Marinha do Brasil incorpora navio-auxiliar "Pará"

  • 3 Respostas
  • 2462 Visualizações
*

J.Ricardo

  • Perito
  • **
  • 311
  • +0/-0
Marinha do Brasil incorpora navio-auxiliar "Pará"
« em: Janeiro 19, 2005, 12:24:22 pm »
MARINHA DO BRASIL
COMANDO DO 4º DISTRITO NAVAL


Belém, 14 de janeiro de 2004

MARINHA DO BRASIL INCORPORA NAVIO-AUXILIAR "PARÁ"


A Marinha do Brasil (MB), no próximo dia 19, quarta-feira, às 10h, realizará a Mostra de Armamento e a Incorporação do Navio-Auxiliar "Pará" à Armada Brasileira.

A cerimônia será presidida pelo Exmo. Sr. Chefe do Estado-Maior da Armada, Almirante-de-Esquadra Rayder Alencar da Silveira, e contará com a presença da Exma. Sra. Vice-Governadora Valéria Vinagre Pires Franco, Governadora em exercício, e de outra autoridades civis e militares.

Nessa ocasião, será empossado o primeiro comandante do navio e hasteada, pela primeira vez, a Bandeira Nacional a bordo Fruto do convênio entre a MB e o Governo do Estado do Pará, o novo navio, convertido a partir do ex-catamarã Pará, terá emprego compartilhado entre o Estado e a Marinha do Brasil.

O Governo do Estado do Pará planejou empregar a embarcação em ações sociais de apoio às comunidades ribeirinhas, enquanto a Marinha do Brasil, em ações cívico-sociais e em operações navais, principalmente no transporte de tropas e como navio de Comando e Controle.

Para isso, foram instalados consultórios médicos e odontológicos, revisadas as máquinas e os compartimentos de conforto para o pessoal, instalados sistemas de detecção e de comunicações, os quais permitirão o pleno emprego do meio.

O Navio-Auxiliar Pará será o oitavo navio da Marinha do Brasil a receber o nome de "Pará" que é uma tupi guarani que vem de i-pa-rá, que significa "coletor de águas do mar" e recorda o Estado da Federação com o mesmo nome.

O navio possui as seguintes característica:
- Comprimento total 56,10m
- Boca total 21,40
- Deslocamento leve 1060t
- Porte bruto 560t
- Tripulação 7 oficiais e 59 praças
- Tropa 175
- Velocidade de Cruzeiro 8 a 10 nós
- Velocidade Máxima 11 nós

Seção de Comunicação Social do Comando do 4º Distrito Naval

Mais informações Seção de Comunicação Social do Comando do 4º Distrito
Naval, tel (0XX91)216-4124

http://www.defesanet.com.br/marinha/para/
 

*

JLRC

  • Investigador
  • *****
  • 2509
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-1
(sem assunto)
« Responder #1 em: Janeiro 19, 2005, 02:07:07 pm »
Fotografia do U-15 Pará

 

*

papatango

  • Investigador
  • *****
  • 5513
  • Recebeu: 9 vez(es)
  • +3/-0
    • http://www.areamilitar.net
(sem assunto)
« Responder #2 em: Janeiro 24, 2005, 05:37:51 pm »
É um conceito interessante.

No entanto, será que vai ser utilizado apenas nas aguas sob jurisdição do Pará?

Gostaría de saber que tipo de equipamento poderá ser utilizado nos rios do Amazonas, onde este tipo de navio pode ser mais importante como centro de comando e controlo de operações junto da fronteira.

O Brasil tem as suas fronteiras a noroeste, quase desarmadas. a dificuldade de penetração de qualquer exército clássico, neste tipo de terreno, tornou impossível uma invasão. De qualquer maneira, o outro problema é a manutenção da soberania. Por isso, este tipo de navio é importante. Mas provavelmente, como centro de comando e controlo, é importante a possibilidade de operar um helicoptero. Pela foto, parece ter essa possibilidade (para aterrar).

Se o navio pode ser utilizado no alto amazonas, onde podería servir de base a pequenos grupos de combate (30 a 40 militares) para operações de manutenção de soberanía e patrulha das fronteiras,  isso já é outra coisa.

Cumprimentos.
 

*

Paisano

  • Especialista
  • ****
  • 905
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +1/-0
    • http://defesabrasil.com/forum
(sem assunto)
« Responder #3 em: Janeiro 24, 2005, 09:01:15 pm »
Marinha usa navio para atendimento médico e social
   
Fonte: Agência Brasil
 
Citar
A Marinha coloca em atividade, a partir de hoje, mais uma embarcação cívico-social. O Navio-Auxiliar Pará levará atendimento médico, odontológico e de emissão de documentos às populações ribeirinhas do estado.

Pelo seu comprimento de 56,10 metros, o navio tem consultórios maiores e mais bem equipados que as demais embarcações que também prestam atendimento na região, além de abrigar salas de aula.

"Em muitos municípios não há consultórios e a situação é precária. O único atendimento é feito por navios", diz o capitão de corveta, Luis Fernando Bulsing.

Os médicos que farão as consultas são da própria Marinha, já o serviço de emissão de carteiras de identidade ou certidão de nascimento, por exemplo, será feito em parceria com o governo do estado do Pará. "A Marinha serve como meio de transporte", explica o capitão.

O Navio-Auxiliar comporta 175 pessoas, além da tripulação de sete oficiais e 59 marinheiros e atinge velocidade máxima de onze nós (cerca de 20 km/h). Ele também serve para transporte de tropas, equipamentos diversos e outras atividades próprias dos navios de guerra.
As pessoas te pesam? Não as carregue nos ombros. Leva-as no coração. (Dom Hélder Câmara)
_________________
Volta Redonda
_________________
 

 

Acidente durante exercício de tiro entre Brasil e Argentina

Iniciado por Paisano

Respostas: 14
Visualizações: 6314
Última mensagem Dezembro 07, 2004, 11:52:51 pm
por papatango
Brasil Comprará Torpedo MK 48 Mod 6 Adv Tech

Iniciado por J.Ricardo

Respostas: 4
Visualizações: 4295
Última mensagem Maio 04, 2009, 11:41:33 pm
por 2dmaio
Corpo de Fuzileiros Navais (CFN) da Marinha do Brasil

Iniciado por Paisano

Respostas: 171
Visualizações: 58753
Última mensagem Dezembro 10, 2018, 12:20:04 pm
por Vitor Santos
Notícias da Marinha do Brasil

Iniciado por G.B.Schmitt

Respostas: 1201
Visualizações: 254651
Última mensagem Novembro 30, 2018, 10:53:37 am
por Vitor Santos
Piranha-III para a Marinha do Brasil

Iniciado por papatango

Respostas: 29
Visualizações: 8266
Última mensagem Novembro 22, 2008, 01:27:31 pm
por fealcap