Adesão de Cabo Verde à UE

  • 31 Respostas
  • 9254 Visualizações
*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1175
  • +0/-0
Adesão de Cabo Verde à UE
« em: Março 17, 2005, 07:49:19 pm »
Li uma notícia que me deixou espantado  :) , não entendo.
Será por ser um país lusófono? Por que não também Moçambique, Angola,
Guiné Bissau, S.Tomé,....Brasil.
A seguir que venham os francófonos e os anglófonos. :conf:  :conf:
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

fgomes

  • Perito
  • **
  • 476
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #1 em: Março 17, 2005, 10:36:12 pm »
Embora seja um país africano, acho que civilizacionalmente Cabo Verde está mais próximo da Europa que a Turquia.
De qualquer modo acho isto completamente irrealista!
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7505
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +135/-194
(sem assunto)
« Responder #2 em: Março 17, 2005, 11:30:37 pm »
Mário Soares...
Esse grande colonialista!
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

JoseMFernandes

  • Perito
  • **
  • 394
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #3 em: Março 18, 2005, 06:30:40 pm »
Lembro-me que no principio dos anos 80, um politico guineense, que agora nao lembro o nome, sugerira uma  associaçao politica da Guiné-Bissau com Portugal( talvez baseado numa forma mais evoluida ou aprofundada da autodeterminaçao das nossas Regioes Autonomas), pois aparentemente lhe parecia a melhor via para a saida do (ja entao) impasse politico, humano e economico do pais.Abandonou depois a ideia, por falta também de ecos positivos dos seus compatriotas.Como é sabido, a Guiné tem até hoje, e sabe Deus  até quando, o pouco invejavel titulo de naçao das mais pobres e a mais apoiada 'per capita'  humanitaria e financeiramente no ambito do planeta.  
Esta ideia retomada por Mario Soares (e aparentemente A.Moreira), também nao é inédita, pois creio que ele ja defendeu apos a integraçao de Portugal na entao CE, uma ligaçao especial do arquipélago com a Europa.
Limito-me a concordar totalmente com as opinioes ja expressas pelos colegas do forum, e acrescentaria apenas que  importante mesmo(e sendo que Cabo Verde pertence definitivamente a esfera africana) é traçar caminhos economicos viaveis, maximizando os apoios externos, combater a endemica 'corrupçao', etc.  tudo isto no seu quadro regional.
Os seus politicos ( e eleitores, que estao espalhados um pouco por todo o mundo)  que assumam verdadeiramente as suas responsabilidades.
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1178
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #4 em: Março 19, 2005, 01:08:55 am »
Bem, a maneira mais simples de Cabo Verde se tornar parte da UE seria que desistissem de ser independentes e voltassem a formar parte de Portugal, com o mesmo estatuto da Madeira e dos Açores... :mrgreen:
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2198
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +16/-0
    • http://forumdefesa.com
(sem assunto)
« Responder #5 em: Março 19, 2005, 02:01:27 am »
Citação de: "emarques"
Bem, a maneira mais simples de Cabo Verde se tornar parte da UE seria que desistissem de ser independentes e voltassem a formar parte de Portugal, com o mesmo estatuto da Madeira e dos Açores...


Completamente de acordo.
Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1175
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #6 em: Março 19, 2005, 02:56:41 am »
emarques escreveu
Citar
Bem, a maneira mais simples de Cabo Verde se tornar parte da UE seria desistirem de ser independentes e voltassem a formar parte de Portugal com o mesmo estatuto da Madeira e dos Açores...


Há uns anos numas férias passadas em S.Tomé (belas férias :nice: )
em conversa com vários naturais da ilha (povo simpático)
vários declararam desejar esse mesmo estatuto para S.Tomé.
Fiquei espantado por esse sentimento ser tão bem aceite por muita
gente, como confirmei depois.
Resta dizer que ainda não se tinha descorberto petróleo nas águas do arquipélago.
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

JoseMFernandes

  • Perito
  • **
  • 394
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #7 em: Março 19, 2005, 03:38:35 pm »
Citação de: "emarques"
Bem, a maneira mais simples de Cabo Verde se tornar parte da UE seria que desistissem de ser independentes e voltassem a formar parte de Portugal, com o mesmo estatuto da Madeira e dos Açores...


Espero que estejam brincando :D
Multiplicar os custos, conhecidos de todos ( e ja quase insuportaveis) da insularidade ?
Sem abordar as implicaçoes relacionadas com a livre circulaçao dos seus nacionais, duvido que o Orçamento portugues que vai penar por largos e bons anos  e os contribuintes portugueses ( e ja agora os europeus, pois a eles lhes diz respeito também) pudessem suportar ou aceitar isso.
Resolvamos primeiro os nossos problemas actuais e de medio prazo...  
uma tarefa tao dificil e problematica que deve absorver e empenhar  todos os portugueses.
 

*

emarques

  • Especialista
  • ****
  • 1178
  • +1/-0
(sem assunto)
« Responder #8 em: Março 19, 2005, 08:46:41 pm »
Independentemente de ser desejável ou não, não acha que era a maneira mais fácil? Pela forma normal Cabo Verde teria que enfrentar uma grande batalha para convencer os países membros que pode ser membro da União (com a caixa de Pandora que isso seria), e depois um longo processo de candidatura. A outra alternativa seria uma simples renúncia de independência de Cabo Verde que passaria a fazer parte integrante de um país membro da União. Claro que os outros membros levantariam objecções, mas ainda assim seria um processo mais simples. :)

Quanto a isso ser desejável, seja para Cabo Verde, Portugal ou para a UE, já não digo nada.
Ai que eco que há aqui!
Que eco é?
É o eco que há cá.
Há cá eco, é?!
Há cá eco, há.
 

*

JoseMFernandes

  • Perito
  • **
  • 394
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #9 em: Março 19, 2005, 09:17:09 pm »
Caro emarques
Nao pretendo discutir a sua posiçao, seria um bom ponto de partida...para aprofundarmos o tema, do nosso (portugues) ponto de vista.
De qualquer modo, lembro-lhe que afinal, e no meio deste...hum... sound-byte ?... nao houve vozes, pelo menos claramente assumidas ,da parte dos cabo-verdianos sobre este caso em concreto.E pessoalmente duvido(e aqui entre nos, julgo que voce também) que apareçam...sabe que o sentimento de independencia plena(nos sabemos quao relativa...claro) muito dificilmente poderia ser posto em causa, salvo quando atingidas situaçoes limite.Os politicos, nunca ou quase, colocam os cidadaos perante a 'verdade'.Para eles, pela politica, pela imagem que pensam ter criado e querem deixar na historia, nao so nao assumirao os erros, como dificilmente criarao as 'fracturas' indispensaveis a mudança efectivamente necessaria de rumo politico, economico e social.Sabemos isso do passado, de hoje e comprovaremos, infelizmente no futuro proximo.
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1175
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #10 em: Março 20, 2005, 01:14:05 am »
O nosso MNE Feitas do Amaral também assinou esse documento :?: brigada do reumático ao ataque ???? :conf:
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

*

dremanu

  • Investigador
  • *****
  • 1261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +7/-12
(sem assunto)
« Responder #11 em: Março 23, 2005, 11:35:28 pm »
Sim. Cabo Verde deve fazer parte da EU mas não como país independente, e sim como parte integral de Portugal como foi durante séculos. Quando os Portugueses chegaram a CV a ilha era desabitada, tal qual os Açores, Madeira, e S.Tomé e Príncipe. Quem levou pessoas para estas ilhas aos longos dos séculos foram os Portugueses e mais ninguém.

Graças a esses "grandes" democratas socialistas como o Mário Soares, que são os responsaveís por toda a merda que foi feita durante a descolonização é que essas ilhas são hoje países, SEM EXISTIR RAZÃO ALGUMA PARA O SEREM.

Os socialistas são das pessoas mais hipócritas que existem ao cimo da terra. A unica razão que deram independência a CV foi porque a grande maioria da população dessas ilhas eram negros ou mulatos, porque se fossem brancos Portuguêses como era na Madeira e Açores, nunca teriam reconhecido essas ilhas como países.

No entanto, quando se escuta os socialistas a falar, são sempre eles os defensores dos direitos humanos, e da igualdade, e etc e tal...o bla bla bla bla hipócrita do custome. O povo CV é étnicamente uma mistura de Portuguêses com Africanos, e em termos culturaís, praticamente 100% Português, então porque razão é que são independentes.

CV devia fazer parte de Portugal, assim como St. Tomé e Príncipe.
"Esta é a ditosa pátria minha amada."
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7505
  • Recebeu: 384 vez(es)
  • Enviou: 119 vez(es)
  • +135/-194
(sem assunto)
« Responder #12 em: Março 24, 2005, 09:35:07 am »
Eu também concordo com a sua ideia Dremanu: a política de descolonização é racista, porque concedeu independência a populações constituídas por diversas etnias e que só são ligadas artificialmente por uma nacionalidade resultante dos limites e conceitos herdados da administração ultramarina.

O que se passa com as possessões francesas no Pacífico, Caraíbas e Canadá?
Qual será o estatuto desses estados face á Comunidade Europeia?
Ou das Antilhas Holandesas...
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2439
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +13/-16
(sem assunto)
« Responder #13 em: Março 24, 2005, 07:54:12 pm »
Citação de: "dremanu"
Sim. Cabo Verde deve fazer parte da EU mas não como país independente, e sim como parte integral de Portugal como foi durante séculos. Quando os Portugueses chegaram a CV a ilha era desabitada, tal qual os Açores, Madeira, e S.Tomé e Príncipe. Quem levou pessoas para estas ilhas aos longos dos séculos foram os Portugueses e mais ninguém.

Graças a esses "grandes" democratas socialistas como o Mário Soares, que são os responsaveís por toda a merda que foi feita durante a descolonização é que essas ilhas são hoje países, SEM EXISTIR RAZÃO ALGUMA PARA O SEREM.

Os socialistas são das pessoas mais hipócritas que existem ao cimo da terra. A unica razão que deram independência a CV foi porque a grande maioria da população dessas ilhas eram negros ou mulatos, porque se fossem brancos Portuguêses como era na Madeira e Açores, nunca teriam reconhecido essas ilhas como países.

No entanto, quando se escuta os socialistas a falar, são sempre eles os defensores dos direitos humanos, e da igualdade, e etc e tal...o bla bla bla bla hipócrita do custome. O povo CV é étnicamente uma mistura de Portuguêses com Africanos, e em termos culturaís, praticamente 100% Português, então porque razão é que são independentes.

CV devia fazer parte de Portugal, assim como St. Tomé e Príncipe.


 :Palmas:  :Palmas:
Grande Dremanu, plenamento de acordo consigo
 

*

TOMKAT

  • Especialista
  • ****
  • 1175
  • +0/-0
(sem assunto)
« Responder #14 em: Março 24, 2005, 09:49:31 pm »
Citação de: "dremanu"
Sim. Cabo Verde deve fazer parte da EU mas não como país independente, e sim como parte integral de Portugal como foi durante séculos. Quando os Portugueses chegaram a CV a ilha era desabitada, tal qual os Açores, Madeira, e S.Tomé e Príncipe. Quem levou pessoas para estas ilhas aos longos dos séculos foram os Portugueses e mais ninguém.

Graças a esses "grandes" democratas socialistas como o Mário Soares, que são os responsaveís por toda a merda que foi feita durante a descolonização é que essas ilhas são hoje países, SEM EXISTIR RAZÃO ALGUMA PARA O SEREM.

Os socialistas são das pessoas mais hipócritas que existem ao cimo da terra. A unica razão que deram independência a CV foi porque a grande maioria da população dessas ilhas eram negros ou mulatos, porque se fossem brancos Portuguêses como era na Madeira e Açores, nunca teriam reconhecido essas ilhas como países.

No entanto, quando se escuta os socialistas a falar, são sempre eles os defensores dos direitos humanos, e da igualdade, e etc e tal...o bla bla bla bla hipócrita do custome. O povo CV é étnicamente uma mistura de Portuguêses com Africanos, e em termos culturaís, praticamente 100% Português, então porque razão é que são independentes.

CV devia fazer parte de Portugal, assim como St. Tomé e Príncipe.


E os "fanáticos" nacionais do Sporting (o meu Sporting :jok:
IMPROVISAR, LUSITANA PAIXÃO.....
ALEA JACTA EST.....
«O meu ideal político é a democracia, para que cada homem seja respeitado como indivíduo e nenhum venerado»... Albert Einstein
 

 

Adesão da Guiné Equatorial à CPLP decidida em Julho

Iniciado por Marauder

Respostas: 15
Visualizações: 8720
Última mensagem Julho 18, 2006, 12:28:36 am
por ricardonunes
Cabo Verde escolhido para exercício NATO

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 1
Visualizações: 1626
Última mensagem Abril 13, 2005, 10:31:27 pm
por emarques
ESPAÑA y sus aliados TOMAN CABO VERDE

Iniciado por sierra002

Respostas: 9
Visualizações: 4879
Última mensagem Julho 31, 2006, 04:03:10 pm
por Rui Elias
China vende helicóptero a Cabo Verde

Iniciado por Lancero

Respostas: 0
Visualizações: 3181
Última mensagem Abril 01, 2008, 04:17:45 pm
por Lancero
União Portugal/Cabo-Verde

Iniciado por Ataru

Respostas: 226
Visualizações: 43491
Última mensagem Fevereiro 06, 2012, 07:47:55 pm
por PCartCast