-156
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1551 em: Agosto 07, 2011, 11:12:13 pm »
Nisto tudo descobri que há muito pessoal do fórum que não sabe como começou a Guerra do Ultramar (a última), descobri que muitos não sabem que há uma coisa chamada Rota e Moron em Espanha, descobri que as tracejantes têm urânio empobrecido ( :lol: ), descobri, descobri que entre asneirada da grossa e falta de pesquisa escreve-se muita treta neste fórum.

PS: eu não quero viver nem numa ditadura dos EUA, nem da China ou da Alemanha, prefiro viver numa democracia em Portugal, governado por um governo que foi votado por todos os Portugueses.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

whiskey01

  • Membro
  • *
  • 188
  • +0/-0
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1552 em: Agosto 07, 2011, 11:35:32 pm »
Mais um...

Citação de: "Cabeça de Martelo"
Nisto tudo descobri que há muito pessoal do fórum que não sabe como começou a Guerra do Ultramar (a última)

Ninguém aqui falou no Ultramar, só tu. Como é que podes afirmar isso? Se estás com tanta vontade de falar no Ultramar, força. Cada vez que escreves puxas esse tópico.

Citação de: "Cabeça de Martelo"
descobri que muitos não sabem que há uma coisa chamada Rota e Moron em Espanha

Bis.

Citação de: "Cabeça de Martelo"
descobri que as tracejantes têm urânio empobrecido ( :lol:

Algumas tracejantes têm urânio empobrecido, sim, devido às propriedades incendiárias do mesmo, embora a maioria tenha fósforo, nitratos e outros. Não percebo para que é que é o riso.

Tu descobriste isso tudo. Eu descobri que neste fórum há aqui gente que são chamados "especialistas da me***". Pesquisas na Internet, consultar Enciclopédias. Espectáculo! Eu nem sei para que é que existem analistas a trabalhar para as Forças Armadas. Basta eles virem aqui ao Fórum que isto está cheio de sabichões! Esta malta sabe tudo! Epá, caiam na real...
«Com quem saiba conduzi-los, eles irão a toda a parte e combaterão quem se quiser. Marcharão sujeitando-se às maiores fadigas, sem um murmúrio, vivendo apenas de pão e água com um dente de alho como condimento…»

Relato de um Oficial do Exército Britânico sobre os soldados portugueses (sec XVIII)
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1553 em: Agosto 08, 2011, 01:17:03 pm »
Só um pequeno aparte, porque me parece que a questão continua a gerar confusão.

Os planos para invadir Portugal são vários.
Ainda antes do inicio da guerra civil, um jornal espanhol publica em Madrid um estudo sobre a invasão de Portugal.

Depois do inicio da II guerra, Hitler manda fazer planos para tomar Gibraltar.
Esse plano, chamado FELIX inclui o envio de um corpo de exército (3 divisões, uma das quais blindada) para invadir Portugal, se e só se, os ingleses tomarem posições na peninsula.

Já depois da invasão da URSS a Alemanha desenvolveu um outro plano de acção, igualmente para a tomada de posições na peninsula, chamado ISABELA. Era um plano para quando a URSS fosse vencida.

Já o plano de Franco, nada tem a ver com estes planos e limitava-se a considerar a invasão de Portugal exclusivamente com meios espanhóis.
Seria o equivalente ao ataque italiano contra a Grécia. Hitler também não sabia.
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1554 em: Agosto 08, 2011, 01:58:57 pm »
Notas adicionais:

O exército não tem Pandur com peça de 105mm. Isto não impede que se faça publicidade.

A Espanha tem apenas um porta-aviões, o Principe de Asturias.
O Juan Carlos I é um LPD. Do ponto de vista táctico, a principal diferença é que o primeiro, em caso de alerta de submarino, pode manobrar rapidamente e fugir da área. O Juan Carlos I não pode, porque a sua velocidade não o permite.

Desde que existem, os submarinos têm sido sempre o nosso principal ou único dissuasor em termos de controlo marítimo.

Nós não temos artilharia de costa, nem defesa de mísseis que a tivesse substituido.
Todo o nosso sistema defensivo foi adaptado à realidade geoestratégica pós II guerra.
Estamos no fim da linha. Quando os russos chegassem a Lisboa, é porque tudo estava já perdido. Por isso a defesa terrestre seria absolutamente inutil.

Portugal, tentou (para garantir o fim do isolamento da Espanha) desenvolver um plano defensivo nos pirineus. Mas ninguém na Europa o apoiou e os americanos não quiseram saber dele.
Basicamente: Nenhum europeu queria gastar dinheiro na defesa dos pirineus, porque isso implicava toda a Europa central até França teria caído.

Também não liguem muito aos números publicados quanto a aviões, tanques e navios, porque o que realmente conta é o material operacional e o que pode vir a ficar operacional dentro de um curto espaço de tempo.

Em caso de conflito, a força que tem mais interesse em controlar as pontes, é a força que tem mais mobilidade, mais carros, mais veículos.
A ideia de os espanhóis atacarem as pontes para cortar o país em dois, é quase lunática...  :mrgreen:
Seria sempre o invasor a beneficiar do controlo das pontes.

O principal aliado de um hipotético invasor, seria sempre a nossa rede de auto-estradas.
 

*

Smoke Trails

  • Perito
  • **
  • 328
  • Recebeu: 3 vez(es)
  • +0/-0
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1555 em: Agosto 08, 2011, 08:14:01 pm »
Boa tarde,

Citação de: "YOMISMO"
Uff, voy a pensar "lógicamente"... ¿si yo fuera USA a quien apoyaría?

Portugal me ofrece Lajes pagando un alquiler a cambio de apoyo ante una invasión.....

España me ofrece quedarme con las Azores (se haría una pequeña invasión de marines con el pretexto de defender Lajes...)y seguiría usando Rota (Us Navy-USAF) y Morón (USAF). Mis  multinacionales ya cosideran, desde hace años, la Península Ibérica como un solo territorio.....ningún otro pais se vería afectado por el conflicto.

Portugal tiene acceso al Atlántico (que no me hace falta) y no dispone de materias primas.

España tiene acceso al Atlántico (no me hace falta) y al Mediterráneo y controlan el estrecho de Gibraltar....además es un mercado 5 veces más grande para mis productos. La canción "hey Macarena" es española y me han ganado en basket...uhhmmmm  pues el $ es el $...me quedo con Spain.Siempre es mejor vender 5 cocacolas que 1.

Esta es la forma con la que "razonan" los USA...el resto son ilusiones. I'm sorry.
Esta é o sonho de alguns espanhóis. É pena que alguns portugueses também a compartilhem.

Com que então Espanha, membro da U.E. e da NATO, poderia invadir Portugal, também um membro da U.E, e da NATO que os Estados Unidos não fariam nada? Estamos a falar de dois países europeus, não de dois países situados num recôndito em África!

Como ficaria a credibilidade dos Estados Unidos perante os restantes membros da NATO, os outros países da Europa e o resto do mundo?

Qual seria a reacção dos outros países europeus?

Portugal, apesar de pequeno e com graves problemas, não é um terreno baldio que se pode ocupar sem mais nem menos. Actualmente, a nível económico, a Espanha e os Estados Unidos ainda não têm grandes razões para sorrir!

Por muito que lhe custe, as Lajes continuam a ser importantes. É certo que em 1990/91, na Guerra do Golfo, e posteriormente, as aeronaves em transito entre os Estados Unidos e a Europa tiveram um maior apoio de meios de reabastecimento aéreo o que lhes permitiu continuar sem ter que aterrar na base para reabastecer, no entanto se tiverem problemas, as Lajes são uma alternativa. A situação mudou e os “novos clientes” passaram a ser os aviões de reabastecimento aéreo. Um ponto no oceano é sempre importante.

Os Estados Unidos utilizam Rota e Morón enquanto quiserem. Só saíram de Torrejón quando bem quiseram.

Desde quando é que Espanha tem “força” para vedar o acesso dos Estados Unidos a Rota e Morón? Os Estados Unidos utilizam Rota e Morón quando e sempre que quiserem. Apesar dos protestos, só saíram de Torrejón quando bem entenderam.

Parece que Espanha não aprendeu nada com Perejil! A Europa já não tolera nações com instintos belicistas e expansionistas!

O estreito de Gibraltar é um ponto de livre passagem, não é controlado por ninguém!

Os Estados Unidos não dependem da eliminação de Portugal, para terem acesso ao mercado Espanhol, nem de Espanha para terem acesso ao Mediterrâneo.

A canção “Hey Macarena” é de um grupo latino-americano, os hispânicos com quem os americanos têm afinidades, são os do continente americano, não são os espanhóis da Europa.

Na única vez em que participou, a Michell Mouton também venceu a subida do Pikes Peak com um Audi Quattro!!!

A filha de um amigo meu foi para os Estados Unidos estudar disse que por lá um interesse crescente em aprender português e uma procura de professores.

Citação de: "GI Jorge"
(…)se o país ficasse "vermelho", os vossos queridos e grandes aliados iriam invadir as ilhas, ficando com elas, e dando Portugal a Espanha.
(Esta parte não está no artigo, mas quando tiver tempo, e se me lembrar, irei procurar isso e dar um link com mais pormenores)
http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/eua-tinham-planos-para-invadir-os-acores-em-1975_1467523
Em plena guerra-fria os Estados Unidos não podiam ter o acesso ás Lajes comprometido.

Como é que os Estados Unidos se poderiam dar ao luxo de dar um país a outro como se fosse uma esmola?

Citação de: "papatango"
(…)Quando os russos chegassem a Lisboa…
Quando a França tivesse caído já tudo estava perdido. Logo após o ataque nuclear inicial do Pacto de Varsóvia a alvos por toda a Europa, as coisas já não estariam direitas em Portugal e Espanha.

Os Espanhóis sonham e deliram com conflitos. Comprem um jogo de estratégia e entretenham-se.

Entretanto, aprendam a cozinhar, a tirar cerveja e café também como nós. Informem-se sobre o nosso país e só então falem (bem ou mal) sobre Portugal!

Foi a ignorância que levou George W. Bush a chamar grécios, e não gregos, aos habitantes da Grécia numa visita oficial.

Cumprimentos
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +18/-0
    • http://www.areamilitar.net
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1556 em: Agosto 08, 2011, 09:53:40 pm »
Citar
Quando a França tivesse caído já tudo estava perdido. Logo após o ataque nuclear inicial do Pacto de Varsóvia a alvos por toda a Europa, as coisas já não estariam direitas em Portugal e Espanha.
Não haveria nenhum ataque nuclear por parte da União Soviética, nem faria sentido dado os russos disporem de grande superioridade numérica.
Foi a NATO que considerou um ataque nuclear para que os russos não ficassem com ideias.



Um conflito luso-espanhol só se poderia entender no futuro, como resultado de tensões que levassem à implosão da União Europeia.
Nesse caso, o normal é que se voltassem a criar grupos.
Normalmente a divisão é entre um grupo atlântico e um grupo continental.

Tradicionalmente a Espanha alia-se mais vezes ao bloco continental, Portugal alia-se sempre ao bloco atlântico.

Logo, se a Espanha se junta ao bloco atlântico, então seria nossa aliada.
Caso se juntasse ao bloco continental, junto com Alemanha e França só então ficaríamos em lados opostos.
Neste caso, evidentemente os americanos estariam do nosso lado.
Se os espanhóis também estiverem desse mesmo lado, a questão do conflito não se colocaria e o problema está resolvido.

Portanto:
Um conflito entre Portugal e Espanha a ocorrer, implicaria sempre uma oposição entre os dois blocos. A História e o posicionamento estratégico de Portugal colocam o país sempre ao lado dos americanos.

Nós não somos tão pró-americanos (quer PS quer PSD quer CDS) porque gostamos das estrelinhas da bandeira. Nós somos pró-americanos, porque o equilibrio de forças em caso de necessidade obriga a que estejamos do lado deles.
Não temos outra hipótese e os americanos sabem disso perfeitamente.
Por isso nem se preocupam com a questão.
 

*

YOMISMO

  • 98
  • +0/-0
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1557 em: Agosto 09, 2011, 10:09:58 am »
Smoke Trails tranquilicese porque estamos haciendo un ejercicio teórico y técnico, para nada quiero entrar en el tema político porque podemos entrar en polémica (este topic va de una hipotética guerra entre los 2 paises).

Busque nuevas fuentes fiables de información ya que las actuales que utiliza no son las correctas (en cuanto al uso de las bases de Morón o Rota e incluso Torrejón).

Lajes es importante pero siempre dentro de un contexto; quizás la USAF le saque más partido para vuelos de entrenamiento sin restricciones. Rota tiene mayor importancia estratégica para los USA, por lo menos un 50% más que Lajes. Morón puede ser cerrada para la USAF aunque presenta mejores conexiones para otro tipo de misiones que Lajes (eran más importante en otro tiempo ya que permitía vuelos intercontinentales pero actualmente, mediante reabastecimiento en vuelo y mayores rangos puede ser obviada por otras bases mejor situadas para las distintas operaciones de USA (Africom, Mediterráneo, etc).

Perejil fue un "pulso" de poder entre Marruecos y España; la norma establecida por la OTAN es que cualquier incidente que no afecte a territorio europeo español no los obliga a intervenir (y Francia es el principal aliado de Marruecos). La cultura marroquí ve como una debilidad la cesión de territorio, si España no hubiera actuado al final hubieran invadido otro territorio (Alhucemas, Chafarinas, etc) y hubieramos acabado en "guerra abierta". Marruecos solo busca $$$$ para mantener a su oligarquía monarquica. Cíclicamente saca sus historias coloniales para tapar el hambre y la dictadura a la que tienen sometida a su pueblo.

Mohammed 6 sabe que no puede hacer una guerra contra España en 4 frentes y con Algeria y el Polisario esperando. Si hiciera una tentativa contra Melilla (de muy difícil defensa) tendría un desembarco en Casablanca, directamente en el corazón del Reino y al Sultán no le daría tiempo a meter las maletas con el oro y escapar a otro pais (solo a Argelia.....donde lo pondrían mirando a la Meca).  De ahí que España tenga unas fuerza de proyección con un nivel muy superior a la media europea (por debajo, y poco, de UK y FRA y superior al resto).
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14956
  • Recebeu: 977 vez(es)
  • Enviou: 933 vez(es)
  • +167/-156
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1558 em: Agosto 10, 2011, 01:02:54 am »
Citação de: "whiskey01"
Mais um...

Citação de: "Cabeça de Martelo"
Nisto tudo descobri que há muito pessoal do fórum que não sabe como começou a Guerra do Ultramar (a última)

Ninguém aqui falou no Ultramar, só tu. Como é que podes afirmar isso? Se estás com tanta vontade de falar no Ultramar, força. Cada vez que escreves puxas esse tópico.

Vai lá atrás, vê em que contesto a Guerra do Ultramar foi trazida ao debate. Como já percebi que o pessoal tem muita pouca capacidade ou vontade de pesquisar seja o que for, só vou dizer uma coisa, a UPA foi quem começou a guerra em Angola. Essa organização era apoiada fortemente pelos governo Norte-Americano. Esse apoio contabilizou um massacre sem precedentes em Angola de cerca de 7000 pessoas. Essas pessoas foram mortas à catanada, à machadada, retalhadas sem dó nem piadade. E depois leio pessoas a pensarem que os EUA fariam isto ou aquilo por Portugal porque nós somos aliados e eles têm uma base em Portugal.

Citar
Citação de: "Cabeça de Martelo"
descobri que muitos não sabem que há uma coisa chamada Rota e Moron em Espanha

Bis.

Mais uma vez estás a enterrar, vai lá ver o contexto. Primeiro falam que os EUA apoiavam-nos em caso de guerra por causa das Lajes e nem sequer sabem que eles têm duas bases em Espanha.

Citar
Citação de: "Cabeça de Martelo"
descobri que as tracejantes têm urânio empobrecido ( :lol:

Algumas tracejantes têm urânio empobrecido, sim, devido às propriedades incendiárias do mesmo, embora a maioria tenha fósforo, nitratos e outros. Não percebo para que é que é o riso.

Quantos países usam munições de urânio empobrecido? EUA e Israel.

Qual é o propósito do mesmo?
Perfurar as blindagens cada vez mais eficazes dos CC, bunkers, etc.
Recomendo-te que vejas com olhos de gente estes links:

http://www.youtube.com/watch?v=E5PLdNfhNew
http://www.youtube.com/watch?v=-pzlJaG2cFc
http://www.youtube.com/watch?v=RD5vTBVhJ4g
http://www.youtube.com/watch?v=LkL6Gax8zNQ

Nem os Russos usam este tipo de munições porque segundo eles os militares que as empregam acabam por sofrer graves problemas de saúde.


Citar
Tu descobriste isso tudo. Eu descobri que neste fórum há aqui gente que são chamados "especialistas da me***". Pesquisas na Internet, consultar Enciclopédias. Espectáculo! Eu nem sei para que é que existem analistas a trabalhar para as Forças Armadas. Basta eles virem aqui ao Fórum que isto está cheio de sabichões! Esta malta sabe tudo! Epá, caiam na real...

E tu és militar? És especialista em quê? Armamento não és de certeza!  :lol:
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

whiskey01

  • Membro
  • *
  • 188
  • +0/-0
Re: Guerra entre Portugal e Espanha?
« Responder #1559 em: Agosto 10, 2011, 06:46:54 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Vai lá atrás, vê em que contesto a Guerra do Ultramar foi trazida ao debate. Como já percebi que o pessoal tem muita pouca capacidade ou vontade de pesquisar seja o que for, só vou dizer uma coisa, a UPA foi quem começou a guerra em Angola. Essa organização era apoiada fortemente pelos governo Norte-Americano. Esse apoio contabilizou um massacre sem precedentes em Angola de cerca de 7000 pessoas. Essas pessoas foram mortas à catanada, à machadada, retalhadas sem dó nem piadade. E depois leio pessoas a pensarem que os EUA fariam isto ou aquilo por Portugal porque nós somos aliados e eles têm uma base em Portugal.

Portanto, falando em gente a enterrar-se... Eu nunca falei bem dos EUA. Não sou anti-americano mas também não sou fã deles. E sim, eu sei que esses massacres aconteceram e sei quem foi a UPA. Tenho vários livros cá em casa acerca das guerras em que Portugal esteve envolvido. No da Guerra do Ultramar isso está lá mencionado e explicado. Mas pronto, sentes-te melhor em ter dito isso?

Citação de: "Cabeça de Martelo"
Mais uma vez estás a enterrar, vai lá ver o contexto. Primeiro falam que os EUA apoiavam-nos em caso de guerra por causa das Lajes e nem sequer sabem que eles têm duas bases em Espanha.

Têm duas bases em Espanha. E depois? Claro que os EUA nunca nos apoiariam. Isso é mais do que óbvio. Mas se (por milagre) o fizessem, não seria por causa das Lajes. Em caso de guerra, assim que Portugal falasse com os americanos acerca disto e usasse as Lajes como moeda de troca, eles pura e simplesmente nos mandariam à me***. E nós faríamos o que acerca disso? Diríamos: "Cuidado, estás a violar leis do Direito Internacional ao invadir um território soberano"? A resposta era simples: "Olha, eu não queria ser incómodo, mas a tua capital está a arder...". Usar as Lajes como moeda de troca não revela audácia, mas sim estupidez suprema.

Citação de: "Cabeça de Martelo"
Quantos países usam munições de urânio empobrecido? EUA e Israel.

Qual é o propósito do mesmo?
Perfurar as blindagens cada vez mais eficazes dos CC, bunkers, etc.
Recomendo-te que vejas com olhos de gente estes links:

Sabes que mais? Como queiras.
E como sabes que os russos não as usam? Desde quando é que eles se preocupam com a saúde dos outros? Os veículos deles não oferecem quase protecção nenhuma. Ainda hoje a táctica dos russos para invadir outros países seria a utilização em massa de veículos (o que revela descuido pela perda de vidas). E isto é irrefutável.

Citação de: "Cabeça de Martelo"
E tu és militar? És especialista em quê? Armamento não és de certeza! :lol:

Eu não sou militar nem especialista em nada. Mas daí a que tudo o que eu digo é apoiado por gente que sabe mais disto a dormir do que este fórum todo acordado. E tu és militar, mas especialista? Duvido.
"És militar?"... Há muitos assim. Estiveram no Exército, na Marinha ou na FA e nem que tivessem estado lá a assinar papéis ou a servir chá e bolachinhas aos Generais já pensam que sabem muito disto. Já disse aqui e volto a dizer: O que vem cá para fora é irrelevante e as informações acerca de coisas relevantes que estão disponíveis na Internet ou noutras fontes, ou estão incompletas, ou estão obsoletas ou são falsas. Portanto aquele que tudo sabe sobre falsidades sabe tanto como aquele que nada sabe.
«Com quem saiba conduzi-los, eles irão a toda a parte e combaterão quem se quiser. Marcharão sujeitando-se às maiores fadigas, sem um murmúrio, vivendo apenas de pão e água com um dente de alho como condimento…»

Relato de um Oficial do Exército Britânico sobre os soldados portugueses (sec XVIII)
 

 

Jogo de Alianças numa Guerra Global

Iniciado por urso bêbado

Respostas: 5
Visualizações: 3098
Última mensagem Julho 21, 2013, 03:11:49 pm
por HSMW
Possibilidade de *guerra nuclear* com a Rússia

Iniciado por Fernando Negro

Respostas: 92
Visualizações: 25928
Última mensagem Julho 06, 2019, 02:46:16 pm
por BlackFerdyPT
Artigo CNN (A guerra no futuro )

Iniciado por Malagueta

Respostas: 0
Visualizações: 1957
Última mensagem Fevereiro 24, 2015, 09:45:36 am
por Malagueta
Guerra neste Verão?

Iniciado por Luso

Respostas: 3
Visualizações: 2407
Última mensagem Agosto 27, 2015, 03:24:41 am
por GALO-CIDRÃO
Qual a futura ameaça externa a Portugal ? (10/20? anos)

Iniciado por Shar[K]

Respostas: 111
Visualizações: 48579
Última mensagem Novembro 28, 2017, 01:36:51 pm
por Daniel