Fuzileiros da Armada Portuguesa

  • 1240 Respostas
  • 359516 Visualizações
*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15073
  • Recebeu: 1027 vez(es)
  • Enviou: 961 vez(es)
  • +174/-170
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1215 em: Setembro 06, 2019, 06:18:08 pm »


Que mira é aquela? ???


As miras Reflex são de origem norueguesa, permite tiro diurno e nocturno até 1.500m.

Fonte: http://www.operacional.pt/novos-lanca-granadas-automaticos-chegam-ao-exercito/
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, HSMW

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15073
  • Recebeu: 1027 vez(es)
  • Enviou: 961 vez(es)
  • +174/-170
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1216 em: Setembro 06, 2019, 06:35:34 pm »
Não esqueças-te do que eles meteram nas Browning.

https://www.instagram.com/p/B14PEYKhDcy/?utm_source=ig_web_button_share_sheet
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Pescador

  • Membro
  • *
  • 12
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1217 em: Setembro 06, 2019, 07:28:30 pm »
"Como o CdM disse as SCAR são para o Exército e o DAE há muitos anos que utiliza a G36 que também ja deve estar a precisar de ser substituída pois não é grande espingarda (pun intended)."
 :)

Bom, a G36 se calhar agora é inferior a outras que entretanto apareceram, mas quando apareceu em Portugal nos finais dos anos 90 era o melhor que por cá mostravam.
O GOE adquiriu, o DAE adquiriu e claro que eram/são boas.

Mas entretanto a SCRAR é de 2004. Mas há outras e daqui a uns aninhos outras mais. É sempre assim
No fundo parece a coisa da malta com os telemóveis a correr ao ultimo modelo, ainda com o outro a bombar bem.

Importante é na altura que se adquire tomar uma boa decisão. E tendo em conta o tempo que as decisões demoram a tomar, levar também isso em consideração.

Parece a história da Glock em Portugal(uma história cheia de estórias e tristes, inclusive de patilhas arranjadas à pressa)

Se calhar a G3 é melhor que a G36 :) ( consoante o ponto de vista e a distancia a que se carrega a arma e as munições). Enfim, tudo é relativo.

Racionalizando a coisa, bom não é ter a coisinha mais pipi e gira, mas aquilo que é adequado e eficaz dentro do razoável, com mais ou menos design e coisinhas penduradas.

Por exemplo aquela fisga como lhes chamam nos Tejo, é gozar e envergonhar uma Nação e a Marinha em particular. Afinal gasta-se num Navio de 400 tol e 50 metros e, fica ali aquela coisa na frente pendura, ao jeito de uma tribo Somália que monta uma RPG e uma AK 47 num bote a motor.

Os Almirantes, que parecem sofrer do mesmo problema mental, que outras distintas figuras do panorama nacional nas Forças Armadas e nas Forças de Segurança, não querem é fazer ondas para não constranger as suas carreiras.
Longe de mim pensar que seja incompetência ou ...ganhos por fora. Parto do principio que é mesmo um problema da agricultura de tomates.

Eu uma vez em certo sitio, desocupem o desvio mas para comparação, disse que a PSP ter comprado aqueles blindados tipo carrinha dos gelados, foi um acordo pessoal(sei que sim) feito à medida e à pressa e saiu aquilo.
Nos Estados Unidos, que segundo dizem é rico, forças policiais SWAT, usam o tal de Chaimite, a V200 transformado e adaptado.
Cá em Portugal temos uns 18 blindados, na maioria em arrecadação na GNR, pois não fazem falta todos. Mas como alguém distinto disse, "têm uma ar muito militar" e então foram buscar a carrinha dos gelados. Pior.
Pior, porque a carrinha dos gelados não consegue subir degraus, ou rampas, tantas vez existentes em planos desnivelados nos Bairros e, se estiver um poste da electricidade em cimento caído na estrada(alguém esperto o fez cair), não o sobe.
As viaturas blindadas da GNR sobem, como os famosos chaimites subiam as escadarias no Regimento de Comandos)

O que quero dizer, é que há falta visão operacional. A visão que só aqueles que lidam com o material e no meio operacional, podem dar de feedback.
Os que geralmente não são ouvidos, certo?

Discute-se o armamento no NPO.
Seria bom em paralelo discutir-se, caso o armarem muito, se depois a velocidade de 21 nós é adequada a uma subclasse musculada. Até tendo em conta alguns aspectos anti submarinos mencionados.
Já quanto a equipamento de vigilância adequado nem se fala a falha brutal, em particular nos Tejo.
Mas quando se dá noticias das inaugurações de Navios, isso não conta, claro.


 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: HSMW

*

Pescador

  • Membro
  • *
  • 12
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1218 em: Setembro 07, 2019, 01:11:55 pm »
https://www.dn.pt/edicao-do-dia/19-jan-2019/interior/exercito-aceita-substituir-g3-por-espingarda-em-uso-num-so-pais-da-nato-10459452.html

Em resposta o assunto da SCAR


Guerras e guerrinhas, é o que é. Ou será quintinhas.
Primeiro equipava-se o País de bom senso. Os lideres militares em vez de andarem na na toys  r us aos brinquedos, tentavam perceber o que realmente falta e para todos.
Conheço o género.
Procuram na net ou revistas da coisa, perguntam a uns chegados, ou vêm o que os outros têm e escolhem algo mais recente ou com mais pinta e voilá, sai a escolha.

Uma comissão das Forças Armadas com gente conhecedora ou tecnicamente bem assessorada e com bom senso.
As armas hoje têm varias versões da mesma, dimensão de cano, coronhas, etc. Tudo isso pode ser alternativas a diversos tipos de Unidades, mas o facto de terem todas a mesma raiz, é importante em termos económicos na aquisição e manutenção, em termos logísticos e muito importante em termos de instrução e operação.

Embora por experiência, acho importante determinadas Unidades Especiais terem alguns modelos em pequenas quantidades, daquilo que se usa por fora para seu próprio enriquecimento de formação. Falo em particular de unidades com maior projecção no exterior ou que habitualmente lidem com Unidades estrangeiras que é geralmente o caso de todas as Unidades Especiais. Isto porque até são Unidades com meios humanos com mais aptidões, pela selecção sujeita e mais mais preparados.

Mas é este o panorama:

Na GNR:  Tinha G36, agora a escolha recaiu nas HK 416

Serviços prisionais: SCAR

PSP tem recebido G36, primeiro o GOE e depois CI. E agora GOE começa a receber nova arma SIG Sauer MCX, indo parte  das G36 para o CI.

Diversas Forças Especiais militares tem G36 e HK 416


Confuso?



 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15073
  • Recebeu: 1027 vez(es)
  • Enviou: 961 vez(es)
  • +174/-170
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1219 em: Setembro 11, 2019, 12:11:34 pm »
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1149
  • Recebeu: 228 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +52/-20
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1220 em: Setembro 11, 2019, 04:07:15 pm »
Bem quitadas, estilo talibã, ainda podem ser utilizadas na Lituânia. Os russos até se borravam todos.

Era colocar os Bitubos 20mm numa versão de caixa aberta e os Fuzos passavam a ter AA.  :mrgreen:
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15073
  • Recebeu: 1027 vez(es)
  • Enviou: 961 vez(es)
  • +174/-170
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Lightning, MATRA, Claust

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7512
  • Recebeu: 653 vez(es)
  • Enviou: 796 vez(es)
  • +104/-31
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1222 em: Outubro 22, 2019, 11:59:04 pm »
FFZ1 esteve no exercício Dynamic Mariner/Flotex19 em Espanha, exercício de certificação da NRF2020.

https://www.facebook.com/159252640762594/posts/2691443324210167/
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4123
  • Recebeu: 1954 vez(es)
  • Enviou: 747 vez(es)
  • +549/-71
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1223 em: Outubro 28, 2019, 12:56:06 pm »
Enquanto que os OE's, Os Paras e os Cmds, adquirem os ST5, os Fuzos, continuam com as suas Viaturas Ligeiras Tácticas ( Não Blindadas ), VTLnB, as Toyotas, Landcruiser, tão bem conhecidas.
Não haverá por aí uns 12/13 milhões, para atribuir Trinta Vamtac aos Fuzos ?










Abraços
« Última modificação: Outubro 28, 2019, 07:16:18 pm por tenente »
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6818
  • Recebeu: 345 vez(es)
  • Enviou: 213 vez(es)
  • +215/-0
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1224 em: Outubro 28, 2019, 11:14:38 pm »
Enquanto que os OE's, Os Paras e os Cmds, adquirem os ST5, os Fuzos, continuam com as suas Viaturas Ligeiras Tácticas ( Não Blindadas ), VTLnB, as Toyotas, Landcruiser, tão bem conhecidas.
Não haverá por aí uns 12/13 milhões, para atribuir Trinta Vamtac aos Fuzos ?


É perguntar aos srs. que decidiram fazer o tuning às G3  :-P
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 15073
  • Recebeu: 1027 vez(es)
  • Enviou: 961 vez(es)
  • +174/-170
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1225 em: Outubro 29, 2019, 10:24:58 am »
Os Fuzos vão ser os parentes pobres das Tropas Especiais em Portugal a curto/médio prazo.

7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7512
  • Recebeu: 653 vez(es)
  • Enviou: 796 vez(es)
  • +104/-31
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1226 em: Outubro 29, 2019, 01:15:42 pm »
A curto prazo é de certeza.

Compara para o ano que vêm, as missões internacionais, equipamento, armamento e viaturas das Tropas Especiais do Exército com as da Marinha.

PS: essas coisas a nível de recrutamento faz diferença.

Se vai ou não se prolongar para médio e longo prazo depende da Marinha.
« Última modificação: Outubro 29, 2019, 01:16:49 pm por Lightning »
 

*

dc

  • Especialista
  • ****
  • 1149
  • Recebeu: 228 vez(es)
  • Enviou: 32 vez(es)
  • +52/-20
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1227 em: Outubro 29, 2019, 03:27:08 pm »
Os Fuzos com os Landcruiser parecem uma força guerrilheira. Só ficam a faltar as pick up blindadas improvisadas.

Devem estar à espera do mítico LPD para os reequipar como deve ser. Aí sim vemos ST5 e até Centauros na força de fuzileiros a desembarcar dum Makassar.  :mrgreen:
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7512
  • Recebeu: 653 vez(es)
  • Enviou: 796 vez(es)
  • +104/-31
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1228 em: Outubro 29, 2019, 07:59:41 pm »
Bem pensado dc, mais uma capacidade que podemos juntar ao "pacote", quando publicitamos Portugal junto dos aliados para cá virem participar em exercícios.

Temos uma OPFOR com technicals e tudo lol, muito bem treinada.
« Última modificação: Outubro 29, 2019, 08:01:36 pm por Lightning »
 

*

smg

  • Membro
  • *
  • 63
  • Recebeu: 81 vez(es)
  • +40/-1
Re: Fuzileiros da Armada Portuguesa
« Responder #1229 em: Outubro 29, 2019, 08:55:21 pm »
Boa noite . Se os fuzileiros estão equipados com jipes Toyota , como os que se vêem nas fotos , não estão muito mal . Podia ser pior .As forças especiais francesas no Sahel usam pick-ups Toyota , iguais aos usados pelos djihadistas . Parece que chegaram à conclusão que não há mais robusto e fiável do que isto . Há por aí ,hoje em dia , SOV muito giros e modernos , mas quando chegam a um TO como o Sahel com temperaturas a rondar os 50 graus , pó , areia e pedras , passam mais tempo parados na oficina para reparações do que no terreno .
O verdadeiro teste aos URO VAMTAC não é aquele que está a ser feito no regimento de manutenção no Entroncamento , mas sim quando forem utilizados numa missão num TO super exigente e duro . Até lá , prefiro esperar para ver .
O principal problema dos fuzileiros , para mim , continua a ser a falta dos blindados de rodas anfíbios que já deviam ter há muito . Um abraço .
 

 

Um LHC Usado Classe Tarawa para a Marinha Portuguesa

Iniciado por Rvsantinho

Respostas: 20
Visualizações: 8249
Última mensagem Janeiro 20, 2011, 09:01:46 pm
por ICE 1A+
Futuro dispositivo naval da Marinha portuguesa

Iniciado por JLRC

Respostas: 55
Visualizações: 19663
Última mensagem Junho 28, 2004, 12:29:14 pm
por Rui Elias
História da componente submarina da Marinha Portuguesa

Iniciado por Jorge Pereira

Respostas: 43
Visualizações: 21036
Última mensagem Janeiro 05, 2013, 12:03:27 am
por HSMW
Marinha de Guerra Portuguesa: Album de Fotografias

Iniciado por Luso

Respostas: 20
Visualizações: 20125
Última mensagem Abril 25, 2008, 03:29:37 pm
por jmg
Presente e futuro da Marinha de Guerra Portuguesa

Iniciado por Filipe de Chantal

Respostas: 327
Visualizações: 53305
Última mensagem Junho 29, 2009, 05:18:31 pm
por paraquedista