Serviço Militar Obrigatório de Regresso?

  • 19 Respostas
  • 3204 Visualizações
*

kratos

  • Membro
  • *
  • 5
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-1
Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« em: Setembro 04, 2017, 08:17:35 pm »
Boas pessoal!!

Já todos reparamos que estamos num barril de pólvora prestes a explodir...
A qualquer momento a Coreia do Norte vai começar uma guerra, o Estado Islâmico vai ganhar terreno e a Rússia...bem a Rússia vai-se aproveitar da situação como sempre...

Todos aqui sabemos que em caso de guerra, portugal terá que tomar medidas para aumentar o número de militares e assim poder fazer o seu papel enquanto aliado dos E.U.A.

A questão é a seguinte: Será o SMO uma das medidas implementadas pelo Governo para conseguir cumprir tal objetivo?

Cumprimentos
 

*

sivispacem

  • Perito
  • **
  • 317
  • Recebeu: 11 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +6/-0
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #1 em: Setembro 04, 2017, 08:27:31 pm »
Boas pessoal!!

Já todos reparamos que estamos num barril de pólvora prestes a explodir...
A qualquer momento a Coreia do Norte vai começar uma guerra, o Estado Islâmico vai ganhar terreno e a Rússia...bem a Rússia vai-se aproveitar da situação como sempre...

Todos aqui sabemos que em caso de guerra, portugal terá que tomar medidas para aumentar o número de militares e assim poder fazer o seu papel enquanto aliado dos E.U.A.

A questão é a seguinte: Será o SMO uma das medidas implementadas pelo Governo para conseguir cumprir tal objetivo?

Cumprimentos



Calma!

Por acaso foi reposto quando dos conflitos no Iraque ou no Afeganistão???
 

*

kratos

  • Membro
  • *
  • 5
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-1
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #2 em: Setembro 04, 2017, 08:34:06 pm »
Boas pessoal!!

Já todos reparamos que estamos num barril de pólvora prestes a explodir...
A qualquer momento a Coreia do Norte vai começar uma guerra, o Estado Islâmico vai ganhar terreno e a Rússia...bem a Rússia vai-se aproveitar da situação como sempre...

Todos aqui sabemos que em caso de guerra, portugal terá que tomar medidas para aumentar o número de militares e assim poder fazer o seu papel enquanto aliado dos E.U.A.

A questão é a seguinte: Será o SMO uma das medidas implementadas pelo Governo para conseguir cumprir tal objetivo?

Cumprimentos



Calma!

Por acaso foi reposto quando dos conflitos no Iraque ou no Afeganistão???

Acho que não podemos comparar as situações.... Iraque e Afeganistão não estavam preparados da mesma forma que a Coreia do Norte está...
E temos o factor "Pátria"  que em países como a Coreia Do Norte parece ser muito decisivo .
Mas é apenas a minha opinião
 

*

Camuflage

  • Especialista
  • ****
  • 1187
  • Recebeu: 60 vez(es)
  • Enviou: 28 vez(es)
  • +2/-9
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #3 em: Setembro 04, 2017, 08:51:08 pm »
SMO não favorece em nada o nosso país, apenas a elite militar que gosta de ter escravos.
Portugal não tem nada a ver com a Coreia do Norte, é um assunto que o nosso país se deve alhear, assim como não se deve aproveitar a mínima coisa para meter outra ao barulho.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: kratos

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6867
  • Recebeu: 425 vez(es)
  • Enviou: 513 vez(es)
  • +23/-2
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #4 em: Setembro 04, 2017, 10:14:22 pm »
Todos aqui sabemos que em caso de guerra, portugal terá que tomar medidas para aumentar o número de militares e assim poder fazer o seu papel enquanto aliado dos E.U.A.

A questão é a seguinte: Será o SMO uma das medidas implementadas pelo Governo para conseguir cumprir tal objectivo?

Cumprimentos

Em caso de guerra Coreia do Norte VS EUA, o que Portugal vai fazer é dar todo o seu apoio político aos EUA, e no máximo substituir alguma força americana na Europa que seja desviada para o Pacífico, algo do género que fizemos na RCA ao substituir os franceses.

Não vamos nada implementar o SMO, Portugal não tem capacidade de equipar/treinar e deslocar milhares de tropas para lado nenhum, por isso esses militares todos iriam ficar em Portugal, o SMO para nós só serve para uma guerra defensiva, não temos nenhum interesse particular no Pacifico, no máximo enviarmos uma Fragata para Timor.
« Última modificação: Setembro 04, 2017, 10:18:37 pm por Lightning »
 

*

Anthropos

  • Membro
  • *
  • 21
  • Recebeu: 10 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +1/-0
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #5 em: Setembro 05, 2017, 10:25:26 am »
Não vamos nada implementar o SMO, Portugal não tem capacidade de equipar/treinar e deslocar milhares de tropas para lado nenhum, por isso esses militares todos iriam ficar em Portugal, o SMO para nós só serve para uma guerra defensiva

Mais do que isso, o SMO está completamente ultrapassado no que toca a forças militares modernas, com as necessidades completamente diferentes das de um exército de massas. Para além de que uma força de voluntários será sempre (pelo menos no papel) mais eficaz e motivada que uma força recrutada "à força".
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6867
  • Recebeu: 425 vez(es)
  • Enviou: 513 vez(es)
  • +23/-2
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #6 em: Setembro 05, 2017, 11:21:30 am »
Mais do que isso, o SMO está completamente ultrapassado no que toca a forças militares modernas, com as necessidades completamente diferentes das de um exército de massas. Para além de que uma força de voluntários será sempre (pelo menos no papel) mais eficaz e motivada que uma força recrutada "à força".

Portugal "no papel" diz que consegue mobilizar uma Brigada para uma missão de curta/média duração ou 3 Batalhões para missões de longa/duração, e se isso acontecesse, numa situação de desespero certamente, isso deve mobilizar quase tudo o que o Exército tem actualmente de voluntários e contratados, talvez, fosse preciso implementar o SMO para manter a máquina do Exército em Portugal minimamente funcional, por exemplo, fazer segurança aos quarteis em Portugal, que mesmo agora, com poucas centenas de militares no estrangeiro anda com problemas, imaginem se enviassem 2 ou 3 mil homens para fora.

Destas forças, eu acredito que a Brigada, só a conseguimos enviar para territorio europeu, teoricamente talvez norte de áfrica pela proximidade, mas politicamente não acredito, enviar uma Brigada para o outro lado do mundo é irreal, só se for a NATO/EUA a suportar tudo.

Enviarmos para o Pacifico uma força, no maximo de Batalhão, integrada numa força maior da NATO, talvez, mas com vários ses, tecnicamente talvez fosse possivel, mas como disse acima, não temos nada lá que valha a pena arriscar o nosso pessoal, isto em relação a combate directo, o que tecnicamente seja possivel, politicamente não há exemplo disso, nunca participamos nas primeiras forças em conflito nenhum recente, Golfo 91 a Iraque 2003, o que temos feito é, quando o pó acalma, integramos forças de manutenção de paz, isso também seria uma possibilidade, dependendo da Coreia do Norte, no fim da tal guerra, ser ou não um cemitério radioactivo, porque ai a força a enviar teria que ter capacidade de operar em ambiente NRBQ.
« Última modificação: Setembro 05, 2017, 11:24:48 am por Lightning »
 

*

Stalker79

  • Perito
  • **
  • 412
  • Recebeu: 59 vez(es)
  • Enviou: 489 vez(es)
  • +8/-4
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #7 em: Setembro 05, 2017, 02:41:21 pm »
O regresso do SMO penso que faria sentido duma forma limitada, mas para suprir as necessidades de pessoal nos três ramos das forças armadas.
Não por causa da coreia do norte ou do raio que os parta.
 blx2x1
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 420
  • Recebeu: 135 vez(es)
  • Enviou: 255 vez(es)
  • +15/-1
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #8 em: Setembro 05, 2017, 06:25:44 pm »
Em relação a esta discussão contra ou a favor do SMO parece-me só que faltaram só dois detalhes práticos que considero importantes:
- Os critérios de selecção do pessoal abrangido se formos para um SMO selectivo, o que desde coloca em causa o direito/dever de todos os portugueses na defesa nacional, em que teremos uns que são filhos da mãe e  os outros filhos de uma outra senhora.
(nota: Se fôr contra ou a favor do SMO escolha ao seu critério a Mãe respectiva para este caso)

-No caso do SMO  a todos os cidadãos/ãs ( porque se elas votam também podem carregar com uma HK-416+carregadores) também se vai adquirir 50000/60000 Hk-416/coletes balísticos/capacetes/etc... ou 30000/40000 de pessoal excedente fica com as G3 de cano liso, e contra os canhões marchar marchar, que isto de equipamentos modernos é para maricas ou pessoal do quadro?

Cumprimentos,

 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 1897
  • Recebeu: 483 vez(es)
  • Enviou: 1290 vez(es)
  • +26/-0
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #9 em: Setembro 05, 2017, 07:42:22 pm »
Só umas achegas que não têm a ver com o SMO. O estado actual do conflito é de armistício entre o Norte/China e a ONU. Um tratado de paz nunca foi assinado. Em caso de conflito, a ONU está automaticamente envolvida; ainda existe um comando da ONU, baseado no Japão, cuja principal missão é apoiar logisticamente reforços das nações participantes (Austrália, Canadá, EUA, Filipinas, França, NZ, RU, Tailândia e Turquia). Tendo a ONU um SG de nacionalidade portuguesa dá-nos responsabilidades acrescidas que, obviamente, não têm necessariamente que passar por uma intervenção militar directa, mas ainda assim...

A China já deixou bem clara a sua posição, pelo que um ataque por parte do Norte é pouco provável. O nosso futuro está exclusivamente nas (pequenas) mãos de uma criança de 71 anos. A haver um ataque por parte dos EUA/Japão/CdS, uma intervenção chinesa é altamente provável e não estou a ver nem as Filipinas nem a Tailândia a quererem hostilizar o gigante regional. A Turquia, dada a crescente tensão com o Ocidente, vai certamente ficar de fora e aproveitar a distracção americana para esmagar os curdos na Síria e no Iraque.

Resumindo, se o maluco decidir ir para a frente estamos todos bem lixados com um F dos grandes. O impacto económico vai ser devastador e podemos ainda assistir à abertura de múltiplas frentes de conflito. A recente trégua entre Síria (Russia)/Líbano/Hezbollah (Irão) e o daesh e a cimeira entre Turquia e Irão para decidir o futuro dos curdos na Síria e Iraque são sinais extremamente intrigantes.
« Última modificação: Setembro 05, 2017, 07:43:56 pm por NVF »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6867
  • Recebeu: 425 vez(es)
  • Enviou: 513 vez(es)
  • +23/-2
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #10 em: Setembro 05, 2017, 09:16:45 pm »
Eu neste campo do SMO só quero relembrar que à 100 anos também se pegou em fornadas de pessoal e enviou-se à pressa para o triturador de carne, o resultado não foi muito bom para o nosso lado.
Convém não nos esquecermos das lições do passado.
« Última modificação: Setembro 05, 2017, 09:18:42 pm por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: perdadetempo, Stalker79

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 3995
  • Recebeu: 205 vez(es)
  • Enviou: 224 vez(es)
  • +9/-0
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #11 em: Setembro 05, 2017, 09:51:54 pm »
Eu neste campo do SMO só quero relembrar que à 100 anos também se pegou em fornadas de pessoal e enviou-se à pressa para o triturador de carne, o resultado não foi muito bom para o nosso lado.
Convém não nos esquecermos das lições do passado.

SMO de quatro meses, é deitar dinheiro fora, além de que eu acredito tanto na seu regresso, como estado ir gastar 2% do PIB nas forças armadas!
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Lightning, perdadetempo, jorgeshot1

*

Anthropos

  • Membro
  • *
  • 21
  • Recebeu: 10 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +1/-0
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #12 em: Setembro 06, 2017, 04:41:27 pm »
Portugal "no papel" diz que consegue mobilizar uma Brigada para uma missão de curta/média duração ou 3 Batalhões para missões de longa/duração, e se isso acontecesse, numa situação de desespero certamente, isso deve mobilizar quase tudo o que o Exército tem actualmente de voluntários e contratados, talvez, fosse preciso implementar o SMO para manter a máquina do Exército em Portugal minimamente funcional, por exemplo, fazer segurança aos quarteis em Portugal, que mesmo agora, com poucas centenas de militares no estrangeiro anda com problemas, imaginem se enviassem 2 ou 3 mil homens para fora.

Eu não discuto que o sistema actual não chega para manter as FA com corpos que cheguem, mas voltar ao SMO não é minimamente indicado, nem sequer existe uma consciência de dever civil que apoie tal coisa. Seria um exercício em futilidade, com protestos constantes e sem (na minha opinião) grandes benefícios. Mudanças no sistema actual? Sem duvida que são necessárias, a começar nos salários e nos próprio anúncios ao serviço militar e ao que este pode fazer por quem se alista.
Mas se calhar aí já se entrava com a questão de "será que Portugal se afirma/pode afirmar como potência militar credível?", questão que me parece não ter uma resposta muito agradável.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4444
  • Recebeu: 720 vez(es)
  • Enviou: 520 vez(es)
  • +31/-10
Re: Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #13 em: Setembro 07, 2017, 12:28:12 pm »
SMO só recentemente os Suecos e nada tem a ver com os Norte Coreanos.  ;)

http://www.euronews.com/2017/03/02/sweden-reintroduces-military-service
Citar
he Swedish government is reintroducing compulsory military service for both men and women. Officials say it is because of what Defence Minister Peter Hultqvist calls a deteriorating security environment in Europe and around Sweden.

Under the plan approved on Thursday, at least 4,000 18-year-olds could be called up each year, starting 1 January.

The policy only applies to residents born after 1999.

It will still be possible to volunteer for military service in Sweden.



When did Sweden abolish compulsory military service?


In 2010.

At that point, only men were eligible.

The feeling was that there were enough volunteers to meet the region’s military needs.

Military build-up
In September, non-NATO member Sweden stationed permanent troops on the Baltic Sea island of Gotland.

Hultqvist described this as “sending a signal” after Russia’s 2014 annexation of Crimea and its “increasing pressure” on the neighbouring Baltic states of Estonia, Latvia and Lithuania.


Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

kratos

  • Membro
  • *
  • 5
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-1
Serviço Militar Obrigatório de Regresso?
« Responder #14 em: Novembro 02, 2017, 09:21:54 pm »
Deputados do PS e do PSD defendem regresso do serviço militar obrigatório


Deputados do PS e PSD admitem que o país deve equacionar regresso do SMO. O assunto está longe de ser consensual nos principais partidos e divide a esquerda


O debate sobre o regresso do serviço militar obrigatório (SMO) está a ganhar dimensão em alguns países europeus. A Suécia já decidiu reintroduzir o SMO a partir do próximo ano. Em França, a passagem obrigatória pela tropa tornou-se assunto de campanha com o candidato Emmanuel Macron a defender que “todos os jovens franceses tenham a oportunidade de experimentar, mesmo que brevemente, a vida militar”.

Em Portugal, os jovens deixaram de ser chamados para cumprir o serviço militar a partir de 2004. O PCP foi o único partido a contestar a decisão, mas mais de dez anos depois o regresso do SMO é visto como uma possibilidade por deputados do PS e do PSD.

José Miguel Medeiros, coordenador do PS na Comissão de Defesa Nacional, defende, a título pessoal, que “está na altura de o assunto ser ponderado seriamente” e que “há muitas razões que justificam que se comece a trabalhar no assunto”. Em declarações ao i, o deputado socialista defende que “a defesa do país é uma das missões mais nobres que qualquer um de nós pode assumir”. Medeiros admite, no entanto, que o regresso do SMO coloca vários problemas: “com o modelo que tínhamos teríamos de recrutar, entre homens e mulheres, 150 mil jovens e não precisamos de 150 mil pessoas. E não temos instalações militares com condições para receber tantos jovens. Exige um investimento brutal que o país pode não estar preparado para fazer”.

O PSD também não tem uma posição oficial, mas Pedro Roque, coordenador do partido na comissão que trata os assuntos de Defesa, tem “uma posição favorável” à reintrodução do SMO.

“Tenho uma visão favorável ao regresso do serviço militar obrigatório. Para garantir o recrutamento, porque as Forças Armadas estão com dificuldades, mas também porque houve componente cívica que se perdeu com o fim do SMO”, diz ao i o deputado social-democrata.

PCP a favor do SMO

O PCP é o único partido que tem uma posição oficial a favor do serviço militar obrigatório.

Questionado sobre a possibilidade de o país voltar a ter a obrigatoriedade de os jovens cumprirem o serviço militar, o PCP garante que o seu “posicionamento sobre a questão do SMO é o mesmo de sempre e tem expressão no artigo 276º nº 1 da Constituição da República Portuguesa que diz: ‘a defesa da Pátria é direito e dever fundamental de todos os portugueses´. Esta consideração tem por base a natureza das Forças Armadas e não qualquer critério conjuntural ou instrumental”.

A JCP explica, na resolução política aprovada no congresso, que decorreu no último fim-de-semana, em Setúbal, que “só com uma ampla participação popular nas Forças Armadas se garante que também esta instituição seja democrática e o espelho da sociedade”. Os jovens comunistas defendem “um serviço militar que a todos obrigue, inclusivo para rapazes e raparigas, que seja encarado não só como um dever mas, acima de tudo, como um direito inalienável dos jovens na participação efectiva na defesa e soberania nacionais e os direitos do povo”.

A esquerda divide-se quando o tema é o SMO. O Bloco de Esquerda continua a ser contra qualquer modelo que obrigue os jovens a frequentar a tropa. Do lado do CDS, João Rebelo, que pertence à comissão de Defesa, defende que é preciso criar condições para atrair mais jovens para a vida militar, mas, para já, não equaciona o regresso do SMO. “O modelo actual não está esgotado. Deve, porém, ser alterado radicalmente em termos de incentivos financeiros e das condições que os militares têm nas suas unidades. Devem também ser alterados os incentivos ao regresso à vida civil”, afirma ao i o deputado centrista.
 

 

Como é viver como Militar

Iniciado por JD92Quadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 14
Visualizações: 3412
Última mensagem Julho 05, 2009, 12:41:58 pm
por Xô Valente
"Profissionalização" da Saúde Militar

Iniciado por LanceroQuadro Portugal

Respostas: 0
Visualizações: 1561
Última mensagem Setembro 22, 2006, 07:55:35 pm
por Lancero
A unidade militar mais "dura"

Iniciado por YosyQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 17
Visualizações: 7582
Última mensagem Julho 09, 2005, 06:05:45 pm
por Yosy
"Erasmus militar" Portugal/Espanha

Iniciado por LanceroQuadro Portugal

Respostas: 8
Visualizações: 4391
Última mensagem Julho 22, 2009, 10:29:57 pm
por dannymu
Ensino Superior na academia militar ou na academia naval

Iniciado por RuiPSousaQuadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 2
Visualizações: 834
Última mensagem Janeiro 09, 2017, 01:08:42 am
por RuiPSousa