Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignora

  • 11 Respostas
  • 3909 Visualizações
*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7682
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 586 vez(es)
  • +225/-205
Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignora
« em: Abril 07, 2013, 11:05:16 am »
Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignora
A construtora ucraniana de aviões Antonov quer construir aviões em Portugal. Já contactou o Governo há um ano mas, até agora, a intenção de investimento não teve resposta oficial.
João Palma Ferreira com Vítor Andrade
9:04 Sábado, 6 de Abril de 2013

O líder histórico do fabricante ucraniano de aviões Antonov, Dmytro Kiva, veio a Portugal há cerca de um ano, para apresentar uma proposta de "investimento tecnológico" que tinha como objetivo a construção de aviões para os mercados africanos.Até hoje o Governo não tomou qualquer decisão.

Dmytro Kiva manteve contactos com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, e o assunto foi acompanhado pela AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal. Volvido um ano, a AICEP refere que "não existiram evoluções". O ministro da Economia, Álvaro Santos Pereira, refere que "um secretário de Estado esteve envolvido nesta matéria".

Leia mais na edição de 6 de abril do Expresso

Ler mais: http://expresso.sapo.pt/antonov-quer-fa ... z2Plq6BqLI
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8527
  • Recebeu: 781 vez(es)
  • Enviou: 1270 vez(es)
  • +82/-34
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #1 em: Abril 07, 2013, 07:55:19 pm »
Isto tem agua no bico...
Provavelmente entra em encontro com os interesses da Embraer.
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1241
  • Recebeu: 72 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +8/-31
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #2 em: Abril 10, 2013, 06:44:49 pm »
A resposta é simples: pressões da NATO para não aceitar tal proposta.
 

*

P44

  • Investigador
  • *****
  • 7682
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 586 vez(es)
  • +225/-205
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #3 em: Abril 11, 2013, 08:51:17 am »
Citação de: "Camuflage"
A resposta é simples: pressões da NATO para não aceitar tal proposta.


já me tinha esquecido desses nossos amigos, que só querem o nosso bem... c34x
"[Os portugueses são]um povo tão dócil e tão bem amestrado que até merecia estar no Jardim Zoológico"
-Dom Januário Torgal Ferreira, Bispo das Forças Armadas
 

*

overlord

  • Membro
  • *
  • 92
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #4 em: Abril 11, 2013, 12:27:48 pm »
Pressões da NATO... e nós não somos um pais autonomo?
E eles também não queriam que nos não tivéssemos arma submarina?
O nosso problema é termos políticos sem culh.ões e com o cu aberto pra todos
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6768
  • Recebeu: 311 vez(es)
  • Enviou: 201 vez(es)
  • +177/-0
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #5 em: Abril 11, 2013, 03:35:41 pm »
E a Antonov não é ucrâniana? Porque é que a NATO havia de se opôr? Também se oposeram no caso da EMBRAER? Se calhar há razões bem mais "práticas"...Existem muitas empresas que dissem que querem montar uma grande fábrica, etc. e tal e vão criar milhares de postos de trabalho e "trinta por uma linha"...mas depois querem que os governos nacionais lhe arranjem o terreno à borla, que vão à procura de fundos comunitários, que ofereçam garantias bancárias juntos do bancos, etc., ou seja, uma série de condições em que a empresa acaba por arriscar e investir...absolutamente nada! E transfere os encargos do investimento para os governos nacionais! Não se lembram daquela história da Central Nuclear em Portugal, do Patrick Monteiro de Barros, que ia construir uma central nuclear...mas com os dinheiros do Estado!?!?
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 14980
  • Recebeu: 988 vez(es)
  • Enviou: 938 vez(es)
  • +171/-167
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #6 em: Abril 11, 2013, 04:41:52 pm »
Nem é preciso mudar de área, quantos aqui se lembram dos "franceses" que queriam cosntruir aviões no Alentejo?
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4163
  • Recebeu: 263 vez(es)
  • Enviou: 261 vez(es)
  • +54/-13
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #7 em: Abril 11, 2013, 08:35:44 pm »
Citação de: "PereiraMarques"
E a Antonov não é ucrâniana? Porque é que a NATO havia de se opôr? Também se oposeram no caso da EMBRAER? Se calhar há razões bem mais "práticas"...Existem muitas empresas que dissem que querem montar uma grande fábrica, etc. e tal e vão criar milhares de postos de trabalho e "trinta por uma linha"...mas depois querem que os governos nacionais lhe arranjem o terreno à borla, que vão à procura de fundos comunitários, que ofereçam garantias bancárias juntos do bancos, etc., ou seja, uma série de condições em que a empresa acaba por arriscar e investir...absolutamente nada! E transfere os encargos do investimento para os governos nacionais! Não se lembram daquela história da Central Nuclear em Portugal, do Patrick Monteiro de Barros, que ia construir uma central nuclear...mas com os dinheiros do Estado!?!?

Para enterrar mais o país em dívidas, mais vale nem vir!
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

miguelbud

  • Analista
  • ***
  • 701
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +1/-1
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #8 em: Abril 11, 2013, 08:42:38 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Nem é preciso mudar de área, quantos aqui se lembram dos "franceses" que queriam cosntruir aviões no Alentejo?
Esse aviao o skylander ainda nao saiu do papel.  :D
 

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1241
  • Recebeu: 72 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +8/-31
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #9 em: Abril 12, 2013, 07:11:17 pm »
A visão é simples, a Embraer vem para Portugal para se lançar em 2 mercados: europeu e lusófono. O Antonov teria como objectivo vender a África, mas isso não interessa muito a certos países que também querem vender as suas velharias a África, e esses países fazem parte da NATO. Em alternativa a noticia pode não passar de fogo de vista e apenas uma fabricação paga.
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1705
  • Recebeu: 188 vez(es)
  • Enviou: 433 vez(es)
  • +7/-1
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #10 em: Fevereiro 13, 2015, 07:25:57 pm »
~Dois anos mais tarde: (notícia de 9 de Fevereiro de 2015)

Antonov pode ter fábrica no Brasil
Citação de: "Aeromagazine (Adaptado)"
De acordo com o jornal A Tarde, a ucraniana Antonov poderá deslocar para o Brasil parte de sua linha de produção. O motivo é a grave crise institucional pela qual atravessa a Ucrânia, que ameaça não apenas a continuidade do Estado, mas também da maior parte das empresas locais.

O artigo afirma que Oleksander Kiva, vice-presidente da Antonov, esteve em Salvador para negociar a construção de uma fábrica em Ilhéus. Inicialmente os planos seriam relacionados apenas ao An 38-100, um turbo-hélice de asa alta com capacidade para até 27 passageiros e 2.500 kg de carga paga.

O modelo destinado ao mercado regional tem potencial de vendas em alguns mercados latinos, em especial nos países andinos, devido a boa performance e a capacidade de transporte adequada a região.

Entretanto, a Antonov não confirma a visita e nem mesmo comenta os planos diante da crise na Ucrânia. Ainda assim, no último dia 5 de Fevereiro, executivos da Antonov e autoridades ucranianas e membros da sociedade civil se reuniram para discutir estratégias defensivas para a indústria local.

O conselho foi formado por figuras públicas progressistas, como o primeiro presidente da Ucrânia, Leonid Kravchuk. Também tem como membros Dmytro Kika, presidente da Antonov; além de diversos líderes da indústria, políticos, militares, cientistas e jornalistas.

Recentemente Dmytro Kika esteve em Portugal [à procura de] uma parceria para a instalação de uma unidade no país. O objectivo seria produzir alguns modelos de aviões, que não foram divulgados, para o mercado africano. Porém, o governo português não tomou qualquer decisão e nem comenta o assunto.

De acordo com analistas dificilmente a Antonov terá condições ou interesse de transferir toda sua estrutura para outro país. “Podem construir uma nova planta visando diversificar o negócio. Dificilmente o governo, mesmo fragmentando, permitirá a Antonov abandonar completamente a Ucrânia”, afirma Olavo Gomes, consultor aeronáutico. “A transferência completa também seria um pesadelo logístico. Envolveria transportar todo o ferramental, arquivos, projectos, etc. Isso sem considerar todos os técnicos e engenheiros”, finaliza.
Fonte: Aeromagazine, via http://maisdf.com/antonov-pode-ter-fabrica-no-brasil/

Interessante como o nosso governo só mostra interesse quando envolve empresas brasileiras. :roll:

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1705
  • Recebeu: 188 vez(es)
  • Enviou: 433 vez(es)
  • +7/-1
Re: Antonov quer fazer aviões em Portugal, mas Governo ignor
« Responder #11 em: Março 31, 2015, 07:15:03 pm »
A Antonov anda desesperada a tentar encontrar uma segunda,e talvez até terceira, "casa". As instalações na Ucrânia não têm capacidade para dar resposta às necessidades de produção e o conflito com a Rússia deu cabo do outsourcing e parcerias com as fábricas russas (em especial a VASO) onde decorria parte da produção. Também existem sérias preocupações da guerra se alastrar e dar cabo por completo da produção e manutenção para o estrangeiro. Logo este interesse em mover parte da produção para a América do Sul e para outro país, não só para competir em novos mercados mas também para garantir a continuação dos programas de desenvolvimento actuais e a sobrevivência da empresa caso as coisas piorem.

Citar
Ukraine is still in turmoil and even the most optimist predictions aren't that good -- several more years of this @#$%? Talk about lost generations...

There's also constant talk of WAR. Full-scale war.

Citação de: "Canal Piloto"
Nos dias de hoje, algo considerado até então improvável pode acontecer. O vice-presidente da Antonov Company irá assinar um protocolo com o governo baiano, para se instalar na Zona de Processamento e Exportação (ZPE) de Ilhéus – Isso mesmo, a Antonov pretende se instalar em Ilhéus, na Bahia.

Por enquanto, as intenções iniciais são de fabricar aviões An-38-100, com capacidade para 27 pessoas. Por incrível que pareça, isso não é uma assinatura de abertura de uma filial da Antonov, e sim a transferência da fábrica da Ucrânia para cá, trazendo também sua tecnologia.

A ZPE foi criada há 17 anos. A fábrica de Ilhéus tem previsão de começar a funcionar em Janeiro de 2016. As intenções da Antonov de se instalar no Brasil se deram por conta dos conflitos entre a Ucrânia e a Rússia, atrapalhando muito os negócios da fabricante. O Brasil, como válvula de escape, aparentemente será o melhor lugar para eles. Só esperamos que não seja como a promessa da Fokker no Brasil.
Fonte: http://canalpiloto.com.br/antonov-no-brasil-mais-provavel-que-imaginamos/

Entretanto, desde Fevereiro para cá, já conseguiram financiamento e investimento de bancos europeus o que deverá levá-los também a instalar outra fábrica na Europa.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

 

Iniciativa "Compromisso Portugal"

Iniciado por Tiger22

Respostas: 0
Visualizações: 2325
Última mensagem Fevereiro 11, 2004, 04:12:19 pm
por Tiger22
Portugal Confidencial - " A pista da energia" ...

Iniciado por dremanu

Respostas: 5
Visualizações: 3361
Última mensagem Abril 27, 2004, 11:28:13 am
por ferrol
Rede Logística Nacional / Portugal "Logístico"

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1764
Última mensagem Julho 15, 2006, 09:20:16 am
por Marauder
Portugal pode cair na dependência assistida como Sul Itália

Iniciado por Marauder

Respostas: 8
Visualizações: 2902
Última mensagem Maio 09, 2006, 11:55:00 pm
por NVF
El Corte Ingles abre o segundo centro comercial em Portugal

Iniciado por Nadie

Respostas: 4
Visualizações: 3669
Última mensagem Maio 24, 2006, 06:05:52 pm
por Marauder