A IMPORTÂNCIA DA LÍNGUA PORTUGUESA E A GEOPOLÍTICA DA LÍNGUA

  • 0 Respostas
  • 1476 Visualizações
*

Paulo Ramires

  • 6
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • +0/-0
(...)
Como a matemática desaconselha o AO90

O AO90 representa de facto um enorme prejuízo para a língua portuguesa pelos diversos motivos tantas vezes referidos e que cada vez são mais, mas há um que é de facto perturbador para todos aqueles que conscientemente usam a língua portuguesa e que se prende com a perda das consoantes mudas. Vejamos o seguinte exemplo:

“É um facto em que existe um pacto entre o cágado(1) e o coelho para cativar o espectador de bom carácter(1) feita junto de um caminho-de-ferro”
Passando para o AO90 ficará o seguinte:

“É um fato em que existe um pacto entre o cagado(1) e o coelho para cativar o espetador de bom caracter(1) feita junto de um ótimo caminho de ferro”

Por aqui se percebe logo que há algo de muito errado e grave nestas regras com muitas excepções e «à la carte», mas não o suficiente para se perceber o enorme prejuízo para a língua portuguesa, assim vamos utilizar a matemática para demonstrar o quão errado isto é.

Vejamos então o seguinte: se a frase fosse resumida a apenas esta: “É um fato.” A possibilidade para demonstrar o número de significados combinatórios possíveis seria 2, ou seja C2,1 = 2 respectivamente fato (indumentária) e fato (constatação). Contudo se tornarmos a frase um pouco mais longa come a seguinte: “É um fato em que existe um pacto entre o cagado e o coelho para cativar o espetador”, a demonstração do número combinatório de significados possíveis seria de C 6,3 = 20. Acertar em 20 possíveis significados contidos numa única pequena frase – quando antes do AO90 era apenas de um - não será fácil a menos que o leitor seja adivinho. Se considerarmos agora a frase maior: “É um fato em que existe um pacto entre o cagado e o coelho para cativar o espetador de bom caracter feita junto de um ótimo caminho de ferro”, a demonstração do número combinatório de significados possíveis seria de C 10,5 = 252, isto é, nesta mesma frase existem 252 possibilidades de significâncias diferentes. A pergunta que se coloca de imediato é que dessas 252 possibilidades, qual delas o autor da frase pensou. É evidente que deste modo a língua portuguesa perderá clareza e rigor, e reinará nela a total confusão e distorção sobretudo em áreas tão distintas como a interpretação das normas jurídicas e o direito à elaboração de obras ou factos literários, históricos ou jornalísticos. Outro problema nesta questão será os tradutores tentarem traduzir um livro segundo a ordem do AO90. Como vão adivinhar o que lá está escrito ?

É de facto recomendado que não se toque nas consoantes mudas e no hífen, uma vez que essa alteração conduz a implicações relevantes na forma como a significância dos termos é entendida, e é também por esta razão que as consoantes mudas têm importância fulcral para qualquer língua latina ou mesmo não latina como é o caso do inglês. Mexer na língua sem qualquer consciência do que se está a fazer, contra tudo e todos é algo que não é autorizado tanto aos políticos como aos especialistas da língua portuguesa, e muito menos a uns poucos envolvidos em alguns interesses duvidosos. Há quem justifique este acordo com a importância geopolítica da língua portuguesa, mas justifica mal, na verdade a falta de clareza, multi-interpretações, critérios “à la carte” só trazem problemas no plano geopolítico da língua portuguesa, e este AO90 é também um prejuízo neste aspecto vejamos porquê.

B – A IMPORTÂNCIA GEOPOLÍTICA DA LÍNGUA PORTUGUESA

(...)
Mas qual é a geopolítica da língua portuguesa ? Actualmente os centros geopolíticos da língua portuguesa são representados e reunidos na CPLP - Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, criada a partir da diplomacia dos PALOPs e de Portugal a 17 de Julho de 1996, mas os fundamentos culturais geopolíticos [também designados de elementos da geopolítica da língua] assentam nos clássicos da Língua Portuguesa, como Camões, Gil Vicente, Eça de Queirós, Fernando Pessoa, Bocage entre outros a que se juntaram depois outros dos países lusófonos como Mia Couto, Machado de Assis, Jorge Amado, Carlos Drummond de Andrade, Érico Veríssimo, Rui de Noronha, e muitos outros.

(...)
------------------------------------------
A IMPORTÂNCIA DA PRESERVAÇÃO DA LÍNGUA PORTUGUESA

http://republicadigital.blogspot.pt/201 ... ingua.html

-----------------------------------------------------------------------------------------

--

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: legionario

 

Livro " POLÍCIA à Portuguesa"

Iniciado por safurdaoQuadro Forças de Segurança

Respostas: 57
Visualizações: 11759
Última mensagem Dezembro 06, 2008, 12:21:55 pm
por Cabeça de Martelo
Origem da palavra "Commando" portuguesa?

Iniciado por PereiraMarquesQuadro Exército Português no ForumDefesa.com

Respostas: 1
Visualizações: 1713
Última mensagem Setembro 03, 2005, 11:58:47 pm
por dremanu
A MARINHA DE GUERRA PORTUGUESA, DO FIM DA II GUERRA MUNDIAL AO 25 DE ABRIL

Iniciado por P44Quadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 0
Visualizações: 1351
Última mensagem Dezembro 31, 2015, 03:31:49 pm
por P44
Tagus Park: "mini Silicon Valley" portuguesa?

Iniciado por MarauderQuadro Portugal

Respostas: 1
Visualizações: 1282
Última mensagem Julho 05, 2006, 06:40:52 pm
por typhonman
Portas quer usar LPM para vender tecnologia portuguesa

Iniciado por Tiger22Quadro Portugal

Respostas: 1
Visualizações: 1170
Última mensagem Março 10, 2004, 10:25:13 pm
por Ricardo Nunes