Armas a descontinuar

  • 17 Respostas
  • 1219 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14937
  • Recebeu: 971 vez(es)
  • Enviou: 930 vez(es)
  • +161/-151
Re: Armas a descontinuar
« Responder #15 em: Agosto 10, 2019, 05:46:12 pm »
Citar
Para isso é que o Exército adquiriu as SCAR H
Eu sei disso.

Mas se já temos a g3 com miras telecopicas salvo erro da Leupold, não seria de aproveitar ?

O Exército comprou Leopold no passado, as mesmas podem ser usadas nas SCAR H, mas de qualquer maneira as mesmas já vêm com Trijicon VCOG.

Citar
Os canos têm uma vida útil de "x" disparos e ainda por  em armas de precisão têm um número ainda mais reduzido de disparos.
Não seria uma ideia totalmente descabida usar um Atirador designado por pelotão, como se faz em muitos países, e neste caso não sei se as Scar iriam chegar.
Nem que fosse usarem as g3 para treino e formação.

As G3 não são tão precisas quanto as SCAR H, ainda por cima o Exército Português vai receber as ditas espingardas-automáticas em número suficiente para isso mesmo.

Se o Exército quiser pode fazer o mesmo que se fazia na ETAT (actual RPara) no meu tempo, nas recrutas o pessoal andava de G3, recebia instrução tanto com a G3 como com a Galil e fazia tiro com a última. Ou seja, a G3 era só mesmo peso nas mãos, já que quando íamos para a carreira de tiro era a Galil a escolhida.

Citar
Em vez de as venderem ao desbarato aproveitavam-se as que temos para ser mais uma opção.
Já vi imagens de militares alemães no Afeganistão a usar a g3 em modo DMR.

Eles usavam-nas porque não tinham outra opção. Felizmente hoje em dia já têm e deixaram de usar a G3.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Castro Santos

  • Membro
  • *
  • 18
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • +0/-0
Re: Armas a descontinuar
« Responder #16 em: Agosto 10, 2019, 08:39:16 pm »
Tudo bem podem ser usadas as miras Leupold nas Scar. A Trijicon VCOG têm uma função  diferente  das Leupold.
A Leupold têm 10x e as Vcog 1x6 variáveis que podem ser usadas mais perto, são mais versatéis, são como as Vortex.

Garanto que a Bundeswehr  ainda usam a g3 em DMR,até podem já não a levar para o Afeganistão, mas não as venderam e continuam a fazer tiro com elas.

Eu não estou a falar da g3 para uso geral, estou a falar de um uso muito especifico e reduzido.

Que não fazia mal deixar umas quantas para tiro com mais precisão, na minha opinião já que as temos, era deixarem algumas.

Se cada pelotão tivesse um atirador designado as Scar chegariam?
Se chegarem melhor ainda.

Para uso normal quanto mais rápido a g3 sair de cena melhor.
Tenho muita  pena de o Corpo de Fuzileiros não vir a receber as Scar, aproveitavam a vantagen do preço do contrato do exercito.
O visionário que aprovou o desperdício o que foi gasto com as g3 devia ser condecorado.

Uma curiosidade o que vai acontecer às mg4 ?

« Última modificação: Agosto 11, 2019, 06:06:14 am por Castro Santos »
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14937
  • Recebeu: 971 vez(es)
  • Enviou: 930 vez(es)
  • +161/-151
Re: Armas a descontinuar
« Responder #17 em: Agosto 14, 2019, 10:46:29 am »
Tudo bem podem ser usadas as miras Leupold nas Scar. A Trijicon VCOG têm uma função  diferente  das Leupold.
A Leupold têm 10x e as Vcog 1x6 variáveis que podem ser usadas mais perto, são mais versatéis, são como as Vortex.

Eu não sou ninguém para dizer seja o que for, nada decido, mas aquele modelo que foi adquirido era um perfeito exagero. As VCOG fazem muito mais sentido para serem usadas por Atiradores Especiais para as distancias/missões que provavelmente irão disparar/realizar.

Citar
Garanto que a Bundeswehr  ainda usam a g3 em DMR,até podem já não a levar para o Afeganistão, mas não as venderam e continuam a fazer tiro com elas.

Se ainda as usam é por razões de orçamento, porque a substituição para essa função já começou à muito tempo. A escolhida é a G28, já usada por várias unidades cá em Portugal.



Citar
Que não fazia mal deixar umas quantas para tiro com mais precisão, na minha opinião já que as temos, era deixarem algumas.

A questão é que o número de SCAR H (550+300), chega e sobra para armar todos os pelotões de Atiradores do Exército Português.

Citar
Uma curiosidade o que vai acontecer às mg4 ?

Da FOEsp? Provavelmente continuaram a ser usadas, assim como as HK416/417.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

 

Artigo sobre a Mauser-Vergueiro na revista "Armas"

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 2
Visualizações: 3315
Última mensagem Setembro 04, 2005, 10:25:17 pm
por PereiraMarques
Armas 5.56 no Exército guerra colonial e paras (pre galil)

Iniciado por alphaiate

Respostas: 38
Visualizações: 22187
Última mensagem Agosto 19, 2011, 02:45:46 pm
por alphaiate
Para o Afeganistão, sem carros e com armas inadequadas

Iniciado por papatango

Respostas: 87
Visualizações: 21598
Última mensagem Setembro 06, 2005, 02:11:42 pm
por NVF
Roubo de armas nos Comandos?

Iniciado por Luso

Respostas: 173
Visualizações: 29360
Última mensagem Abril 23, 2015, 10:58:53 am
por Cabeça de Martelo
Armas Ligeiras?

Iniciado por Luso

Respostas: 83
Visualizações: 21820
Última mensagem Maio 05, 2004, 09:06:15 pm
por Luso