O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas

  • 6 Respostas
  • 749 Visualizações
*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7507
  • Recebeu: 284 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +38/-38
É agora completamente notório que as Forças Armadas - que são o derradeiro recurso da Defesa da Nação -  estão em processo de desmantelamento.
Importa pois encarar essa situação e analisar o processo, actores, e facilitadores, e se possível tentar encontrar um motivo racional para tal fenómeno.

Para tal gostaria de abordar a questão, começando por um corpo com responsabilidades democráticas no estado de coisas: a Comissão de Defesa Nacional (Comissão Parlamentar) https://www.parlamento.pt/sites/com/XIIILeg/3CDN/Paginas/default.aspx

Considerando que a questão da Defesa Nacional, tal como a Justiça e a Administração Interna são basilares para qualquer Estado desde que existem estados, seria lógico que a formação dos responsáveis políticos fossem escolhidos pelas competências e interesses (desinteressados  ;)) que os mesmos possuem nesta temática.
E o que vemos?

Marco António Costa - Licenciatura em Direito Presidente
Miranda Calha - Licenciatura em letras - Vice-Presidente
João Vasconcelos - Mestrado em História Contemporânea (BE) Coordenador GP; Vice-Presidente
Bruno Vitorino - Licenciatura em Ciência Política
Carlos Costa Neves – Jurista
Clara Marques Mendes – Advogada
Firmino Pereira – Empresário
José de Matos Correia - Licenciatura em Direito
Luís Pedro Pimentel - Vitivinicultor
Pedro Roque - Licenciatura em História
Rui Silva - Licenciatura em Humanidades
Ascenso Simões - Mestrado em Gestão, Curso Geral de Segurança da Informação Classificada.
Diogo Leão - Licenciatura em História
Idália Salvador Serrão - Licenciatura em Ciências Sociais - Serviço Social
João Soares - Frequência de Licenciatura em direito
José Miguel Medeiros - Licenciatura em Geografia
Miguel Coelho - Licenciatura em Ciência Política
Rosa Maria Bastos Albernaz - Licenciatura em História
Vitalino Canas - Doutoramento em Direito
Pedro Filipe Soares - Licenciatura em Matemática Aplicada à Tecnologia; Frequência de Mestrado em Detecção Remota - Bloco de Esquerda
António Carlos Monteiro - Licenciatura em Direito
Jorge Machado - Licenciatura em Direito

Constata-se aqui que a formação predominante é o Direito (36%) . Com os demais cursos de letra(s)  ::) o valor atinge 81%.
Dos que têm formação em letras considerados relevantes para questão de defesa temos os cursos de história. E nisto constatamos o seguinte:

João Vasconcelos - Mestrado em História Contemporânea (BE) Coordenador GP; Vice-Presidente
Pedro Roque - Licenciatura em História;
Diogo Leão - Licenciatura em História;
Rosa Maria Bastos Albernaz - Licenciatura em História

Aqui retira-se que o membro com melhor formação no âmbito da história e importância na Comissão, pertence ao Bloco de Esquerda, partido internacionalista, tendo como obra publicada "O 18 de janeiro de 1934 - História e Mitificação".

Diogo Leão (PS) e de cultura das Jotas, tem obra publicada: "Maia Magalhães: um militar «democrático» na Grande Guerra e na resistência ao Sidonismo Ler História".

Quanto a Rosa Albernaz (PS) é uma apparatchik (Presidente das Mulheres Socialistas do PS de Aveiro), não tendo obra publicada.

No que diz respeito a formação com impacto mais efectivo na defesa nacional temos:

Ascenso Simões (PS) - Mestrado em Gestão, Curso Geral de Segurança da Informação Classificada (globalmente mais dirigido às autarquias, floresta e empresa);
Pedro Filipe Soares - Licenciatura em Matemática Aplicada à Tecnologia; Frequência de Mestrado em Detecção Remota - Bloco de Esquerda.

Ou seja, o parlamentar com formação técnica mais hard core é mais uma vez um parlamentar do Bloco.

Por fim, temos Luís Pedro Pimentel (PSD) - vitivinicultor (e apparatchik).

Considerando a presidência da Comissão - Marco António Costa (advogado) https://www.publico.pt/2016/03/19/politica/noticia/tribunal-pede-ao-parlamento-autorizacao-para-inquirir-marco-antonio-costa-1726613

Considerando a constituição desta Comissão parlamentar sobre um dos assuntos mais sensíveis para a Defesa da Nação Portuguesa, é este tipo de elementos que os partidos escolhem?
Um vitivinicultor, FFS???









« Última modificação: Maio 26, 2017, 03:26:27 pm por Luso »
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 13837
  • Recebeu: 606 vez(es)
  • Enviou: 648 vez(es)
  • +42/-11
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #1 em: Maio 26, 2017, 03:43:34 pm »
Entre um Viticultor e um Advogado... acredito que estas Comissões são para Inglês ver e que de nada servem a não ser para o contínuo jogo politico.

Omais bizarro disto tudo é que o desmantelamento deliberado, é ainda mais visível quando é a Direita a governar... :o
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7507
  • Recebeu: 284 vez(es)
  • Enviou: 101 vez(es)
  • +38/-38
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #2 em: Maio 26, 2017, 04:06:55 pm »
Entre um Viticultor e um Advogado... acredito que estas Comissões são para Inglês ver e que de nada servem a não ser para o contínuo jogo politico.

Omais bizarro disto tudo é que o desmantelamento deliberado, é ainda mais visível quando é a Direita a governar... :o

A "direita" que tem autorização para existir é apenas a "direita" do negócios e negociatas e dos grupos económicos. Porque culturalmente alinha com os modernaços.
A Direita acabou com o Manuel Monteiro.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo, Stalker79

*

Stalker79

  • Membro
  • *
  • 274
  • Recebeu: 33 vez(es)
  • Enviou: 384 vez(es)
  • +5/-4
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #3 em: Maio 29, 2017, 11:23:52 pm »
Exatamente, a unica direita que existe é a neo-liberal que se puder vender tudo para ganhar uns trocos o farão sem pensar duas vezes.
 :G-bigun:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: nelson38899

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1665
  • Recebeu: 167 vez(es)
  • Enviou: 395 vez(es)
  • +6/-1
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas Novo
« Responder #4 em: Janeiro 19, 2018, 08:01:03 pm »
Força Aérea Portuguesa:

2018:
- Fim da frota Alpha Jet sem substituto imediato ou a médio-/longo-prazo. É feito o outsourcing do treino de pilotagem avançada para o estrangeiro.
- Fecho da Base Aérea do Montijo e conversão para aeroporto civil.
- Preparação/início da abertura da Base Aérea de Monte Real a operações civis.
- Substituição dos Allouette III por apenas cinco aeronaves mono-motor.

2019:
- Face à falta de pilotos e horas de voo suficientes para formação, é decidido adiar o início operacional da Força Aérea no combate aos incêndios. São reforçados os meios alugados a empresas privadas no combate aos incêndios.
- Devido a restrições «financeiras» para a substituição dos Falcon e face à contratação do INEM de helicópteros de transportes de doentes, cujo contratos incluem também o pessoal médico, é decidido passar a tutela e responsabilidade do transporte de doentes e o transporte de órgãos para o INEM e contratar uma empresa privada para assegura essa missão de interesse público.

2020:
- São retirados de serviço os últimos Falcon e é extinta a Esquadra 504. A missão de transporte de altas entidades passa a ser assegurada por um avião contratado a uma empresa privada.
- Face à falta de pilotos é adiado o combate aos incêndios por parte da FAP.

2021
- Face à falta de pilotos e horas de voo suficientes, o MDN decide fazer outsourcing da pilotagem em helicóptero da FAP de forma a libertar a Esquadra 552 para as restantes missões, incluindo as de interesse público.
- São retirados de serviços os últimos Epsilon sem um substituto, sendo continuado o outsourcing do treino de pilotagem em centros de formação estrangeiros e outras forças aéreas estrangeiras.

2024
- Devido a problemas provenientes da falta de horas de voo com os helicópteros ligeiros (AW119) é decidido contratar uma empresa privada para garantir a busca e salvamento na zona costeira. Chega ao fim o destacamento da Esquadra 552 em Ovar.

2027
- Face à baixa disponibilidade da frota EH-101 e aumento de custos devido à manutenção e modernização dos helicópteros, os arquipélagos passam a contratar empresas privadas para garantir o transporte urgente de doentes entre ilhas.

2030
- Passa a ser totalmente privatizada (contratada a civis) a busca e salvamento em Portugal continental devido a problemas de disponibilidade da frota EH-101.

2032
- A busca e salvamento em Portugal e ilhas passa a ser contratada a civis face à falta de recursos financeiros para a modernização dos helicópteros EH-101 e garantir a operação das aeronaves em segurança nas águas da responsabilidade portuguesa.

2034
- São retirados de serviço os helicópteros EH-101 Merlin sem um substituto. É extinta a Esquadra 751.

2035
- Após várias tentativas de substituição dos F-16, é decidido acabar com a aviação de caças em Portugal devido a restrições «financeiras». O governo assina um memorando (contrata) o Reino Unido para garantir a protecção do espaço aéreo português.

Falta-me fechar depois mais bases e abater: P-3C, C-295, C-130/substituto do C-130 e helicóptero ligeiro.

Cumprimentos,
« Última modificação: Janeiro 21, 2018, 10:17:56 pm por Get_It »
:snip: :snip: :Tanque:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 7799
  • Recebeu: 544 vez(es)
  • Enviou: 768 vez(es)
  • +28/-2
    • http://youtube.com/HSMW
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas
« Responder #5 em: Janeiro 19, 2018, 08:40:16 pm »
É como aquele caso em que foram rebentar com o multibanco do prédio da ministra.
Na semana seguinte foram capturados e mortos elementos de grupos que se dedicavam a rebentar caixas MB.

A situação só se irá inverter quando a vida dos políticos e generais estiver directamente ameaçada.

http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6654
  • Recebeu: 359 vez(es)
  • Enviou: 456 vez(es)
  • +20/-2
Re: O Desmantelamento Deliberado das Forças Armadas Portuguesas Novo
« Responder #6 em: Janeiro 19, 2018, 10:41:53 pm »
Cada um é livre de pensar o que quiser, mas a mim já cansa ler tanto pessimismo.

Bem se viu no recente incêndio de Tondela que quando os helis alugados do INEM já não davam conta do recado para onde é que se viraram.




Não estou a dizer que um ou outro serviço não seja privatizavel, e para coisas programáveis, o privado costuma ser financeiramente mais eficiente, mas o problema é quando a questão toma dimensões superiores ao planeado que não estão no contracto de fornecimento de serviços, o governo vai sempre querer ter uma reserva por mais pequena que seja de meios sob controlo directo, para situações raras de dimensão acima do normal.

Que tal ir beber uma cervejinha numa esplanada à beira mar, ver o pôr-do-sol, as meninas a correr junto à praia  e pensem em coisas mais positivas um bocadinho...
« Última modificação: Janeiro 19, 2018, 10:47:19 pm por Lightning »
 

 

Coreia do Norte vs Coreia do Sul - Forças Aéreas

Iniciado por BC304Quadro Forças Aéreas/Sistemas de Armas

Respostas: 26
Visualizações: 8357
Última mensagem Abril 09, 2015, 03:44:33 pm
por olisipo
"Defesa pessoal" para Forças de Segurança

Iniciado por JKDU PortugalQuadro Forças de Segurança

Respostas: 11
Visualizações: 6280
Última mensagem Agosto 01, 2008, 05:43:48 pm
por RicP
Forças de elite dos "Mossos d´Esquadra" (Catalunha)

Iniciado por urso bêbadoQuadro Forças Policiais de Elite

Respostas: 1
Visualizações: 2052
Última mensagem Maio 08, 2012, 09:43:52 pm
por Lightning
Marca e modelo de algemas usadas pelas forças de segurança?

Iniciado por DuarteQuadro Forças de Segurança

Respostas: 3
Visualizações: 4708
Última mensagem Fevereiro 01, 2010, 04:31:54 am
por Frezze
Forças mecanizadas do exército Espanhol à beira de Portugal

Iniciado por dremanuQuadro Portugal

Respostas: 13
Visualizações: 3923
Última mensagem Maio 08, 2006, 12:40:15 pm
por carlovich