O colapso da união Europeia...

  • 62 Respostas
  • 7285 Visualizações
*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-65
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #45 em: Novembro 09, 2017, 01:22:13 pm »
Viajante
Citar
E nós por cá o que faltou, foram 2 referendos, o 1º a perguntar-nos se queríamos aderir à CEE/UE, o 2º a perguntar se queríamos aderir ao EURO.
Uma outra questão que para mim é muito importante. O sistema político suiço, seja eleições seja qualquer tipo de lei, vai sempre a referendo o povo é que decide se aceita ou não. Chamo a isso democracia moderna. Inclusive os suiços aprovaram um limite para os salários abusivos dos patrões
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1148
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +38/-8
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #46 em: Novembro 09, 2017, 02:48:33 pm »
Daniel? Mas tem alguma dúvida que o abuso dos comerciantes na passagem do escudo para o Euro, é em primeiro lugar no abuso e ilegalidade praticados por estes e na falta de autoridade do estado em fazer cumprir a lei (IGAE-Inspecção-Geral das Actividades Económicas). Tem dúvidas de que se existisse a ASAE nessa altura isso passava-se?

Quanto ao exemplo que dá da Suíça e da participação cívica dos cidadãos nas escolhas do país, não considero um bom exemplo. Não acho que se deva referendar tudo e mais alguma coisa. E até o exemplo que deu, o salário dos ricos, não sei ao que se refere. Refere-se aos gestores das empresas que no fundo são alguém que gere a empresa em nome de um dono e portanto acaba por ser um funcionário? Ou está a referir-se aos donos propriamente ditos? É que se se refere aos gestores, digo-lhe já que é facílimo contornar esse limite! Se está a referir-se aos donos das empresas, então é mais absurdo esse limite, porque mesmo que nem sequer tenha salário, o dono (accionista) tem direito a distribuição do lucro que ele entender (senão despede o gestor)!

Mas também é caricato o exemplo que dá, não sei se reparou que nem sequer faz parte da UE e muito menos do Euro, mas sabe porque é que a Suiça enriqueceu, não sabe? Sabe que não se deve só aos chocolates e relógios? Aliás, os ricos que referiu, todos tinham contas na Suíça....... porque será? :)
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-65
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #47 em: Novembro 09, 2017, 04:26:56 pm »
Viajante
Citar
Daniel? Mas tem alguma dúvida que o abuso dos comerciantes na passagem do escudo para o Euro, é em primeiro lugar no abuso e ilegalidade praticados por estes e na falta de autoridade do estado em fazer cumprir a lei (IGAE-Inspecção-Geral das Actividades Económicas). Tem dúvidas de que se existisse a ASAE nessa altura isso passava-se?
Depois de ler este seu comentário, a única coisa que posso dizer é, incompetência ao seu melhor nível.
Viajante
Citar
Quanto ao exemplo que dá da Suíça e da participação cívica dos cidadãos nas escolhas do país, não considero um bom exemplo. Não acho que se deva referendar tudo e mais alguma coisa. E até o exemplo que deu, o salário dos ricos, não sei ao que se refere. Refere-se aos gestores das empresas que no fundo são alguém que gere a empresa em nome de um dono e portanto acaba por ser um funcionário? Ou está a referir-se aos donos propriamente ditos? É que se se refere aos gestores, digo-lhe já que é facílimo contornar esse limite! Se está a referir-se aos donos das empresas, então é mais absurdo esse limite, porque mesmo que nem sequer tenha salário, o dono (accionista) tem direito a distribuição do lucro que ele entender (senão despede o gestor)!
Deixe-me dizer que a Suiça é do melhor que há no mundo para trabalhar, viver etc, isso muito tem a ver com a grande capacidade cívica do povo suiço nas suas escolhas. Não sei se você conhece a suiça no geral, porque estou certo se conhece-se tinha outra opinião do que não considera um bom exemplo.
Os suíços aprovaram em 2013, em referendo, a adopção de medidas legislativas para controlar os salários dos conselhos de administração. A Iniciativa foi para reforça os direitos dos accionistas de impedirem salários e prémios muito elevados, proíbindo ainda certas formas de remuneração, como indemnizações milionárias ou prémios por aquisição de empresas.
Nessa altura foi dado como exemplo o caso do presidente cessante do conselho de administração da farmacêutica Novartis, para o qual estáva prevista uma indemnização de “saída” de 72 milhões de francos suíços (cerca de 60 milhões de euros). Também os problemas financeiros do banco UBS, que perdeu milhares de milhões de euros entre 2008 e 2011, tanto com activos tóxicos como com negócios fraudulentos, enfureceram os suíços, o que muito pesou no resultado desse referendo. O banco acabou por ser salvo com dinheiro público.
Viajante
Citar
Mas também é caricato o exemplo que dá, não sei se reparou que nem sequer faz parte da UE e muito menos do Euro, mas sabe porque é que a Suiça enriqueceu, não sabe? Sabe que não se deve só aos chocolates e relógios? Aliás, os ricos que referiu, todos tinham contas na Suíça....... porque será? :)
O exemplo que dou, como assim, no que chamo de democracia moderna, em que o povo é que mais ordena? Quanto a riqueza da Suiça são muitos os fatores que vai desde o sistema bancário até indústria suiça que é muito forte. O nome Suiça no mundo é sinónimo de qualidade. Depois tem a parte política como, ouro da segunda guerra mundial, segredo bancário que na verdade hoje já não existe etc etc. ;D ;D
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1148
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +38/-8
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #48 em: Novembro 09, 2017, 04:51:47 pm »
Quando referi a Suiça como não sendo o melhor exemplo, porque nunca foi alinhada com ninguém, para ganhar com ambos os lados. E como já deu conta, no passado tudo o que era fuga ao fisco nos respectivos países, o dinheiro ía parar invariavelmente à Suiça. (quase todo o dinheiro sujo do mundo, desde o tráfico de droga, armas, corrupção, etc passavam sempre pela Suiça).

Já ouviu falar certamente na proveniência do ouro do Banco Central Suiço!

Não conheço a Suiça, nem tenho lá contas, mas sei perfeitamente do modo de vida por lá, até porque tenho várias pessoas próximas que trabalham lá ou que dão lá um salto várias vezes ao ano. Sei que o padrão de qualidade é muito elevado, salários muito altos, excelente protecção social, etc.....
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-65
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #49 em: Novembro 09, 2017, 05:19:19 pm »
Viajante
Citar
Quando referi a Suiça como não sendo o melhor exemplo, porque nunca foi alinhada com ninguém, para ganhar com ambos os lados. E como já deu conta, no passado tudo o que era fuga ao fisco nos respectivos países, o dinheiro ía parar invariavelmente à Suiça. (quase todo o dinheiro sujo do mundo, desde o tráfico de droga, armas, corrupção, etc passavam sempre pela Suiça).
Sim isso é verdade mas aos poucos e pela imposição da UE isso mudou.
Viajante
Citar
Já ouviu falar certamente na proveniência do ouro do Banco Central Suiço!
Bom pelo que sei, a proveniência de grande parte do ouro do Banco Central Suiça, veio da alemanha, na segunda guerra mundial, em combois a mando do senhor Hitler  ;D, sei também que grande parte desse ouro é pertencente aos judeus.
Viajante
Citar
Não conheço a Suiça, nem tenho lá contas, mas sei perfeitamente do modo de vida por lá, até porque tenho várias pessoas próximas que trabalham lá ou que dão lá um salto várias vezes ao ano. Sei que o padrão de qualidade é muito elevado, salários muito altos, excelente protecção social, etc.....
Não conhece a suiça mas pelo que escreveu já sabe o suficiênte.  :G-beer2: já Agora, caro Viajante, qual é a sua área de trabalho? Se é que posso saber.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1148
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +38/-8
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #50 em: Novembro 09, 2017, 05:37:46 pm »
Sou gestor financeiro de uma Escola e sócio de uma empresa de serviços. E de vez em quando dá-me para fazer artigos científicos ligados à gestão pública relacionada com o ensino :)
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-65
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #51 em: Dezembro 07, 2017, 07:08:14 pm »
Schulz defende transformação da UE em “Estados Unidos da Europa”
https://sol.sapo.pt/artigo/591513

Citar
No arranque do congresso do Partido Social Democrata (SPD) alemão, esta quinta-feira, no qual se decidirá se Martin Schulz tem luz verde para se sentar com Angela Merkel para, ao contrário do que o próprio apregoou durante o último ano, encontrar uma solução de governo que possa desbloquear o impasse político provocado pelo falhanço das conversas entre a União Democrata-Cristã (CDU), a União Social-Cristã (CSU) – “irmã” da CDU na Baviera – os Verdes e o Partido Liberal Democrata (FDP), com vista à constituição de um executivo, o líder social-democrata apresentou um ambicioso plano para o futuro da União Europeia.

No seu discurso inaugural no certame social-democrata, Schulz defendeu uma visão muito próxima da solução federalista. O ex-presidente do parlamento europeu defendeu a transfiguração do atual projeto de integração num compromisso entre os Estados-membros para a  composição dos “Estados Unidos da Europa” até 2025, através da negociação de um novo Tratado Constitucional.

“Este Tratado Constitucional deverá ser apresentado aos Estado-membros e aqueles que não o aprovarem deverão abandonar automaticamente da EU”, sugeriu o líder do SPD, citado pelo Financial Times.

Schulz mostrou-se igualmente aberto à proposta do presidente de França, Emmanuel Macron, que sugere a criação de um cargo de ministro das Finanças europeu e de um orçamento comunitário a todos os integrantes da zona euro. “Não precisamos de uma austeridade europeia imposta, mas de investimentos num orçamento europeu. Queremos uma Europa solidária e não uma [Europa] dos bancos e das multinacionais”, defendeu Schulz.

As bases do SPD vão votar, ainda esta quinta-feira, a autorização ou rejeição das negociações com Merkel, num congresso que apenas terminará no sábado, com a reeleição de Schulz ou com a escolha de um novo líder para o maior partido de centro-esquerda da Alemanha.

Será isto possível em 2025, ou será o princípio do fim da EU ?  :new_argue:
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1148
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +38/-8
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #52 em: Dezembro 07, 2017, 09:54:07 pm »
Já respondi no outro post. Federalismo é o oposto da desintegração da UE!
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-65
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #53 em: Dezembro 08, 2017, 01:45:10 pm »
Viajante
Citar
Já respondi no outro post. Federalismo é o oposto da desintegração da UE!

Eu penso exatamente da mesma maneira, deixo aqui este pequeno texto da autoria do deputado Miguel Morgado PSD, e Vitalino Canas PS. Da esquerda à direita os partidos políticos portugueses estão contra. Pessoalmente creio que o Federalismo seria o pior que poderia acontecer a EU até pela saída dos ingleses, mas também percebo, que os alemães não todos, tenham tal Interesse. Inclusive, e como você postou, estão a fazer um exército europeu, ainda que um pouco meio as escondidas. ;D 8)

O PSD também descarta o discurso do líder do SPD, considerando as declarações “disparatadas”. “Caso tivessem alguma sequência, provocariam a maior fratura na história da União Europeia”, diz ao i o deputado Miguel Morgado, vice-presidente do grupo parlamentar.

Do lado do partido do governo (PS), o deputado Vitalino Canas considera que o defendido por Martin Schulz “foi ligeiramente fora de tom”. “É uma ideia que não merece ser olhada como uma opção séria”, vaticinou o parlamentar socialista. “A opção federalista está muito mais distante do que já esteve no passado.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1148
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +38/-8
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #54 em: Dezembro 09, 2017, 07:23:27 pm »
Não esteja tão certo disso. Todos os passos que a UE está a dar vão no sentido de certa forma de uma Federação. Repare nestes pormenores:
- Defesa da UE comum;
- Orçamento das Finanças da UE;
- Mutualização da dívida dos países do Euro (na prática a dívida dos países passa para o BCE);
- Não sei se deu conta, mas desde Novembro de 2014 que o BCE é quem controla os grandes bancos de cada país (para evitar que façam asneiras noutros países sem o Banco Central que supervisiona esse banco dê conta). CGD, BCP, Santander-Totta, Novo Banco e BPI reportam ao BCE de todas operações que têem em toda a Europa!
- Entre outras.

No mínimo já existe pelo menos uma espécie de Federalismo Económico, não tenha dúvidas!
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8216
  • Recebeu: 667 vez(es)
  • Enviou: 976 vez(es)
  • +39/-6
    • http://youtube.com/HSMW
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #55 em: Dezembro 12, 2017, 09:50:17 am »
Se for esse federalismo que nos irá proteger do dumping económico chinês, das ofensivas militares russas e do caos politico dos EUA...
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1148
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +38/-8
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #56 em: Dezembro 12, 2017, 11:00:30 am »
Se for esse federalismo que nos irá proteger do dumping económico chinês, das ofensivas militares russas e do caos politico dos EUA...

Os alemães já perceberam que a Europa está cercada: terrorismo no norte de África, invasão de coitadinhos de refugiados (mesmo que venham de países que nem sequer estão em guerra), Rússia a oriente (a Alemanha percebeu muito bem como age a Rússia na Ucrãnia). Depois ainda há a China que é neste momento um colosso económico, é onde nascem mais milionários à face da terra, num país supostamente comunista!!!!!!!

Eu vejo esse sinal no amenizar da retórica alemã por exemplo à nossa geringonça (até passou a apoiar o Centeno!!!), passou a ser muito mais tolerante com os Gregos (e estes deixaram de fazer tanto barulho! Também ajudou muito a esta ideia, o facto de estar um doido na Casa Branca e do RU querer isolar-se do continente.

Os alemães já perceberam que a Europa pode ser cilindrada economicamente, militarmente ou culturalmente....... ou então uma conjugação de ambas! Nós por cá ainda não atingimos esse cenário!
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-65
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #57 em: Dezembro 12, 2017, 04:23:54 pm »
Viajante
Citar
Os alemães já perceberam que a Europa pode ser cilindrada economicamente, militarmente ou culturalmente....... ou então uma conjugação de ambas! Nós por cá ainda não atingimos esse cenário!

Bom, no que diz respeito a parte económica e militar até posso aceitar o federalismo, mas culturalmente não, pois o federalismo não irá resolver a parte cultural, e muito importante a linguística, pelo contrário. Os alemães em pouco tempo 1 ano, receberam cerca de 1 milhão de refugiados, quem vive mesmo ao lado sabe bem do caos em que se encontra a Alemanha. Depois, impõem que outros países também recebam refugiados, e como voce falou, muitos deles nem sequer vêm de países que estão em guerra. A Alemanha está ajudar Europa a ser cilindrada culturalmente, reclamam de a Hungria e a Polonia não quererem receber refugiados. Dou-lhe um exemplo, a Suiça está quase com 1 milhão de muçulmanos a Alemanha nem se fala, pois cada família muçulmana tem de 3 filhos pra cima, e este problema não se resolve com o federalismo, creio que neste momento existe um caos politico europeu muito grave.
« Última modificação: Dezembro 12, 2017, 04:28:04 pm por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1148
  • Recebeu: 300 vez(es)
  • Enviou: 161 vez(es)
  • +38/-8
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #58 em: Dezembro 12, 2017, 04:54:49 pm »
Viajante
Citar
Os alemães já perceberam que a Europa pode ser cilindrada economicamente, militarmente ou culturalmente....... ou então uma conjugação de ambas! Nós por cá ainda não atingimos esse cenário!

Bom, no que diz respeito a parte económica e militar até posso aceitar o federalismo, mas culturalmente não, pois o federalismo não irá resolver a parte cultural, e muito importante a linguística, pelo contrário. Os alemães em pouco tempo 1 ano, receberam cerca de 1 milhão de refugiados, quem vive mesmo ao lado sabe bem do caos em que se encontra a Alemanha. Depois, impõem que outros países também recebam refugiados, e como voce falou, muitos deles nem sequer vêm de países que estão em guerra. A Alemanha está ajudar Europa a ser cilindrada culturalmente, reclamam de a Hungria e a Polonia não quererem receber refugiados. Dou-lhe um exemplo, a Suiça está quase com 1 milhão de muçulmanos a Alemanha nem se fala, pois cada família muçulmana tem de 3 filhos pra cima, e este problema não se resolve com o federalismo, creio que neste momento existe um caos politico europeu muito grave.

Não estava a dizer que devemos de abdicar da nossa cultura em nome do Federalismo. Estava a referir-me ao facto da nossa cultura (nossa refiro-me à Europa) estar em risco.

Eu desconfio que a Alemanha tem muito mais do que 1 milhão de refugiados. Quase todos os que vêem para Portugal, fogem todos daqui..... e desconfio que estejam na Alemanha :)

Já vários foristas referiram o erro que é o "politicamente correcto". Numa localidade Italiana abdicaram do Natal Cristão, para não ofenderem os Muçulmanos! O Lidl por diversas vezes apagou as cruzes cristãs em vários anúncios publicitários (http://www.acidigital.com/noticias/supermercado-apaga-cruzes-de-uma-igreja-em-anuncio-para-nao-ofender-muculmanos-56534/)
Nós por cá perseguimos as autoridades (comunicação social) se estas baterem num bandido apanhado em flagrante! Se for ao contrário e algum agente de autoridade morrer é perfeitamente normal!!!! Até vimos à pouco tempo em Lisboa um agente da PSP a ser agredido por um cadastrado e a população a olhar para o espectáculo sem fazer nada!

Isto incomoda-me, assim como incomoda-me ouvir políticos falarem e mentirem com todos os dentes que têem..... então da parte económica, todas as semanas ouço disparates impossíveis de serem verdade, mas..... a comunicação social vermelha-rosa engole e lava tudo!!!!!

Mas a Suíça também tem muitos desafios pela frente, não é só a UE. E também têem aversão aos "emigrantes". O problema que gerou o Brexit e também preocupa a Suíça, não é os emigrantes da UE (sei que normalmente os portugueses são bem aceites na Suíça), mas sim os emigrantes que vêem aos milhões para a UE originários de África e com outra mentalidade totalmente oposta à nossa, que aliada à nossa passividade e ao "politicamente correcto" tornam toda esta situação num barril de pólvora!
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1159
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-65
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #59 em: Dezembro 12, 2017, 06:03:17 pm »
Viajante
Citar
Não estava a dizer que devemos de abdicar da nossa cultura em nome do Federalismo. Estava a referir-me ao facto da nossa cultura (nossa refiro-me à Europa) estar em risco.
Claro que não devemos abdicar da nossa cultura, mas se o Federalismo for avante levará a isso mesmo. Não creio que exista uma cultura europeia propriamente dita, a não ser a cultura religiosa (cristã) essa sim está em risco.
Viajante
Citar
Eu desconfio que a Alemanha tem muito mais do que 1 milhão de refugiados. Quase todos os que vêem para Portugal, fogem todos daqui..... e desconfio que estejam na Alemanha :)
Citar
Você desconfia, eu tenho a certeza muito mas muito mais de um milhão, só quis ser simpático. ;D
Viajante
Citar
Já vários foristas referiram o erro que é o "politicamente correcto". Numa localidade Italiana abdicaram do Natal Cristão, para não ofenderem os Muçulmanos! O Lidl por diversas vezes apagou as cruzes cristãs em vários anúncios publicitários
Aqui na Suiça os muçulmanos quiseram proibir que na cantina de uma escola, fosse proibido servir carne de porco. >:(
A Europa com o politicamento correcto está a perder os seus direitos fundamentais, um deles a liberdade.
Viajante
Citar
Mas a Suíça também tem muitos desafios pela frente, não é só a UE.

Sem qualquer sombra de dúvida.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

 

Uma em cada 14 pessoas vive na União Europeia

Iniciado por Dinivan

Respostas: 0
Visualizações: 1133
Última mensagem Agosto 31, 2004, 07:36:18 pm
por Dinivan
MERCOSUR segue os passos da Uniao Europeia

Iniciado por JoseMFernandes

Respostas: 3
Visualizações: 2994
Última mensagem Novembro 23, 2007, 12:28:27 pm
por FinkenHeinle