REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS

  • 576 Respostas
  • 86391 Visualizações
*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6659
  • Recebeu: 244 vez(es)
  • Enviou: 174 vez(es)
  • +53/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #480 em: Setembro 07, 2018, 09:41:14 pm »
Mesmo que o número de admitidos continue a ser reduzido, o "truque" parece ser "reter" o pessoal mais tempo...
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7164
  • Recebeu: 539 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +49/-13
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #481 em: Setembro 07, 2018, 09:59:19 pm »
Citar
2. Foi aprovado o decreto-lei que altera o atual Regime de Contrato Especial para prestação de serviço militar.


Subentende-se que regresso do SMO/SEN e QP/Praças no Exército e na Força Aérea serão assuntos mortos....

Acho que a Força Aérea resolveu isso pagando mais... E chamando-lhes furrieis. Se os jovens não se interessam por ingressar por 600 euros, talvez uns 900 já os façam pensar no assunto.

Se antes num serviço podias ter 2 Sargentos QP apoiados por 2 cabos, vais passar a ter os dois Sargentos QP apoiados por um Furriel RC e um cabo.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7164
  • Recebeu: 539 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +49/-13
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #482 em: Setembro 07, 2018, 10:11:38 pm »
A única vantagem que vejo nos contratos tão longos é que o militar a contracto tem uma maior margem temporal para organizar a vida, não sendo obrigado a ir embora aos 6, quando até lhe pode dar jeito mais um ou dois de serviço, não estou a dizer para todos fazerem os 18, mas cada caso é um caso e tem que ser analizado individualmente.

Actualmente um militar que entre com 18 anos é obrigado a ir embora com 24 anos mas uma pessoa até aos 30 regra geral, ainda é fisicamente muito capaz.

Se prolongarem os contratos os militares RC passam a ser muito mais senhores dos seus destinos, planearem melhor o seu futuro, desde ir a missões, frequentarem cursos universitários, etc, os que quiserem ir embora cedo continuam a ir, os que preferem ficar mais uns anos, seja 5, seja 10, etc, ficam, indo embora realmente quando assim o decidem e não por fim do contrato. Nesta situação futura é que é cada vez mais absurdo dizerem, "o exército mandou-me embora", porque se alguém ficar 18 anos no exército sem qualquer tipo de plano de vida, não tem mínimo de cabeça.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1225
  • Recebeu: 65 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +7/-30
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #483 em: Setembro 08, 2018, 04:18:58 pm »
Já mencionei e volto a mencionar, deixem de limitar tanto a ideia e permitam que haja candidatos até aos 35 anos. Se abrirem mais o leque de idades o problema irá eventualmente resolver-se.
Parece-me é que querem ter meninos para limpar latrinas que não ousem questionar, do que ter adultos que possam questionar ordens.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7164
  • Recebeu: 539 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +49/-13
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #484 em: Setembro 13, 2018, 10:45:32 pm »
Para o pessoal dos debates sobre LPD, JSS, substituto dos C-130, aluguer de meios civis, no fundo capacidades de projecção estratégica naval e aérea e que necessidades precisamos, tem aqui muita informação.
https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/17361/1/TII%20Favinha_Estudo%20prospetivo%20sobre%20as%20capacidades%20de%20proje%C3%A7%C3%A3o%20militar.pdf
« Última modificação: Setembro 14, 2018, 12:06:04 am por Lightning »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: LM, NVF, tenente, asalves

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 3082
  • Recebeu: 1336 vez(es)
  • Enviou: 504 vez(es)
  • +168/-7
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #485 em: Setembro 14, 2018, 03:58:06 pm »
Para o pessoal dos debates sobre LPD, JSS, substituto dos C-130, aluguer de meios civis, no fundo capacidades de projecção estratégica naval e aérea e que necessidades precisamos, tem aqui muita informação.
https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/17361/1/TII%20Favinha_Estudo%20prospetivo%20sobre%20as%20capacidades%20de%20proje%C3%A7%C3%A3o%20militar.pdf

Excelentes dados e info !!

Abraços
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2275
  • Recebeu: 837 vez(es)
  • Enviou: 1917 vez(es)
  • +136/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #486 em: Setembro 14, 2018, 08:42:24 pm »
O que me deixa extremamente inquieto é a resignação com que um futuro (actual?) almirante encara e admite o que para muitos de nós ja era óbvio há muito tempo: até 2035 ficamos com duas fragatas (modestamente equipadas para os padrões da década de 20, diga-se) e pronto! Ainda anda o pessoal a discutir que cinco fragatas é pouco, então e duas? A Marinha deixou cair completamente as VdG que vão acabar, como as corvetas, em missões de patrulha e SAR, ou a ocasional missão autónoma em África.

Eu vendia já as Vdg, enquanto ainda têm algum valor para países como o Brasil ou as Filipinas. As mais valias aplicáva-as na aquisição de munições modernas para a Marinha e FAP e quando os Holandeses e os Belgas vendessem as suas M, comprávamos duas para durarem mais uns 10 anos.
Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 3082
  • Recebeu: 1336 vez(es)
  • Enviou: 504 vez(es)
  • +168/-7
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #487 em: Setembro 14, 2018, 09:48:20 pm »
O que me deixa extremamente inquieto é a resignação com que um futuro (actual?) almirante encara e admite o que para muitos de nós ja era óbvio há muito tempo: até 2035 ficamos com duas fragatas (modestamente equipadas para os padrões da década de 20, diga-se) e pronto! Ainda anda o pessoal a discutir que cinco fragatas é pouco, então e duas? A Marinha deixou cair completamente as VdG que vão acabar, como as corvetas, em missões de patrulha e SAR, ou a ocasional missão autónoma em África.

Eu vendia já as Vdg, enquanto ainda têm algum valor para países como o Brasil ou as Filipinas. As mais valias aplicáva-as na aquisição de munições modernas para a Marinha e FAP e quando os Holandeses e os Belgas vendessem as suas M, comprávamos duas para durarem mais uns 10 anos.

Eu Já venho defendendo a venda das VdG enquanto valem alguma coisa !
Mas a meu ver só lá para 2023 daqui a cinco anos, quando depois dos MLU's das BD, e os Holandeses e os Belgas começarem a ter novas fragatas para a substituir as M deles, é que vamos ter alguma hipotese de ter mais duas unidades muito semelhantes ás nossas futuras BD.
Acho que vai ser o que irá acontecer, parece-me a melhor opção mas, por essa altura quanto valerão as nossas três VdG ??
O valor da venda das VdG nem para comprar uma M vai dar, ou se der será á justa !!!

Uma tristeza é o que é, daqui a cinco anos apenas teremos quatro fragatas e vai ser com o que ficaremos daí em diante, deixar chegar as VdG a esta idade sem se ter feito qq upgrade é um crime, é estoirar c/ os dinheiros públicos, ao não investir em melhorias nos meios militares que ainda vamos possuindo.
Então essas fragatas não tinham valor, para merecerem um MLU há cerca de dez anos, ou no máximo quando fizeram vinte anos, para poderem estar operacionais mais quinze anos, e depois ainda valerem algo ao serem vendidas ???
Assim é melhor, seguimos o procedimento aplicado ás corvetas, é mais barato, cambada de incompetentes !!



 





O melhor é começar já a sondar os Holandeses e ou os Belgas para outros não nos passarem a perna, estou-me a lembrar do Chile.  ;)

Abraços
« Última modificação: Setembro 15, 2018, 07:11:42 am por tenente »
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 7164
  • Recebeu: 539 vez(es)
  • Enviou: 668 vez(es)
  • +49/-13
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #488 em: Setembro 14, 2018, 10:46:47 pm »
A Marinha não vai deixar descer o número de fragatas com a promessa de num futuro próximo se comprar as M aos Holandeses ou Belgas, ainda aparecem os Brasileiros ou os Chilenos e ficamos a vê-las passar rumo ao Atlântico Sul.

Até podemos no futuro comprar essas fragatas M, mas só após isso acontecer é que a Marinha larga as Vasco da Gama.

Ainda agora a Corte Real vai participar no maior exercício da NATO, o Trident Juncture 2018.
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 3082
  • Recebeu: 1336 vez(es)
  • Enviou: 504 vez(es)
  • +168/-7
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #489 em: Setembro 14, 2018, 11:55:53 pm »
A Marinha não vai deixar descer o número de fragatas com a promessa de num futuro próximo se comprar as M aos Holandeses ou Belgas, ainda aparecem os Brasileiros ou os Chilenos e ficamos a vê-las passar rumo ao Atlântico Sul.

Até podemos no futuro comprar essas fragatas M, mas só após isso acontecer é que a Marinha larga as Vasco da Gama.

Ainda agora a Corte Real vai participar no maior exercício da NATO, o Trident Juncture 2018.

Eu sei que só depois de ter as M ou outras quaisquer, que sejam, é que a Marinha irá alienar as VdG, mas, já agora como é que aconteceu quando vendemos/abatemos as fragatas classe João Belo ??
Não foram quatro unidades abatidas/vendidas por duas M adquiridas ???

Quanto ás participações nos exercícios da NATO, o que é que temos de navios de combate de superfície para enviar ??
As VdG e a D Francisco de Almeida.
Estejam as fragatas como estiverem, são as únicas unidades navais de combate que possuímos, e as VdG, com pouco, poder combativo, por isso, se não for a D Francisco de Almeida a escolhida só temos as VdG, claro está !!!


Abraços
« Última modificação: Setembro 15, 2018, 07:07:52 am por tenente »
 

*

asalves

  • Membro
  • *
  • 263
  • Recebeu: 86 vez(es)
  • Enviou: 28 vez(es)
  • +10/-5
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #490 em: Setembro 17, 2018, 05:51:46 pm »
Para o pessoal dos debates sobre LPD, JSS, substituto dos C-130, aluguer de meios civis, no fundo capacidades de projecção estratégica naval e aérea e que necessidades precisamos, tem aqui muita informação.
https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/17361/1/TII%20Favinha_Estudo%20prospetivo%20sobre%20as%20capacidades%20de%20proje%C3%A7%C3%A3o%20militar.pdf

Agora percebo pk que de repente andamos a comprar ARTILHARIA ANTIAÉREA, temos de contribuir com um GAAA.

Se não fosse os nossos compromissos externos nem material de guerra havia.
 

*

PereiraMarques

  • Moderador Global
  • *****
  • 6659
  • Recebeu: 244 vez(es)
  • Enviou: 174 vez(es)
  • +53/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #491 em: Setembro 17, 2018, 05:58:51 pm »
Com os 8 sistemas a adquirir para substituir os Chaparral, os 16 Stinger e cerca de 12 "bitubos" não é grande GAAA...
 

*

asalves

  • Membro
  • *
  • 263
  • Recebeu: 86 vez(es)
  • Enviou: 28 vez(es)
  • +10/-5
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #492 em: Setembro 17, 2018, 05:59:32 pm »
Para o pessoal dos debates sobre LPD, JSS, substituto dos C-130, aluguer de meios civis, no fundo capacidades de projecção estratégica naval e aérea e que necessidades precisamos, tem aqui muita informação.
https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/17361/1/TII%20Favinha_Estudo%20prospetivo%20sobre%20as%20capacidades%20de%20proje%C3%A7%C3%A3o%20militar.pdf

Excelentes dados e info !!

Abraços

De facto este doc tem mesmo muita informação que o pessoal anda as vezes aqui a discutir, como c130 vs kc390, LDP+AOR vs JSS, respostas a coisas estranhas que se vão passando, e até mesmo previsões para o futuro.
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4112
  • Recebeu: 241 vez(es)
  • Enviou: 250 vez(es)
  • +32/-1
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #493 em: Setembro 17, 2018, 09:10:38 pm »
Com os 8 sistemas a adquirir para substituir os Chaparral, os 16 Stinger e cerca de 12 "bitubos" não é grande GAAA...

Do que sei, irão ser comprados mais sistemas stinger. Não sei quantos, pois vai depender da oferta dos americanos.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8410
  • Recebeu: 725 vez(es)
  • Enviou: 1136 vez(es)
  • +56/-15
    • http://youtube.com/HSMW
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #494 em: Setembro 17, 2018, 10:26:37 pm »
Para o pessoal dos debates sobre LPD, JSS, substituto dos C-130, aluguer de meios civis, no fundo capacidades de projecção estratégica naval e aérea e que necessidades precisamos, tem aqui muita informação.
https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/17361/1/TII%20Favinha_Estudo%20prospetivo%20sobre%20as%20capacidades%20de%20proje%C3%A7%C3%A3o%20militar.pdf
Excelentes dados e info !!
Abraços

De facto este doc tem mesmo muita informação que o pessoal anda as vezes aqui a discutir, como c130 vs kc390, LDP+AOR vs JSS, respostas a coisas estranhas que se vão passando, e até mesmo previsões para o futuro.

Leiam e aprendam! Trabalho muito bem feito!  :G-beer2: 
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

 

Forças mecanizadas do exército Espanhol à beira de Portugal

Iniciado por dremanu

Respostas: 13
Visualizações: 5274
Última mensagem Maio 08, 2006, 12:40:15 pm
por carlovich
DN: Comando NATO de Oeiras tutela forças de reacção

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 1720
Última mensagem Novembro 14, 2006, 11:38:41 am
por PereiraMarques
Forças de segurança encontram-se sob escuta

Iniciado por antoninho

Respostas: 1
Visualizações: 1460
Última mensagem Outubro 04, 2006, 10:59:36 am
por Rui Elias
Forças Aeromóveis, opinião

Iniciado por typhonman

Respostas: 0
Visualizações: 639
Última mensagem Outubro 13, 2009, 10:02:41 pm
por typhonman
"Crise já atinge Forças Armadas"

Iniciado por Lancero

Respostas: 8
Visualizações: 4018
Última mensagem Junho 04, 2008, 06:13:35 pm
por Gina