Infantaria da FAB

  • 8 Respostas
  • 461 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14888
  • Recebeu: 946 vez(es)
  • Enviou: 909 vez(es)
  • +141/-148
Infantaria da FAB
« em: Março 06, 2015, 10:11:31 am »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3841
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +435/-459
Re: Infantaria da FAB
« Responder #1 em: Maio 05, 2015, 07:46:40 pm »
Infantaria da Aeronáutica



































 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3841
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +435/-459
Re: Infantaria da FAB
« Responder #2 em: Junho 05, 2015, 08:12:50 pm »
Unidades da FAB aprimoram técnicas de defesa antiaérea



Novas técnicas e táticas de defesa antiaérea estão sendo treinadas durante o Exercício Operacional BVR-1, realizado na Base Aérea de Anápolis (BAAN), a 120 km de Brasília (DF). O sistema de defesa empregado é composto por cerca de 70 militares, ligados ao Primeiro Grupo de Defesa Antiaérea (1º GDAAE), sediado em Canoas (RS); Segundo Grupo de Defesa Antiaérea (2º GDAAE), localizado em Manaus (AM); Núcleo do Terceiro Grupo de Defesa Antiaérea (Nu3GDAAE), de Anápolis (GO);  e Núcleo de Brigada de Defesa Antiaérea (NuBDAAE), da capital federal.

Tudo ocorre num cenário de combate simulado. Aeronaves A-29 supostamente de países inimigos, realizam ataques a pontos sensíveis de interesse da Aeronáutica, utilizando diferentes perfis de bombardeios. Para proteger essas instalações, os grupos de defesa antiaérea adotaram um novo posicionamento das equipes de atiradores para o disparo do míssil Igla-S em eixos estratégicos, dificultando o lançamento de bombas e a aproximação da aeronave inimiga.

Implantado desde fevereiro deste ano no Nu3GDAAE, o simulador Konus permite treinar os militares para o manuseio do Igla-S. Uma demonstração do funcionamento do aparelho foi apresentada para o Comandante do COMGAR, que visitou a operação BVR, juntamente com uma comitiva da Terceira Força Aérea (III FAE), unidade que gerencia os esquadrões da aviação de caça e de reconhecimento da FAB.







Fonte: http://www.revistaoperacional.com.br/fo ... apolis-go/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3841
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +435/-459
Re: Infantaria da FAB
« Responder #3 em: Julho 17, 2015, 05:12:42 pm »
FAB no COMBATE SAR

Em uma missão de busca e salvamento em combate ( Combate SAR) estão envolvidos esquadrões de helicópteros, que desempenham atividades de resgate e escolta, aeronaves de reconhecimento, unidades de tiro equipadas com mísseis e radares, além de pessoal especializado em operações especiais para guiamento aéreo avançado.


 :G-beer2:  :G-beer2:
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3841
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +435/-459
Re: Infantaria da FAB
« Responder #4 em: Novembro 13, 2015, 02:50:36 pm »
Exercício reúne unidades de operações especiais das Forças Armadas em Goiânia

PARA-SAR participa da fase de combate urbano do adestramento para grandes eventos



O Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (EAS), conhecido como PARA-SAR, participa até o próximo sábado (14/11) da quarta fase do Adestramento Conjunto de Operações Especiais (OpEsp) das Forças Armadas, em Goiânia (GO). O exercício, organizado pelo Ministério da Defesa, promove um intercâmbio de conhecimento entre as Forças, visando a segurança dos próximos grandes eventos realizados no País, como as Olimpíadas 2016.

A atual fase, coordenada pelo Exército Brasileiro (EB), é realizada no Comando de Operações Especiais do Exército Brasileiro (EB), responsável pelas atividades voltadas ao combate urbano. O adestramento, que reúne cerca de 60 militares, conta com a participação das Operações Especiais da Marinha do Brasil e da Força Aérea Brasileira (FAB). Também foram convidados militares da Força Nacional e da Polícia Rodoviária Federal.




Entre as atividades, os militares participam de instruções de tiro básico, avançado e noturno. Com seus respectivos armamentos, os militares das forças especiais fazem disparos de pistola e fuzil a distâncias controladas e também em movimento. No período noturno, eles também participam de adestramento com óculos de visão noturna (NVG).

Segundo o Sargento Bemmel Pisco, coordenador de um dos estandes de tiro, o adestramento busca integrar os conhecimentos existentes entre as unidades de operações especiais das três forças, elevando o grau e empregando da melhor maneira nos eventos que estão por vir.

“Estamos aqui só para ajustar alguns detalhes, aplicar nas nossas técnicas táticas de procedimento e treinar o combate em situações para diminuir os efeitos colaterais, em caso de confronto”, explica.




Para o Tenente Diogo Amaral, do PARA-SAR, o adestramento é voltado para a segurança nos Jogos Olímpicos 2016. “Nesse tipo de adestramento a gente pode comparar as nossas Técnicas Táticas de Procedimento (TTP) com as forças de operações especiais do Brasil. É um ganho sem igual”, avalia.

Fonte: FAB.mil.br
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3841
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +435/-459
Re: Infantaria da FAB
« Responder #5 em: Julho 20, 2016, 03:40:00 pm »
Forças Especiais da FAB simulam combate à ação terrorista em estação de metrô no Rio



A estação de metrô do Maracanã, na zona norte do Rio de Janeiro (RJ), foi cenário de uma simulação de combate à ação terrorista na manhã desta terça-feira (19/7). Militares das Forças Armadas que fazem parte do Comando Conjunto de Prevenção e Combate ao Terrorismo foram acionados para responder à situação, onde se simulou que um indivíduo invadiu a estação, atirou nos agentes de segurança do local e fez reféns dentro de um vagão de trem.

A tropa acionada é formada por 50 militares das Forças Especiais, sendo 39 da Marinha do Brasil e 11 da Força Aérea Brasileira (FAB), do efetivo do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (PARA-SAR). Além da área do Maracanã, que está sob responsabilidade desses militares, há outras três tropas de Forças Especiais distribuídas na Barra, em Copacabana e em Deodoro, que reúnem militares das três Forças.







FONTE: http://goo.gl/aJZW1u
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3841
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +435/-459
Re: Infantaria da FAB
« Responder #6 em: Dezembro 28, 2017, 09:50:10 pm »
Brazilian Air Force Infantry special units personnel patrol a street of the Rocinha favela in Rio de Janeiro, Brazil on September 26, 2017. Security officials said the giant Rocinha favela in Rio de Janeiro was back under control Saturday after hundreds of soldiers and police were sent to battle heavily armed drug traffickers. / AFP PHOTO / Mauro PIMENTEL
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3841
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +435/-459
Re: Infantaria da FAB
« Responder #7 em: Dezembro 07, 2018, 05:03:12 pm »


















 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 3841
  • Recebeu: 301 vez(es)
  • Enviou: 256 vez(es)
  • +435/-459
Re: Infantaria da FAB
« Responder #8 em: Dezembro 16, 2018, 02:00:06 pm »