Guerra entre Portugal e Espanha?

  • 1598 Respostas
  • 242147 Visualizações
*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2417
  • Recebeu: 22 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +5/-6
(sem assunto)
« Responder #135 em: Setembro 09, 2005, 08:47:23 pm »
:lol:  :lol:  :lol:
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2900
  • Recebeu: 84 vez(es)
  • Enviou: 8 vez(es)
  • +52/-19
(sem assunto)
« Responder #136 em: Setembro 09, 2005, 08:50:45 pm »
Manu, tu dizes que convosco não se brinca,"no se juega" mas das ultimas vezes que nos invadiram levaram porrada de meia noite e fugiram a sete pés. Para pessoas tão fortes como os espanhois.. Está isso mal.

Já agora podias ser mais bem educado, penso que os demais utilizadores do fórum merecem respeito.

Caro amigo quando quizer venha ate Verin, provincia de Orense, podemos falar, nessa terra galega não aguentam os espanhois, estes são apelidados de "estranxeiros".

Eu ensino-lhe uma arte chamada Kravmaga.
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Lince

  • Moderador Global
  • *****
  • 241
  • +0/-0
    • http://forumdefesa.com
(sem assunto)
« Responder #137 em: Setembro 09, 2005, 09:24:21 pm »
:!:
Cumprimentos

 

*

Doctor Z

  • Analista
  • ***
  • 831
  • +0/-0
    • http://www.oliven
(sem assunto)
« Responder #138 em: Setembro 24, 2005, 11:52:34 am »
Estou contente que este tópico esteja novamente disponivél.

Vamos ver se a gente nos podemos entender uns com os outros (portugueses e espanhoís) ...
Blog Olivença é Portugal
"Se és Alentejano, Deus te abençoe...se não
és, Deus te perdoe" (Frase escrita num azulejo
patente ao público no museu do castelo de
Olivença).

:XpõFERENS./
 

*

NotePad

  • Perito
  • **
  • 579
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #139 em: Setembro 24, 2005, 01:45:44 pm »
uuuuuuuuuuuu morte aos bastardos!!!!! abixo os espanhois!!! venha  a padeira!!! :twisted:  :wink:  tou a brincar mas sim e bom que finalmente o topico esteja de novo disponivel assim ja podemos discutir se invadimos espanha pelo norte ou pelo sul. :D
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +14/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #140 em: Setembro 24, 2005, 02:24:47 pm »
Cá por mim, devemos colaborar com os americanos para o desenvolvimento da bomba Gai.  :shock:

Depois disso, as espanholas vão pedir assistência urgente e pedir a intervenção de tropas portuguesas.
 

*

Coby

  • 16
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #141 em: Setembro 24, 2005, 09:20:40 pm »
¿Alguien me explica por que querria España invadir Portugal?
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +14/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #142 em: Setembro 24, 2005, 09:30:48 pm »
Coby: Estamos a discutir situações académicas.

Na verdade,
porque pensava a Espanha invadir Portugal em 1801 ?
Porque pensava a Espanha invadir Portugal em 1912 ?
Porque pensava a Espanha invadir Portugal em 1939 ?
Porque pensava a Espanha invadir Portugal em 1975 ?

A possibilidade de invasão espanhola, é a mais comum das análises académicas que podemos fazer.

A maioria dos espanhóis nunca teve nenhum interesse nas invasões. Mas neste tipo de coisas, muitas vezes não é o povo quem decide.

Cumprimentos
 

*

Coby

  • 16
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #143 em: Setembro 24, 2005, 10:46:46 pm »
Citação de: "papatango"
Coby: Estamos a discutir situações académicas.

Na verdade,
porque pensava a Espanha invadir Portugal em 1801 ?
Porque pensava a Espanha invadir Portugal em 1912 ?
Porque pensava a Espanha invadir Portugal em 1939 ?
Porque pensava a Espanha invadir Portugal em 1975 ?

A possibilidade de invasão espanhola, é a mais comum das análises académicas que podemos fazer.

A maioria dos espanhóis nunca teve nenhum interesse nas invasões. Mas neste tipo de coisas, muitas vezes não é o povo quem decide.

Cumprimentos

En 1801 por presiones francesas.
En 1975 america nos presionó para invadiros y no quisimos hacerlo.

 :?:
 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5512
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +14/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #144 em: Setembro 24, 2005, 11:46:55 pm »
Coby:

Um país, é um país.
É-o nos "Miercoles" nos "Viernes"*** e nos Domingos"

A Espanha, não pode dizer que atacou porque "foi pressionada" como se isso lhe retirasse alguma responsabilidade.
Um país, é um conjunto de pessoas, e todas são responsáveis pelo que o país faz.

Aos portugueses pouco importa se os espanhois foram forçados, pressionados ou se invadiram porque lhes deu na gana. O que os portugueses sabem, é que esses planos existiram.

Relativamente a 1912/1913, houve conversações entre Afonso XIII e a Grã Bretanha, quando começou em Portugal o periodo repúblicano. Portugal era com a França a única república na Europa Ocidental e os britânicos não viam a República Portuguesa (de inspiração francesa) com bons olhos.
Vendo que os ingleses não estavam contentes com os portugueses, Afonso XIII aproveitou a possibilidade e discutiu com os ingleses a questão.
Depois começou a guerra, e é por causa disso (e das colónias) que Portugal participa na guerra. Os ingleses não iam ter como explicar à opinião pública que depois de terem morrido milhares de portugueses nas trincheiras da Flandres, a Inglaterra nos "entregase" aos espanhóis.

Em 1939, com o fim da guerra civil, houve planos para invadir Portugal. Nas ruas de Madrid chegou a ouvir-se a frase "Y Ahora a Portugal" principalmente pelos elementos mais exaltados da Falange, com Serrano Suñer à cabeça. Ao que consta, a  falange queria invadir Portugal com o apoio das tropas italianas que combateram em Espanha na guerra civil.
Sim, as tropas italianas, não é anedota  :shock:
 

*

Aponez

  • Membro
  • *
  • 298
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #145 em: Setembro 26, 2005, 10:15:16 pm »
Citação de: "NVF"
Porventura ja' ouviram falar de Aljubarrota? Eram 'so' 30.000 castelhanos (e umas centenas de franceses, com a melhor cavalaria da altura) contra 6.000 portugueses (e umas centenas de ingleses, com os melhores archeiros da altura) e qual foi o resultado? Derrota completa de Castela.

Isso dos numeros tem muito que se diga. Vao dizer isso aos arabes, das inumeras vezes que enfretaram Israel, ou aos sovieticos no Afeganistao, ou aos americanos no Vietname. Como esta' 'a vista no Iraque, nao basta ter mais soldados e tecnologia; ha' muitas formas de guerra.

Mas, como ja' disse muitas vezes, nao faz sentido falar de uma invasao espanhola no actual contexto internacional. No entanto, nunca se sabe o futuro e ha' que estar preparado para tudo — como a Espanha alias faz e muito bem.


Nunca falla, siempre "recordando Aljubarrota", y que pasó en Terceiras (1582) o en Alcantara (1580) o en Olivenza (1801), sobre todo en esta última, que se rindió ante los españoles sin lucha, en cambio nuestro ejército resistiría en esa misma ciudad en 1808 ante los ejércitos de Napoleón durante 20 días :roll:
 

*

Aponez

  • Membro
  • *
  • 298
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #146 em: Setembro 26, 2005, 10:18:31 pm »
Citação de: "papatango"
Em 1939, com o fim da guerra civil, houve planos para invadir Portugal. Nas ruas de Madrid chegou a ouvir-se a frase "Y Ahora a Portugal" principalmente pelos elementos mais exaltados da Falange, com Serrano Suñer à cabeça. Ao que consta, a  falange queria invadir Portugal com o apoio das tropas italianas que combateram em Espanha na guerra civil.
Sim, as tropas italianas, não é anedota  :shock:


Si quisiesemos invadir Portugal el momento propicio habría sido 1940 pero no se hizo, ¿por que? por que no se quiso, no había nada que ganar del mismo modo que no lo hay ahora. Para acabar con Portugal todo lo que tendríamos que hacer es cortar el Tajo, Duero y Guadalquivir (que nacen en España).
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6660
  • Recebeu: 244 vez(es)
  • Enviou: 174 vez(es)
  • +56/-0
(sem assunto)
« Responder #147 em: Setembro 26, 2005, 10:34:20 pm »
Se, se, se, se....

O que interessa é que Portugal, contra as lógicas mais simplistas, é a única nação da espanha/hispânia/iberia independente. Podem vir os catalães com o seu poder económico, os bascos dizerem que nem sequer são latinos, mas o que interessa é que Portugal é a única nação da peninsula que não vive, ainda, sobre esse jogo hegemônico comandado a partir de Madrid.

Em relação à "guerra Portugal-Espanha" e à superioridade tecnológica e númerica das forças armadas espanholas, não se esqueçam que a guerra, tal como os jogos de futebol, não se ganham antes de começar a jogar...

Napoleão e Hitler a certa altura tiveram os melhores exércitos da sua época e no fim não ganharam a guerra...Na guerra 2+2 não quer dizer que sejam sempre 4.

Cumprimentos
B. Pereira Marques
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2279
  • Recebeu: 840 vez(es)
  • Enviou: 1922 vez(es)
  • +141/-2
(sem assunto)
« Responder #148 em: Setembro 27, 2005, 01:49:09 am »
Citação de: "Aponez"
Citação de: "NVF"
Porventura ja' ouviram falar de Aljubarrota? Eram 'so' 30.000 castelhanos (e umas centenas de franceses, com a melhor cavalaria da altura) contra 6.000 portugueses (e umas centenas de ingleses, com os melhores archeiros da altura) e qual foi o resultado? Derrota completa de Castela.

Isso dos numeros tem muito que se diga. Vao dizer isso aos arabes, das inumeras vezes que enfretaram Israel, ou aos sovieticos no Afeganistao, ou aos americanos no Vietname. Como esta' 'a vista no Iraque, nao basta ter mais soldados e tecnologia; ha' muitas formas de guerra.

Mas, como ja' disse muitas vezes, nao faz sentido falar de uma invasao espanhola no actual contexto internacional. No entanto, nunca se sabe o futuro e ha' que estar preparado para tudo — como a Espanha alias faz e muito bem.

Nunca falla, siempre "recordando Aljubarrota", y que pasó en Terceiras (1582) o en Alcantara (1580) o en Olivenza (1801), sobre todo en esta última, que se rindió ante los españoles sin lucha, en cambio nuestro ejército resistiría en esa misma ciudad en 1808 ante los ejércitos de Napoleón durante 20 días :roll:


Tem razao, nunca falha: quando a discussao esta' adormecida, aparece mais um cidadao espanhol fazendo uma citacao descontextualizada e dando mais uns bitaites que nao trazem nada de novo 'a discussao.

De qualquer modo, seja bem-vindo/bienvenido.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 

*

NotePad

  • Perito
  • **
  • 579
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #149 em: Setembro 27, 2005, 02:33:11 pm »
Os espanhois querem invadir-nos? Força nisso hermanos! até ando a precisar de praticar tiro ao alvo, mas sai caro todos os meses muniçoes, licença, cartao de socio, alvos etc. assim tenho muniçoes a borla alvos reais e que mexem! e tudo sem pagar!  :twisted:
 

 

Jogo de Alianças numa Guerra Global

Iniciado por urso bêbado

Respostas: 5
Visualizações: 2879
Última mensagem Julho 21, 2013, 03:11:49 pm
por HSMW
Possibilidade de *guerra nuclear* com a Rússia

Iniciado por Fernando Negro

Respostas: 90
Visualizações: 24661
Última mensagem Outubro 21, 2018, 07:49:59 pm
por HSMW
Artigo CNN (A guerra no futuro )

Iniciado por Malagueta

Respostas: 0
Visualizações: 1786
Última mensagem Fevereiro 24, 2015, 09:45:36 am
por Malagueta
Guerra neste Verão?

Iniciado por Luso

Respostas: 3
Visualizações: 2193
Última mensagem Agosto 27, 2015, 03:24:41 am
por GALO-CIDRÃO
Qual a futura ameaça externa a Portugal ? (10/20? anos)

Iniciado por Shar[K]

Respostas: 111
Visualizações: 47526
Última mensagem Novembro 28, 2017, 01:36:51 pm
por Daniel