O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas

  • 38 Respostas
  • 3675 Visualizações
*

Camuflage

  • Especialista
  • ****
  • 1187
  • Recebeu: 60 vez(es)
  • Enviou: 28 vez(es)
  • +2/-9
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #30 em: Fevereiro 24, 2018, 12:33:45 pm »
Blablabla queremos é $$$ para financiar operações.
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1142
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-25
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #31 em: Março 01, 2018, 08:17:14 pm »
Presidente da República lembra que Defesa Nacional “é política de regime”
https://24.sapo.pt/atualidade/artigos/presidente-da-republica-lembra-que-defesa-nacional-e-politica-de-regime

Citar
Marcelo Rebelo de Sousa recordou que a Defesa Nacional, como a Política Externa, tem sido uma “política de regime” desde a Constituição Portuguesa de 1976, e avisou que, “debalde, se procurarão divergências” entre os órgãos de soberania.

Esse “inevitável empenhamento conjunto” de todos, do Governo, “em sintonia com o Presidente”, advertiu, deve ser tido em conta “na reflexão” sobre os investimentos militares, “no reforço de capacidade dos ramos, como no avanço para as metas internacionalmente assumidas quanto à percentagem do PIB [Produto Interno Bruto] alocado à Defesa Nacional”.

As Forças Armadas sabem que “contam com a aposta” dos órgãos de soberania, acrescentou, dizendo acreditar que o mandato de Silva Ribeiro, o almirante que será o novo Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, será “bem-sucedido”.

O novo líder do PSD, Rui Rio, foi um dos convidados da cerimónia, que decorreu no Palácio de Belém, em Lisboa, e em que o almirante António Silva Ribeiro sucedeu ao general Pina Monteiro como Chefe das Forças Armadas.

O ministro da Defesa Nacional , José Azeredo Lopes, esteve igualmente presente, entre outros convidados.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 1897
  • Recebeu: 483 vez(es)
  • Enviou: 1290 vez(es)
  • +26/-0
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #32 em: Março 05, 2018, 01:45:35 am »
Os MLUs das fragatas não avançam (se o novo CEMA refere que é prioridade é porque está atrasado). A entrada ao serviço dos restantes Tejo arrasta-se. As armas ligeiras e as viaturas 4x4 para o Exército, cujo processo de aquisição foi adjudicado à NATO, encontra-se igualmente atrasado devido 'à elevada complexidade'.

Atenção que isto são tudo programas com o carcanhol já alocado pelas Finanças e aprovadinho em DR. E depois dizem que nunca a LPM teve níveis de execução tão elevados e que não há cativações na Defesa. É só rir!  :snipersmile:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1702
  • Recebeu: 179 vez(es)
  • Enviou: 399 vez(es)
  • +7/-1
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #33 em: Março 05, 2018, 05:44:06 am »
Atenção que isto são tudo programas com o carcanhol já alocado pelas Finanças e aprovadinho em DR.
É como o dinheiro que o Arsenal do Alfeite já tem para a modernização mas que não é autorizado a gastar.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14207
  • Recebeu: 694 vez(es)
  • Enviou: 702 vez(es)
  • +50/-30
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #34 em: Março 16, 2018, 11:29:38 am »
Enquanto que o pessoal continua a sonhar com novas aquisições para as Forças Armadas, o governo sonha com outras coisas:

Portugal com excedente orçamental em 2020? Conselho de Finanças diz que sim
15 DE MARÇO DE 2018
Conselho estima défice de 1%, em 2017, e de 0,7%, em 2018, abaixo dos previstos pelo Governo. Assume que Portugal terá saldo orçamental positivo em 2020.

o relatório Finanças Públicas: Situação e Condicionantes 2018-2022 divulgado hoje, o Conselho de Finanças Públicas (CPF) projeta um défice de 1% em 2017, de 0,7% este ano e o último em 2019, de 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB).

A partir de 2020, de acordo com as projeções do Conselho, Portugal passa a ter um excedente orçamental, de 0,1% nesse ano, de 0,8% em 2021 e de 0,6% do PIB em 2022.

De acordo com o primeiro-ministro, António Costa, o défice orçamental deverá ficar perto dos 1,1% em 2017 (o valor é divulgado pelo Instituto Nacional de Estatística na final da próxima semana) e dos 1,1% este ano, tendo em consideração as medidas de resposta aos incêndios

Este é um cenário que "há muito pouco tempo consideraríamos impossível", admitiu a presidente do CFP, Teodora Cardoso.

Em setembro, na atualização do relatório Finanças Públicas: Situações e Condicionantes 2017-2021, o CFP previa que um défice orçamental de 1,4% do PIB em 2017, de 1,3% em 2018, de 1% em 2019, de 0,8% em 2020 e de 0,2% em 2021.

https://www.tsf.pt/economia/interior/conselho-de-financas-publicas-estima-menos-defice-do-que-governo-e-excedente-a-partir-de-2020-9189087.html
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 1590
  • Recebeu: 406 vez(es)
  • Enviou: 194 vez(es)
  • +30/-3
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #35 em: Março 29, 2018, 03:23:55 pm »
O DN de ontem traz uma peça relacionada com os problemas de recrutamento, pela voz do ex-CEMFA General José Pinheiro.

Citar
"Operacionalidade" das Forças Armadas "está em causa"
José Araújo Pinheiro defende que o problema do recrutamento militar não é novo, mas que hoje é mais grave do que nunca

https://www.dn.pt/portugal/interior/ex-chefe-da-forca-aerea-diz-que-recrutamento-poe-em-causa-a-operacionalidade-de-setores-das-forcas-armadas-9220740.html
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

Stalker79

  • Perito
  • **
  • 412
  • Recebeu: 59 vez(es)
  • Enviou: 489 vez(es)
  • +8/-4
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #36 em: Março 29, 2018, 03:31:33 pm »
O DN de ontem traz uma peça relacionada com os problemas de recrutamento, pela voz do ex-CEMFA General José Pinheiro.

Citar
"Operacionalidade" das Forças Armadas "está em causa"
José Araújo Pinheiro defende que o problema do recrutamento militar não é novo, mas que hoje é mais grave do que nunca

https://www.dn.pt/portugal/interior/ex-chefe-da-forca-aerea-diz-que-recrutamento-poe-em-causa-a-operacionalidade-de-setores-das-forcas-armadas-9220740.html

Esta questão de passar os contratos para 18 anos acho que não vai resolver nada. Já agora me dizem que não sabem o que fazer depois de passar 7 anos nas forças armadas quanto mais.
Se querem de facto uma profissionalização das forças armadas e tentar minimizar a falta de pessoal vão ter de criar uma carreira para praças como existe na marinha.
 :-\
 

*

raphael

  • Especialista
  • ****
  • 1013
  • Recebeu: 105 vez(es)
  • Enviou: 125 vez(es)
  • +8/-0
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #37 em: Março 29, 2018, 04:32:19 pm »
O DN de ontem traz uma peça relacionada com os problemas de recrutamento, pela voz do ex-CEMFA General José Pinheiro.

Citar
"Operacionalidade" das Forças Armadas "está em causa"
José Araújo Pinheiro defende que o problema do recrutamento militar não é novo, mas que hoje é mais grave do que nunca

https://www.dn.pt/portugal/interior/ex-chefe-da-forca-aerea-diz-que-recrutamento-poe-em-causa-a-operacionalidade-de-setores-das-forcas-armadas-9220740.html

Esta questão de passar os contratos para 18 anos acho que não vai resolver nada. Já agora me dizem que não sabem o que fazer depois de passar 7 anos nas forças armadas quanto mais.
Se querem de facto uma profissionalização das forças armadas e tentar minimizar a falta de pessoal vão ter de criar uma carreira para praças como existe na marinha.
 :-\

Por essa vou esperar sentado.
Até porque se os contratos de 18 anos avançarem o mais provável é extinguirem o quadro de praças QP da Marinha
Porque o que acaba por rebentar com os orçamentos são as despesas com pessoal e sendo QP é assistência médica vitalicia e todos os custos médicos associados.
O quadro de Praças é a força motriz, são os que mais dão o corpo ao manifesto...entre um Praça com 38 anos e um na casa dos 50....as tarefas do mais velho assemelham-se mais às de um sargento do que um Praça.

Mas é futurologia, fala-se dos contratos de longa duração, está legislado mas não está de todo implementado.
Um abraço
Raphael
__________________
http://www.liveleak.com/view?i=243_1184948040
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7521
  • Recebeu: 299 vez(es)
  • Enviou: 102 vez(es)
  • +40/-52
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #38 em: Julho 13, 2018, 11:52:25 pm »
Mais uma voz a afirmar o que aqui tenho defendido (sem aparente sucesso, diga-se), mas que aqui fica para memória futura.

https://facebook.com/groups/112270935472704/647857021914090/

Pedro Tinoco de Faria

3 de julho 05:28

A Única solução é a Porrada.

Para recordar a actualidade, depois da impunidade do assalto aos paiois, depois, da exoneração dos Coronéis, depois do movimento das Espadas, depois da demissão de bons Generais, que no expresso foram apelidados de traidores por demagogos Generais comentadores, os Coroneis exonerados serão Generais, e assim o Exercito será cada vez mais uma organização politizada, Comandada por Oficiais servis e com uma divida a pagar, o preço de serem eleitos não por mérito mas por reverência a ministros eunucos e Generais com tomates cor de rosa, numa ditadura da democracia que oprime o povo e valoriza a imoralidade, a corrupção e a impunidade e não servem os seus Soldados e o seu Pais.

Tudo na mesma, os meus parabéns ao Ministro da defesa pela mestria de manipulação e por saber quem escolhe para o servir...Um pau mandado.

Mais do que quando escrevi este post, hoje sinto me enojado com estes políticos e com todos os Oficiais Generais que permitiram a destruição das Forças Armadas, desde a extinção do Regimento de Comandos em 93, a insana passagem dos Paraquedistas para o Exército e á entrega do Comando de homens a civis e a Bombeiros e permitiram que hoje se misturem agulhetas, machadinhas e mangueiras com tropa de combate.

Já não acredito numa solução pacífica, se hoje fosse militar saia para a rua com uma unidade e acabava a mama a esta corja de políticos, boys, e jobs que gozam com o povo. Até quando este rebanho sem educação que desvaloriza os professores e aclama quem o subjuga se irá acobardar?

MANIFESTO DO PAIOL e da HONRA.

Cá venho eu de novo a ferver, mas assim é a vida, chegamos a uma altura em que não fazemos fretes e acima de tudo não há tempo para conversa da treta.

Engraçado ver como os militares se têm movido nos ultimos anos, ha uns que se juntam em Lobies do PSD e do PS...e conheço bem estes grupos desde que era tenente e os observava: um grupo de distintos oficiais ligados ao PSD a serem escolhidos quando este era eleito, todos sorridentes e garbosos nas suas fardetas de comissarios politicos ostentavam ao peito as medalhas do declinio da essência das forças armadas e degladiavam-se pela miséria doirada da subserviência do estrelato.....e assim começou a queda do Império.

Depois de Ramalho Eanes, foi um nunca mais parar a queda, todos, eles, todos os politicos sem excepção fizeram bem o seu mister...enfraquecer a essência militar, para poder dominar, com argumento da contenção economica e as compra de viaturas ministriais de outras mordomias no entanto não parou e que não dispensam ainda hoje... o exemplo puro de " SERVIÇO PUBLICO"

Não se virem contra os politicos, têm feito o seu trabalho no mundo da luxuria, da corrupação, da falta de sobriedade e de desrespeito pela ética e pela moral e de nos submeterem `sob a ditadura da democracia.

Têm feito bem o seu trabalho porque nomeiam os seus delfins para o comando das tropas e aqueles que se lhes opõem são demitidos com o rebanho em silêncio, abandonados.

Olhem para dentro da instituição, para o perpetuar de um rebanho que se deixa conduzir obedientemente.

Onde chegámos? temos pelotões de Oficiais Superiores a Comandar secções de soldados, ,temos até comentadores militares que alimentam uma maquina sem moral de comunicação social, indo dar umas bocas que perpetuam a verdade da mentira, e querem segurança nos paiois?

Engraçado quando vejo camaradas a comentar incêndios, jihad, mortes nos Comandos, Daesh, paiois , e morreu um militar a defender uma Patria eunuca e não é assunto...não vende, não dá protagonismo.....

Morreu um militar, tem uma viuva e dois filhos de tenra idade, irá receber uma miseravel pensão de preço de sangue derramado por nós militares....e andamos virados para fora, para o superfulo, para o protagonismo, para o daesh, e a jihad e os incendios e o cacete. Esquecemo-nos de nós, e damos tiros nos pés

Estive dia 29 de junho nos Comandos, cruzei-me como o meu camarada de curso Coronel Dores Moreira,,um excelente Oficial, meio calado, nunca o vi na televisão não ser para defender os seus homens, não tem muito protagonismo, mas é um Oficial do meu curso. Que vou fazer quando ele for preso? que irei dizer? a que me obriga a conduta militar, a que me obriga a camaradagem..a estar ao lado dele sempre.

Cruzei-me com supostos criminosos, ele o Comandante e os seus homens, apelidados de sadicos por procuradores e juizes da nomenclatura, tambem eles delfins desta corja politica e hoje indiciados com processo crime e sujeitos a penas até 16 anos de prisão

Quando eles forem presos com prisão efectiva por estarem a cumprir o seu dever o que fazem os Deuses da guerra?

Que vão dizer os comentadores todos garbosos a alimentar esta maquina podre da comunicação social?

" ESTEJAM ATENTOS QUE VOU FALAR NA SIC..TVI..RTP"

CACETE

o que fazem os Chefes?

O que vamos fazer?

Temos excelentes soldados nas nossas forças Armadas, trabalhei com Fuzileiros, Paras, Comandos, Comandantes de Navios de Guerra, Policias, GNR, Pilotos, Generais, Oficiais, Sargentos e Praças, do melhor que há no mundo e não tenho duvidas disso...e é crime de lesa Pátria ver perder algo que somos e é um património inestimável de moral e de sentido do dever.

É preciso falar, pensar, o que queremos e deixarem-se de andar a lamber as badanas dos politicos à procura de algo que nunca nos vão ensinar a ter...HONRA."

Significado de Honra:

Sentimento do dever, da dignidade e da justiça.
 Conjunto de .ações e qualidades que fazem com que alguém seja respeitado. = DIGNIDADE, HONRADEZ, PROBIDADE, .RETIDÃO
 Distinção que resulta de .ações ou qualidades que nobilitam.
 Pessoa que ilustra uma classe, um país
 Qualidade de quem tem comportamento prudente, recatado ou considerado moralmente certo. = DECÊNCIA, DECORO, RECATO, SERIEDADE

Não falem dos politicos, tudo mais do mesmo, boys...+ boys e lobies... com raras excepções de gente que é honesta.

Quem já foi apresentar condolências e oferecer apoio á mulher e filhos do nosso camarada que foi morto? Esta esquecido..fodeu-se...talvez os filhos se venham a questionar como já me questionei um dia : que puta de Patria é esta?

Queremos PAIOIS ou HONRA? Sem honra, sem moral, sem formação dura e exigente, sem tropa, sem honrarem os nossos mortos e protegerem os nossos orfãos, não há paiois que resistam.

Para defendermos os nossos Paiois temos de exigir que nos honrem.

Sinto me enojado


Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Cabeça de Martelo, HSMW, Stalker79

 

Coreia do Norte vs Coreia do Sul - Forças Aéreas

Iniciado por BC304Quadro Forças Aéreas/Sistemas de Armas

Respostas: 26
Visualizações: 9591
Última mensagem Abril 09, 2015, 03:44:33 pm
por olisipo
"Defesa pessoal" para Forças de Segurança

Iniciado por JKDU PortugalQuadro Forças de Segurança

Respostas: 11
Visualizações: 7101
Última mensagem Agosto 01, 2008, 05:43:48 pm
por RicP
Forças de elite dos "Mossos d´Esquadra" (Catalunha)

Iniciado por urso bêbadoQuadro Forças Policiais de Elite

Respostas: 1
Visualizações: 2481
Última mensagem Maio 08, 2012, 09:43:52 pm
por Lightning
Marca e modelo de algemas usadas pelas forças de segurança?

Iniciado por DuarteQuadro Forças de Segurança

Respostas: 3
Visualizações: 5367
Última mensagem Fevereiro 01, 2010, 04:31:54 am
por Frezze
Forças mecanizadas do exército Espanhol à beira de Portugal

Iniciado por dremanuQuadro Portugal

Respostas: 13
Visualizações: 4613
Última mensagem Maio 08, 2006, 12:40:15 pm
por carlovich