P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa

  • 88 Respostas
  • 5295 Visualizações
*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2697
  • Recebeu: 1128 vez(es)
  • Enviou: 2364 vez(es)
  • +365/-64
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #45 em: Maio 11, 2019, 02:25:01 pm »
CG -- Aquela 'bolha' no P-3 parece-me demasiado pequena quando comparada com a do VIMAR. Olha-me só o tamanho daquela 'bolhona' no 295! Para escala tens o tamanho das torres FLIR que têm dimensões semelhantes em ambas aeronaves.



Uma antena destas é compatível com o tamanho da bolha no VIMAR, mas é obviamente demasiado grande para a 'bolhinha' no P-3.



E depois há isto:

Citar
These contracts were awarded by two undisclosed customers which were upgrading their P-3 Orion maritime patrol aircraft. The radar sets were tailored to fit to the aircraft's nose and tail. One forward looking antenna provides 240 degree coverage and two additional antennas provide 360 degree full coverage.

http://www.deagel.com/Sensor-Systems/ELM-2022A_a001214001.aspx

E isto:

Citar
In its latest ELM-2022A(V)3 version, the radar can provide 360˚ tracking from an under-fuselage-, nose- or tail-mounted antenna. It can detect, track, classify and identify maritime and airborne targets in high sea states and high-density environments.

https://www.flightglobal.com/news/articles/elta-announces-new-radar-deals-elint-enhancement-386894/

Acho que é este último setup, ou algo semelhante com somente uma antena na traseira, que os nossos CUP+ têm. Mas independentemente do número e posição das antenas, trata-se do mesmo radar em ambos os aparelhos, com a mesma electrónica, sistemas de processamento, etc.

Recordo que no nariz, os C-295 dispõem do mesmo radar instalado nos C-130H, daí o nariz dos nossos C-295 ser diferente de todos os outros C-295 a operar em outras forças armadas.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1081
  • Recebeu: 196 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +50/-16
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #46 em: Maio 11, 2019, 04:17:32 pm »
O radar do C-130H equipado nos nossos C-295 representa alguma vantagem relativamente aos restantes C-295 por esse mundo fora? Ou foi só mesmo uma questão de familiaridade com o radar?
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2697
  • Recebeu: 1128 vez(es)
  • Enviou: 2364 vez(es)
  • +365/-64
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #47 em: Maio 11, 2019, 04:41:19 pm »
O AN/APN-241 utilizado pelos nossos C-295M e C-130H é o radar que equipa o C-130J e foi escolhido para actualizar a frota mais antiga de C-130E/H da USAF -- os C-130H fabricados a partir os anos 90 já vinham com este radar. É portanto bastante popular. No entanto, acho que está ao mesmo nível do RDR-1400C que equipa os restantes C-295. Penso que a opção da FAP teve a ver com padronização e logística, o que parece ser uma boa ideia.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1081
  • Recebeu: 196 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +50/-16
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #48 em: Maio 11, 2019, 04:45:24 pm »
Sim faz todo o sentido. O meu receio é que fosse escolhido um radar inferior para contenção de custos, prática comum por estes lados... Mas bom saber que não é o caso.
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2327
  • Recebeu: 1115 vez(es)
  • Enviou: 619 vez(es)
  • +443/-154
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #49 em: Maio 11, 2019, 05:18:13 pm »
E depois há isto:

Citar
These contracts were awarded by two undisclosed customers which were upgrading their P-3 Orion maritime patrol aircraft. The radar sets were tailored to fit to the aircraft's nose and tail. One forward looking antenna provides 240 degree coverage and two additional antennas provide 360 degree full coverage.

http://www.deagel.com/Sensor-Systems/ELM-2022A_a001214001.aspx

E isto:

Citar
In its latest ELM-2022A(V)3 version, the radar can provide 360˚ tracking from an under-fuselage-, nose- or tail-mounted antenna. It can detect, track, classify and identify maritime and airborne targets in high sea states and high-density environments.

https://www.flightglobal.com/news/articles/elta-announces-new-radar-deals-elint-enhancement-386894/

Acho que é este último setup, ou algo semelhante com somente uma antena na traseira, que os nossos CUP+ têm. Mas independentemente do número e posição das antenas, trata-se do mesmo radar em ambos os aparelhos, com a mesma electrónica, sistemas de processamento, etc.

Sim, é capaz de ser isso mesmo: a bolha situada sob a cauda pertence à antena que faz a cobertura de 360º.



Sabes porque é que é confuso, NVF? Porque nas publicações nacionais avança-se que a antena de 360º do radar ELTA fica situada atrás dos tubos de lançamento de sonobóias, enquanto no mesmo local na grande maioria das outras versões do Orion (excepção feita ao AP-3C australiano que utiliza o mesmo sistema radar que nós), naquela "bolha" encontra-se alojado o radar Doppler.  :-\








Entretanto já pedi informações a pessoal da 601 para ver se nos ajudam a clarificar este mistério de uma vez por todas.  ;)
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Stalker79, Red Baron

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5374
  • Recebeu: 1062 vez(es)
  • Enviou: 594 vez(es)
  • +248/-132
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #50 em: Junho 17, 2019, 01:34:04 pm »
Substituto do P3?  :mrgreen: :mrgreen:

https://www.cavok.com.br/blog/paris-air-show-leonardo-e-diamond-aircraft-apresentam-a-solucao-da62-msa-para-vigilancia-maritima/?fbclid=IwAR2fl7SdCMEmXQ4jpD3-uyVYd2jjs71aO0H5kWZ5iVcDp0GmwaH2DNMPD2g

Citar
DA62-MSA para vigilância marítima
A Leonardo e a Diamond Aircraft Industries estão se unindo para oferecer uma versão da popular aeronave bimotora DA62 da Diamond, personalizada para missões de vigilância marítima, designada DA62-MSA (Maritime Surveillance Aircraft).



Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1081
  • Recebeu: 196 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +50/-16
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #51 em: Junho 17, 2019, 02:17:02 pm »
Não dêem ideias a quem desgoverna isto!  :mrgreen:
É que se comprássemos isto, ficávamos muito mais bem servidos com mais C-295 MPA, esses sim são poucos e dava jeito virem também armados.  ::)
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2327
  • Recebeu: 1115 vez(es)
  • Enviou: 619 vez(es)
  • +443/-154
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #52 em: Junho 18, 2019, 09:27:04 am »
Não dêem ideias a quem desgoverna isto!  :mrgreen:
É que se comprássemos isto, ficávamos muito mais bem servidos com mais C-295 MPA, esses sim são poucos e dava jeito virem também armados.  ::)

Tal como nas Esquadras de combate se pensa quase exclusivamente no F-35A, para substituto do P-3C CUP+ quem continua a recolher a maioria das preferências é o P-8 Poseidon. É uma valência que a FAP nunca mais quer perder depois do hiato ocorrido de praticamente uma década entre o abate do P2V-5 Neptune e a entrada ao serviço do P-3P Orion.

O MPA da Airbus, uma variante do A320 Neo designada por A320M3A (Modular Multi-Mission Aircraft), também deverá ser considerado pois trata-se de um conceito mais abrangente e bastante interessante.

Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, Stalker79

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1081
  • Recebeu: 196 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +50/-16
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #53 em: Junho 18, 2019, 12:09:33 pm »
Sem dúvida as duas melhores opções no mercado.
Quando falei no C-295, era para complementar os P-3 e futuramente o seu substituto. Pelo que sei, temos 5 VIMAR/MPA, mas apenas 2 módulos para esta função? Ter mais seria sempre uma mais valia na capacidade de vigilância, e armados um excelente complemento na luta anti-submarina e anti-superfície.

Depois se o futuro nos fosse financeiramente risonho, ambos os aviões complementados por uns Triton.  :mrgreen:
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2697
  • Recebeu: 1128 vez(es)
  • Enviou: 2364 vez(es)
  • +365/-64
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #54 em: Junho 18, 2019, 02:43:09 pm »
Temos 03 módulos FITS para os 05 aparelhos VIMAR. Existem 03 VIMAR 'puros', designados PG02 e 02 VIMAR RFOT, designados PG03, que podem transportar um pod de reconhecimento fotográfico.

Todas as 12 aeronaves da frota incluem RWR, MWR, CMDS e podem transportar o AN/ALQ-131. Todos os 05 VIMAR dispõem do radar EL/M-2022A(V)3 com cobertura de 360º, FLIR Star Safire 380-HD, e radar SLAR Ericsson (dispomos de 06 conjuntos deste radar).
« Última modificação: Junho 18, 2019, 07:06:07 pm por NVF »
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: dc

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1081
  • Recebeu: 196 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +50/-16
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #55 em: Junho 18, 2019, 03:11:19 pm »
Temos 03 módulos FITS para os 05 aparelhos VIMAR. Existem 03 VIMAR 'puros', designados PG02 e 02 VIMAR RFOT, destinados PG03, que podem transportar um pod de reconhecimento fotográfico.

Todas as 12 aeronaves da frota incluem RWR, MWR, CMDS e podem transportar o AN/ALQ-131. Todos os 05 VIMAR dispõem do radar EL/M-2022A(V)3 com cobertura de 360º, FLIR Star Safire 380-HD, e radar SLAR Ericsson (dispomos de 06 conjuntos deste radar).

Os módulos FITS o que proporcionam às aeronaves? Por exemplo, um C-295 MPA PG-02 equipado com o dito sistema, que capacidades passa a ter?
E existem fotos do pod fotográfico?

E o que distingue os nossos VIMAR das variantes de patrulha marítima internacionais que podem lançar torpedos/mísseis Marte?
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2697
  • Recebeu: 1128 vez(es)
  • Enviou: 2364 vez(es)
  • +365/-64
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #56 em: Junho 18, 2019, 03:53:01 pm »
Os módulos FITS o que proporcionam às aeronaves? Por exemplo, um C-295 MPA PG-02 equipado com o dito sistema, que capacidades passa a ter?
E existem fotos do pod fotográfico?

E o que distingue os nossos VIMAR das variantes de patrulha marítima internacionais que podem lançar torpedos/mísseis Marte?

O FITS é um sistema de controlo táctico de missão.
https://en.wikipedia.org/wiki/CASA_FITS



Os nossos VIMAR e outros Persuader desarmados distiguem-se das versões armadas por o armamento não ter sido integrado (interface com o avião). No nosso caso, presumo que a opção se terá devido a termos os P-3 para as missões mais musculadas. Basicamente, o C-295 é mais vocacionado para missões de guarda costeira e o P-3 para missões de combate.

Quanto ao pod de reconhecimento fotográfico, nunca vi imagens do dito. Ou é segredo tipo SR-71, ou não foi adquirido de todo. Talvez o Charlie Jaguar possa dar mais detalhes.
« Última modificação: Junho 18, 2019, 03:53:49 pm por NVF »
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: dc

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1081
  • Recebeu: 196 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +50/-16
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #57 em: Junho 18, 2019, 04:58:18 pm »
Interessante. Então sem o FITS instalado, os VIMAR são na prática aeronaves de transporte com os sensores extra equipados, ou seja, podemos ter em simultâneo na função de patrulha marítima, apenas 3 aeronaves destas?

Quanto ao armamento, a minha questão é mais uma curiosidade se seria possível instalar os ditos armamentos sem grandes modificações nas aeronaves. Os P-3 são obviamente melhores para esta função, mas seria ser uma mais valia o incremente das plataformas de lançamento, especialmente para os mísseis Marte, mais ligeiros e provavelmente mais baratos que os Harpoon para destruir embarcações mais pequenas.
Presentemente até englobam metralhadores nas portas laterais, rockets e mísseis anti-tanque, mas calculo que seja uma versão diferente da aeronave para estes armamentos todos (uma ideia para apoio aéreo no RCA  :mrgreen:).

PS: A versão AEW também utilizaria o módulo FITS?


Será este o pod fotográfico, ou trata-se de uma "lanterna" de busca? (na asa)
« Última modificação: Junho 18, 2019, 05:02:29 pm por dc »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7310
  • Recebeu: 594 vez(es)
  • Enviou: 736 vez(es)
  • +79/-27
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #58 em: Junho 18, 2019, 05:14:41 pm »
Em relação aos nosso C295 o site da esquadra 502 tem muita informação sobre o assunto.

RFOT (Reconhecimento Fotográfico)
http://esquadra.emfa.pt/link-502-005.002.003.001-rfot

Configuração para fotografia aérea
http://esquadra.emfa.pt/link-502-005.001.003-processo-de-aquisicao
Citar
A configuração para Fotografia Aérea é conseguida através da instalação de uma palete que inclui a máquina fotográfica e respectivos acessórios, cadeira do operador e mesa de apoio. Esta configuração só é possível em duas das aeronaves que têm como característica especial a instalação (de origem) de uma janela de grandes dimensões na parte de baixo da fuselagem que permitirá, à componente óptica do sistema, a visualização do terreno.

possíveis configurações
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2697
  • Recebeu: 1128 vez(es)
  • Enviou: 2364 vez(es)
  • +365/-64
Re: P-3 Orion na Força Aérea Portuguesa
« Responder #59 em: Junho 18, 2019, 07:10:47 pm »
Afinal não há pod  ;D Porque se terá optado por esta solução quando hoje existem pods de reconhecimento fotográfico (visível e IV) de elevada resolução, que podem ser empregues em vários tipos de aeronaves?

@dc é um farol de busca para missões nocturnas.

« Última modificação: Junho 18, 2019, 07:18:00 pm por NVF »
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 

 

Equipa portuguesa que controlava o aerop. de Kabul regressa

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 4
Visualizações: 2593
Última mensagem Outubro 31, 2006, 07:46:01 pm
por Cabeça de Martelo
Acidentes na aviação militar portuguesa

Iniciado por mcalberto

Respostas: 0
Visualizações: 1134
Última mensagem Junho 28, 2016, 02:59:51 pm
por mcalberto
Açores: radares de defesa aérea a partir de 2011

Iniciado por pmdavila

Respostas: 18
Visualizações: 9146
Última mensagem Maio 20, 2008, 04:09:50 pm
por Lancero
FAP A-10 em treino na base aérea Monte Real

Iniciado por antoninho

Respostas: 93
Visualizações: 22446
Última mensagem Fevereiro 23, 2007, 06:19:12 am
por Nuno Bento
Desactivação da Base aérea nº 6 do Montijo

Iniciado por Mar Verde

Respostas: 364
Visualizações: 59631
Última mensagem Julho 18, 2019, 03:39:17 pm
por tenente