Substituição dos Falcon 50

  • 79 Respostas
  • 14844 Visualizações
*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 453
  • Recebeu: 148 vez(es)
  • Enviou: 280 vez(es)
  • +15/-1
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #30 em: Maio 09, 2017, 10:21:17 pm »
Citação de: Mariovieira
Olá a todos ;

entretanto soube umas novidades da frota TAP Express que foi phased out. Segundo o que me contaram, a Air Pamnama comprou os Fokkers, mas não o spares  (dos quais ainda existe stock e obviamente se quer agora vender), e dos 6 adquiridos, um ser+a desmantelado para servir de fonte de sobressalentes para os restantes 5.
Já os E145 irão todos para uma MRO nordica, à excepção de um que irá para a FAP em leasing por um perído de 5 anos.

Cumps ;
MV
https://xn--aviao-dra1a.pt/index.php?topic=82.msg75816#msg75816


 :N-icon-Axe: :N-icon-Axe:

Ainda melhor é a resposta do interveniente ZG no mesmo fórum:
Citar

    Mensagens: 189

Hoje às 12:27:24
Concordo inteiramente com a opção.
Efectuei, enquanto passageiro, várias viagens nos Falcon 50.
Se bem que cómodos, velozes e com longo alcance, têm uma limitação enorme: 7 ou 8 passageiros.
Ora, em muitas deslocações de altas entidades, tal obrigava a que parte da comitiva seguisse de véspera em voo comercial e regressasse dois dias depois.
Era uma limitação muito sentida e que, amiúde, causava grandes constrangimentos logísticos e mesmo diplomáticos.

Tomada a decisão, importa contudo atentar em 2 aspectos:
. instalar depósito suplementar de combustível, permitindo aumentar o range
. reconfigurar a cabine, criando 3 áreas distintas: uma área VIP com 8 poltronas e mesas de trabalho e, na parte restante, retrofitar de 2+1 para 1+1, criando 2 salas de 10 + 8 Pax, separadas por cortinas, reduzindo a capacidade de 50 para 26 Pax (8 VIPs + 10/12 comitiva + 8/6 Press/Logística).

Assim, e após uma pintura xpto, ficaríamos com um avião "verdadeiramente Presidencial".
« Última modificação: Hoje às 13:19:06 por ZG »

Golf Lima gosta disto.
#5

que continua com esta pérola:

Citar

    Mensagens: 189

Hoje às 16:30:16
2 seria excelente.
Criar-se-iam economias de escala e permitiria ter 2 configurações distintas (VIP ou transporte de altas entidades)

Os Falcon (bastaria 1) ficaria adstrito a evacuações aéro-médicas e transporte de órgãos, adaptando a sua cabine a essa exclusiva função.

Que como li isto após ter passado pelo tópico do C-130 e as bocas sobre os nossos políticos fez-me ficar a pensar o que é que aqui para o fórum significa essa expressão?

1- São aqueles indivíduos que estão nos partidos e que concorrem às legislativas e autárquicas, mais os seus apaniguados, que estão metidos em todos os projectos de obras publicas directa ou indirectamente, ou em alternativa à  espera lugarzito num banco ou numa empresa pública?
É que esses garanto que nunca seriam suficientemente estúpidos para se arriscarem a irem aparecer nos jornais/TV por causa de alguém ter morrido por culpa desta ideia
Citar
Os Falcon (bastaria 1) ficaria adstrito a evacuações aéro-médicas e transporte de órgãos, adaptando a sua cabine a essa exclusiva função.
quando o avião avariasse porque isso já aconteceu mais que uma vez.

2-Uma subclasse de indivíduos normalmente instalados na administração pública, muitas vezes sem partido, mas que independente das opções/acções políticas diametralmente opostas efectuadas pelos sucessivos governos, dizem sempre presente e vão-se auto promovendo independentemente de venha quem vier e da sua competência?

Casos práticos recentes para melhor exemplificação:

Administração Publica
Vistos GOLD e os seus intervenientes.

Administração Publica Militar
1-Caso do pesqueiro afundado na Figueira da Foz, conclusão: a culpa é dos pescadores que não usam colete de salvamento.
Ups não está a dar resultado manda-se a carreira do responsável da capitania às urtigas.

2-Lançamento com pompa e circunstância do projecto costa segura. Toca a instalar uns radares nas barras dos portos. Porque raio é que nunca acharam necessário fazer isso antes últimos 30/40 anos é um mistério.

nota: isto já parece embirração com a marinha mas desde o tempo em que escolheram aquela madrinha para baptizar o Figueira da Foz ando com pouca disposição  para lhes dar o benefício da duvida.

Era só uma curiosidade da minha parte mas que na verdade gostava de ver esclarecida para saber quando usar a expressão "políticos". Muito obrigado.

Cumprimentos,


 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Get_It, HSMW

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7059
  • Recebeu: 491 vez(es)
  • Enviou: 615 vez(es)
  • +24/-8
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #31 em: Maio 10, 2017, 12:10:55 pm »
Realmente os Falcon só é preciso 1... capaz de voar, porque muito bem dito, todas as máquinas avariam, e mesmo que por milagre e super engenharia, nunca avariasse, ainda tinha as inspecções periodicas para fazer (conforme o aparelho pode demorar dias ou semanas) por isso manda a prudência ter pelo menos 2.
Como exemplo:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Manuten%C3%A7%C3%A3o_de_aeronaves

Gostava de saber a diferença entre configuração VIP e transporte de altas entidades, é que eu só voo em classe turistica.
« Última modificação: Maio 10, 2017, 12:15:51 pm por Lightning »
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 1715
  • Recebeu: 496 vez(es)
  • Enviou: 223 vez(es)
  • +34/-4
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #32 em: Maio 10, 2017, 12:42:07 pm »
O que mais me, e nos, chateia é a perpetuação desta cultura do "poucochinho": toma lá 20M€ para uns helicópterozitos mas não pode exceder essa quantia; toma lá 20M€ para um novo reabastecedor de frota para a Marinha mas nada de abusos; toma lá um único Embraer e em leasing porque até comprar em segunda-mão fica caro demais; toma lá uma modernizaçãozita jeitosa para duas fragatas, mas sem devaneios, e outra modesta para as restantes 3 porque somos um país pacífico, onde o sol brilha quase todo o ano, e o alto astral impera. Não há cá guerras, terrorismos ou chatices connosco, toda a gente gosta de nós e se dá bem connosco, que disparate gastar estúpidos rios de dinheiro na Defesa para aqueles "manfios" terem brinquedos bonitos para mostrar na parada e de vez em quando à populaça. Faz-me lembrar a minha avó quando me dava 500 escudos e me dizia para não gastar tudo em doces.

Ontem ria-me sozinho quando lia em pormenor o plano para Fátima; para a vinda do Papa tudo vai funcionar e estar a trabalhar, de não sei quantos Merlin para transporte e evacuação médica, Alouettes com snipers e preparados para intervenção rápida, C's a ir e vir de Roma para transportar o Papa móvel e outros dignitários, F-16 de trás para a frente com a óbvia escolta e defesa do espaço aéreo, entre outras coisas. É razão para pensar se depois do Francisco se ir embora no sábado o poder político dirá às Forças Armadas para meterem férias até 31 de Dezembro.  ::)

Só para terminar o tom irónico: a "Operação Fátima" faz lembrar o célebre ditado que diz que só nos lembramos de rezar a Santa Bárbara quando troveja.  ;D
« Última modificação: Maio 10, 2017, 12:48:16 pm por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Major Alvega, NVF, Get_It, Lightning

*

Major Alvega

  • Perito
  • **
  • 371
  • Recebeu: 182 vez(es)
  • Enviou: 77 vez(es)
  • +48/-94
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #33 em: Maio 10, 2017, 03:16:37 pm »
O que mais me, e nos, chateia é a perpetuação desta cultura do "poucochinho": toma lá 20M€ para uns helicópterozitos mas não pode exceder essa quantia; toma lá 20M€ para um novo reabastecedor de frota para a Marinha mas nada de abusos; toma lá um único Embraer e em leasing porque até comprar em segunda-mão fica caro demais; toma lá uma modernizaçãozita jeitosa para duas fragatas, mas sem devaneios, e outra modesta para as restantes 3 porque somos um país pacífico, onde o sol brilha quase todo o ano, e o alto astral impera. Não há cá guerras, terrorismos ou chatices connosco, toda a gente gosta de nós e se dá bem connosco, que disparate gastar estúpidos rios de dinheiro na Defesa para aqueles "manfios" terem brinquedos bonitos para mostrar na parada e de vez em quando à populaça. Faz-me lembrar a minha avó quando me dava 500 escudos e me dizia para não gastar tudo em doces.

Ontem ria-me sozinho quando lia em pormenor o plano para Fátima; para a vinda do Papa tudo vai funcionar e estar a trabalhar, de não sei quantos Merlin para transporte e evacuação médica, Alouettes com snipers e preparados para intervenção rápida, C's a ir e vir de Roma para transportar o Papa móvel e outros dignitários, F-16 de trás para a frente com a óbvia escolta e defesa do espaço aéreo, entre outras coisas. É razão para pensar se depois do Francisco se ir embora no sábado o poder político dirá às Forças Armadas para meterem férias até 31 de Dezembro.  ::)

Só para terminar o tom irónico: a "Operação Fátima" faz lembrar o célebre ditado que diz que só nos lembramos de rezar a Santa Bárbara quando troveja.  ;D

E como se ouviu amiúde nas notícias das TV's que vinha (imagine-se!) um "helicóptero especial" de Espanha com uma câmara especial que tinha um alcance de 2 kms. Mal sabem que é um das dezenas que guarda civil espanhola tem com as camaras FLIR. Penso que somos o único país da Europa em que as forças policiais não possuem helicópteros. Só a Eslováquia adquiriu recentemente 9 "luxuosos" biturbinas Bell 429 para as forças policiais com as respectivas câmaras.

Mas para quê que são precisos helicópteros?? O Papa não vem cá todos os anos. E a gente pede emprestado aos nossos vizinhos que sai mais barato. Até já fazemos isto há muitos anos com as aeronaves de combate aos incêndios (o nosso proverbial chico-espertismo).
Eu não me recordo já quem foi, mas há pouco tempo referi essa singularidade lusitana das forças policiais não terem helicópteros e cairam logo 2 "artistas" em cima de mim (risos) a dizer que não era preciso porque e não fazia mais sentido a sua utilização. Porque tinhamos os drones...
« Última modificação: Maio 10, 2017, 03:21:48 pm por Major Alvega »
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 582 vez(es)
  • Enviou: 1510 vez(es)
  • +31/-0
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #34 em: Maio 10, 2017, 05:18:56 pm »
Também já em tempos apontei essas mesmíssimas falhas (a falta escandalosa de aeronaves de asa rotativa nas nossas FFAA e FS) e, os mesmos habitués que acham desnecessário armar um navio da marinha com algo maior que um mosquete, caíram-me  logo em cima. Enfim, resta a bola, o Francisco e o Salvador para nos distrair.
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4857
  • Recebeu: 805 vez(es)
  • Enviou: 538 vez(es)
  • +39/-16
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #35 em: Maio 11, 2017, 10:12:51 am »
Também já em tempos apontei essas mesmíssimas falhas (a falta escandalosa de aeronaves de asa rotativa nas nossas FFAA e FS) e, os mesmos habitués que acham desnecessário armar um navio da marinha com algo maior que um mosquete, caíram-me  logo em cima. Enfim, resta a bola, o Francisco e o Salvador para nos distrair.
;D :P :jok: :nice:







E ainda... ;D ;)






Já agora (foram dados pelos alemães, estiveram cá pouco tempo e foram vendidos)...  ::) :P




Cumprimentos  :G-beer2:

"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 1715
  • Recebeu: 496 vez(es)
  • Enviou: 223 vez(es)
  • +34/-4
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #36 em: Maio 11, 2017, 11:51:15 am »
Também já em tempos apontei essas mesmíssimas falhas (a falta escandalosa de aeronaves de asa rotativa nas nossas FFAA e FS) e, os mesmos habitués que acham desnecessário armar um navio da marinha com algo maior que um mosquete, caíram-me  logo em cima. Enfim, resta a bola, o Francisco e o Salvador para nos distrair.
;D :P :jok: :nice:







E ainda... ;D ;)






Já agora (foram dados pelos alemães, estiveram cá pouco tempo e foram vendidos)...  ::) :P




Cumprimentos  :G-beer2:


Esse reaproveitamento de meios aéreos é para países pobres, do terceiro mundo e que não sabem o que fazem. Nós somos inteligentes, a razão está do nosso lado.

Poucos helicópteros nas FFAA's? Não interessa para nada! Por exemplo, para nós o Canadair CL-415 não serve porque sabemos mais, muito mais, que espanhóis, marroquinos, franceses, italianos, croatas, gregos e turcos em matéria de combate a incêndios. Eles é que estão na cauda da Europa, não nós.
« Última modificação: Maio 11, 2017, 11:53:36 am por Charlie Jaguar »
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Get_It, Stalker79

*

Barlovento

  • Membro
  • *
  • 117
  • Recebeu: 52 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +7/-2
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #37 em: Maio 11, 2017, 02:33:20 pm »




La policía uruguaya compró tres pequeños helicópteros Robinson para patrullar.

Una pregunta off topic: Nosotros los Uruguayos, que fuímos colonia Portuguesa, ¿porque nunca se nos nombra o tiene en cuenta como tales?
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8270
  • Recebeu: 688 vez(es)
  • Enviou: 1018 vez(es)
  • +40/-8
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #38 em: Maio 11, 2017, 02:49:54 pm »
, ¿porque nunca se nos nombra o tiene en cuenta como tales?

Percebi nada!  :o ???
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Barlovento

  • Membro
  • *
  • 117
  • Recebeu: 52 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +7/-2
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #39 em: Maio 11, 2017, 02:57:30 pm »
, ¿porque nunca se nos nombra o tiene en cuenta como tales?

Percebi nada!  :o ???

Nos, os Uruguayos, fuimos Portugueses, Brasileiros y después independientes.
 

*

Barlovento

  • Membro
  • *
  • 117
  • Recebeu: 52 vez(es)
  • Enviou: 14 vez(es)
  • +7/-2
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #40 em: Maio 11, 2017, 03:47:13 pm »
, ¿porque nunca se nos nombra o tiene en cuenta como tales?

Percebi nada!  :o ???

Em 1816, uma força de 10 mil soldados portugueses invadiu a Banda Oriental vinda do Brasil e tomou Montevidéu em janeiro de 1817.[28] Depois de quase quatro anos mais de luta, o Brasil Português anexou a Banda Oriental como província sob o nome de Cisplatina.[28] O Império do Brasil tornou-se independente do domínio português em 1822. Em resposta à anexação, os Trinta e Três Orientais, liderados por Juan Antonio Lavalleja, declararam a independência uruguaia em 25 de agosto de 1825, com o apoio das Províncias Unidas do Rio da Prata (atual Argentina).[27] Isto conduziu à Guerra da Cisplatina, que durou 500 dias. Nenhum dos lados venceu o conflito e, em 1828, o Tratado de Montevidéu, promovido pelo Reino Unido, deu origem ao Uruguai como Estado independente. A primeira constituição do país foi adotada em 18 de julho de 1830.[27]

In 1816 a force of 10,000 Portuguese troops invaded the Banda Oriental from Brazil and took Montevideo in January 1817. After nearly four more years of struggle, a defeated Artigas fled into exile in Paraguay in September 1820 and remained there until his death in 1850. After routing Artigas, Portuguese Brazil annexed the Banda Oriental as its southernmost Cisplatine Province.

Somos Portugueses
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Cabeça de Martelo

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7059
  • Recebeu: 491 vez(es)
  • Enviou: 615 vez(es)
  • +24/-8
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #41 em: Maio 11, 2017, 04:15:35 pm »
Talvez porque no Uruguai se fala espanhol e não português, os portugueses comuns pensam que vocês foram colonia de Espanha.

O Uruguai é país observador na CPLP, mas podia muito bem ser membro de pleno direito pois a Guiné-Equatorial também é e deve ter bem menos ligações a nós.
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2033
  • Recebeu: 582 vez(es)
  • Enviou: 1510 vez(es)
  • +31/-0
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #42 em: Maio 11, 2017, 05:07:08 pm »
Esse reaproveitamento de meios aéreos é para países pobres, do terceiro mundo e que não sabem o que fazem. Nós somos inteligentes, a razão está do nosso lado.

Poucos helicópteros nas FFAA's? Não interessa para nada! Por exemplo, para nós o Canadair CL-415 não serve porque sabemos mais, muito mais, que espanhóis, marroquinos, franceses, italianos, croatas, gregos e turcos em matéria de combate a incêndios. Eles é que estão na cauda da Europa, não nós.

Pim!
 

*

Túlio

  • Membro
  • *
  • 46
  • Recebeu: 28 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +3/-4
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #43 em: Agosto 05, 2017, 04:03:52 pm »


Em 1816, uma força de 10 mil soldados portugueses invadiu a Banda Oriental vinda do Brasil e tomou Montevidéu em janeiro de 1817.[28] Depois de quase quatro anos mais de luta, o Brasil Português anexou a Banda Oriental como província sob o nome de Cisplatina.[28] O Império do Brasil tornou-se independente do domínio português em 1822. Em resposta à anexação, os Trinta e Três Orientais, liderados por Juan Antonio Lavalleja, declararam a independência uruguaia em 25 de agosto de 1825, com o apoio das Províncias Unidas do Rio da Prata (atual Argentina).[27] Isto conduziu à Guerra da Cisplatina, que durou 500 dias. Nenhum dos lados venceu o conflito e, em 1828, o Tratado de Montevidéu, promovido pelo Reino Unido, deu origem ao Uruguai como Estado independente. A primeira constituição do país foi adotada em 18 de julho de 1830.[27]


Somos Portugueses


Caro amigo uruguayo, vocês são ainda mais: do mesmo modo que eu, são Gaúchos (não como os argies, que tomam mate frio)! Nasci e moro no vizinho Rio Grande do Sul e conheço teu país, tendo ótimos amigos na Guardia Republicana, onde fiz de tudo, desde treinar e disparar AK-103 até dirigir Tigr. Aliás, estes helicópteros que mostraste, por acaso um amigo me disse há uns anos que estavam chegando alguns (americanos) para uso da referida corporação, são os das fotos?

PS: na foto do meu avatar estou na sala do comandante da GR, empunhando um equipamento de fabricação uruguaya que converte uma Glock 17 em carabina leve.
« Última modificação: Agosto 05, 2017, 04:06:41 pm por Túlio »
!!!DO NOT FEED THE TROLLS!!!
 

*

raphael

  • Especialista
  • ****
  • 1095
  • Recebeu: 133 vez(es)
  • Enviou: 143 vez(es)
  • +9/-0
Re: Substituição dos Falcon 50
« Responder #44 em: Agosto 07, 2017, 12:33:13 pm »
Ao ler estes últimos posts ainda não percebi o que é que a hipotética futura substituição dos Falcon 50 tem a ver como o Uruguai.... :G-beer2:

Querem discutir história e legados é favor criar tópico próprio.
Um abraço
Raphael
__________________
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar

 

Governo entrega substituição do Aviocar à espanhola CASA

Iniciado por Maginot

Respostas: 10
Visualizações: 4785
Última mensagem Maio 06, 2005, 10:10:47 pm
por Luso
Aberto concurso para a substituição dos Aviocar

Iniciado por Ricardo Nunes

Respostas: 37
Visualizações: 12860
Última mensagem Dezembro 28, 2004, 09:13:27 pm
por JNSA
Substituição dos AlphaJet por um novo avião de treino?

Iniciado por Marauder

Respostas: 27
Visualizações: 10610
Última mensagem Setembro 21, 2006, 03:30:41 am
por p_shadow
Substituição dos Allouette III

Iniciado por JNSA

Respostas: 711
Visualizações: 130621
Última mensagem Janeiro 16, 2019, 10:11:42 pm
por tenente
Programa de substituição do C-130

Iniciado por Boina_Verde

Respostas: 1054
Visualizações: 212078
Última mensagem Janeiro 16, 2019, 11:14:39 pm
por Igor