Sector Automóvel

  • 61 Respostas
  • 4470 Visualizações
*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 1397
  • Recebeu: 406 vez(es)
  • Enviou: 202 vez(es)
  • +153/-13
Re: Sector Automóvel
« Responder #60 em: Setembro 11, 2019, 09:45:45 am »
BMW está a desenvolver um carro movido a hidrogénio. Veja o protótipo!

A BMW tem sido das marcas alemãs mais activas na mobilidade eléctrica. Na sua gama já conta com um carro eléctrico e em breve poderemos ver a chegada de um carro movido a hidrogénio à marca da Baviera!

No IAA Salão de Frankfurt, a marca anunciou o protótipo BMW i Hydrogen NEXT que recorre a uma célula de combustível para se mover.



A mobilidade eléctrica tem cada vez mais relevância no mundo automóvel e as marcas avançam em várias frentes, para esta realidade. A Tesla, por exemplo, está a investir – e com sucesso – em carros com motores eléctricos alimentados por baterias de iões de lítio.

Não obstante, há outras marcas a investir em mais tecnologias. A Mercedes investiu bastante nos carros movidos a hidrogénio e parece que a sua eterna rival BMW se irá juntar nesta corrida! A marca da Baviera confirmou no Salão de Frankfurt que está a desenvolver um carro eléctrico movido a célula de combustível.
Com base na última geração do SUV BMW X5, este veículo visualiza os futuros esforços da fabricante em gerar energia com base no hidrogénio. Além disso, o i Hydrogen NEXT vai buscar ainda influência ao BMW iX3.







A fabricante acredita que no futuro teremos vários tipos de mobilidade e por isso quer investir em todos eles para os utilizadores terem um BMW como opção na procura pelo próximo carro. Ressalva ainda as vantagens deste tipo de solução: carregamentos similares aos dos carros com motor a combustão, autonomia elevada, não abdica de atributos no conforto e não depende de condições climatéricas.

Assim, o seu i Hydrogen NEXT vai continuar em desenvolvimento até 2022, enquanto esperam até 2025 ter veículos de produção movidos com esta tecnologia actualmente em concept.

BMW em parceria com Toyota

Segundo o comunicado da BMW, o desenvolvimento da célula de combustível e das tecnologias inerentes está a ser feito em parcerias com a Toyota. As duas fabricantes começaram este acordo em 2013 e desde então tem sido reforçado devido a acreditarem nesta solução de mobilidade.

Será que a célula de combustível de hidrogénio pode ser assim uma alternativa aos carros eléctricos que recorrem a baterias? Ou deverão ser vistas como tecnologias complementares? Deixe a sua opinião nos comentários!

https://pplware.sapo.pt/motores/bmw-desenvolver-carro-hidrogenio-prototipo/comment-page-1/
 

*

Viajante

  • Investigador
  • *****
  • 1397
  • Recebeu: 406 vez(es)
  • Enviou: 202 vez(es)
  • +153/-13
Re: Sector Automóvel
« Responder #61 em: Outubro 30, 2019, 11:08:32 am »
Peugeot dispara para máximos de 2008 após confirmação de negociações com a Fiat Chrysler

Os grupos PSA e Fiat Chrysler estão em conversações com vista a uma fusão. A informação já foi confirmada pelas empresas, o que está a elevar as ações. A Peugeot disparou para máximos de mais de 11 anos. Já a Fiat Chrysler já esteve a subir mais de 10%.



A agência Dow Jones revelou ainda na terça-feira que a PSA, liderada pelo português Carlos Tavares, e a Fiat Chrysler estão em conversações para um possível fusão. Uma notícia que já foi confirmada esta quarta-feira pelas empresas.

 

"Estão a decorrer discussões com o objetivo de criar um dos maiores grupos mundiais", revelou a Fiat em comunicado, citado pela Bloomberg. A PSA emitiu um comunicado semelhante, confirmando a existência de negociações entre os dois grupos.

Uma fusão entre os dois grupos criaria a segunda maior fabricante automóvel, por vendas, na Europa. E daria origem a uma cotada cujo valor de mercado ascende a 47 mil milhões de dólares, revela a Bloomberg.

 

O grupo automóvel francês PSA é liderado por Carlos Tavares e engloba marcas como Peugeot, Citroën, DS e Opel. Já a ítalo-americana Fiat Chrysler (FCA) tem sido notícia por diversas vezes devido a eventuais fusões. A última foi com a Renault, mas a Nissan – que tem uma aliança com a francesa – acabou por inviabilizar esta operação.
 

As ações das cotadas estão a reagir às novidades. A PSA está a subir 6,38% para 26,51 euros, tendo chegado a subir mais de 8,5% para o valor mais alto desde junho de 2008.



Já a Fiat Chrysler está a subir 8,27% para 12,722 euros, tendo chegado a apreciar mais de 10,5% para níveis de maio deste ano.



Os comunicados não adiantam mais informação, mas ainda ontem, o Financial Times revelava que o plano é deixar na liderança da empresa que surgir desta fusão Carlos Tavares.

https://www.jornaldenegocios.pt/trading/detalhe/peugeot-dispara-para-maximos-de-2008-apos-confirmacao-de-negociacoes-com-a-fiat-chrysler?ref=HP_DestaquesPrincipais
 

 

Sector das Telecomunicações

Iniciado por Marauder

Respostas: 1
Visualizações: 1826
Última mensagem Agosto 04, 2006, 07:34:44 am
por Marauder
Sector Bancário

Iniciado por Viajante

Respostas: 6
Visualizações: 1648
Última mensagem Outubro 07, 2018, 09:58:09 am
por Viajante
Fim do Imposto Automóvel aprovado por Bruxelas

Iniciado por Bravo Two Zero

Respostas: 0
Visualizações: 2222
Última mensagem Setembro 07, 2006, 02:27:09 pm
por Bravo Two Zero