Notícias da Marinha

  • 2129 Respostas
  • 449846 Visualizações
*

sivispacem

  • Perito
  • **
  • 327
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +7/-0
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2115 em: Novembro 22, 2018, 09:28:44 am »
Continua a saga do desaparecimento de material militar e/ou à carga dos ramos. Desta feita chegou a vez à Marinha:

https://www.dn.pt/edicao-do-dia/22-nov-2018/interior/marinha-investiga-desaparecimento-de-agulhetas-de-incendio-a-bordo-de-navio-10215814.html
« Última modificação: Novembro 22, 2018, 09:29:32 am por sivispacem »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 9441
  • Recebeu: 308 vez(es)
  • Enviou: 213 vez(es)
  • +17/-7
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2116 em: Novembro 23, 2018, 05:57:38 pm »
Sonar da Marinha em Borba


 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2364
  • Recebeu: 873 vez(es)
  • Enviou: 271 vez(es)
  • +64/-5
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14348
  • Recebeu: 760 vez(es)
  • Enviou: 742 vez(es)
  • +58/-50
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2118 em: Novembro 24, 2018, 11:43:17 am »
Mais vale tarde que nunca !!

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Portugal-ja-tem-o-primeiro-centro-militar-certificado-de-emergencia-em-combate.aspx

Abraços

O primeiro Ramo a Fazer Cursos Tactical Combat Casualty Care, foi exactamente a Marinha. Pelas minhas contas com quase 5 anos de avanço em relação ao Exército, mas posso estar errado.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

PMFM

  • Membro
  • *
  • 17
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +0/-0
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2119 em: Novembro 26, 2018, 01:15:52 pm »
Navios da Marinha na mira de Angola

O presidente de Angola mostrou muito interesse em vários navios da Marinha durante a visita que fez ao Arsenal do Alfeite no último dia em que esteve em Portugal.

 Ao que o CM apurou, João Lourenço, que já foi ministro da Defesa de Angola, fez muitas perguntas aos responsáveis militares portugueses sobre o navio-patrulha oceânico (NPO), as lanchas rápidas de vigilância utilizadas pela Autoridade Marítima e as fragatas.

Com a manifestação deste interesse, o presidente angolano poderá ter dado um sinal de que Angola tem interesse em reforçar a cooperação com Portugal na área da Defesa. O eventual reforço da cooperação nesta área poderá ser concretizado na visita do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a Angola, em março de 2019.

 Durante a visita ao Arsenal do Alfeite, João Lourenço esteve sempre acompanhado pelo ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, e foi visível, segundo apurou o CM, que "há uma relação muito boa entre eles." Angola tem uma costa marítima com 1600 km de extensão. João Lourenço regressou este domingo a Angola, após uma visita de Estado de três dias a Portugal.

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/navios-da-marinha-na-mira-de-angola
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: MATRA

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6546
  • Recebeu: 185 vez(es)
  • Enviou: 142 vez(es)
  • +10/-0
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2120 em: Novembro 26, 2018, 02:19:25 pm »
Saiem 3 VdG bem quentinhas... :o
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, NVF, tenente, jorgeshot1

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8216
  • Recebeu: 668 vez(es)
  • Enviou: 976 vez(es)
  • +39/-6
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2121 em: Novembro 26, 2018, 03:35:25 pm »
Mais vale tarde que nunca !!

https://www.marinha.pt/pt/media-center/Noticias/Paginas/Portugal-ja-tem-o-primeiro-centro-militar-certificado-de-emergencia-em-combate.aspx

Abraços
Na marinha começou quando?
No Exército faz-se à pelo menos 4 anos.

O primeiro Ramo a Fazer Cursos Tactical Combat Casualty Care, foi exactamente a Marinha. Pelas minhas contas com quase 5 anos de avanço em relação ao Exército, mas posso estar errado.
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Crypter

  • Especialista
  • ****
  • 1042
  • Recebeu: 155 vez(es)
  • Enviou: 154 vez(es)
  • +9/-2
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2122 em: Novembro 26, 2018, 05:04:12 pm »
Saiem 3 VdG bem quentinhas... :o

Foi logo o que me lembrei e se calhar era oportunidade a agarrar.

O problema está é que de certeza vendendo as 3 VdG vão buscar 2 M e caímos na desgraça de ter apenas 4 navios combatentes.. O que não vos preciso de dizer é mais que insuficiente até pq os NPO neste momento são exclusivamente cascos! Valor combatente têm zero (nem para controlo de fiscalização, quanto mais..)
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2364
  • Recebeu: 873 vez(es)
  • Enviou: 271 vez(es)
  • +64/-5
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2123 em: Novembro 26, 2018, 05:24:50 pm »
Saiem 3 VdG bem quentinhas... :o

Foi logo o que me lembrei e se calhar era oportunidade a agarrar.

O problema está é que de certeza vendendo as 3 VdG vão buscar 2 M e caímos na desgraça de ter apenas 4 navios combatentes.. O que não vos preciso de dizer é mais que insuficiente até pq os NPO neste momento são exclusivamente cascos! Valor combatente têm zero (nem para controlo de fiscalização, quanto mais..)

Aqui está uma oportunidade que não se poderia perder e vender as três VdG , mas com o pilim na mão pois os Angolanos gostam de dado e arregaçado !
Se for necessário termos as cinco fragatas não esquecer que a Bélgica também tem duas M modernizadas, e, vai substitui-las ao mesmo tempo que a Holanda, a partir de 2023, mais ano menos ano, mas atenção, que as M Belgas são de 1991, o mesmo ano que as VdG, as duas M Holandesas são de 1993 e 1995 !!,

https://en.wikipedia.org/wiki/Karel_Doorman-class_frigate#Replacement_M-frigates





Eu também sou de opinião que caminhamos a passos largos para ficarmos com apenas quatro Fragatas a não ser que se negociasse com os Australianos e adquirissemos três das ANZAC, navios com bem menos anos que as VdG, a ANZAC mais velha tem 22 anos e a mais nova tem doze anos, o que nos permitiria tê-las ao serviço, muito mais anos, que as actuais M.

https://en.wikipedia.org/wiki/Anzac-class_frigate







Ao substituirmos as VdG pelas M vamos cair no mesmo problema de termos cinco fragatas já com trinta ou mais anos, com uns escassos dez anos de vida mais, e quando necessitarem de substituição, vai ter de acontecer praticamente em simultâneo.
Com os elevados custos associados que bem sabemos envolvem a aquisição destes equipamentos Navais, a sua substituição, será um filme idêntico aos já vistos com as substituições das classes Albacora, Cacine, das Corvetas, do NRP Bérrio...

A oportunidade de venda das VdG deveria ser acompanhada com a compra de três Fragatas Novas, ou com no máximo 15 a 20 anos, nunca mais que essa idade, e não substitui-las por cascos praticamente da mesma idade.



Abraços


« Última modificação: Novembro 26, 2018, 05:59:13 pm por tenente »
 

*

LM

  • Perito
  • **
  • 542
  • Recebeu: 41 vez(es)
  • Enviou: 398 vez(es)
  • +6/-0
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2124 em: Novembro 26, 2018, 06:29:45 pm »

A oportunidade de venda das VdG deveria ser acompanhada com a compra de três Fragatas Novas, ou com no máximo 15 a 20 anos, nunca mais que essa idade, e não substitui-las por cascos praticamente da mesma idade.

Isso - até aceitava (que remédio) a compra de 2 fragatas apenas, mas com 10 anos e algo tipo FREEM... o participar no novo programa M dos Holandeses / Belgas... enfim, sonhos.
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7330
  • Recebeu: 204 vez(es)
  • Enviou: 321 vez(es)
  • +14/-60
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2125 em: Novembro 29, 2018, 10:14:38 am »
Por falar nas ANZAC

Sea Platforms
Citar
First RAN Anzac-class frigate completes mid-life capability assurance programme

Julian Kerr, Sydney - Jane's Navy International
28 November 2018

The first of eight Royal Australian Navy (RAN) Anzac-class frigates has completed an extensive mid-life capability assurance programme (AMCAP) that includes the inaugural installation of a second-generation CEAFAR2-L active phased array air search radar.

The AMCAP forms the major work element within an AUD2 billion (USD1.4 billion) Warship Asset Management Agreement signed in April 2016. Under the eight-year programme, BAE Systems Australia, Saab Australia, Naval Ship Management, and the Australian government are jointly supporting the 3,600-tonne Anzac-class frigates until their replacement in the 2030s under Project Sea 5000 by nine Hunter-class Future Frigates based on BAE Systems' Type 26 Global Combat Ship.

https://www.janes.com/article/84883/first-ran-anzac-class-frigate-completes-mid-life-capability-assurance-programme
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2364
  • Recebeu: 873 vez(es)
  • Enviou: 271 vez(es)
  • +64/-5
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2126 em: Novembro 29, 2018, 10:34:21 am »
Por falar nas ANZAC

Sea Platforms
Citar
First RAN Anzac-class frigate completes mid-life capability assurance programme

Julian Kerr, Sydney - Jane's Navy International
28 November 2018

The first of eight Royal Australian Navy (RAN) Anzac-class frigates has completed an extensive mid-life capability assurance programme (AMCAP) that includes the inaugural installation of a second-generation CEAFAR2-L active phased array air search radar.

The AMCAP forms the major work element within an AUD2 billion (USD1.4 billion) Warship Asset Management Agreement signed in April 2016. Under the eight-year programme, BAE Systems Australia, Saab Australia, Naval Ship Management, and the Australian government are jointly supporting the 3,600-tonne Anzac-class frigates until their replacement in the 2030s under Project Sea 5000 by nine Hunter-class Future Frigates based on BAE Systems' Type 26 Global Combat Ship.

https://www.janes.com/article/84883/first-ran-anzac-class-frigate-completes-mid-life-capability-assurance-programme


Pelo que já li a primeira das Fragatas Hunter, estará ao serviço em 2026 e a última em 2034.

……An ASW capability was the highest priority for the Royal Australian Navy, according to Chief of Navy Vice Adm. Tim Barrett.
“I spoke as recently as last night to the First Sea Lord, my equivalent in the [British] Royal Navy, and I am assured by his comments on just how successful this platform will be as the world’s most advanced anti-submarine warfare frigate,” he said Friday.
The first steel is due to be cut on prototyping activities for the build at Osborne in late 2020, with full production following in 2022. The first ship of the class will be delivered to the Royal Australian Navy in the late 2020s…….

…….We cut steel for the first Type 26 in the U.K. in June 2017, and we’ll cut steel for full production of the Hunter class in South Australia in 2022,” he said. “We’ll run at an 18-month drumbeat in the U.K., and somewhere between 18 months and two years in Australia. That will keep a five-year gap, which is almost perfect. You are de-risking the Australian program in the U.K. and you don’t get the obsolescence issues you would if there was a longer gap, so it’s a really good program overlap.”…..


https://www.defensenews.com/naval/2018/06/29/australia-officially-announces-26b-frigate-contract-here-are-the-build-details/

Abraços
 

*

kikotur

  • Membro
  • *
  • 3
  • +0/-0
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2127 em: Dezembro 05, 2018, 01:04:58 pm »
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 2364
  • Recebeu: 873 vez(es)
  • Enviou: 271 vez(es)
  • +64/-5
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2128 em: Dezembro 05, 2018, 03:24:04 pm »
https://www.janes.com/article/85015/portugal-announces-updated-military-programming-law

Mais uma cativação! c56x1

Como Assim ??????


Military Capabilities

Portugal announces updated military programming law

Victor Barreira, Rio de Janeiro - Jane's Defence Weekly 05 December 2018

The Portuguese government has approved an updated military programming law, which must be voted on by parliament, the Ministry of National Defence (MND) told Jane's on 29 November.

Covering 2019─30, the document replaces the EUR3.159 billion (USD3.6 billion) 2015─26 programming law approved on 18 May 2015. The new law foresees an amount of EUR4.740 billion or an increase of EUR1.581 billion, with reviews scheduled to take place in 2022 and 2026.

The proposal includes structural projects expected to give a significant boost to the Portuguese defence industry, such as the acquisition of up to six KC-390 tanker-transports and associated simulator worth around EUR827 million; six Viana do Castelo-class offshore patrol vessels worth EUR352 million; a EUR150 million replenishment tanker; a EUR300 million multi-purpose logistics ship; and a EUR171 million soldier system.

Abraços
« Última modificação: Dezembro 05, 2018, 03:26:17 pm por tenente »
 

*

zawevo

  • Membro
  • *
  • 161
  • Recebeu: 21 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +1/-1
Re: Notícias da Marinha
« Responder #2129 em: Dezembro 06, 2018, 03:45:22 pm »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, jorgeshot1, MATRA

 

Passos quer Marinha com nova "abertura ao mar"

Iniciado por zawevo

Respostas: 4
Visualizações: 2750
Última mensagem Maio 15, 2012, 09:42:43 am
por P44
Marinha entrega pela primeira vez comando de navio a mulher

Iniciado por Marauder

Respostas: 38
Visualizações: 10487
Última mensagem Maio 18, 2006, 09:03:15 am
por Pedro Monteiro
Fragatas e Corvetas Portuguesas a vela da Marinha 1815/1860

Iniciado por mkorobok

Respostas: 9
Visualizações: 3234
Última mensagem Julho 12, 2011, 12:13:30 pm
por mkorobok
Fará sentido comprar mais EH-101 para a marinha?

Iniciado por papatango

Respostas: 28
Visualizações: 9098
Última mensagem Setembro 12, 2005, 05:04:26 pm
por Rui Elias
Novo artigo sobre a Esquadrilha de Helicópteros da Marinha

Iniciado por Pedro Monteiro

Respostas: 0
Visualizações: 1519
Última mensagem Maio 06, 2009, 09:03:24 pm
por Pedro Monteiro