Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa

  • 21 Respostas
  • 4122 Visualizações
*

Jorge Pereira

  • Administrador
  • *****
  • 2213
  • Recebeu: 30 vez(es)
  • Enviou: 108 vez(es)
  • +8/-0
    • http://forumdefesa.com
Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« em: Outubro 18, 2012, 11:21:54 am »
Orçamento para o ano 2013:





Um dos primeiros erros do mundo moderno é presumir, profunda e tacitamente, que as coisas passadas se tornaram impossíveis.

Gilbert Chesterton, in 'O Que Há de Errado com o Mundo'






Cumprimentos
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1643
  • Recebeu: 160 vez(es)
  • Enviou: 394 vez(es)
  • +5/-0
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #1 em: Abril 02, 2015, 02:35:20 pm »
Quanto gastam os portugueses com a defesa?
Citação de: "Operacional"
Muito recentemente, depois de um interregno de anos, o Ministério da Defesa Nacional publicou os Anuários Estatísticos dos primeiros dois anos do actual governo, 2011 e 2012. São publicações muito importantes para quem quer analisar o que se passa na Defesa e Forças Armadas. Começamos por ir ver quanto gastamos nesta área da governação.

Estamos perante edições oficiais do Ministério da Defesa Nacional, e nesta primeira abordagem que fazemos ao volume respeitante a 2012, registamos desde já esta informação prévia: «O Anuário Estatístico da Defesa Nacional constitui um repositório de dados da Defesa, cuja recolha é efectuada pelo Estado-Maior-General das Forças Armadas, Ramos das Forças Armadas e Serviços Centrais de Suporte do Ministério da Defesa Nacional. A informação estatística da presente edição reporta-se ao ano de 2012. Contudo em áreas específicas como finanças, pessoal, armamento e equipamentos da Defesa, infraestruturas, ensino e formação, assistência na doença aos militares das Forças Armadas e actividade inspectiva, são apresentados dados de anos anteriores, através dos quais é possível avaliar a respectiva evolução no passado recente».

[continua]
Fonte: http://www.operacional.pt/quanto-gastam-os-portugueses-com-a-defesa/

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Viajante

  • Analista
  • ***
  • 806
  • Recebeu: 187 vez(es)
  • Enviou: 117 vez(es)
  • +22/-5
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #2 em: Fevereiro 05, 2016, 11:04:46 pm »
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1643
  • Recebeu: 160 vez(es)
  • Enviou: 394 vez(es)
  • +5/-0
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #3 em: Fevereiro 05, 2016, 11:14:42 pm »
Há que ter dinheiro para pagar as negociatas que aí vão e manter os boys and girls.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 13764
  • Recebeu: 580 vez(es)
  • Enviou: 623 vez(es)
  • +41/-11
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #4 em: Fevereiro 06, 2016, 11:54:39 am »
Costa dá mais 38,8 milhões para armamento militar

5/2/2016


Orçamento da Defesa cresce 7,4% enquanto MNE perde 1,6%. Vai haver mais dinheiro para armamento e para missões no exterior.

O Governo vai gastar em 2016 mais 149,2 milhões com as Forças Armadas. De acordo com a proposta de Orçamento do Estado (OE) entregue esta sexta-feira, o Executivo de António Costa tem previstos para esta área 2.143,7 milhões de euros.

O aumento de gastos é na ordem dos 7,4%, sendo que a maior fatia (38,8 milhões) é para comprar mais armamento militar. O Governo vai dar mais 6,5 milhões às Forças Nacionais Destacadas, o que significa que o empenhamento de efetivos militares em missões no exterior vai aumentar.


O aumento de despesa é ainda justificado pela eliminação dos cortes salariais dos militares acrescido de melhorias nos serviços de ação social (cerca de 25 milhões de euros).

Outro dos ministérios com funções de soberania, o dos Negócios Estrangeiros, sofre um aperto de 1,6%. São menos 6 milhões em relação ao orçamento do ano anterior, ficando nos 374,4 milhões de euros. O Governo explica que o corte tem a ver com a redução de quotizações para organizações internacionais e que, mesmo assim, são registados alguns ganhos devido à extinção, por fusão, do Instituto de Investigação Científica Tropical (decidido pelo anterior Governo).


http://observador.pt/2016/02/05/costa-da-388-milhoes-armamento-militar/
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Viajante

  • Analista
  • ***
  • 806
  • Recebeu: 187 vez(es)
  • Enviou: 117 vez(es)
  • +22/-5
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #5 em: Fevereiro 06, 2016, 06:02:30 pm »
Vamos lá a ver como fica o orçamento final, depois de ser debatido na especialidade, entre todos os parceiros que apoiam o governo.

A notícia do Diário de Notícias que coloquei em cima, destaca o facto da defesa ter mais 7,4% enquanto a Segurança Interna vai ter uma redução!!!!!!
 

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 4014
  • Recebeu: 607 vez(es)
  • Enviou: 456 vez(es)
  • +25/-8
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #6 em: Outubro 17, 2016, 03:12:26 pm »
http://defesanacionalpt.blogspot.pt/2016/10/ligeiro-aumento-na-defesa-missoes-e.html
Citar
Ligeiro aumento na Defesa, missões e equipamento são prioridades

O orçamento da Defesa Nacional prevê um pequeno aumento de 0,3% face à execução de 2016, fixando-se nos 2.149,8 milhões de euros, segundo o relatório da proposta de lei que deu hoje entrada na Assembleia da República.

Pelo segundo ano consecutivo não haverá cativações nas verbas destinadas à Lei de Programação Militar, que aumentam de 230 para 250 ME. As Forças Nacionais Destacadas também vêem reforçada a dotação, de 56 para 58 milhões de euros.

Ainda no capítulo das dotações específicas, a despesa com pensões e reformas passa de 117 para 124 milhões de euros. No total, a dotação do Estado é de 1,9 milhões de euros, representando uma variação de 1,6% face ao orçamento "ajustado" de 2016, segundo se lê no relatório.

As Entidades Públicas Reclassificadas registam um aumento de despesa de 3,6%, para 160 milhões de euros, um acréscimo explicado no relatório pela "liquidação dos passivos e responsabilidades" da EMPORDEF, visando concluir o processo de extinção, até ao fim de 2017.

O relatório que acompanha a proposta de Orçamento do Estado para 2017 indica que a MM - Gestão Partilhada, criada no anterior Governo PSD/CDS-PP para o fornecimento e gestão de messes do Exército, vai ser extinta.

A MM sucedeu nas atribuições ao estabelecimento fabril do Exército, Manutenção Militar, extinto em 2015. Segundo o relatório, algumas competências da empresa serão "incorporadas no Exército" que procurará outro modelo de gestão e fornecimento das messes.

Os encargos relativos ao efectivo militar representam 79,2% da despesa total prevista para 2017, correspondendo a 1.730 milhões de euros.

Na estrutura da despesa total consolidada, as despesas com o pessoal e com a aquisição de bens e serviços mantêm-se com poucas variações face a 2016, representando respectivamente 59,4% (1,2 ME) e 23,8% (511 mil euros) no total.

O Orçamento do Estado para 2016 previa uma despesa total consolidada de 2.143 milhões de euros. O relatório do OE para 2017 indica que a despesa efectiva consolidada foi de 2.141 milhões de euros.

Com uma despesa total orçamentada de 2.149,6 milhões de euros, o sector da Defesa prevê uma "consolidação entre e intra-sectores" de 35 milhões de euros.

Na proposta, o Governo destaca o objectivo de "reforçar o financiamento às Forças Nacionais Destacadas de modo a aumentar a eficácia na resposta às exigências impostas pela imprevisibilidade das ameaças actuais".

A divulgação e a aproximação "da Defesa Nacional a todos os cidadãos" e "estimular a indústria de Defesa" mantêm-se como linhas estratégicas do ministério liderado por Azeredo Lopes. (NM)

Saudações
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6610
  • Recebeu: 351 vez(es)
  • Enviou: 443 vez(es)
  • +20/-2
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #7 em: Outubro 17, 2016, 08:45:35 pm »
No Diário de Noticias vem ainda mais algumas informações.

O Ministério recebe 389,2 milhões, o EMGFA 135,6 milhões, a Marinha 526,6 milhões, o Exército 582,7 milhões e a Força Aérea 331,5 milhões.
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 3950
  • Recebeu: 186 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +8/-0
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #8 em: Outubro 17, 2016, 10:50:23 pm »
No Diário de Noticias vem ainda mais algumas informações.

O Ministério recebe 389,2 milhões, o EMGFA 135,6 milhões, a Marinha 526,6 milhões, o Exército 582,7 milhões e a Força Aérea 331,5 milhões.

so o dinheiro do ministério e do emgfa, dava para comprar os tão desejados helis e aviões de combate ao fogo, além de ainda sobrava para comprar um C130.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Viajante

  • Analista
  • ***
  • 806
  • Recebeu: 187 vez(es)
  • Enviou: 117 vez(es)
  • +22/-5
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #9 em: Outubro 17, 2016, 11:51:00 pm »
Na prática o orçamento vai ser mais curto, porque como os salários da defesa engolem 57% do orçamento, os 0,3% de aumento não vão chegar para cobrir as reversões dos cortes salariais e aumento do Subsídio de refeição em 25 cêntimos por dia, para além do descongelamento das carreiras!
 

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 357
  • Recebeu: 121 vez(es)
  • Enviou: 221 vez(es)
  • +14/-1
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #10 em: Outubro 30, 2016, 12:05:12 am »
No Diário de Noticias vem ainda mais algumas informações.

O Ministério recebe 389,2 milhões, o EMGFA 135,6 milhões, a Marinha 526,6 milhões, o Exército 582,7 milhões e a Força Aérea 331,5 milhões.

Suponho que tenham vindo buscar a informação  ao mapa II apresentado aqui:

http://www.dgo.pt/politicaorcamental/Paginas/OEpagina.aspx?Ano=2017&TipoOE=Proposta%20de%20Or%C3%A7amento%20do%20Estado&TipoDocumentos=Lei%20/%20Mapas%20Lei%20/%20Relat%C3%B3rio
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 3950
  • Recebeu: 186 vez(es)
  • Enviou: 222 vez(es)
  • +8/-0
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #11 em: Novembro 01, 2016, 10:33:31 pm »
No Diário de Noticias vem ainda mais algumas informações.

O Ministério recebe 389,2 milhões, o EMGFA 135,6 milhões, a Marinha 526,6 milhões, o Exército 582,7 milhões e a Força Aérea 331,5 milhões.

Suponho que tenham vindo buscar a informação  ao mapa II apresentado aqui:

http://www.dgo.pt/politicaorcamental/Paginas/OEpagina.aspx?Ano=2017&TipoOE=Proposta%20de%20Or%C3%A7amento%20do%20Estado&TipoDocumentos=Lei%20/%20Mapas%20Lei%20/%20Relat%C3%B3rio

Nunca percebi porque é que o ministério da defesa gasta mais dinheiro que a Força aérea  e os outros ministérios juntos.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 1713
  • Recebeu: 395 vez(es)
  • Enviou: 1041 vez(es)
  • +21/-0
Re: Orçamentos Anuais do Ministério da Defesa
« Responder #12 em: Novembro 02, 2016, 06:04:29 pm »
O orçamento para suportar as FND vem do ministério (mais de 50 milhões), algumas das aquisições (capacidades conjuntas) também vêm do MDN, presumo que algumas pensões e os hospitais também sejam financiados directamente pelo ministério.
 

*

rbp

  • Membro
  • *
  • 38
  • Recebeu: 4 vez(es)
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 1435
  • Recebeu: 477 vez(es)
  • Enviou: 200 vez(es)
  • +37/-4
Re: Orçamentos do Ministério da Defesa para 2017
« Responder #14 em: Fevereiro 28, 2017, 10:05:37 pm »
O Orçamento de defesa para 2017 :


http://app.parlamento.pt/webutils/docs/doc.pdf?path=6148523063446f764c324679626d56304c334e706447567a4c31684a53556c4d5a5763765130394e4c7a564454305a4e5153394562324e31625756756447397a5357357059326c6864476c3259554e7662576c7a633246764c3251314e6a6b345a57566a4c5451795a5445744e4449345a4331684f544a6d4c546b304e6d4a6b5a4442695a47566c596935775a47593d&fich=d5698eec-42e1-428d-a92f-946bdd0bdeeb.pdf&Inline=true

http://www.pordata.pt/Europa/Produto+Interno+Bruto+(Euro)-1786

Não sei onde andam os 1,5% do PIB, pois aqui não é.......se são 1928 milhões, onde andam os restantes milhões ??????????
Se O PIB em 2015 foi 179. 400 milhões e se usassemos este valor o OE para a defesa em 2017 seria de 2.690 milhões.........
onde andam 762 milhões ???????? sem comentários
.

No âmbito do EMGFA, a dotação atribuída, de 7,7 M€, visa fundamentalmente a construção da
capacidade de comando e controlo e tem por objetivo suportar a execução de diversos projetos
no âmbito da manutenção e expansão da rede de comunicações, dotando as Forças Armadas de
comunicações e sistemas de informação interoperáveis, tendo em vista, nomeadamente, a
garantia da capacidade de comando e controlo indispensável ao exercício das competências do
CEMGFA, na sua qualidade de Comandante Operacional das Forças Armadas, bem como à
edificação da capacidade de ciberdefesa.

Na Marinha, o montante de 89,7 M€ destina-se essencialmente à edificação da capacidade
oceânica de superfície, principalmente através da modernização das fragatas (MLU) e
modernização dos helicópteros, da capacidade de fiscalização, através dos projetos de
construção dos navios de patrulha oceânicos (NPO) e de reequipamento dos navios patrulhas
costeiros (lanchas da classe “Tejo”) e da capacidade submarina, onde merece referência a
primeira reparação intermédia dos submarinos.

No âmbito do Exército, a dotação de 28,3 M€ destina-se, essencialmente, à edificação da
capacidade de comando e controlo terrestre, designadamente através do projeto SIC-T,
capacidade de forças ligeiras, através da aquisição de viaturas táticas ligeiras blindadas e na
capacidade informações, vigilância, aquisição de objetivos e reconhecimento terrestre, com a
aquisição de veículos aéreos não tripulados (UAV).

Quanto à Força Aérea, o montante de 25 M€ destina-se à edificação da capacidade aérea
ofensiva e defensiva, no âmbito da modernização dos F-16 e capacidade de transporte
estratégico tático e especial, no âmbito do contrato de manutenção do C-295 e do projeto ARS
Monsanto.


Muito interessante em especial no caso da nossa MdG.
Então quantas vezes se pagam as modernizações das FFG's e da classe Tejo ????
Os NRP Sines e NRP Setubal, não ficam por 77 Milhões + IVA ????
E são pagos em 2017 em que percentagem ????

Transparência meus amigos, transparência............... então nas rubricas de restantes despesas gastam-se 202 milhões ??????
ou seja 10,20% do orçamento da defesa delapida-se em restantes despesas ?????
Em Quê ??????
em música e Fardamentos Novos ???? :dormir: :dormir: :dormir: :dormir: :dormir: :conf: :conf: :conf:
Abraços
« Última modificação: Fevereiro 28, 2017, 10:44:53 pm por tenente »
 

 

Defesa: Prioridade de "segunda linha"

Iniciado por LusoQuadro Portugal

Respostas: 30
Visualizações: 8217
Última mensagem Dezembro 18, 2006, 10:32:08 pm
por AugustoBizarro
Novo Conceito de Segurança e Defesa Nacional: F. Segurança

Iniciado por Jorge PereiraQuadro Forças de Segurança

Respostas: 6
Visualizações: 2011
Última mensagem Dezembro 22, 2012, 10:15:18 am
por Cabeça de Martelo
"Defesa pessoal" para Forças de Segurança

Iniciado por JKDU PortugalQuadro Forças de Segurança

Respostas: 11
Visualizações: 6079
Última mensagem Agosto 01, 2008, 05:43:48 pm
por RicP
ANS "denuncia" video de jovem sobre o Dia da Defesa Nacional

Iniciado por SertorioQuadro Área Livre-Outras Temáticas de Defesa

Respostas: 8
Visualizações: 1847
Última mensagem Abril 22, 2013, 07:36:24 pm
por HSMW
Sistemas de defesa antiaérea de longo alcance para Portugal

Iniciado por Tiger22Quadro Força Aérea Portuguesa no ForumDefesa.com

Respostas: 24
Visualizações: 8651
Última mensagem Agosto 21, 2006, 08:26:19 pm
por Pedro Monteiro