O colapso da união Europeia...

  • 62 Respostas
  • 5397 Visualizações
*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 953
  • Recebeu: 225 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +29/-6
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #30 em: Novembro 07, 2017, 08:41:09 pm »
Digo-lhe outro aspecto muito importante que existe porque fazemos parte da UE, chama-se benchmarketing. Ou seja, há uma troca de experiências entre todos os sectores de cada país, para cada delegação tomar nota das melhores ideias e das melhores práticas, para serem copiadas e implementadas nos seus países. E acredite que existe em quase todos os sectores! Dou-lhe o exemplo da educação, sector financeiro, administração pública, legisladores, etc..... não imagina o intercâmbio que existe nos países da UE. Voltar atrás agora, seria no fundo voltarmos no nosso caso, ao modo de vida entre 1974 e 1985, recorda-se?
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14107
  • Recebeu: 657 vez(es)
  • Enviou: 690 vez(es)
  • +47/-21
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #31 em: Novembro 08, 2017, 11:01:49 am »
Parece-me que acima de tudo falta à UE duas coisas, estadistas dignos desse nome e uma maior transparência (processos de decisão verdadeiramente democráticos).
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 953
  • Recebeu: 225 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +29/-6
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #32 em: Novembro 08, 2017, 12:36:46 pm »
Parece-me que acima de tudo falta à UE duas coisas, estadistas dignos desse nome e uma maior transparência (processos de decisão verdadeiramente democráticos).

Sem dúvida!
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1122
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-25
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #33 em: Novembro 08, 2017, 01:45:49 pm »
Viajante
Citar
(não tenho absolutamente nenhum problema em eleger o lucro como objectivo principal de uma empresa, até porque é a minha área :)
Acho que nem você nem ninguém, tem essa dificuldade, em eleger o lucro como principal objectivo de uma empresa, eu diria mais, infelizmente no presente século é o objectivo principal de qualquer país, cidadão e não só duma empresa.
Viajante
Citar
Mas o que eu acho que falta na UE é unirmo-nos pelos aspectos comuns que ligam os europeus e não pelos aspectos que nos separam! É exactamente isso que faz o actual governo, é minoritário e consegue o apoio da extrema esquerda porque chegaram a um acordo mínimo!
Unirmo-nos pelos aspectos comuns que ligam os europeus, mais quais seriam esses apectos comuns?  a lingua, cultura, tradições, não vejo muitos aspectos comuns a não ser o espaço geográfico e a moeda única, o euro. Digo-lhe mais, se não fosse o euro e o grande problema que dai advém, já muitos países tinham deixado a UE. A Alemanha também está a mudar e a tornar-se mais egoísta. Tomemos como exemplo a oposição inicial de Angela Merkel a um pacote de salvação para a Grécia e a posterior concessão deste, nos termos ditados pelos alemães.
Eu não diria extrema esquerda, mais sim os partidos de esquerda , não considero o BE um partido de extrema esquerda, mas é apenas a minha opinião.
Viajante
Citar
Quem não trabalha na função pública, percebe claramente que é impossível ou praticamente impossível acabarem com a UE. Se não acredita, pergunte a qualquer empresa exportadora, o que acha de por exemplo regressarem as fronteiras ou os impostos alfandegários! Só essas 2 medidas colocavam imediatamente milhões de europeus no desemprego.
Claro, mas esse é exatamente o problema, pelo qual muitos países querem sair e não podem, pois o sistema os impede. Nem era preciso ir tão longe, bastava dar como exemplo o euro, e dos problemas que cada país teria em abandonar a UE.
Viajante
Citar
Voltar atrás agora, seria no fundo voltarmos no nosso caso, ao modo de vida entre 1974 e 1985, recorda-se?
Nessa altura era apenas uma criança inocente. ::) :jok:
« Última modificação: Novembro 08, 2017, 01:49:39 pm por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 953
  • Recebeu: 225 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +29/-6
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #34 em: Novembro 08, 2017, 02:41:12 pm »
Daniel? Vou dar-lhe o exemplo do tão mal falado Euro. Você conhece algum exemplo mais paradigmático da ajuda aos mais necessitados do que o euro com taxas de juro de zero por cento!?!?!!? E na mesma medida quem é muito rico e criar uma poupança em euros, recebe zero ou pouco mais que zero!!?!?!!?

Dou-lhe o exemplo de Portugal. Neste momento temos uma dívida externa do Estado de 250 mil milhões de euros. Graças ao facto de estarmos na UE e consequentemente termos o BCE a ajudar, conseguimos ter taxas de juro inferiores a 2% a 10 anos!!!!!! Nem os americanos conseguem tal feito! E só esse facto tem um enorme peso na equação do dinheiro disponível para os portugueses. Repare nestas contas de merceeiro:
250 mil milhões de euros com taxa de juros a 2% a 10 anos, temos uma dívida a pagar anualmente de 5 mil milhões de euros. Se quisermos saír do euro, que taxa de juro acha que vão pedir a Portugal para pagar os empréstimos? 7%? 8%? Imagine que nos pedem 8%, sobre os 250 mil milhões dá a módica quantia de 20 mil milhões de euros de juros por ano!!!!!!! A título de comparação, basta dizer-lhe que Portugal cobra cerca de 60 mil milhões de euros em impostos, taxas, taxinhas, etc........ ou seja, só 1/3 do orçamento de estado ía direitinho para os credores. Está a ver porque é que os países falam, falam mas ninguém quer realmente saír da UE e até do Euro?

E podia continuar com exemplos de merceeiro, como por exemplo o preço do petróleo. É que faz toda a diferença você ter no bolso uma moeda que serve de padrão para comprar petróleo (o euro é aceite no mundo inteiro), já no caso de passarmos a ter moeda própria, você teria de a cambiar por outra mais forte para comprar a matéria-prima e nesse caso, para além da flutuação da commoditie petróleo negociado em dólares ou em euros, você ainda teria de somar a perda na compra de uma moeda forte.......

Dou-lhe mais exemplos, imagine a quantidade de portugueses que têem empréstimos à habitação. Saíamos do euro e depois como é que ía explicar às pessoas que elas têem uma dívida expressa em euros e passa a receber o seu salário numa moeda que vale muito menos do que o euro (fala-se numa desvalorização mínima da moeda em pelo menos 50%....... eu pessoalmente aponto no custo-prazo para pelo menos 100%), quer isto dizer que de um dia para o outro a sua dívida aumentava para o dobro! (pode dar uma vista de olhos neste artigo interessante: http://observador.pt/opiniao/sair-do-euro/).

E podia continuar. Como refiro, julgo que a UE não colocou nenhumas amarras a um país que queira saír do euro, mas nenhum país o faz. E o único que o fez (Brexit), veja lá quantas empresas passaram a sua sede para a Europa continental. E veja até o caso da Catalunha, quantas empresas a região já perdeu!

Mas imaginamos que por absurdo, a UE acaba (confesso que não acredito, já estivemos perto na altura crítica da crise, agora quando a Merkl vê-se encurralada entre Trump e Putin..... até já deve achar graça ao Tsipras :)
Se realmente a UE chegar ao fim da linha, não devemos ser nós a ovelha que se sacrifica!
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14107
  • Recebeu: 657 vez(es)
  • Enviou: 690 vez(es)
  • +47/-21
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #35 em: Novembro 08, 2017, 03:08:19 pm »
Daniel, como é que o BE não é de extrema esquerda?! as origens do dito partido foi a fusão da União Democrática Popular (marxista), o Partido Socialista Revolucionário (trotskista mandelista) e a Política XXI (dissidentes do PCP).
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1122
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-25
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #36 em: Novembro 08, 2017, 03:57:40 pm »
Daniel, como é que o BE não é de extrema esquerda?! as origens do dito partido foi a fusão da União Democrática Popular (marxista), o Partido Socialista Revolucionário (trotskista mandelista) e a Política XXI (dissidentes do PCP).

Sim, tem razão, as origens desse partido nasce da aproximação a essas 3 forças políticas, mas eu pessoalmente e pela política desenvolvida pelo BE não acho esse partido com tendências de extrema esquerda. Não é por um partido ter uma política anticapitalismo, deva ser considerado de extrema esquerda, mas também não ignoro a sua história, como disse, é apenas a minha opinião
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1122
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-25
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #37 em: Novembro 08, 2017, 04:41:07 pm »
Viajante
Citar
Daniel? Vou dar-lhe o exemplo do tão mal falado Euro. Você conhece algum exemplo mais paradigmático da ajuda aos mais necessitados do que o euro com taxas de juro de zero por cento!?!?!!?
Caro Viajante, como suponho você sabe porque foi criada a moeda única e para que efeitos, a moeda única, euro, veio substituir as moedas nacionais, de um número expressivo de economias altamente desenvolvidas, o que não foi o caso de Portugal, que a meu ver teve uma entrada quase que forçada da frágil economia portuguesa para a moeda única. Exemplo um Café custava 50 Escudos, esse mesmo Café passou a custar 60 ou 70 Centimos, o que na moeda antiga equivale a 100 Escudos, ou seja os portugueses ficaram mais pobres.
Viajante
Citar
Dou-lhe o exemplo de Portugal. Neste momento temos uma dívida externa do Estado de 250 mil milhões de euros. Graças ao facto de estarmos na UE e consequentemente termos o BCE a ajudar, conseguimos ter taxas de juro inferiores a 2% a 10 anos!!!!!!
Graças a facto de estarmos na UE temos o BCE a ajudar essa é para  nx2l1 ;D não têm outro remédio se não ajudar, assim como a Grécia e outros mais, pois existe o efeito Bola de neve, foi assim com a crise. Se não estou em erro Irlanda, Grécia, Portugal, Espanha e até chegou na Italia. Penso que deva saber por que motivo temos uma dívida tão grande? Eu continu a achar que existe um tratamento desigual na UE. Um país que é parte da UE no caso união monetária, deve ter a mesma taxa de Juros que os outros membros dessa união monetária, o que não é o caso. Sabe também que um país que faz para dessa união monetária não tem condições de usar a política de discricionária para aumentar o nível de emprego por exemplo, o que no tempo da crise nos fez falta. Por fim e a meu ver o euro criou vários problemas para os países chamados periféricos.
« Última modificação: Novembro 08, 2017, 04:43:15 pm por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 953
  • Recebeu: 225 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +29/-6
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #38 em: Novembro 08, 2017, 05:09:07 pm »
Viajante
Citar
Daniel? Vou dar-lhe o exemplo do tão mal falado Euro. Você conhece algum exemplo mais paradigmático da ajuda aos mais necessitados do que o euro com taxas de juro de zero por cento!?!?!!?
Caro Viajante, como suponho você sabe porque foi criada a moeda única e para que efeitos, a moeda única, euro, veio substituir as moedas nacionais, de um número expressivo de economias altamente desenvolvidas, o que não foi o caso de Portugal, que a meu ver teve uma entrada quase que forçada da frágil economia portuguesa para a moeda única. Exemplo um Café custava 50 Escudos, esse mesmo Café passou a custar 60 ou 70 Centimos, o que na moeda antiga equivale a 100 Escudos, ou seja os portugueses ficaram mais pobres.
Viajante
Citar
Dou-lhe o exemplo de Portugal. Neste momento temos uma dívida externa do Estado de 250 mil milhões de euros. Graças ao facto de estarmos na UE e consequentemente termos o BCE a ajudar, conseguimos ter taxas de juro inferiores a 2% a 10 anos!!!!!!
Graças a facto de estarmos na UE temos o BCE a ajudar essa é para  nx2l1 ;D não têm outro remédio se não ajudar, assim como a Grécia e outros mais, pois existe o efeito Bola de neve, foi assim com a crise. Se não estou em erro Irlanda, Grécia, Portugal, Espanha e até chegou na Italia. Penso que deva saber por que motivo temos uma dívida tão grande? Eu continu a achar que existe um tratamento desigual na UE. Um país que é parte da UE no caso união monetária, deve ter a mesma taxa de Juros que os outros membros dessa união monetária, o que não é o caso. Sabe também que um país que faz para dessa união monetária não tem condições de usar a política de discricionária para aumentar o nível de emprego por exemplo, o que no tempo da crise nos fez falta. Por fim e a meu ver o euro criou vários problemas para os países chamados periféricos.

Vê os aspectos da adesão que nada tem a ver com o Euro. O custo do café de facto duplicou de preço, mas não foi culpa do euro. Já que fala no café, não reparou que o preço é praticamente o mesmo desde à 15 anos!!!!! Eu continuo a pagar o café entre 45 e 65 cêntimos!!!!! A grande vantagem de termos o euro, foi o facto dos políticos nacionais deixarem de nos roubar descaradamente com a desvalorização da moeda (passou-se nos anos 80, antes de aderirmos à CEE, aumentaram os salários em 60%, mas a inflação nesses anos foi de 87%!!!!!!). A grande vantagem de pertencermos a um mercado único, é o facto dos preços serem esmagados a favor do consumidor e se existir cartelização do sector, pelo menos temos uma instituição europeia que não se importa nada de multar a Apple em 15 mil milhões de euros!!!! Ou a Microsoft!!!!!

Quando refere o nosso aumento de dívida, estará a esquecer-se do que aconteceu em Portugal? É que se está eu relembro-lhe, entre nós, governou um senhor que teve a proeza de em 6 anos que foi Primeiro-Ministro, conseguiu elevar a nossa dívida pública de 100 para 200 mil milhões de euros!!!!!! Mas o governo central não foi o único culpado, as Câmaras Municipais tb todas elas fugiram ao criarem as famosas parcerias público-privadas que mais não serviram do que esconderem as dívidas dessas câmaras (para fugirem à lei do endividamento) e para fugirem ao limite da contratação dos boys!!!!!!

Sabe como é que descobriram os 6 mil milhões de euros de dívida que o Governo Regional da Madeira escondeu do estado português? Aterrou cá a troika e eles começaram a investigar os bancos, descobriram que estes andavam a emprestar muito dinheiro a empresas de construção civil sem colaterais (sem garantias sólidas), a única coisa que existia eram umas folhas timbradas assinadas pelo Governo Regional da Madeira (as chamadas cartas de conforto), para que os bancos emprestassem dinheiro às empresas, uma vez que o Governo Regional da Madeira não lhes podia pagar!!!!!! Essas despesas não apareciam nas contas do governo regional, e as empresas não emitiam facturas, para não terem de adiantar o dinheiro do IVA ao estado (já bastava não receberem e ainda tinham de entregar IVA adiantado ao estado)!!!!!!! O resto já todos sabemos o que se passou.

Com isto quero dizer-lhe que a dívida é culpa nossa! E se não houvesse a crise, íamos ter mais aeroportos, pontes sobre o Tejo, TGV de 12 mil milhões de euros e sei lá o que mais......

Há muitos países, principalmente do Leste Europeu, mais pobres que nós e com dívidas baixissimas, mesmo depois da crise!!!!! Veja a República Checa, a própria Irlanda que cita, a Lituãnia, a Polónia, Roménia, Bulgária, Letónia ....... nem sequer referi os países nórdicos para a vergonha não ser maior! Eu lembro-me de em 2009 a função pública ter um aumento de 2,9%. 1 ano depois o mesmo senhor que fez este disparate, cortou 5% os salários, lembra-se? O que é que podemos concluir dos nossos políticos? Desculpe mas não venha atirar a culpa aos outros países!!!!! Pode reclamar que em 2008 a UE aconselhou os países europeus a aumentarem a despesa pública, mas duplicar a mesma..........
« Última modificação: Novembro 08, 2017, 05:16:29 pm por Viajante »
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1122
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-25
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #39 em: Novembro 08, 2017, 06:00:33 pm »
Viajante
Citar
Vê os aspectos da adesão que nada tem a ver com o Euro.
Como assim, em que parte eu vejo os aspectos da adesão que nada tem a ver com o Euro ?
Viajante
Citar
O custo do café de facto duplicou de preço, mas não foi culpa do euro.
Pois não foi, foi por culpa minha, eu dei o café como exemplo, mas no geral tudo duplicou, menos os ordenados, em qualquer supermercado em pouca coisa deixa lá 30, 40 ou mais euros, com o euro os portugueses têm mais dificuldades isso é um facto, até os alemães se queixam e sei do que falo, contra factos não existem argumentos.
Viajante
Citar
antes de aderirmos à CEE, aumentaram os salários em 60%,
Qual? o seu salário aumentou 60%, se não foi o seu, dê-me um exemplo, uma prova de que isso aconteceu. Percebo que voce é um defensor da UE e da moeda única, deixe me dizer, que eu também não sou contra, mas no final nós periféricos entramos a perder e quando se entra em desvantagem é sempre mais difícil recuperar. A entrada de Portugal na moeda única, assumida pelos políticos portugueses como um grande desígnio nacional, exigiu e continua a exigir, no plano econômico, a intensificação das privatizações, voce inclusive falous disso, a manutenção do rigor orçamental e salarial. Espero que daqui a mais 32 anos possamos estar melhor. :P ;D
« Última modificação: Novembro 08, 2017, 08:07:06 pm por Daniel »
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 953
  • Recebeu: 225 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +29/-6
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #40 em: Novembro 08, 2017, 10:33:11 pm »
Viajante
Citar
Vê os aspectos da adesão que nada tem a ver com o Euro.
Como assim, em que parte eu vejo os aspectos da adesão que nada tem a ver com o Euro ?
Viajante
Citar
O custo do café de facto duplicou de preço, mas não foi culpa do euro.
Pois não foi, foi por culpa minha, eu dei o café como exemplo, mas no geral tudo duplicou, menos os ordenados, em qualquer supermercado em pouca coisa deixa lá 30, 40 ou mais euros, com o euro os portugueses têm mais dificuldades isso é um facto, até os alemães se queixam e sei do que falo, contra factos não existem argumentos.
Viajante
Citar
antes de aderirmos à CEE, aumentaram os salários em 60%,
Qual? o seu salário aumentou 60%, se não foi o seu, dê-me um exemplo, uma prova de que isso aconteceu. Percebo que voce é um defensor da UE e da moeda única, deixe me dizer, que eu também não sou contra, mas no final nós periféricos entramos a perder e quando se entra em desvantagem é sempre mais difícil recuperar. A entrada de Portugal na moeda única, assumida pelos políticos portugueses como um grande desígnio nacional, exigiu e continua a exigir, no plano econômico, a intensificação das privatizações, voce inclusive falous disso, a manutenção do rigor orçamental e salarial. Espero que daqui a mais 32 anos possamos estar melhor. :P ;D

O Euro não tem culpa que os comerciantes arredondassem os preços todos para cima, chegando mesmo a dobrar o valor na altura de transição.

Quanto à afirmação do aumento de salários de 60%, está mesmo em cima no link que lhe deixei, mas eu passo aqui a parte que interessa: "Passa a ser ainda mais fácil aos políticos enganarem-nos e acenarem-nos com falsos aumentos salariais. (no caso de moeda nacional) Por exemplo, entre 1981 e 1984, o salário mínimo aumentou 60%. Mas a inflação foi tão elevada que o seu valor real caiu 26%.", isto foi dito por um Professor Associado com Agregação da Universidade do Minho de nome Luís Aguiar-Conraria, novamente o link: http://observador.pt/opiniao/sair-do-euro/
Como vê, não afirmo coisas porque me apeteceu.

É verdade que pelo facto de estarmos dentro do euro, torna-se muito mais exigente para nós e é sem dúvida mais difícil saír de uma crise, mas também convém não escamotear os aspectos positivos.

Uma questão, que culpa tem o euro de que de um momento para o outro os portugueses endividassem-se para a vida, com a compra de uma casa, muitas das vezes acima das suas possibilidades, juntamente com carros adquiridos a prestações, férias com empréstimos, etc, etc, só porque as taxas de juro são tão baixas?

Em relação às empresas, se imaginasse a quantidade de empresas geridas (ou não) como comprarem carros topo de gama sem terem possibilidades de tal coisa.......

O euro não tem nenhuma culpa disso, é verdade que facilita que isso aconteça, mas o reverso é que temos de ser muito mais rigorosos do que éramos com uma moeda própria!

Já agora, esqueceu-se de referir uma coisa que os europeus e até americanos parecem esquecer, a Europa está a passar por uma fase de desindustrialização. É muito bonito fechar cá as empresas e abrir em mercados que exploram o trabalhador como é o caso da China, mas esse facto leva a que as nossas balanças comerciais de desequilibrarem. Não é a agricultura e grande parte do comércio que proporcionam o enriquecimento do país. É a indústria que permite isso!!!!! Por isso existiu o boom económico com a industrialização!

Eu estou curioso para ver o que esta espécie de governo, com a extrema esquerda que detesta o sector privado, mas que no fundo é quem pode criar riqueza, o que nos reserva. Mas depois da afirmação do Ministro da Solidariedade e Segurança Social, que referiu que a reversão do horário de trabalho de 40 para 35 horas não teve custos........ (tal só é verdade que os trabalhadores públicos fizerem o mesmo em 40 ou 35 horas, ou seja NADA!) estou esclarecido com os aldrabões que nos governam! Depois o EURO e a UE é que são o diabo!!!!!!!!
« Última modificação: Novembro 08, 2017, 10:37:52 pm por Viajante »
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 953
  • Recebeu: 225 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +29/-6
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #41 em: Novembro 08, 2017, 11:24:19 pm »
O Cabeça de Martelo já referiu o que faltam. Faltam estadistas na UE. E nós por cá o que faltou, foram 2 referendos, o 1º a perguntar-nos se queríamos aderir à CEE/UE, o 2º a perguntar se queríamos aderir ao EURO. É verdade que podíamos responder com o não, mas caberia aos políticos da altura, esclarecer-nos devidamente dos prós e dos contras de cada decisão. Isso foi o que nos faltou, muitos portugueses sentirem que não foram tidos nem achados numa decisão tão importante como essa! Mesmo que esses políticos temessem o não (não tenho dúvidas disso), mas depois são acusados de falta de legitimidade e de perda de autonomia do país (muito por culpa das más negociações dos nossos políticos).
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14107
  • Recebeu: 657 vez(es)
  • Enviou: 690 vez(es)
  • +47/-21
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #42 em: Novembro 09, 2017, 11:37:16 am »
Por falar em quem quer o quê....

Citar
MEPs sound alarm on anti-EU propaganda from Russia and Islamist terrorist groups
Press Releases PLENARY SESSION 23-11-2016 - 13:35
 
       
Propaganda pressure on the EU from Russia and Islamist terrorist groups is growing, MEPs warn in a resolution voted on Wednesday. It seeks to distort the truth, incite fear, provoke doubt and divide the EU. To counteract anti-EU campaigns, MEPs suggest reinforcing the EU’s tiny “strategic communication” task force and investing more in awareness raising, education, online and local media, investigative journalism and information literacy.
“I was given the task of describing the propaganda of both state and non-state actors. We have seen many transformations of it. As regards the Russian Federation, the situation is now clear. After its annexation of Crimea and aggression in the eastern part of Ukraine, many countries are fully aware of its disinformation and manipulation“, said rapporteur Anna Fotyga (ECR, PL). “This report, in the course of its preparation, was also a target of hostile propaganda”, she added.

The resolution stresses that the EU needs to counter disinformation campaigns and propaganda from countries, such as Russia, and non-state actors, like Daesh, Al-Qaeda and other violent jihadi terrorist groups.

Hostile propaganda against the EU and its member states seeks to distort the truth, provoke doubt, divide the EU and its North American partners, paralyse the decision-making process, discredit the EU institutions and incite fear and uncertainty among EU citizens, says the text.

Russia seeks to divide

MEPs warn that the Kremlin has stepped up its propaganda against EU since annexing Crimea and waging hybrid war in the Donbass. They note that ”the Russian government is employing a wide range of tools and instruments, such as think tanks [...], multilingual TV stations (e.g. Russia Today), pseudo-news agencies and multimedia services (e.g. Sputnik) [...], social media and internet trolls, to challenge democratic values, divide Europe, gather domestic support and create the perception of failed states in the EU’s eastern neighbourhood”.

The resolution stresses that the “Kremlin is funding political parties and other organisations within the EU” and deplores “Russian backing of anti-EU forces” such as extreme-right parties and populist forces.

Daesh targets the EU
 
As the EU and its citizens are major targets of Daesh, MEPs call on EU member states to work more closely to protect society from its recruitment drives and enhance resilience against radicalisation. They also suggest developing a narrative to counter Daesh, “including through the empowerment and increased visibility of mainstream Muslim scholars who have the credibility to delegitimise Daesh propaganda.”
 
Information literacy

To counteract anti-EU campaigns, MEPs suggest investing in awareness raising, education, online and local media, investigative journalism and information literacy, which would empower citizens to analyse media content critically.  It is equally important to adapt communication to specific regions, including access to information in local languages, says the text.

The resolution also suggests deepening EU and NATO cooperation on strategic communication, reinforcing the EU’s 9-strong strategic communication task force and providing more support to boost media resilience in EU neighbourhood countries.

The resolution was approved by 304 votes to 179, with 208 abstentions.

Procedure:  Non-legislative resolution
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 953
  • Recebeu: 225 vez(es)
  • Enviou: 138 vez(es)
  • +29/-6
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #43 em: Novembro 09, 2017, 12:47:08 pm »
Por falar em quem quer o quê....

MEPs sound alarm on anti-EU propaganda from Russia and Islamist terrorist groups

É uma evidência clara! Aliás tínhamos neste fórum alguém que só colocava notícias ou opiniões que favoreciam sempre os Russos.
Quem lhe deu o nome de Putin, diminutivo de Rasputin, acertou na mouche!
 

*

Daniel

  • Especialista
  • ****
  • 1122
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 5 vez(es)
  • +43/-25
Re: O colapso da união Europeia...
« Responder #44 em: Novembro 09, 2017, 01:08:33 pm »
Viajante
Citar
O Euro não tem culpa que os comerciantes arredondassem os preços todos para cima, chegando mesmo a dobrar o valor na altura de transição.
Mas então de quem é a culpa? Não ouve regras quando se aderiu ao euro? Pelos vistos cada um fiz o que bem lhe apeteceu, Sem o governo ter colocado um limite nesse arredondamento. :N-icon-Axe:
Viajante
Citar
Uma questão, que culpa tem o euro de que de um momento para o outro os portugueses endividassem-se para a vida, com a compra de uma casa, muitas das vezes acima das suas possibilidades, juntamente com carros adquiridos a prestações, férias com empréstimos, etc, etc, só porque as taxas de juro são tão baixas?
Aqui estou de acordo consigo, até porque a questão do endividamento dos portugueses não tem nada a ver com o euro, pois já era assim no tempo do Escudo. A questão do endividamento dos portugueses tem mais a ver com a falta de poder de compra, salários muito baixos, o que leva a constante pedida de crédito.
Viajante
Citar
O Cabeça de Martelo já referiu o que faltam. Faltam estadistas na UE. E nós por cá o que faltou, foram 2 referendos, o 1º a perguntar-nos se queríamos aderir à CEE/UE, o 2º a perguntar se queríamos aderir ao EURO. É verdade que podíamos responder com o não, mas caberia aos políticos da altura, esclarecer-nos devidamente dos prós e dos contras de cada decisão. Isso foi o que nos faltou, muitos portugueses sentirem que não foram tidos nem achados numa decisão tão importante como essa! Mesmo que esses políticos temessem o não (não tenho dúvidas disso), mas depois são acusados de falta de legitimidade e de perda de autonomia do país (muito por culpa das más negociações dos nossos políticos).
Estamos de acordo, o grande problema do nosso país continua a ser os nossos políticos, pois não têm a capacidade suficiente, má-formação para governar Portugal, continuam ano após ano, a cometer erros gravíssimos. Se são acusados de falta de legitimidade não sei mas, que estão a perder a autonomia do país, lá isso estão. Mas isso foi exactamente o que falei, Portugal não estava em condições de aderir ao euro, derivado a fragil economia. O Euro foi bom para as economias altamente desenvolvidas, o que não foi o caso de Portugal, Grécia, Espanha e inclusive a Italia, já o disse e volto a afirmar, a meu ver Portugal teve uma entrada quase que forçada para moeda única.
A Vida é um teste e uma incumbência de  confiança.
 

 

Construção naval militar europeia une-se para fazer compras

Iniciado por MarauderQuadro Indústrias de Defesa

Respostas: 0
Visualizações: 1843
Última mensagem Abril 17, 2006, 03:47:04 pm
por Marauder
MNE´s da UE discutem hoje força europeia de protecção civil

Iniciado por MarauderQuadro Portugal

Respostas: 0
Visualizações: 1025
Última mensagem Maio 16, 2006, 02:41:07 pm
por Marauder
Nomeados os dirigentes da Agencia Europeia de Armamento

Iniciado por JLRCQuadro Indústrias de Defesa

Respostas: 1
Visualizações: 1342
Última mensagem Outubro 15, 2004, 06:26:32 pm
por dremanu
UE/RDCongo: Portugal participa em missão europeia

Iniciado por MarauderQuadro Portugal

Respostas: 26
Visualizações: 9259
Última mensagem Outubro 11, 2010, 04:30:32 pm
por PereiraMarques
Nova força policial europeia: Eurogendfor

Iniciado por ricardonunesQuadro Forças de Segurança

Respostas: 2
Visualizações: 1397
Última mensagem Maio 06, 2006, 04:05:52 pm
por [Mumia_]