Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...

  • 48 Respostas
  • 9684 Visualizações
*

Pedro E.

  • Investigador
  • *****
  • 1536
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +20/-217
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #15 em: Outubro 11, 2016, 12:10:57 am »
Há cada um a dizer cada bacorada!!!!!

"Top trading partners with China

This list was released on January 10, 2014 and reflects the volume of trade in 2013.[1] Total trade values are in billions of USD.

Rank    Trading Partner    Total trade
1            United States    521
2            Japan                    312,55
3           South Korea            274,24
4           Taiwan                    197,28
5           Germany            161,56
6           Australia              136,37
7           Malaysia                    106,07
8           Brazil                      90,27
9           Russia                      89,21

Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_the_largest_trading_partners_of_China

Mais um ignorante a dizer das suas.Primeiro estamos em 2016 Viajante. Segundo, esta gente ve tudo pelo lado economico.
Ate parece que sao marxistas ahah.
O aspecto economico e so um dos lados da questao. Va ver a quem e que a China anda a comprar petroleo e gas ( e nao pagam em dolars ihih), quem e que anda a vetar junto com a Russia no conselho de seguranca das nacoes unidas as propostas do "ocidente" para a siria, quem e que participa em manobras militares conjuntas seja no mediterraneo ou nos mares da asia. Talvez assim os totos da economia consigam sair da caixa e enxergar melhor.
« Última modificação: Outubro 11, 2016, 12:13:45 am por Pedro E. »
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1031
  • Recebeu: 261 vez(es)
  • Enviou: 148 vez(es)
  • +32/-8
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #16 em: Outubro 11, 2016, 12:48:57 am »
Parece que ouvi um asinino a dizer algo!

"Between 2012 and 2015, India will once again become the number one importer ($14.3 billion), followed by Venezuela ($3.2 billion) instead of Algeria. Vietnam will rank third, with imports of $3.2 billion.that the Asia-Pacific now accounts for more than half of the company's deliveries. In recent years Russia approved about $7 billion worth of export loans under weapons contracts. This has enabled Rosoboron export to sign new deals with Myanmar, Malaysia, Indonesia, Sri Lanka and Vietnam. Moscow is determined to keep its share of the Indian defence market and to retain its status as the world's second-largest defence exporter. Last year Rosoboronexport signed $17.6 billion worth of new contracts, which represents an increase of 150 percent compared to 2011. The company's portfolio of contracts has reached an impressive $37.3 billion. Russia ranks second in the world’s arms export. Moscow supplies arms and military equipment to 66 countries, has concluded agreements on military and technical cooperation with 85 countries and its portfolio of orders for defence-related products currently stands at a staggering $46.3 billion. Russian global arms exports reached $15.2 billion in 2012, up 12% compared to the previous year.said Venezuela, Peru, Brazil, Argentina and Mexico were interested in buying helicopters and air defense systems. Grigory Kozlov, head of Helicopter Export Department at Rosoboronexport, said there is good potential for cooperation virtually with all the countries in the region, and especially with Brazil, where Mi-35M helicopters are successfully used.The main partner in the region is a traditional friend of Russia – Venezuela. It is now the second biggest purchaser of Russian arms, after India, that Russia needs to press ahead. The PAK-FA fifth generation fighter and the BrahMos supersonic multiple usage cruise missile are the most visible outcomes of joint venture production with India.[16] The Center for Analysis of the World Arms Trade estimates the value of equipment acquired by Caracas from the Russian defence industry at $4.4 billion. This includes 24 Su-30MK2V fighters, 100,000 AK-103 machine guns, more than 40 Mi-17V-5 multipurpose helicopters, 10 Mi-35M2 attack helicopters, three Mi-26T2 heavy transport helicopters and 5,000 SVD sniper rifles.India is working on two co-design defence projects with Russia – the FGFA and the Multi-role Transport Aircraft, which is already in detailed design stage."

Mas onde é que aparece a China?

https://en.wikipedia.org/wiki/Defense_industry_of_Russia
 

*

Pedro E.

  • Investigador
  • *****
  • 1536
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +20/-217
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #17 em: Outubro 11, 2016, 01:46:31 am »
Para ja na tua brilhante analise de wikipedia dos trading partners da china esqueceste-te de ver o outro lado da moeda. Isto se quiseres teres uma perspectiva mais profunda.

China e o principal parceiro para a Russia

http://atlas.media.mit.edu/en/profile/country/rus/

Citar
The top export destinations of Russia are China ($39.3B), the Netherlands ($39B), Germany ($29.8B), Italy ($22.9B) and Japan ($21.5B). The top import origins are China ($50B), Germany ($37.3B), the United States ($16.5B), Belarus ($14.9B) and Italy ($12.4B).

Quanto a parte militar basta dizer que a Russia e o principal fornecedor da China

http://books.sipri.org/files/FS/SIPRIFS1602.pdf

 
Citar
However, China remains partly dependent on imports for some key weapons and components,including large transport aircraft and helicopters, and engines for aircraft,vehicles and ships. Engines accounted for 30 per cent of China’s imports in 2011–15. In 2015 it signed orders for air defence systems and 24 combat aircraft from Russia, indicating that China is also not yet self-suffi cient in those categories. China’s largest supplier was Russia, which accounted for 59 per cent of Chinese imports, followed by France with 15 per cent and Ukraine with 14 per cent.

Coisas destas os burros nao apanham na wikipedia.
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1031
  • Recebeu: 261 vez(es)
  • Enviou: 148 vez(es)
  • +32/-8
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #18 em: Outubro 11, 2016, 10:20:41 am »
Quando tirares a albarda, já talvez consigas ver alguma coisa.

Ora vai lá ver os links que meteste dos principais parceiros da Rússia e compara com os da China. Queres fazer crer a alguém que lá pela China ser o maior importador da Rússia é o mais importante? Se fores ver a quem vendem os Chineses, antes de chegar ao 9º lugar da Rússia, ainda tens mais 8 países antes e vês que só os EUA compram o equivalente a 10 Rússia à China!!!

Conclusão inequívoca, para a Rússia a China é muito importante (será que alguém não ouviu notícias de um bloqueio ocidental?). Para a China? Nem por isso, são trocos, que é a diferença que vai de 50 para mais de 500 mil milhões de dólares!

Aconselho-te a ler um livro muito bom chamado Samuelson, fala de economia mundial (é verdade, estão lá todos os países) e talvez percebas alguma coisa. Lá porque A é muito importante para B, não quer dizer que seja recíproco!!!!!

E para perceberes a lobotomia que sofreste, aconselho-te a ler um livro do fim do século XIX, de Gustave Le Bon "Psicologia das Multidões". No livro, o autor francês retrata muito bem a forma de actuar de Putin, mais de 100 anos antes dele chegar ao poder :)
 

*

Pedro E.

  • Investigador
  • *****
  • 1536
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +20/-217
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #19 em: Outubro 11, 2016, 11:02:15 am »
Parece que ouvi um asinino a dizer algo!

"Between 2012 and 2015, India will once again become the number one importer ($14.3 billion), followed by Venezuela ($3.2 billion) instead of Algeria. Vietnam will rank third, with imports of $3.2 billion.that the Asia-Pacific now accounts for more than half of the company's deliveries. In recent years Russia approved about $7 billion worth of export loans under weapons contracts. This has enabled Rosoboron export to sign new deals with Myanmar, Malaysia, Indonesia, Sri Lanka and Vietnam. Moscow is determined to keep its share of the Indian defence market and to retain its status as the world's second-largest defence exporter. Last year Rosoboronexport signed $17.6 billion worth of new contracts, which represents an increase of 150 percent compared to 2011. The company's portfolio of contracts has reached an impressive $37.3 billion. Russia ranks second in the world’s arms export. Moscow supplies arms and military equipment to 66 countries, has concluded agreements on military and technical cooperation with 85 countries and its portfolio of orders for defence-related products currently stands at a staggering $46.3 billion. Russian global arms exports reached $15.2 billion in 2012, up 12% compared to the previous year.said Venezuela, Peru, Brazil, Argentina and Mexico were interested in buying helicopters and air defense systems. Grigory Kozlov, head of Helicopter Export Department at Rosoboronexport, said there is good potential for cooperation virtually with all the countries in the region, and especially with Brazil, where Mi-35M helicopters are successfully used.The main partner in the region is a traditional friend of Russia – Venezuela. It is now the second biggest purchaser of Russian arms, after India, that Russia needs to press ahead. The PAK-FA fifth generation fighter and the BrahMos supersonic multiple usage cruise missile are the most visible outcomes of joint venture production with India.[16] The Center for Analysis of the World Arms Trade estimates the value of equipment acquired by Caracas from the Russian defence industry at $4.4 billion. This includes 24 Su-30MK2V fighters, 100,000 AK-103 machine guns, more than 40 Mi-17V-5 multipurpose helicopters, 10 Mi-35M2 attack helicopters, three Mi-26T2 heavy transport helicopters and 5,000 SVD sniper rifles.India is working on two co-design defence projects with Russia – the FGFA and the Multi-role Transport Aircraft, which is already in detailed design stage."

Mas onde é que aparece a China?

https://en.wikipedia.org/wiki/Defense_industry_of_Russia


A China aparece aqui. Segundo lugar se e que sabes ver desenhos



Mas o Viajante continua a pensar que esta tudo mal

http://rcif.com/russia-china-trade.htm

Citar
According to forecasts, bilateral commerce could grow up to $100 billion in 2015 and if the two countries continue to nurture the right conditions for trade investment growth, it is likely to reach $200 billion by 2020. The total trading value between China & Russia has grown 17.8 % p.a. in the past 11 years.

 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1031
  • Recebeu: 261 vez(es)
  • Enviou: 148 vez(es)
  • +32/-8
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #20 em: Outubro 11, 2016, 11:30:43 am »
« Última modificação: Outubro 11, 2016, 11:32:14 am por Viajante »
 

*

Lusitan

  • Membro
  • *
  • 98
  • Recebeu: 32 vez(es)
  • Enviou: 23 vez(es)
  • +40/-2
  • Hic et Ubique
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #21 em: Outubro 11, 2016, 01:17:31 pm »
Hipótese:
According to forecasts, bilateral commerce could grow up to $100 billion in 2015 and if the two countries continue to nurture the right conditions for trade investment growth, it is likely to reach $200 billion by 2020. The total trading value between China & Russia has grown 17.8 % p.a. in the past 11 years.

Facto:
https://themoscowtimes.com/articles/russian-chinese-trade-plummets-in-2015-51425

Pedro E,
já ouviste falar na "armadilha de Tucídides"? Hoje em dia usam-na cada vez mais no contexto das relações sino-americanas, sendo que o próprio presidente chinês usou este termo para falar na necessidade de não entrar em conflicto com os EUA. É uma constante ao longo da História e não uma mera invenção minha que uma potência em expansão tende a entrar em guerra com uma potência estabelecida.
Há muita gente que acha que o principal adversário da China e da Rússia são os EUA. No entanto os EUA são uma potência marítima e não continental e a China e a Rússia são potências continentais. As potências continentais têm normalmente maior tendência para entrar em conflictos do que as potências marítimas, uma vez que estas últimas estão mais interessadas no livre comércio e no domínio dos mares. O conflicto entre duas potências continentais é maior se têm fronteiras comuns. A minha convicção é que tanto a China como os EUA têm demasiado a perder com um conflicto entre os dois e a China não tem necessidade de entrar em conflicto no Mar do Sul da China se optar por acordos bilaterais com os países mais fracos. No entanto a vontade de se tornar novamente numa potência marítima pode levar a confrontos com alguns aliados de Washington (nomeadamente o Japão, Taiwan ou até mesmo as Filipinas - apesar de esta última estar a implodir), uma vez que coloca riscos existenciais para estes países. Nesse caso uma verdadeira aliança pode ser estabelecida entre a Rússia e a China, algo que não existe formalmente (o Pacto de Shanghai não é uma aliança militar).
No que concerne à relação com a Rússia, as trocas comerciais são pouco relevantes para a China - muito mais para a Rússia agora que se começam a fazer sentir algumas sanções europeias - e além disso a luta diplomática pela influência na Ásia Central é real. Aliás, a maior parte do gás natural obtido pela China vem do Turquemenistão, sendo que a Rússia representa apenas 1.52% do bolo vem da Rússia. Quanto a petróleo, a Rússia representa apenas 10% das importações. O próprio pipeline Altai que está a ser construído está ser visto como ameaça por parte dalguma população russa:
http://www.fondaltai21.ru/en/publish/298/3088
E entre algumas das razões que enumeram para se opor a esta troca comercial é o possível "abocanhar" do território da Sibéria. Não sou eu a dizê-lo, são cidadãos russos que temem o avanço chinês na Sibéria.
Relativamente às importações bélicas chinesas, é precisar reflectir sobre elas. A China compra normalmente russo devido ao embargo ocidental de armas posterior ao massacre de Tianamen, mas compra sempre em pequenas quantidades e depois tenta fazer cópias desses sistemas. O objectivo das compras são o de obter know-how tecnológico para produzir internamente versões chinesas. Os próprios russos durante muitos anos impediram a venda de muitos sistemas de armas avançados por causa da questão das cópias chinesas.
À medida que essa diferença tecnológica entre os russos e os chineses se for esbatendo, as compras vão diminuindo. Por alguma razão a India é o principal importador de armamento russo. Por alguma razão os chineses não entram em programas de desenvolvimento conjunto de armas como a Rússia faz com a India.
« Última modificação: Outubro 11, 2016, 01:20:40 pm por Lusitan »
 

*

Pedro E.

  • Investigador
  • *****
  • 1536
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +20/-217
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #22 em: Outubro 11, 2016, 01:51:44 pm »

Concordo quando diz que a Russia esta mais dependente da China do que vice-versa.
Discordo no entanto quando menospreza a relacao de proximidade que ambos os paises tem.

Os acordos assinados ha dois anos tem um peso geo-estrategico enorme.

Russia, China sign deal to bypass US dollar
http://america.aljazeera.com/articles/2014/5/20/russia-china-bankdeal.html

 Estou a citar de memoria, as estimativas previam 100 bilioes de dolares em trocas bilaterais, tendo ficado nos cerca de 80-90 bilioes no ultimo ano, um pouco abaixo das expectativas.Os resultados nao aparecem dum dia para o outro, mas o trabalho esta a ser feito para esta alianca sino-russa singrar.

Russia Secures Energy Deals, Talks Security with China as Putin Visits
http://fortune.com/2016/06/25/russia-energy-deals-china-security/

Uma parceria que vai continuar a crescer e a prosperar. Muita gente com dor de cotovelo,imagino.

Russia and China Agree to Target $200Bln Bilateral Trade
https://themoscowtimes.com/articles/russia-and-china-agree-to-target-200bln-bilateral-trade-53083

 

*

Lusitan

  • Membro
  • *
  • 98
  • Recebeu: 32 vez(es)
  • Enviou: 23 vez(es)
  • +40/-2
  • Hic et Ubique
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #23 em: Outubro 11, 2016, 03:47:35 pm »
Uma vez que as exportações totais da Rússia em 2015 foram cerca de 300 mil milhões de dólares, parece-me que esta ideia de chegar a trocas comerciais com a China dessa envergadura (200 mil milhões de dólares) serão sempre defavoráveis à Rússia.

Convém também ver que o precedente que a Rússia lançou na Ucrânia de invadir outro país para proteger russos "sujeitos a perseguição" pode muito facilmente ser usado pela China para fazer valer os seus interesses no Extermo Oriente russo.
Esta pseudo-aliança sino-russa é uma amizade conveniência ao estilo do pacto Molotov-Ribbentropp. A verdade é que as esferas de influência dos dois países se cruzam e que historicamente existem precedentes de conflictos e interesses contrários das duas nações. A história não é tudo, mas tal como a China tentou usar a história para reclamar o Mar do Sul da China, também o pode fazer a norte, ainda para mais quando a população chinesa está a crescer fortemente em alguma regiões da Rússia.
http://thediplomat.com/2015/05/can-the-china-russia-warmth-last/
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4490
  • Recebeu: 729 vez(es)
  • Enviou: 522 vez(es)
  • +31/-11
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #24 em: Outubro 11, 2016, 11:28:07 pm »
Meu caro lusitan desculpe, mas sabe à quantos anos a China tem o Tu16 Badger? Desde 1959, com linha de montagem "made in Rússia", técnicos formados e supervisão dos sovietes.  Sabe quantos construiu, desde o re-inicio do programa em 1962,  e até  fechar a primeira linha de montagem nos anos 80, inclusive os da versão bombardeiro atómico? 80 aparelhos. Foi reaberta com mais 120 exemplares a versão de abastecimento produzidos até 87. Nos anos 90 da versão Hy6 até 97? mais 10 aparelhos. Resumindo, em 57 anos fizeram 210 aviões. Falharam a fazer o quadrireactor e quando fizeram voar o prototipo do H6 tiveram que lhe colocar 2 reactores RR Spey nas asas para dar uma ajuda. Ah, e quando precisaram de um bom avião tanque foram comprar o Il76 aos Russos, da mesma forma quando precisaram de um bombardeiro mais moderno, compraram o backfire, novamente à Russia.

Citar
http://www.areamilitar.net/DIRECTORIO/AER.aspx?nn=480
A realidade Chinesa na maioria do equipamento militar, principalmente aviação, parte do Exercito e da Marinha, é a do H6. Mesmo o que foi fabricado sob licença, resultou com o apoio dos paises que licenciaram. Após o "copy e paste" chinés lá deu para o torto novamente. Veja o S300:http://www.dw.com/en/what-is-chinas-hq-9-air-defense-system-capable-of/a-19053690
Citar
The HQ-9 is a fourth-generation surface to air missile (SAM) system. While not the most advanced SAM system in the world, if it has indeed been deployed to Woody Island then this would be the most advanced long range air defense missile currently deployed to an island in the South China Sea.
The HQ-9 is capable of engaging multiple aircraft, including combat aircraft. It resembles the Russian S300 system but China is assessed to have developed variants of the system with a longer range, potentially up to 230 kilometers.

Veja o alcance dos misseis de cruzeiro russos, como por exemplo o 3M-54Cub: https://en.wikipedia.org/wiki/3M-54_Klub
Citar
Operational
range
91RE1: 50 km
3M-54E: 220 km
3M-54E1/3M-14E: 300 km
3M-54/3M-54T: 660 km
3M-14/3M-14T: 2500 km

long range variant: 4000 km?
Ainda acha que consegue criar uma zona de exclusão aérea ou os Russos também não têm misseis suficientes?

Um avanço Chinês pode ser feito contra pequenos países, o peixe graúdo é diferente. Aliás, mesmo tendo em conta a questão continental os Chineses têm um problema bicudo com os indianos, os quais não apenas tem acesso a material russo, inclusive o T50 desenvolvido com os Russos, como têm acesso a material ocidental com menos restrições que os Chineses. E se em 60 anos a China com linha de montagem feita pelos soviéticos, com técnicos treinados e formados na URSS, constrói duas centenas de H6 quanto tempo até conseguir fazer um bombardeiro, caça ou submarino, 100% Chinês? Um século? Podem construir à  vontade porta-aviões, pois o que lhes valha se toda a ala aérea são aparelhos russos?  Já produzem melhor e mais rápido 60 anos volvidos? J8 um fiasco, J10 tarda em ser exportado, Su27 com problemas de motores, os Stealth Fighters uma incógnita. Só se produzirem em massa os Jf17 que fazem para o Paquistão que pelo menos está ao nivel do Tejas indiano e parece ser o caças chinês de maior sucesso depois o J7, que por acaso também é projecto russo.

Já agora uma ideia. Por que carga de água se a China precisar de expandir o seu território vai chatear o terreno dos Russos? Mais depressa os via a testar a contenda em ex republicas da URSS, bem mais fracas militarmente e um bom tubo de ensaio para ver como a Rússia reagia. Além do mais estão cheias de petróleo e gás natural, numa latitude bem mais fácil de explorar que na fria sibéria  ;)


Cumprimentos
« Última modificação: Outubro 11, 2016, 11:35:12 pm por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Viajante

  • Especialista
  • ****
  • 1031
  • Recebeu: 261 vez(es)
  • Enviou: 148 vez(es)
  • +32/-8
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #25 em: Outubro 12, 2016, 01:09:30 am »
Discordo em alguns aspectos.

É verdade que em termos militares os Chineses estão atrás dos Russos, mas dada a velocidade a que crescem e a quantidade brutal em I&D, é uma questão de tempo até ultrapassarem os Russos.

Factos:
- Os chineses têem já à vários anos, os maiores supercomputadores à face da terra dedicados em exclusivo a I&D. Têem várias universidades militares que se dedicam apenas a I&D! E mais surpreendente, o último e maior supercomputador (Sunway TaihuLight) é 100% chinês!!!!! Até os processadores!!!!!
- Têem misseis 100% chineses, anti-navio, anti-míssil, etc...
- Têem um sistema próprio e independente de geoposicionamento (Baidu);
- Tecnologia aeroespacial, que inclui um programa de armas anti-satélite que vai estar operacional em 2020;
- Têem o J-20 com alguns problemas, é verdade;
- Vão também lançar um avião comercial para rivalizar com o A320.
- Armas de impulso Electromagnético em desenvolvimento;

Resumindo, podem demorar algum tempo, mas têem tudo a favor para ultrapassarem a Rússia. Só é preciso a paciência de Chinês :)

E para ajudar, o PIB da China é quase 10 vezes maior que o Russo!!!
Têem é um enorme ponto fraco que é o abastecimento de matérias primas......

https://en.wikipedia.org/wiki/Science_and_technology_in_China
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4490
  • Recebeu: 729 vez(es)
  • Enviou: 522 vez(es)
  • +31/-11
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #26 em: Outubro 12, 2016, 10:05:52 am »
Discordo em alguns aspectos.

É verdade que em termos militares os Chineses estão atrás dos Russos, mas dada a velocidade a que crescem e a quantidade brutal em I&D, é uma questão de tempo até ultrapassarem os Russos.

Factos:
- Os chineses têem já à vários anos, os maiores supercomputadores à face da terra dedicados em exclusivo a I&D. Têem várias universidades militares que se dedicam apenas a I&D! E mais surpreendente, o último e maior supercomputador (Sunway TaihuLight) é 100% chinês!!!!! Até os processadores!!!!!
- Têem misseis 100% chineses, anti-navio, anti-míssil, etc...
- Têem um sistema próprio e independente de geoposicionamento (Baidu);
- Tecnologia aeroespacial, que inclui um programa de armas anti-satélite que vai estar operacional em 2020;
- Têem o J-20 com alguns problemas, é verdade;
- Vão também lançar um avião comercial para rivalizar com o A320.
- Armas de impulso Electromagnético em desenvolvimento;

Resumindo, podem demorar algum tempo, mas têem tudo a favor para ultrapassarem a Rússia. Só é preciso a paciência de Chinês :)

E para ajudar, o PIB da China é quase 10 vezes maior que o Russo!!!
Têem é um enorme ponto fraco que é o abastecimento de matérias primas......

https://en.wikipedia.org/wiki/Science_and_technology_in_China
E têm o Tu16 à quase 60 anos. Quando foi preciso algo mais moderno compraram aos russos. Nem com o super computador conseguirem fazer um bombardeiro ou avião de abastecimento próprio, mesmo a partir de algo que faziam à 57 anos...  ;)
A questão não está no que os Chineses têm e fazem mas sim como o material opera e a forma como é desenvolvido ou copiado para versões posteriores com maiores capacidades. E este problema tarde em ser resolvido. A maior parte do exercito Chinês já não tem esses problemas porque parte do desenvolvimento é autónomo e à anos que segue uma linha completamente diferente dos russos. Na aviação e marinha o caso é diferente, porque parte do material é cópia, apenas está desenvolvido até uma certa capacidade e dá problemas. Já dei o exemplo da cópia do s300 que não avançou a partir dos duzentos e poucos km, mas existem outros exemplos de material copiado ou demasiado parecido: https://en.wikipedia.org/wiki/C-801_anti-ship_missile   
Citar
C-801 is a huge diversion from earlier Chinese anti-ship missiles such as HY/SY/FL AShMs in that its size has drastically reduced, and the layout was similar to that of contemporary western AShMs: the dimension of C-801 is extremely close to that of French Exocet, while the triple control surfaces of C-801 are almost identical to those found on the American Harpoon, and C-801 is sometimes referred by some as the Chinese Exocet. The compact size of C-801 provides it with distinct advantage over earlier HY/FL/SY missiles in that C-801 can be carried various platforms such as fighters and helicopter that previously could not carry large-sized missiles of earlier FL/HY/SY series, and shore-based batteries can carry more missiles in a single vehicle in comparison to earlier AShMs.

Outro aspecto importante que até foi referido primeiro pelo caro lusitan são as armas nucleares. Nesse campo a distância é bem maior para os Russos e se relativamente a questões com o mau funcionamento de parte do material, acredito serem debeladas em duas ou 3 décadas, as situações referentes a armas estratégicas e meios de as transportar levará mais tempo (se calhar os tais 60 anos do Tu16 badger que deu em comprar de novo aos russos  ::) ). Quanto a armas como os "Carrier Killers" que os chineses alegam ter e funcionam "às mil maravilhas" não passam de propaganda.
   
Já agora deixo também a questão: Se não é para questionar o domínio marítimo do mar da china e arredores porque desenvolve a China a sua marinha, com carradas de navios, a maior parte com desenho e construção própria?
Citar
List of active People's Liberation Army Navy ships is a list of ships currently in active service with the People's Liberation Army Navy. There are approximately 496 ships listed in the tables below that constitute active ships, but this figure does not include the 232 various auxiliary vessels of the PLAN. A summary of ship types in service with the PLAN include an aircraft carrier, amphibious transport docks, landing ship tanks, landing ship medium, destroyers, frigates, corvettes, missile boats, submarine chasers, gunboats, mine countermeasures vessels, replenishment oilers and various auxiliaries. In addition, there are also nuclear and conventional submarines presently in service.

All ships and submarines currently in commission with the People's Liberation Army Navy were built in China, with the exception of the Sovremenny-class destroyers, Kilo-class submarines and the aircraft carrier Liaoning. Those vessels were either imported from, or originated from Russia or Ukraine. As of 2008, English-language official Chinese state media no longer uses the term "People's Liberation Army Navy", instead the term "Chinese Navy" along with the usage of the unofficial prefix "CNS" for "Chinese Navy Ship" is now employed.[1]

https://en.wikipedia.org/wiki/List_of_active_People%27s_Liberation_Army_Navy_ships
 

Cumprimentos
« Última modificação: Outubro 12, 2016, 10:09:04 am por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

FoxTroop

  • Investigador
  • *****
  • 1363
  • Recebeu: 193 vez(es)
  • Enviou: 140 vez(es)
  • +14/-10
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #27 em: Outubro 12, 2016, 10:42:42 am »
Concordo em absoluto com o caro mafets. Uma coisa é a China peitar umas Filipinas ou Vietname (e mesmo assim). Outra bem diferente é virar-se contra a Rússia. A Rússia é a retaguarda chinesa em caso de as coisas azedarem no Mar da China, é a linha vital que fornece a energia e tecnologia. Para mais, tal como o caro mafets fez notar, ao lado está a Índia, fortemente apoiada militarmente pelos russos.
 

*

Pedro E.

  • Investigador
  • *****
  • 1536
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 18 vez(es)
  • +20/-217
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #28 em: Outubro 12, 2016, 01:54:18 pm »

Nao esquecendo que em 2008 Russia e China resolveram como cavalheiros as suas disputas territoriais (ilhas tarabarov e boshoi).
Mas o forista Lusitan continua a insistir e a sonhar com uma invasao chinesa na russia (nao tem data para a previsao). Respeito os seus comentarios, mas considero-os completamente errados. Sinceramente e nao me levem a mal mais parece uma historia para argumentista de cinema.

Russia gives territory to China, ending decades-old border dispute
http://www.hurriyet.com.tr/russia-gives-territory-to-china-ending-decades-old-border-dispute-10118417
 

*

Lusitan

  • Membro
  • *
  • 98
  • Recebeu: 32 vez(es)
  • Enviou: 23 vez(es)
  • +40/-2
  • Hic et Ubique
Re: Porque é que o Putin "é mau como as cobras"...
« Responder #29 em: Outubro 12, 2016, 02:07:01 pm »
Continuamos a bater na mesma tecla? Eu sei que qualitativamente a Rússia é melhor que a China. Por quanto tempo é a minha questão.

O mafets fala no H6... mas quando cada vez mais se fala em que a necessidade de bombardeiros estratégicos é cada vez menor (em conflictos de baixa intensidade não servem porque causam demasiadas baixas colaterais e porque em termos de custos não compensam, e em conflictos de alta intensidade têm uma sobrevivência reduzida se não existir supremacia aérea (não falo dos stealth, mas também esses estão a ser questionados devido ao preço excessivo)), acha mesmo que vale a pena investir fortemente nesse ponto? Especialmente se sabemos que a China investiu fortemente no desenvolvimento de mísseis balísticos...
Em termos do HQ-9 a citação que apresenta desmente a sua teoria de que os copy paste são maus... aliás diz que o HQ-9 têm maior distância que o original S-300.

Os misseis de cruzeiro russos são bons em papel (manter a qualidade durante a produção sempre foi um problema russo).
http://www.theatlantic.com/international/archive/2015/10/russian-missiles-fly-too-close-to-sun-land-in-iran-by-mistake/409726/

Os chineses também têm feitos vários avanços no que a mísseis diz respeito.

O T50 ainda estamos para ver onde vai chegar, o mesmo com o Armata. Vamos ver se há dinheiro para eles e se as sanções não vão afectar o seu desenvolvimento (http://thediplomat.com/2015/06/is-russias-deadliest-tank-using-western-technology/). Entretanto se verficarmos as quantidades de caças de 4ª geração russos verificamos que não têm assim tanta quantidade para o território que têm de guardar e sofrem de problemas de manutenção com frequência. Com o rublo em queda presumo que os Su´s sigam o mesmo caminho.

A Rússia considera estas antigas repúblicas como suas. O avanço comercial e diplomático dos chineses nestas zonas está a criar alguns atritos entre os dois países.

Caro Pedro E,
Estou a escrever sobre uma convicção, uma vez que estamos a falar sobre conflictos do futuro. Não tendo o poder de viajar no tempo não posso dizer que vai ou não acontecer. Já o Pedro E tem esse dom e portanto pode dizer sem sombra de dúvida que não vai acontecer no futuro qualquer conflicto entre estes dois gigantes.
Também houve quem achasse que o desembarque do dia D seria forçosamente em Calais porque era o mais provável. E mesmo depois do desembarque na Normandia continuou a achar que o desembarque seria em Calais...
 

 

Como criar ficheiros de imagem (jpeg) a partir de um video?

Iniciado por AyalaBottoQuadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 8
Visualizações: 3562
Última mensagem Março 07, 2005, 02:52:28 am
por snakeye25
Portugal pode cair na dependência assistida como Sul Itália

Iniciado por MarauderQuadro Portugal

Respostas: 8
Visualizações: 2507
Última mensagem Maio 09, 2006, 11:55:00 pm
por NVF
História de Portugal usada como exemplo no Parlamento alemão

Iniciado por LanceroQuadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 4
Visualizações: 1116
Última mensagem Março 23, 2010, 11:13:31 pm
por Camuflage
Guerra de Propaganda na Síria - ou como fomentar um confronto mundial

Iniciado por LusoQuadro Conflitos do Presente

Respostas: 5
Visualizações: 1892
Última mensagem Outubro 11, 2016, 04:50:15 pm
por mafets
Marinha dá cursos sobre como lidar com jornalistas

Iniciado por TOMKATQuadro Armadas/Sistemas de Armas

Respostas: 0
Visualizações: 1370
Última mensagem Março 30, 2005, 03:11:47 am
por TOMKAT