Saab Gripen E/F (F-39)

  • 69 Respostas
  • 2700 Visualizações
*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11089
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #15 em: Fevereiro 16, 2019, 05:05:09 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4007
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +578/-702
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #16 em: Abril 04, 2019, 02:26:30 pm »
LAAD 2019: Saab apresenta o progresso do Programa Gripen para o Brasil

Caça Saab JAS 39E Gripen voa com mísseis Meteor

Citar
A Saab apresentou as mais recentes atualizações do Programa Gripen para o Brasil durante a LAAD International Defence & Security Exhibition, no Rio de Janeiro.

A Saab anunciou várias conquistas no último ano, assim como alguns próximos passos. “O último ano foi bem sucedido para o Programa Gripen brasileiro. Entre outras ações, instalamos o Wide Area Display (WAD) e o motor no primeiro Gripen E para o Brasil. Este ano, a primeira aeronave brasileira será entregue para iniciar a campanha de ensaios em voo em Linköping, na Suécia” disse Mikael Franzén, vice-presidente e head da unidade de negócios Gripen Brasil na área de negócios Aeronautics na Saab.

Em 2018, a Força Aérea Sueca aceitou a proposta da Saab para equipar seus caças com o WAD, o Head-Up Display (HUD) e o Helmet Mounted Display (HMD), desenvolvidos pela empresa brasileira AEL Sistemas.

“Os caças Gripen terão agora a mesma configuração para os displays, harmonizando os programas sueco e brasileiro. Isso significa uma grande economia na manutenção da aeronave e no futuro desenvolvimento de software. Esse é realmente um bom exemplo da colaboração bem-sucedida entre a Saab e a indústria de defesa brasileira ”, explicou Franzén.

WAD no cockpit do Gripen – AEL Sistemas

O programa de Transferência de Tecnologia continua avançando. Até o momento, 165 engenheiros brasileiros foram treinados na Suécia e concluíram seus treinamentos. Atualmente, a maioria trabalha no Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (GDDN) no estado de São Paulo. O GDDN foi projetado para servir como centro de desenvolvimento tecnológico do Gripen no Brasil para a Saab, a Embraer e os outros parceiros brasileiros que são beneficiários do Programa.

As equipes envolvidas no desenvolvimento do Gripen E/ F, no GDDN, trabalham no projeto de célula, desenvolvimento de software, instalação e integração de sistemas, aviônica, interface homem-máquina e comunicações. Atualmente, cerca de 120 engenheiros trabalham no local, em uma grande cooperação entre brasileiros e suecos.

GDDN

FONTE: https://www.aereo.jor.br/2019/04/03/laad-2019-saab-apresenta-o-progresso-do-programa-gripen-para-o-brasil/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4007
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +578/-702
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #17 em: Abril 04, 2019, 08:22:04 pm »
Primeiro voo do F-39 Gripen brasileiro deve acontecer ainda este ano


Citar
Durante a realização da LAAD 2019 Defence & Security, foram revelados os detalhes do estágio atual de desenvolvimento do F-39 Gripen, aeronave de caça multimissão desenvolvida em uma parceria entre Suécia e Brasil. Em coletiva de imprensa, representantes da Saab falaram sobre os últimos avanços na confecção do novo vetor da Força Aérea Brasileira (FAB), cuja aeronave instrumentada (FTI – Flight Test Instrumentation) deve alçar voo pela primeira vez ainda em 2019.

Vice-Presidente da Unidade de Negócios Gripen Brasil da Saab, Mikael Franzén falou sobre as etapas já concluídas pela versão sueca do avião: campanhas de combate Além do Alcance Visual (BVR, do inglês Beyond Visual Range), testes com mísseis e sensores e início da produção serial. “Algo que sempre prezamos é a parceria entre as duas partes do projeto: temos pilotos brasileiros e suecos participando do desenvolvimento de sistemas. O último ano foi bem sucedido.

Entre outras ações, instalamos o motor no primeiro Gripen E para o Brasil. Este ano, a primeira aeronave brasileira iniciará a campanha de ensaios em voo em Linköping, na Suécia”, disse.

O intercâmbio entre os países também tem gerado novos acordos. Dois sistemas de display desenvolvidos no Brasil serão adotados também pela Força Aérea Sueca. “Os caças Gripen terão agora a mesma configuração para os displays, harmonizando os programas sueco e brasileiro.

Isso significa uma grande economia na manutenção da aeronave e no futuro desenvolvimento de software. Esse é realmente um bom exemplo da colaboração bem-sucedida entre a Saab e a indústria de defesa brasileira”, explicou Franzén.

Primeiro Gripen brasileiro em montagem final na Suécia, antes da instalação do motor

As entregas efetivas das aeronaves operacionais para a FAB se iniciam a partir de 2021 e serão operadas por unidades aéreas a partir da Ala 2, em Anápolis (GO). Os pilotos brasileiros efetuarão o treinamento na Suécia a partir de 2020. As 36 aeronaves serão produzidas de três formas: na Suécia pela Saab; iniciada na Suécia e terminada no Brasil; e no Brasil, pela Embraer.

Transferência de tecnologia – No total, cerca de 350 profissionais brasileiros participarão dos projetos de transferência de tecnologia por meio de treinamentos na Suécia. Até o momento, 165 engenheiros brasileiros já regressaram e a maior parte deles trabalha no Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (GDDN), localizado na Embraer Defesa, em Gavião Peixoto (SP), inaugurado em 2016.

O processo de transferência de tecnologia do Programa Gripen envolve 62 projetos, incluindo pesquisas do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) em áreas relevantes para a concepção da próxima geração de aeronaves de caça, tais como análise operacional de caças, projeto e análise conceitual da aeronave, testes de motores a jato, projeto de entradas de ar com baixa observabilidade radar (desenvolvimento de tecnologia stealth), sistemas avançados de monitoramento de frota, eletrônica e processamento para aplicações intensivas em tempo real.

GDDN

FONTE: https://www.aereo.jor.br/2019/04/04/laad-2019-primeiro-voo-do-f-39-gripen-brasileiro-deve-acontecer-ainda-este-ano/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4007
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +578/-702
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #18 em: Abril 12, 2019, 12:49:28 pm »
Saab divulgou vídeo da instalação do motor no 1º Gripen brasileiro


Citar
A Saab divulgou vídeo acima da instalação do motor General Eletric F414 no primeiro Gripen brasileiro. Denominado F-39 na Força Aérea Brasileira, o Gripen E e o futuro Gripen F, serão equipados com a versão mais moderna, a F414-GE-39E.

Características do F414-GE-39E

Thrust class 22,000 lb – 98 kN
Length 154 – 391 cm
Airflow 170 lb/sec –  77.1 kg/sec
Maximum diameter 35 – 89 cm
Inlet diameter 31 – 79 cm
Pressure ratio 30:1
Thrust-to-weight class 9:1


« Última modificação: Abril 14, 2019, 06:45:10 pm por Vitor Santos »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4007
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +578/-702
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #19 em: Abril 14, 2019, 03:44:30 pm »
F-X2: Primeiro Gripen E da FAB já está com a tela WAD


Citar
Por Guilherme Wiltgen

Divulgada a imagem do primeiro Gripen E (Gripen NG aqui no Brasil), destinado à Força Aérea Brasileira, com a tela WAD instalada no cockpit. Seguindo a programação da Saab, o nosso F-39 Gripen deve realizar seu primeiro voo em Julho deste ano.

O WAD é um sistema inteligente e redundante, com tela panorâmica (19 x 8 polegadas) de alta resolução, que permite exibir uma imagem contínua em toda a sua extensão, sendo capaz de receber entradas de teclas multifuncionais, touch screen ou interfaces externas. É a principal fonte das informações de voo e missão na cabine, aumentando a consciência situacional tática do piloto.

Como resultado da nova configuração harmonizada das aeronaves, o Head-Up Display (HUD) e o Helmet Mounted Display (HMD), além do Wide Area Display (WAD), também serão exportados para os 60 caças Gripen E da Força Aérea sueca. O novo acordo transformou a AEL Sistemas em um dos principais fornecedores globais da Saab.

A Saab anunciou, em fevereiro de 2015, a seleção da AEL Sistemas como parceira para o desenvolvimento dos caças Gripen E/F para a Força Aérea Brasileira.

FONTE:  https://www.defesaaereanaval.com.br/aviacao/f-x2-primeiro-gripen-e-da-fab-ja-esta-com-a-tela-wad
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4007
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +578/-702
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #20 em: Abril 19, 2019, 03:16:35 am »

VÍDEO: Instalação da tela WAD no primeiro caça Gripen E brasileiro
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11089
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #21 em: Abril 19, 2019, 07:47:42 pm »
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8554
  • Recebeu: 787 vez(es)
  • Enviou: 1295 vez(es)
  • +85/-34
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #22 em: Abril 19, 2019, 09:01:22 pm »
Super tela....  ::)
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4007
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +578/-702
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #23 em: Abril 26, 2019, 02:36:56 pm »
VÍDEO: Saab Colaboração Real 2 – Episódio 18: O caça inteligente


Citar
Um caça que trabalha em parceria com o piloto, auxiliando na tomada de decisões. É assim que os pilotos da Força Aérea Brasileira definem o Gripen. Quer saber o motivo? Assista ao episódio 21 da websérie Colaboração Real.

Entre 2019 e 2024, 36 caças Gripen NG (Gripen E/F) serão entregues à Força Aérea Brasileira. Para cumprir o cronograma, a Saab tem uma forte parceria colaborativa com empresas brasileiras, tais como Embraer, AEL Sistemas, Akaer, Atech, Mectron, Inbra e Atmos.

A aquisição dos caças Gripen pela Força Aérea Brasileira representa um enorme salto tecnológico para a indústria brasileira, por meio de um extenso programa de transferência de tecnologia, que vai permitir que aviões supersônicos sejam desenvolvidos, produzidos e mantidos também aqui no Brasil.

Entre outubro de 2015 e 2024, mais de 350 profissionais, entre engenheiros, operadores, técnicos e pilotos das empresas parceiras da Saab e da Força Aérea Brasileira, estão indo à Suécia para participar de cursos e treinamentos on-the-job. Habilidades e conhecimentos estão sendo adquiridos pela indústria brasileira, possibilitando um extenso trabalho de desenvolvimento e produção do Gripen, incluindo a montagem final no Brasil.

A Saab, empresa de defesa e segurança, e a Embraer Defesa & Segurança inauguraram em dezembro de 2016 o Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (Gripen Design Development Network – GDDN), em Gavião Peixoto (SP).

No dia 9 de maio de 2018 a Saab apresentou a fábrica de aeroestruturas da Saab em São Bernardo do Campo – a Saab Aeronáutica Montagens (SAM), que terá um papel fundamental no Programa Gripen brasileiro.

A SAM vai produzir o cone de cauda, os freios aerodinâmicos, o caixão das asas, a fuselagem traseira e a fuselagem dianteira para a versão monoposto (um assento) e a versão biposto (dois assentos).


FONTE: https://www.aereo.jor.br/2019/04/25/video-saab-colaboracao-real-2-episodio-21-o-caca-inteligente/
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11089
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #24 em: Junho 11, 2019, 03:50:41 pm »
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4007
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +578/-702
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #25 em: Junho 20, 2019, 02:05:52 am »
POWER ON! Caça Gripen brasileiro é energizado pela primeira vez


Citar
O Gripen brasileiro passou por mais uma fase de seu desenvolvimento: foi energizado pela primeira vez! O Coronel Renato Leal Leite, chefe do Grupo de Acompanhamento e Controle na Saab da FAB, conta no vídeo abaixo o que isso representa.

O primeiro caça F-39 Gripen da Força Aérea Brasileira, caça multimissão desenvolvido em uma parceria entre Suécia e Brasil, será uma aeronave instrumentada (FTI – Flight Test Instrumentation) que vai fazer parte do programa de testes e deverá voar em agosto de 2019.

As entregas efetivas das aeronaves operacionais para a FAB se iniciam a partir de 2021 e serão operadas por unidades aéreas a partir da Ala 2, em Anápolis (GO).

Os pilotos brasileiros efetuarão o treinamento na Suécia a partir de 2020. As 36 aeronaves serão produzidas de três formas: na Suécia pela Saab; iniciada na Suécia e terminada no Brasil; e no Brasil, pela Embraer.

No total, cerca de 350 profissionais brasileiros participarão dos projetos de transferência de tecnologia por meio de treinamentos na Suécia. Até o momento, 165 engenheiros brasileiros já regressaram e a maior parte deles trabalha no Centro de Projetos e Desenvolvimento do Gripen (GDDN), localizado na Embraer Defesa, em Gavião Peixoto (SP), inaugurado em 2016.


 :arrow:  https://www.aereo.jor.br/2019/06/19/power-on-caca-gripen-brasileiro-e-energizado-pela-primeira-vez/

 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11089
  • Recebeu: 385 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #26 em: Junho 21, 2019, 11:25:46 pm »
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2844
  • Recebeu: 1245 vez(es)
  • Enviou: 2628 vez(es)
  • +480/-89
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #27 em: Junho 22, 2019, 02:57:01 am »
O primeiro caça F-39 Gripen da Força Aérea Brasileira, caça multimissão desenvolvido em uma parceria entre Suécia e Brasil, será uma aeronave instrumentada (FTI – Flight Test Instrumentation) que vai fazer parte do programa de testes e deverá voar em agosto de 2019.

E depois ainda criticam o Zé Tuga por dizer que o Ká-Cê é desenvolvido em parceria com Portugal.  Toda a gente sabe que a Suécia nem queria desenvolver o Gripen original, foi tudo uma ideia do Jô Soares. :mrgreen:
« Última modificação: Junho 22, 2019, 02:58:11 am por NVF »
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: mafets

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5466
  • Recebeu: 1098 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +375/-136
Re: Saab Gripen E/F (F-39) da FAB
« Responder #28 em: Junho 22, 2019, 11:17:27 am »
O primeiro caça F-39 Gripen da Força Aérea Brasileira, caça multimissão desenvolvido em uma parceria entre Suécia e Brasil, será uma aeronave instrumentada (FTI – Flight Test Instrumentation) que vai fazer parte do programa de testes e deverá voar em agosto de 2019.

E depois ainda criticam o Zé Tuga por dizer que o Ká-Cê é desenvolvido em parceria com Portugal.  Toda a gente sabe que a Suécia nem queria desenvolver o Gripen original, foi tudo uma ideia do Jô Soares. :mrgreen:

Já o Gripen "Demo" voava ainda o Brasil não tinha  comprado o aparelho. Mas pronto, já sabemos que agora é o melhor caça do Mundo e inclusive stealth (além de sexta geração)...  :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen: :mrgreen:

https://www.defesaaereanaval.com.br/aviacao/f-x2-o-melhor-caca-stealth-do-planeta-nao-e-made-in-usa

Citar
A razão que faz com que o JAS 39E possa ganhar a tag de “sexta geração”, é que ele foi projetado com essas questões em mente. O Software vem primeiro: O novo hardware é executado no software Mission System 21, o mais recente lançamento de uma série que se atualiza a cada dois anos e que começou com os modelos anteriores da aeronave, o “A” e “B”.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Saab_JAS_39_Gripen

Citar
Um avião com dois assentos, inicialmente designado "Gripen Demo", foi projetado em 2007 como um teste para próximas atualizações. Foi motorizado pelo General Electric F414G, semelhante ao utilizado no Boeing F/A-18E/F Super Hornet. O peso máximo de decolagem do Gripen NG aumentou de 14 000 para 16 000 quilogramas, a capacidade de combustível interna foi aumentada em 40%, após deslocar o trem de pouso, o que também permitiu adicionar dois pilones na parte inferior da fuselagem. Seu raio de combate era de 1 300 km (810 mi) em condições normais de operação.[43][44] O radar PS-05 foi substituído pelo novo modelo ES-05, um radar de varredura eletrônica ativa (RVEA), baseado no radar Vixen, fabricado pela Finmeccanica. O primeiro voo do Gripen Demo foi realizado em 27 de maio de 2008.[45][46][47] Em 21 de janeiro de 2009, o Gripen Demo voou na velocidade de 1,2 Ma (1 500 km/h), para testar sua capacidade como supersônico. O Gripen Demo serviu de base para o Gripen E/F, também conhecido como Gripen NG (Next Generation) e MS (Material Standard).[48][49]

Em 24 de outubro de 2014, o governo brasileiro assinou o contrato de compra de 36 caças Gripen NG, com possibilidade futura de ter variantes adaptadas para operação naval.



Saudações


"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Vitor Santos

  • Moderador Global
  • *****
  • 4007
  • Recebeu: 316 vez(es)
  • Enviou: 269 vez(es)
  • +578/-702
Re: Saab Gripen E/F (F-39)
« Responder #29 em: Agosto 06, 2019, 02:54:33 pm »