KC-390 na FAP

  • 237 Respostas
  • 12811 Visualizações
*

Major Alvega

  • Perito
  • **
  • 530
  • Recebeu: 440 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +274/-114
Re: KC-390
« Responder #15 em: Julho 11, 2019, 09:15:37 pm »
Gostei da explicação do MD que percebe tanto de aviões como eu de lagares de azeite a explicar: "Este avião tem só 2 motores mas faz o mesmo dos que têm 4 motores." Ahahahaha

Pelo menos na aviação civil é norma!

Na militar não.
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 1348
  • Recebeu: 381 vez(es)
  • Enviou: 190 vez(es)
  • +133/-13
Re: KC-390
« Responder #16 em: Julho 11, 2019, 11:05:00 pm »
Para mim era mais que evidente que este governo já tinha escolhido este avião, e parece-me que na FAP, apesar de não ser uma escolha nada consensual (contas de merceeiro, dá o avião mais caro por tonelada transportada, sem analisar mais variáveis), perceberam que tinham de aceitar este avião ou podiam não ter mais nada, justificando o poder político a compra com a salvaguarda dos postos de trabalho nas OGMA.
Mas e há vários mas…….
O A400M também tem participação portuguesa, através da Caetano Aeronautic,
Uma compra destas, a 3 meses das eleições legislativas, dá quantos cheques individuais de 25.000€ ao PS?
Porque é anunciado agora esta compra, se só esperam as primeiras entregas, seja feita, não no tempo do governo que ganhar as eleições de Outubro de 2019, mas do governo que ganhar as eleições de 2023?
Se o avião vai combater os incêndios, em que aeródromos é que o avião consegue operar?
Parece-me mais uma compra à Costa! O homem é um artista!!!!!

PS: Depois de ler o que escreveram foristas brasileiros sobre Portugal e os portugueses, a vontade de receber o mono é nenhuma! Nem de borla!
« Última modificação: Julho 11, 2019, 11:05:58 pm por Viajante »
 

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1101
  • Recebeu: 205 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +52/-18
Re: KC-390
« Responder #17 em: Julho 11, 2019, 11:42:40 pm »
Não deixa de ser curioso q isto é anunciado depois de ser conhecida a decisão de vender mais f16s. Espero q não tenham a infeliz ideia de financiar o KC com os Fs vendidos. Mas como há negociata já vale tudo

Bem visto... pode não ser coincidência, e se de facto o dinheiro da venda dos Fs for usada para pagar ou até "manipular" o preço dos KC, é uma situação muito triste, vender do lado para comprar do outro...
 

*

oi661114

  • Membro
  • *
  • 132
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 127 vez(es)
  • +7/-174
Re: KC-390
« Responder #18 em: Julho 12, 2019, 12:24:47 am »
Gostei da explicação do MD que percebe tanto de aviões como eu de lagares de azeite a explicar: "Este avião tem só 2 motores mas faz o mesmo dos que têm 4 motores." Ahahahaha

Pelo menos na aviação civil é norma!

Na militar não.

Os aviões novos que estão a ser lançados só têm 2 (os a turbina), caso do C-2, P-8 .
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3045
  • Recebeu: 127 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +128/-32
Re: KC-390
« Responder #19 em: Julho 12, 2019, 12:27:12 am »
Em conversa com pessoa envolvida no processo:


1) A FAP teve mesmo de aceitar o KC-390, era isto ou então provavelmente era C-130J ( mas o Governo quer apostar tudo na fábrica de Évora devido aos votos e agradar a esquerda parlamentar);


2) Duplo uso é so para vender, porque não vão ser adquiridos os MAFFS;


3) A pessoa em causa só acredita quando vir o contrato assinado, e até lá as coisas ainda podem tremer;


4) As compras a partir de agora serão políticas ( há que vender o duplo uso) senão, se for só puramente militar, não é bem visto pelo "politicamente correto".


5) A-400M, continua em análise, mas provavelmente só lá para 2030.

Cump,
« Última modificação: Julho 12, 2019, 12:28:31 am por typhonman »
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Lusitaniae

  • Membro
  • *
  • 184
  • Recebeu: 36 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +14/-168
Re: KC-390
« Responder #20 em: Julho 12, 2019, 12:35:40 am »
Em conversa com pessoa envolvida no processo:


1) A FAP teve mesmo de aceitar o KC-390, era isto ou então provavelmente era C-130J ( mas o Governo quer apostar tudo na fábrica de Évora devido aos votos e agradar a esquerda parlamentar);


2) Duplo uso é so para vender, porque não vão ser adquiridos os MAFFS;


3) A pessoa em causa só acredita quando vir o contrato assinado, e até lá as coisas ainda podem tremer;


4) As compras a partir de agora serão políticas ( há que vender o duplo uso) senão, se for só puramente militar, não é bem visto pelo "politicamente correto".


5) A-400M, continua em análise, mas provavelmente só lá para 2030.

Cump,

Como é isso possível, alguém estar a par do processo e dizer que não vão ser adquiridos os MAFFS!!

Se a comunicação social sabe isso, isso é muito mau para o sr.ministro!!

Já agora acabei de ler isto num site brasileiro :

"Entre 2012 e 2017 o governo português investiu aproximadamente € 50 milhões no programa de desenvolvimento do KC-390, tendo ainda participado, através da força aérea, nas especificações do projeto.

A expectativa é que os C-130H em uso pela Força Aérea Portuguesa sejam modernizados, recebendo novos sistemas de navegação e comunicação, com objetivo de mantê-los operacionais até a entrega dos novos KC-390. Além disso, a previsão é depois utilizar os veteranos turbo-hélices em missões exclusivas de combate a incêndio, expandido a capacidade do país nesse tipo de atividade. Portugal está entre as nações que mais sofre anualmente com incêndios florestais."

 https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/portugal-encomenda-o-maior-aviao-da-embraer_4436.html

É esperar pelos contratos assinados e divulgados publicamente.

Se o avião não for para ser usado em duplo uso, estou totalmente contra, pelo menos 2 unidades têm que ter capacidade para combate a incêndio.
Abbati, medico, potronoque intima pande
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3045
  • Recebeu: 127 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +128/-32
Re: KC-390
« Responder #21 em: Julho 12, 2019, 12:42:56 am »
Relembrem-me: quais as aeronaves que temos que vão poder ser reabastecidas com o KC-390...?

Somente o EH-101 e outros KC-390.

Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 3045
  • Recebeu: 127 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +128/-32
Re: KC-390
« Responder #22 em: Julho 12, 2019, 12:44:58 am »
Em conversa com pessoa envolvida no processo:


1) A FAP teve mesmo de aceitar o KC-390, era isto ou então provavelmente era C-130J ( mas o Governo quer apostar tudo na fábrica de Évora devido aos votos e agradar a esquerda parlamentar);


2) Duplo uso é so para vender, porque não vão ser adquiridos os MAFFS;


3) A pessoa em causa só acredita quando vir o contrato assinado, e até lá as coisas ainda podem tremer;


4) As compras a partir de agora serão políticas ( há que vender o duplo uso) senão, se for só puramente militar, não é bem visto pelo "politicamente correto".


5) A-400M, continua em análise, mas provavelmente só lá para 2030.

Cump,

Como é isso possível, alguém estar a par do processo e dizer que não vão ser adquiridos os MAFFS!!

Se a comunicação social sabe isso, isso é muito mau para o sr.ministro!!

Já agora acabei de ler isto num site brasileiro :

"Entre 2012 e 2017 o governo português investiu aproximadamente € 50 milhões no programa de desenvolvimento do KC-390, tendo ainda participado, através da força aérea, nas especificações do projeto.

A expectativa é que os C-130H em uso pela Força Aérea Portuguesa sejam modernizados, recebendo novos sistemas de navegação e comunicação, com objetivo de mantê-los operacionais até a entrega dos novos KC-390. Além disso, a previsão é depois utilizar os veteranos turbo-hélices em missões exclusivas de combate a incêndio, expandido a capacidade do país nesse tipo de atividade. Portugal está entre as nações que mais sofre anualmente com incêndios florestais."

 https://aeromagazine.uol.com.br/artigo/portugal-encomenda-o-maior-aviao-da-embraer_4436.html

É esperar pelos contratos assinados e divulgados publicamente.

Se o avião não for para ser usado em duplo uso, estou totalmente contra, pelo menos 2 unidades têm que ter capacidade para combate a incêndio.

AHAHA,

Esperem, mas agora é que veio a pressa para combater os IF, com os KC-390 ? ( é que não é mesmo para justificar os 827 milhoes)

Isto é mesmo para rir.

Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Major Alvega

  • Perito
  • **
  • 530
  • Recebeu: 440 vez(es)
  • Enviou: 208 vez(es)
  • +274/-114
Re: KC-390
« Responder #23 em: Julho 12, 2019, 12:59:45 am »
Relembrem-me: quais as aeronaves que temos que vão poder ser reabastecidas com o KC-390...?

Somente o EH-101 e outros KC-390.

O KC-390 nunca poderá reabastecer outro KC.
E EH-101's para já não pode porque só está homologado para reabastecer aviões de pequeno porte como caças com o sistema probe and drogue.
Aviões reabastecedores a jacto com stall-speed's muito próximo da velocidade máxima dos helicópteros é muito complicado. O A400M e o KC-130J podem reabastecer helis. O KC tenho as as minhas dúvidas.
« Última modificação: Julho 12, 2019, 02:30:17 am por Major Alvega »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Red Baron

  • Membro
  • *
  • 299
  • Recebeu: 60 vez(es)
  • Enviou: 83 vez(es)
  • +76/-17
Re: KC-390
« Responder #24 em: Julho 12, 2019, 07:24:38 am »
Se a Embraer aceitar assinar este contrato é uma vitoria para o Governo.

Mas uma derrota para a Força Aérea.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +371/-136
Re: KC-390
« Responder #25 em: Julho 12, 2019, 09:56:46 am »
Em conversa com pessoa envolvida no processo:


1) A FAP teve mesmo de aceitar o KC-390, era isto ou então provavelmente era C-130J ( mas o Governo quer apostar tudo na fábrica de Évora devido aos votos e agradar a esquerda parlamentar);
Não penso que seja mau investir em quem coloca cá fábricas apenas questiono o timing e a quantidade. 2a 3 Kc e mais lá para a frente se o aparelho fosse bom era o ideal. Mas como sempre digo existe desde a substituição dos Falcon até aos Epsilon, já para não falar dos Alpha, e a Embraer tem material para isso.


Citação de: typhonman
2) Duplo uso é só para vender, porque não vão ser adquiridos os MAFFS;
Mesmo que fossem adquiridos continua a ser um sistema de emergência e que por exemplo a FAB usa se tanto duas vezes por ano. E caso o fizéssemos lá vinha o velho debate de como usar, entre outros.


Citação de: typhonman
3) A pessoa em causa só acredita quando vir o contrato assinado, e até lá as coisas ainda podem tremer;
O que sempre tenho dito. Ao contrário do que foi descrito por jornais e sites, o Governo apenas deu a ordem para comprar. E até ao lavar dos cestos é vindima.


Citação de: typhonman
4) As compras a partir de agora serão políticas ( há que vender o duplo uso) senão, se for só puramente militar, não é bem visto pelo "politicamente correto".
Não sou defensor de A ou B, mas pelo menos a G3 e a frota de transporte estão em vias de ser substituídas. Com os Uro e mais NPO já é positivo. Pena poucos Koala, que o Upgrade das fragatas seja uma piada e os últimos NPO estejam sem armas e sensores principais. Depois temos os Tejo e aquela treta do Bérrio durar até quase aos 60 anos. E resta saber com quantos F16 vamos ficar ...

Citação de: typhonman
5) A-400M, continua em análise, mas provavelmente só lá para 2030.
Perfeitamente de acordo porque com militares pelos 5 canos do mundo precisamos de transporte estratégico de verdade e não à medida do MDN. Até lá problemas resolvidos e esperemos que os ditos helis de evacuação não caiam que também são necessários.

Cumprimentos



« Última modificação: Julho 12, 2019, 10:01:52 am por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

LM

  • Analista
  • ***
  • 738
  • Recebeu: 109 vez(es)
  • Enviou: 685 vez(es)
  • +96/-0
Re: KC-390
« Responder #26 em: Julho 12, 2019, 10:26:57 am »
E está feito - de notar que as notícias ontem, como de costume, vincavam ao exagero o "duplo uso", o SAR, os fogos... vai ser bonito quando for para comprar algo em que os "spin doctor" tenham mais dificuldades...

Uma questão - sendo a 1ª entrega em 2023 pode diminuir o perigo de "problemas de juventude" do projecto ou 3 anos em utilização no Brasil não são nada (ou não permitem alterações em tempo útil no nosso)?

E, já agora - se o governo português investiu 50 milhões de euros... como os investiu? É proprietário de parte do projecto, ganha "royalties" da EMBRAER..?   
« Última modificação: Julho 12, 2019, 10:30:47 am por LM »
Quidquid latine dictum sit, altum videtur
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 396
  • Recebeu: 133 vez(es)
  • Enviou: 46 vez(es)
  • +20/-8
Re: KC-390
« Responder #27 em: Julho 12, 2019, 11:57:12 am »
Não deixa de ser curioso q isto é anunciado depois de ser conhecida a decisão de vender mais f16s. Espero q não tenham a infeliz ideia de financiar o KC com os Fs vendidos. Mas como há negociata já vale tudo

Bem visto... pode não ser coincidência, e se de facto o dinheiro da venda dos Fs for usada para pagar ou até "manipular" o preço dos KC, é uma situação muito triste, vender do lado para comprar do outro...

Tanto quanto percebi os F-16 a serem vendidos será para cobrir o resto da verba que falta na LPM para manutenção/"modernização" do resto a frota de F-16.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

asalves

  • Perito
  • **
  • 396
  • Recebeu: 133 vez(es)
  • Enviou: 46 vez(es)
  • +20/-8
Re: KC-390
« Responder #28 em: Julho 12, 2019, 12:00:29 pm »
Em conversa com pessoa envolvida no processo:


1) A FAP teve mesmo de aceitar o KC-390, era isto ou então provavelmente era C-130J ( mas o Governo quer apostar tudo na fábrica de Évora devido aos votos e agradar a esquerda parlamentar);


2) Duplo uso é so para vender, porque não vão ser adquiridos os MAFFS;


3) A pessoa em causa só acredita quando vir o contrato assinado, e até lá as coisas ainda podem tremer;


4) As compras a partir de agora serão políticas ( há que vender o duplo uso) senão, se for só puramente militar, não é bem visto pelo "politicamente correto".


5) A-400M, continua em análise, mas provavelmente só lá para 2030.

Cump,

Como é isso possível, alguém estar a par do processo e dizer que não vão ser adquiridos os MAFFS!!

Se a comunicação social sabe isso, isso é muito mau para o sr.ministro!!
(...)
Se o avião não for para ser usado em duplo uso, estou totalmente contra, pelo menos 2 unidades têm que ter capacidade para combate a incêndio.

O duplo uso (combate fogos florestais) que é referido nas noticias é apenas para inglês ver, é o que vem na brochura do KC-390 e como tal fica sempre bem referir, dá mais nas vistas descrever uma lista enorme de potencias finalidades do que referir apenas que vai transportar material 1 a 2 dúzias de vezes por ano.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: P44

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7681
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 586 vez(es)
  • +224/-205
Re: KC-390
« Responder #29 em: Julho 12, 2019, 01:16:32 pm »
Rezemos...
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas