Líbia - conflitos pós Khadafi

  • 45 Respostas
  • 2811 Visualizações
*

Hammerhead

  • Membro
  • *
  • 47
  • Recebeu: 7 vez(es)
  • +0/-0
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #30 em: Maio 08, 2019, 02:24:43 am »
O tipo não é Portugues...no melhor é Luso descendente... parece-me mais un mercenário US ó Sul Africano... ainda por cima anda com a estrela de david tatuada no peito...

 A pronúncia dele é de tipo americana...

O mais grave com esta situação é que este gênero de idiotas mercenários e os governos/serviços secretos e outras organizações que os recrutam(gênero USA/CIA/Blackwater/Mossad/Israel) escondem se atrás da nossa nação, dizem que são Portugueses, até andão com passaportes falsos e prejudicam a nossa reputação e metem en risco a vida dos nossos soldados em missão no estrangeiro! Com esta situação eu so espero que o nosso governo tome este assunto muito a sério e que toda a verdade venha a ser feita, que seja comunicada a verdade au publico e que as nossas autoridades prossigam esses criminais e países que os recrutam até aos tribunais! Com a reputação da nossa República não se brinca!

Pergunta intéressante é saber aonde ele recebeu a formação para o Mirage F1 e de quem... a Africa du sul possui Mirages F1(Paramount Group) mas olhem o que encontrei... os USA também...

"ATAC is proud to announce the delivery of the last of our 63 Mirage F1 aircraft to our Adversary Center of Excellence facility at the Fort Worth Alliance Airport in Texas. This logistics achievement is the culmination of months of hard work from multi-disciplined professionals on both sides of the Atlantic. Our Mirage F1 inventory represents the single largest common fleet of privately-owned ADAIR aircraft in the world and we look forward to their years of upcoming service and support to our U.S. military customers. Well done to the ATAC ACE team once "

https://www.aerobuzz.fr/breves-defense/les-mirage-f1-arrivent-sur-le-sol-americain/
« Última modificação: Maio 08, 2019, 04:09:54 am por Hammerhead »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Srgdoido

*

Castro Santos

  • Membro
  • *
  • 33
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +0/-0
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #31 em: Maio 08, 2019, 04:04:51 am »
A mim parece-me mais a estrela de Satanás, um pentagrama. Um piloto Português  de Lagos Joe Horta, em 2016 morreu na Libia e nunca tinha tido formação em Forças Aéreas de Mirage.
Ele era um conhecido piloto acrobático, que ja tinha trabalhado com escolas de paraquedismo em Alvor. E esteve a ter formação para piloto de combate a fogos florestais.
« Última modificação: Maio 08, 2019, 04:05:58 am por Castro Santos »
 

*

Lancero

  • Investigador
  • *****
  • 4145
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • +60/-0
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #32 em: Maio 08, 2019, 10:34:11 am »
A própria Líbia tem escola de pilotagem de Mirage F1. Penso que agora só terão um ou dois aparelhos operacionais.
"Portugal civilizou a Ásia, a África e a América. Falta civilizar a Europa"

Respeito
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11105
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #33 em: Maio 08, 2019, 01:56:17 pm »
Governo reafirma que piloto capturado na Líbia "não é das Forças Armadas" portuguesas


O ministro da Defesa afirmou hoje que o piloto abatido na Líbia e que afirma ser português "não é das Forças Armadas" e que não tem nenhuma informação sobre essa pessoa.

Em Braga, à margem de uma visita ao Regimento de Cavalaria nº6, João Gomes Cravinho, questionado sobre se passaporte apresentado pelo referido piloto poderá ser falso, disse "não ter nenhum conhecimento sobre essa matéria".

Na segunda-feira, o canal televisivo Al Arabiya divulgou uma informação atribuída ao Exército Nacional Líbio em que este informava que foi um avião abatido no sul de Tripoli que pertencia à Operação Sophia e que garantia a devolução do piloto, capturado, garantindo que o operacional era de origem portuguesa.

"Sabemos que não pertencia às Forças Aérea, não tenho mais nenhuma informação sobre esse problema", disse João Gomes Cravinho, reafirmando o que o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, havia afirmado na segunda-feira.

Questionado sobre a legalidade do passaporte apresentado pelo piloto, o ministro da defesa não confirmou nem desmentiu: "Não tenho nenhum conhecimento sobre essa matéria, o que posso dizer, eu não tenho nenhuma informação sobre a identidade desta pessoa, nem essa confirmação [sobre a validade daquele documento de identidade]."

Sobre o incidente, inicialmente, numa outra versão divulgada pela agência turca Anadolu, o ENL, as forças leais ao marechal Khalida Haftar, começaram por atribuir o avião às forças do Governo de Unidade Nacional da Líbia, reconhecido pelas Nações Unidas, tendo capturado o piloto.

A Operação Sophia, missão da UE para combater o tráfico de migrantes no Mediterrâneo, negou, entretanto, que estivesse ao seu serviço o avião abatido na Líbia, desmentindo o Exército Nacional Líbio.

"Nenhum avião da (Operação) Sophia foi abatido (hoje na Líbia)", disse à Lusa Antonello de Renzis Sonnino, porta-voz daquela organização europeia, numa mensagem enviada a partir da sede, em Roma.

A Líbia tem sido vítima do caos e da guerra civil desde que, em 2011, a comunidade internacional contribuiu militarmente para a vitória dos diferentes grupos rebeldes sobre a ditadura de Muammar Khadafi (entre 1969 e 2011).

Os combates opõem as forças do Governo de Acordo Nacional, reconhecido pela comunidade internacional, ao Exército Nacional Líbio proclamado pelo marechal Haftar, homem forte do leste líbio que ordenou, em 04 de abril, a conquista da capital, Tripoli.

Segundo as Nações Unidas, os confrontos já causaram pelo menos 432 mortos, 2.069 feridos e mais de 55 mil deslocados.

Os dois lados acusam-se mutuamente de recorrer a mercenários estrangeiros e de beneficiar do apoio militar de potências estrangeiras.


:arrow: https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/governo-reafirma-que-piloto-capturado-na-libia-nao-e-das-formas-armadas-portuguesas
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11105
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #34 em: Maio 11, 2019, 10:30:05 am »
Governo líbio sitiado em Tripoli


« Última modificação: Maio 11, 2019, 10:32:17 am por Lusitano89 »
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11105
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #35 em: Maio 22, 2019, 05:00:20 pm »
Ataques a civis na Líbia


 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11105
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #36 em: Maio 23, 2019, 12:29:00 pm »
Combatentes líbios condenam Macron por interferência no país



 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8632
  • Recebeu: 805 vez(es)
  • Enviou: 1337 vez(es)
  • +89/-34
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #37 em: Maio 28, 2019, 04:28:44 pm »

A coisa está brava...  :o
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 1397
  • Recebeu: 406 vez(es)
  • Enviou: 202 vez(es)
  • +153/-13
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #38 em: Junho 25, 2019, 10:41:23 pm »
“Piloto português” capturado na Líbia é veterano americano. Identidade só foi revelada após libertação

Dúvida existe desde que um piloto capturado pelo autodenominado Exército Nacional da Líbia afirmou ser "Jimmy Reis" natural de Portugal. Americanos só confirmaram identidade depois da libertação.



A 8 de maio um piloto capturado pelo autodenominado Exército Nacional da Líbia afirmava ser Jimmy Reis, português. Esta terça-feira o The Washington Post diz que um veterano da Força Aérea norte-americana foi libertado ao fim de seis semanas. Coincidência? Segundo o jornal americano trata-se da mesma pessoa. Jimmy Reis é afinal Jamie Sponaugle. Tem 31 anos e é natural da Florida, no início de maio pilotava um caça Mirage F1 em Gharyan, uma cidade a 80 quilómetros de Tripoli.

De acordo com a informação esta tarde divulgada, o governo dos Estados Unidos sabia que o homem era norte-americano, mas pediu aos meios de comunicação do país que não noticiassem a sua detenção para poder negociar com as forças armadas da Líbia a sua a libertação.


No vídeo divulgado depois da captura, Jamie Sponaugle dizia ser um português de 29 anos que estava numa missão no país para “destruir estradas e pontes”, tendo assinado um “contrato civil” com um homem que apenas conseguiu identificar como “Hadi”.

Apesar de agora ter sido identificada a verdadeira nacionalidade do piloto, e que segundo o jornal americano é um veterano da força área dos EUA, ficou por esclarecer o motivo pelo qual o homem se identificou como português.

O piloto foi acusado de actuar como um mercenário foi libertado após seis meses detidos por uma das facções armadas que controlam o país que atravessa uma guerra civil. A informação foi avançada por fontes das autoridades americanas esta terça-feira. Jaime Sponaugle tem 31 anos e pilotava um jato perto da capital da Líbia, Tripoli, quando o seu avião foi abatido. Segundo o Exército Nacional da Líbia (LNA na sigla inglesa), pilotava um avião militar de fabrico francês e foi alvejado quando conduzia um ataque bombista contra as forças na área.

As imagens de vídeo reveladas pelo LNA pouco depois mostram o homem capturado com alguns ferimentos, mas a receber tratamento. Um outro vídeo colocado entretanto nas redes sociais mostrava o mesmo homem a identificar-se como sendo de nacionalidade portuguesa indicando que estava na Líbia através de um contrato civil, um mercenário, com a missão de destruir pontes e estradas

O Washington Post revela agora que as autoridades americanas lhe pediram para não divulgar a identidade do detido para acautelar a sua própria segurança, enquanto estavam em curso as negociações para conseguir a sua libertação. Para além do mistério da falsa nacionalidade, fica também por saber o que estava um veterano da força aérea americana a fazer no meio de um conflito interno na Líbia.

A capital da Líbia tem sido um dos principais palcos da batalha entre as duas forças, a LNA, que abateu o avião pilotado por Sponaugle, e o Governo de Acordo Nacional que supostamente é apoiada pelos Estados Unidos. No entanto, este episódio pode revelar uma mudança na estratégia americana, sinaliza o Washington Post, recordando que Donald Trump elogiou publicamente o homem forte do LNA, Khaliga Hifter.

O enviado especial especial do Presidente Trump para os assuntos dos reféns afirmou em entrevista telefónica que os Estados Unidos valorizam a decisão dos captores de libertar o piloto americano e agradeceu ainda ao papel da Arábia Saudita na resolução do caso. Spongaule deverá chegar em breve àquele país.

https://observador.pt/2019/06/25/piloto-portugues-capturado-na-libia-e-veterano-americano-identidade-so-foi-revelada-apos-libertacao/
 

*

Castro Santos

  • Membro
  • *
  • 33
  • Recebeu: 6 vez(es)
  • +0/-0
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #39 em: Junho 26, 2019, 04:48:53 am »
Humm, esta história está muito mal contada. Não acredito na versão oficial que nos estão a contar.
 
 

*

Lusitan

  • Membro
  • *
  • 226
  • Recebeu: 54 vez(es)
  • Enviou: 58 vez(es)
  • +114/-5
  • Hic et Ubique
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #40 em: Junho 28, 2019, 11:34:45 am »
https://libya.liveuamap.com/en/2019/27-june-javelin-atgms-were-seized-by-gna-in-recent-advance

Javelin ATGMs were seized by GNA in recent advance against LNA



Os EUA sempre com tanto cuidado para vender os Javelin, e os árabes metem-nos nas mãos de facções duma guerra civil. Não tarda teremos cópias chinesas e russas...
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1421
  • Recebeu: 278 vez(es)
  • Enviou: 189 vez(es)
  • +68/-201
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #41 em: Junho 28, 2019, 09:50:01 pm »
https://libya.liveuamap.com/en/2019/27-june-javelin-atgms-were-seized-by-gna-in-recent-advance

Javelin ATGMs were seized by GNA in recent advance against LNA



Os EUA sempre com tanto cuidado para vender os Javelin, e os árabes metem-nos nas mãos de facções duma guerra civil. Não tarda teremos cópias chinesas e russas...


Yah, os russos precisam mesmo de criar cópias dos Javelin……. E os americanos até parece que não sabem a quem é que os árabes os irão dar logo após os receberem…….
 

*

Lusitan

  • Membro
  • *
  • 226
  • Recebeu: 54 vez(es)
  • Enviou: 58 vez(es)
  • +114/-5
  • Hic et Ubique
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #42 em: Junho 30, 2019, 02:00:04 am »
https://libya.liveuamap.com/en/2019/27-june-javelin-atgms-were-seized-by-gna-in-recent-advance

Javelin ATGMs were seized by GNA in recent advance against LNA



Os EUA sempre com tanto cuidado para vender os Javelin, e os árabes metem-nos nas mãos de facções duma guerra civil. Não tarda teremos cópias chinesas e russas...


Yah, os russos precisam mesmo de criar cópias dos Javelin……. E os americanos até parece que não sabem a quem é que os árabes os irão dar logo após os receberem…….

Até hoje os russos ainda não criaram nenhum míssil com capacidade de atingir um blindado por cima... mas pronto, tu lá sabes...
As vendas dos Javelins para a Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos (apoiantes de Hafter) ocorreram em 2010, ainda antes da Primavera Árabe. Tem havido entregas de TOWs por parte destes países (entre outros) a rebeldes na Síria, mas Javelin foi a primeira vez... pelo menos que se saiba.
Engraçado é que além dos Javelin também capturaram um Pantsir doe EAU. O apoio dos turcos e dos qataris tem-se revelado decisivo para a sobrevivência do regime de Tripoli e até para recuperar a iniciativa nos últimos dias.

 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 11105
  • Recebeu: 386 vez(es)
  • Enviou: 227 vez(es)
  • +62/-47
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #43 em: Julho 03, 2019, 11:16:18 am »
Ataque aéreo a centro de migrantes faz pelo menos 44 mortos



 

*

Lusitan

  • Membro
  • *
  • 226
  • Recebeu: 54 vez(es)
  • Enviou: 58 vez(es)
  • +114/-5
  • Hic et Ubique
Re: Líbia - conflitos pós Khadafi
« Responder #44 em: Julho 10, 2019, 06:18:45 pm »
https://libya.liveuamap.com/en/2019/27-june-javelin-atgms-were-seized-by-gna-in-recent-advance

Javelin ATGMs were seized by GNA in recent advance against LNA



Os EUA sempre com tanto cuidado para vender os Javelin, e os árabes metem-nos nas mãos de facções duma guerra civil. Não tarda teremos cópias chinesas e russas...


Yah, os russos precisam mesmo de criar cópias dos Javelin……. E os americanos até parece que não sabem a quem é que os árabes os irão dar logo após os receberem…….

Até hoje os russos ainda não criaram nenhum míssil com capacidade de atingir um blindado por cima... mas pronto, tu lá sabes...
As vendas dos Javelins para a Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos (apoiantes de Hafter) ocorreram em 2010, ainda antes da Primavera Árabe. Tem havido entregas de TOWs por parte destes países (entre outros) a rebeldes na Síria, mas Javelin foi a primeira vez... pelo menos que se saiba.
Engraçado é que além dos Javelin também capturaram um Pantsir doe EAU. O apoio dos turcos e dos qataris tem-se revelado decisivo para a sobrevivência do regime de Tripoli e até para recuperar a iniciativa nos últimos dias.
Afinal a bronca é ainda pior. Pelos vistos foram os franceses a fornecer os Javelin.
 

 

Indignação selectiva perante os conflitos modernos

Iniciado por ShadIntel

Respostas: 14
Visualizações: 3653
Última mensagem Junho 05, 2010, 06:27:07 pm
por FoxTroop
GEOPOLÍTICA EUROPEIA NOS CONFLITOS ACTUAIS

Iniciado por Paulo Ramires

Respostas: 269
Visualizações: 60180
Última mensagem Maio 13, 2019, 09:43:06 pm
por Lusitano89
Conflitos Fronteiriços

Iniciado por nelson38899

Respostas: 68
Visualizações: 16252
Última mensagem Março 04, 2019, 12:31:34 pm
por Lynx
Conflitos em Africa

Iniciado por nelson38899

Respostas: 235
Visualizações: 40996
Última mensagem Julho 22, 2019, 10:40:56 pm
por smg