Substituição dos Allouette III

  • 800 Respostas
  • 157237 Visualizações
*

Rodrigo19

  • Membro
  • *
  • 11
  • +0/-1
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #60 em: Abril 27, 2016, 01:27:02 pm »
ou então o nh90
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15088
  • Recebeu: 1031 vez(es)
  • Enviou: 964 vez(es)
  • +175/-170
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #61 em: Abril 27, 2016, 02:10:55 pm »
ou então o nh90

Queres substituir um helicóptero ligeiro por um médio? Como é que os Pilotos conseguiam aprender a voar num heli com essas características?
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Srgdoido

  • Membro
  • *
  • 78
  • Recebeu: 10 vez(es)
  • Enviou: 74 vez(es)
  • +11/-0
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #62 em: Abril 27, 2016, 02:30:16 pm »
afinal qual o helicoptero que vai substituir o aloute iii (eu acho que a melhor escolha seria os aw109)

Tas com muita pressa só la para 2017 e que se sabe se vai haver substituto ou não (cá para mim vem o MH-6 Little Bird, os EUA com pena de nós oferecem uns 12 ou 15)
« Última modificação: Abril 27, 2016, 02:32:06 pm por Srgdoido »
 

*

raphael

  • Investigador
  • *****
  • 1234
  • Recebeu: 204 vez(es)
  • Enviou: 170 vez(es)
  • +36/-4
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #63 em: Abril 27, 2016, 03:16:38 pm »
afinal qual o helicoptero que vai substituir o aloute iii (eu acho que a melhor escolha seria os aw109)

Tas com muita pressa só la para 2017 e que se sabe se vai haver substituto ou não (cá para mim vem o MH-6 Little Bird, os EUA com pena de nós oferecem uns 12 ou 15)

Os EUA não dão nada a ninguém....se o preço de aquisição for em conta, os custos disparam depois nos contratos de manutenção e sobressalentes...como é apanágio.
Um abraço
Raphael
__________________
 

*

Srgdoido

  • Membro
  • *
  • 78
  • Recebeu: 10 vez(es)
  • Enviou: 74 vez(es)
  • +11/-0
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #64 em: Abril 27, 2016, 03:22:48 pm »
Estava só a brincar.
Os EUA não dão nada a ninguém....se o preço de aquisição for em conta, os custos disparam depois nos contratos de manutenção e sobressalentes...como é apanágio.
« Última modificação: Abril 27, 2016, 03:26:28 pm por Srgdoido »
 

*

Rodrigo19

  • Membro
  • *
  • 11
  • +0/-1
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #65 em: Abril 27, 2016, 03:33:00 pm »
entao qual vai ser o helicoptero ligeiro que vai substituir o aloute iii
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5484
  • Recebeu: 1120 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +382/-136
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #66 em: Abril 27, 2016, 03:34:52 pm »
Ouvi dizer que o Ec 635 é uma grande máquina. Os Jordanos aprovam... ::) :P ;D ;D



Cumprimentos ;D ;D
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Johnnie

  • Analista
  • ***
  • 655
  • Recebeu: 52 vez(es)
  • Enviou: 19 vez(es)
  • +2/-0
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #67 em: Abril 27, 2016, 06:00:32 pm »
Ouvi dizer que o Ec 635 é uma grande máquina. Os Jordanos aprovam... ::) :P ;D ;D



Cumprimentos ;D ;D

E ficariamos bem servidos!!!
«When everything is coming your way... You are in the wrong lane!!!!"
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5484
  • Recebeu: 1120 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +382/-136
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #68 em: Abril 27, 2016, 09:06:17 pm »
Ouvi dizer que o Ec 635 é uma grande máquina. Os Jordanos aprovam... ::) :P ;D ;D



Cumprimentos ;D ;D

E ficariamos bem servidos!!!
Quando os escolhemos para o exercito também achei que sim. Pena que o Portas os devolveu e os Jordanos agradeceram, encomendando inclusive mais 4 ...  ;)
Citar
Development[edit]
The Eurocopter EC635 was developed to meet a Portuguese Army requirement for a light fire support and medical evacuation helicopter, as part of its programme for the raise of a specialist army aviation unit, the UALE. The EC635 was first revealed at the Aviation Africa exhibition in May 1998 and the Portuguese Ministry of Defence subsequently signed an agreement for nine EC635 T2 helicopters equipped with Turbomeca Arrius 2B2 engines, at a cost of €35 million in October 1999.[2] Delivery of the first Portuguese aircraft was expected to begin in 2001; however, continual delays in production led to the Portuguese Ministry of Defence canceling the contract in August 2002, citing Eurocopter's failure to deliver all aircraft between August 2001 and April 2002 as the reason. Eurocopter claimed that disagreements over the integration of weapons systems on the helicopter were the reason for the cancellation.[3]

The Royal Jordanian Air Force agreed to purchase the 9 Portuguese helicopters in October 2002 and the first aircraft was delivered in July 2003. Jordan ordered a further 4 helicopters in January 2006 and deliveries of all machines were completed in 2007.

https://en.wikipedia.org/wiki/Eurocopter_EC635



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7520
  • Recebeu: 656 vez(es)
  • Enviou: 798 vez(es)
  • +105/-31
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #69 em: Abril 27, 2016, 11:49:11 pm »
Que tal uns Cobras?

 

*

Kalil

  • Membro
  • *
  • 20
  • +0/-0
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #70 em: Abril 28, 2016, 01:21:21 am »
Boas,

Sem entrar em grandes utopias e, conhecendo a actual situação financeira, não deixa de ser importante manter certas capacidades das forças armadas. Os helicópteros são, de entre o vários meios operacionais, daqueles que maior proveito podem trazer a todos os cidadãos, sobretudo em tempo de paz.

Na minha humilde opinião, justificava-se a opção por uma destas opções:

1 - Aquisição de Helicopteros ligeiros para instrução, transporte e medevac (p.e. AW109) em conjunto com a aquisição de helicópteros de capacidade intermédia (p.e. AW139) para SAR, transporte e medevac. Não seriam necessárias mais do que 6 a 10 unidades de cada, o custo rondaria os 180-240 ME.
Referi os modelos da AW porque seria uma vantagem adicional quer no treino de pilotos quer na logística.

Os AW139 (ou similar) permitiriam complementar os AW101 nas missões SAR, aumentando a longevidade dos  últimos e libertando alguns para outras missões necessárias.
Outra questão, para mim muito importante, seria substituir a frota contratada pelo INEM por aeronaves da FAP, com todas as vantagens de operacionalidade e segurança mais a questão orçamental. O gasto anual do INEM com o transporte aéreo são cerca de 7,5ME (2015). Esse valor poderia ser transferido para a aquisição, e o serviço ficaria com mais e melhores helicópteros.

2 - A opção mais viável do ponto de vista orçamental, que é comprar os H145 previstos anteriormente, em número superior (12 a 18, seriam 100-150ME). Metade para instrução e transporte e o restante para medevac, mantendo o objectivo em relação INEM.

Bastante simples, não seria?
 

*

Alvalade

  • Especialista
  • ****
  • 1045
  • Recebeu: 266 vez(es)
  • Enviou: 78 vez(es)
  • +15/-5
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #71 em: Abril 28, 2016, 09:33:21 am »
Que tal uns Cobras?



Já foi o tempo em que se chegou a considerar isso.
« Última modificação: Abril 28, 2016, 11:01:46 am por Alvalade »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7520
  • Recebeu: 656 vez(es)
  • Enviou: 798 vez(es)
  • +105/-31
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #72 em: Abril 28, 2016, 10:37:30 am »
Que tal uns Cobras?



Já foi o tempo em que chegou a considerar isso.

Eu estava a ser irónico, mas por causa da necessidade do custo de operação baixo coloquei a imagem de um telecomandado  :G-beer2:.
 

*

ACADO

  • Investigador
  • *****
  • 2394
  • Recebeu: 128 vez(es)
  • Enviou: 38 vez(es)
  • +19/-8
  • The Way of the Warrior(s) - www.warriors.pt
    • http://www.warriors.pt
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #73 em: Abril 29, 2016, 09:05:41 pm »
Boas,

Sem entrar em grandes utopias e, conhecendo a actual situação financeira, não deixa de ser importante manter certas capacidades das forças armadas. Os helicópteros são, de entre o vários meios operacionais, daqueles que maior proveito podem trazer a todos os cidadãos, sobretudo em tempo de paz.

Na minha humilde opinião, justificava-se a opção por uma destas opções:

1 - Aquisição de Helicopteros ligeiros para instrução, transporte e medevac (p.e. AW109) em conjunto com a aquisição de helicópteros de capacidade intermédia (p.e. AW139) para SAR, transporte e medevac. Não seriam necessárias mais do que 6 a 10 unidades de cada, o custo rondaria os 180-240 ME.
Referi os modelos da AW porque seria uma vantagem adicional quer no treino de pilotos quer na logística.

Os AW139 (ou similar) permitiriam complementar os AW101 nas missões SAR, aumentando a longevidade dos  últimos e libertando alguns para outras missões necessárias.
Outra questão, para mim muito importante, seria substituir a frota contratada pelo INEM por aeronaves da FAP, com todas as vantagens de operacionalidade e segurança mais a questão orçamental. O gasto anual do INEM com o transporte aéreo são cerca de 7,5ME (2015). Esse valor poderia ser transferido para a aquisição, e o serviço ficaria com mais e melhores helicópteros.

2 - A opção mais viável do ponto de vista orçamental, que é comprar os H145 previstos anteriormente, em número superior (12 a 18, seriam 100-150ME). Metade para instrução e transporte e o restante para medevac, mantendo o objectivo em relação INEM.

Bastante simples, não seria?

Não se pode misturar helicópteros com funções civis de helicópteros militares!!!
Como seria  em caso de guerra, o Inem deixava de funcionar?
Já chega isto dos EH101 andarem a fazer missões civis!! Hélis de milhões de Euro a levarem desgaste e depois não há para os militares!!
Se agora precisássemos enviar Hélis para um teatro de operações não tínhamos capacidades a sério!! Eh só fazem SAR, os alouette estão velhos como tudo e a Marinha precisa dos poucos Lynx q temos!!
The way of the Warrior(s) - www.warriors.pt:
" Only fools and dead Men don´t change their minds. Fools won´t and dead Men can´t !! "
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1711
  • Recebeu: 191 vez(es)
  • Enviou: 435 vez(es)
  • +7/-1
Re: Substituição dos Allouette III
« Responder #74 em: Abril 29, 2016, 10:42:31 pm »
Se não fosse a missão de SAR então há muito que a FAP já tinha deixado de ter helicópteros. ::)

A FAP nunca irá executar missões para o INEM, nem algo tão simples como complementar os meios aéreos contratados pelo INEM, porque isso iria contra o interesse das várias empresas desse sector.

Entretanto, vários países "lá fora", dos mais pequenotes aos maiores (quer em termos de dimensão ou financeiros), conseguem executar missões de interesse público e ainda enviar meios aéreos para missões no estrangeiro.

Cumprimentos,
« Última modificação: Abril 29, 2016, 10:44:43 pm por Get_It »
:snip: :snip: :Tanque:
 

 

Governo entrega substituição do Aviocar à espanhola CASA

Iniciado por Maginot

Respostas: 10
Visualizações: 5275
Última mensagem Maio 06, 2005, 10:10:47 pm
por Luso
Aberto concurso para a substituição dos Aviocar

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 37
Visualizações: 13993
Última mensagem Dezembro 28, 2004, 09:13:27 pm
por JNSA
Substituição dos AlphaJet por um novo avião de treino?

Iniciado por Marauder

Respostas: 27
Visualizações: 11462
Última mensagem Setembro 21, 2006, 03:30:41 am
por p_shadow
Programa de substituição do C-130

Iniciado por Boina_Verde

Respostas: 1920
Visualizações: 289600
Última mensagem Novembro 18, 2019, 10:42:38 am
por Charlie Jaguar
Substituição dos Alpha-jet

Iniciado por pchunter

Respostas: 492
Visualizações: 99887
Última mensagem Outubro 29, 2019, 03:53:28 pm
por dc