REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS

  • 378 Respostas
  • 43568 Visualizações
*

Camuflage

  • Especialista
  • ****
  • 1169
  • Recebeu: 59 vez(es)
  • Enviou: 27 vez(es)
  • +2/-3
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #60 em: Fevereiro 23, 2013, 10:11:41 pm »
Só será feito às 3 pancadas porque quem está lá não quer mexer uma palha ou não quis mexer estes anos todos, enquanto houvesse dinheiro a cair mantinha o quintal intacto.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #61 em: Fevereiro 23, 2013, 11:20:09 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu ainda não percebi essa comparação com a Dinamarca, eles têm metade da nossa população e a mesma têm bastante mais dinheiro que a nossa.

O que é que há para comparar?

Eles têm milhões de cidadãos espalhados pelos quatro cantos do mundo? Não!

Se não têm, não têm nem metade das obrigações que as nossas Forças Armadas têm, nem têm que gastar milhões numa altura de austeridade a mandarem navios para áfrica por causa de mais um golpe de estado/assassinato/etc.

Tenho que ver se arranjo o jornal para ver melhor o tal artigo, mas no fundo a comparação era a nivel do que queremos conseguir fazer com as FA, e do que é que temos que ter para o conseguir, não tem propriamente a ver com termos os mesmos equipamentos que eles (era bom era :mrgreen: ), ao que parece a Dinamarca é o que tem as capacidades mais parecidas com o que pretendemos ter, aquilo que eu já tinha dito, ter capacidade de colocar em missões 2 Fragatas, 2 Batalhões, 6 F-16, 1 C-130, etc, os outros paises não são tão parecidos a Bélgica na parte maritima não tem quase nada, a Grécia tem umas FA gigantes mas estáticas, a Holanda é demais eles tem Apaches, Chinnoks, LPDs, e meteram para ai uns 1000 e tal gajos no Afeganistão.

É claro que se formos ver as FA da Dinamarca mais proximamente, temos diferenças claro, nós temos mais "infantaria ligeira", Pára-quedistas, Comandos, etc, eles tem mais "Infantaria Mecanizada" CV90, essas coisas, nós temos submarinos, temos P-3s, temos Fuzileiros, eles não, mas na parte quantitativa, nº de navios, nº de aeronaves, nº de Batalhões, devemos ser muito parecidos.

Claro que toda esta comparação com a Dinamarca que o jornal faz, nunca diz que devemos deixar de ter forças mecanizadas, alias a Dinamarca tem e boas.
 

*

Carlos Rendel

  • 187
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #62 em: Fevereiro 23, 2013, 11:38:42 pm »
Permitam uma pequena correcção: a Dinamarca ao ser invadida pelos nazis provocou uma divisão ao mais alto nível entre os "pacifistas",que não
     queriam a guerra,apoiados pelo Rei e os que se queriam defender,lutando,apoiados pela chefia das Forças Armadas.A troca de argumentos e a
     indecisão levou horas sem resultado e quando deram por si já havia novo governo constituído por um homem da confiança do sr.Hitler.Como disse,
     a invasão durou três horas e não houve tiros.

     A meu vêr e descontadas as diferenças,aliás substanciais é com o estado de Israel que poderíamos encontrar alguns pontos de contacto:em  1967
     após a vozearia árabe que ia atirar os ratos ao mar dá-se um ataque aéreo preventivo de Israel,perpretado por não profissionais --mesmo os oficiais
     superiores tinham os seus empregos civis----estes militares batendo-se em três frentes e decididos a afastar a ameaça, em três dias derrotam
     os exércitos  do Egipto,Jordania e Síria.Vão agora falar no apoio americano,que nós tambem tínhamos na Presidência de Nixon,no dinheiro dos
     magnatas judeus de Wall Street,enquanto o nosso dormitava em Angola e Moçambique sob a forma de petróleo e minérios metálicos úteis para
     ligas de material de guerra.Só que Israel detinha armas nucleares em segredo,para ser usadas só se as coisas se pusessem feias (ainda há dias um
     político do Knesset ao ser interprelado por um jornalista respondeu,sorrindo: "Sobre esse assunto não quero falar"...) Acabam aqui as semelhanças
     porque  em Portugal nunca houve armas nucleares.CR
CR
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #63 em: Fevereiro 24, 2013, 12:05:11 am »
Citação de: "Carlos Rendel"
A meu vêr e descontadas as diferenças,aliás substanciais é com o estado de Israel que poderíamos encontrar alguns pontos de contacto:em  1967 após a vozearia árabe que ia atirar os ratos ao mar dá-se um ataque aéreo preventivo de Israel,perpretado por não profissionais --mesmo os oficiais superiores tinham os seus empregos civis----estes militares batendo-se em três frentes e decididos a afastar a ameaça, em três dias derrotam os exércitos  do Egipto,Jordania e Síria.Vão agora falar no apoio americano,que nós tambem tínhamos na Presidência de Nixon,no dinheiro dos magnatas judeus de Wall Street,enquanto o nosso dormitava em Angola e Moçambique sob a forma de petróleo e minérios metálicos úteis para ligas de material de guerra.Só que Israel detinha armas nucleares em segredo,para ser usadas só se as coisas se pusessem feias (ainda há dias um político do Knesset ao ser interprelado por um jornalista respondeu,sorrindo: "Sobre esse assunto não quero falar"...) Acabam aqui as semelhanças porque  em Portugal nunca houve armas nucleares.CR

Ainda não percebi onde é que estão as semelhanças entre Portugal e Israel, falou-me ai de 1967, nem a Guerra dos 6 dias nem a nossa guerra colonial são parecidas, nem nós estamos em 1967, estamos em 2013, já não temos colonias de Angola e de Moçambique, temos é isto:

 

*

jurista

  • Membro
  • *
  • 131
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #64 em: Fevereiro 24, 2013, 08:41:24 am »
Citação de: "Lightning"
Citação de: "Carlos Rendel"
A meu vêr e descontadas as diferenças,aliás substanciais é com o estado de Israel que poderíamos encontrar alguns pontos de contacto:em  1967 após a vozearia árabe que ia atirar os ratos ao mar dá-se um ataque aéreo preventivo de Israel,perpretado por não profissionais --mesmo os oficiais superiores tinham os seus empregos civis----estes militares batendo-se em três frentes e decididos a afastar a ameaça, em três dias derrotam os exércitos  do Egipto,Jordania e Síria.Vão agora falar no apoio americano,que nós tambem tínhamos na Presidência de Nixon,no dinheiro dos magnatas judeus de Wall Street,enquanto o nosso dormitava em Angola e Moçambique sob a forma de petróleo e minérios metálicos úteis para ligas de material de guerra.Só que Israel detinha armas nucleares em segredo,para ser usadas só se as coisas se pusessem feias (ainda há dias um político do Knesset ao ser interprelado por um jornalista respondeu,sorrindo: "Sobre esse assunto não quero falar"...) Acabam aqui as semelhanças porque  em Portugal nunca houve armas nucleares.CR

Ainda não percebi onde é que estão as semelhanças entre Portugal e Israel, falou-me ai de 1967, nem a Guerra dos 6 dias nem a nossa guerra colonial são parecidas, nem nós estamos em 1967, estamos em 2013, já não temos colonias de Angola e de Moçambique, temos é isto:


Concordo plenamente. Não vejo qualquer semelhança com Israel. Eles têm SMO e Forças Armadas de elite porque todos os dias são dias de alerta máximo. Obviamente que têm gastos de defesa muito maiores que os nossos, pelos motivos óbvios. Também concordo com o lightning em relação àquilo que devia ser a prioridade na defesa portuguesa: a marinha. Temos a maior ZEE da europa, e pedimos o alargamento (com base na plataforma continental) até às 360 milhas. Isso implica um aumento brutal a uma área já de si grande. Assim, temos uma marinha claramente subdimensionada para as obrigações que todo este mar implica.
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2495
  • Recebeu: 19 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +2/-4
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #65 em: Fevereiro 24, 2013, 01:01:05 pm »
30000 é muito pouco.

2000/2500 nos EM, AM,HM etc...

Fica 6000 para a FAP e 9000 na Armada.

12500/13000 apenas no Exercito. :N-icon-Axe:
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1629
  • Recebeu: 146 vez(es)
  • Enviou: 386 vez(es)
  • +5/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #66 em: Fevereiro 24, 2013, 03:40:36 pm »
Citação de: "jurista"
Concordo plenamente. Não vejo qualquer semelhança com Israel. Eles têm SMO e Forças Armadas de elite porque todos os dias são dias de alerta máximo. Obviamente que têm gastos de defesa muito maiores que os nossos, pelos motivos óbvios.
Sem falar que recebem maior apoio financeiro (que se traduz em material) dos EUA e os políticos israelitas são mil vezes mais pro-militar.

Em geral eu diria que o problema tem como origem o fim da indústria militar em Portugal. Se nunca tivessem permitido a sabotagem que houve hoje toda a modernização nas forças armadas seria vista claramente como um benefício para o país e uma forma de continuar a desenvolver o país. Mas não, em vez disso afundamos ainda mais a indústria com situações como a dos ENVC. E depois também se continua a utilizar fundos europeus e nacionais apenas para a pesquisa e desenvolvimento inicial de projectos em vez de também ajudar a iniciar a produção em Portugal; o que se traduz em técnicos qualificados com o nosso dinheiro a irem trabalhar lá para fora ou em tecnologia/produtos serem vendidos a empresas estrangeiras e que depois acabam por serem fabricados lá fora, em vez de gerar emprego não-qualificado cá, e a continuar no futuro a ser desenvolvido lá fora.
(/rant)

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #67 em: Fevereiro 24, 2013, 04:10:10 pm »
Citação de: "Miguel"
30000 é muito pouco.

2000/2500 nos EM, AM,HM etc...

Fica 6000 para a FAP e 9000 na Armada.

12500/13000 apenas no Exercito. :N-icon-Axe:

Eu acho que o Exército vai ter que se habituar a ser um ramo das FA relativamente do mesmo tamanho dos outros. Se temos Batalhões que na prática são Companhias é porque 3 Brigadas são estruturas demasiado grandes, que passem a 3 ou 4 Agrupamentos, ou então que comecem a emagrecer a estrutura de apoio para canalisar esses militares para as unidades operacionais, talvez assim dê para manter as 3 Brigadas.
 

*

Carlos Rendel

  • 187
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #68 em: Fevereiro 24, 2013, 04:12:23 pm »
Peço desculpa por voltar ao assunto,e não ter conseguido traduzir a ideia: nos anos 60 (early sixties), Portugal e Israel estavam impreparados para o que viria a seguir. Tinham ambos àreas  reduzidas face à vizinhança e valores de
 capitação por área  próximos,não tinham muitos amigos e estavam rodeados de inimigos-refiro-me naturalmente a Israel e à África portuguesa.Como escrevi na minha MSG anterior, ambos tiveram apoio e desapoio de dois presidentes
 americanos influentes (Kennedy e Nixon) e um "hinterland" rico ----diáspora  judaica um,riquezas naturais outro (petróleo e minérios).E como resolveu cada um a borrasca em que se meteu ?  Israel desencadeou a guerra dos seis dias e emergiu   vitoriosa,Portugal  levou 13 anos a perder a guerra.

Cumprimentos.CR
CR
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #69 em: Fevereiro 24, 2013, 04:22:57 pm »
Citação de: "jurista"
Também concordo com o lightning em relação àquilo que devia ser a prioridade na defesa portuguesa: a marinha. Temos a maior ZEE da europa, e pedimos o alargamento (com base na plataforma continental) até às 360 milhas. Isso implica um aumento brutal a uma área já de si grande. Assim, temos uma marinha claramente subdimensionada para as obrigações que todo este mar implica.

Concordo consigo jurista, e olhe que a falta de fiscalização já anda ai, não gastam dinheiro em navios para a Armada, gastam em multas.

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/notic ... pescadores
 

*

jurista

  • Membro
  • *
  • 131
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #70 em: Fevereiro 24, 2013, 07:03:30 pm »
Citação de: "Carlos Rendel"
Peço desculpa por voltar ao assunto,e não ter conseguido traduzir a ideia: nos anos 60 (early sixties), Portugal e Israel estavam impreparados para o que viria a seguir. Tinham ambos àreas  reduzidas face à vizinhança e valores de
 capitação por área  próximos,não tinham muitos amigos e estavam rodeados de inimigos-refiro-me naturalmente a Israel e à África portuguesa.Como escrevi na minha MSG anterior, ambos tiveram apoio e desapoio de dois presidentes
 americanos influentes (Kennedy e Nixon) e um "hinterland" rico ----diáspora  judaica um,riquezas naturais outro (petróleo e minérios).E como resolveu cada um a borrasca em que se meteu ?  Israel desencadeou a guerra dos seis dias e emergiu   vitoriosa,Portugal  levou 13 anos a perder a guerra.

Cumprimentos.CR

Novamente tenho que discordar de si. Israel mal preparado na guerra dos Seis Dias? Muito antes pelo contrário. O único campo em que Israel perdia era na aviação (razão pela qual o primeiro grande objectivo da sua ofensiva foi destruir a força aérea egípcia, destruída quase sem ter hipótese de descolar). Mas de resto tinha uma clara superioridade a nível de equipamento e preparação. Também acrescentaria que não se pode afirmar que Portugal tenha perdido, militarmente falando, a guerra. Mas isso são outros quinhentos  :P
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #71 em: Fevereiro 25, 2013, 12:05:45 am »
Citação de: "Carlos Rendel"
Peço desculpa por voltar ao assunto,e não ter conseguido traduzir a ideia: nos anos 60 (early sixties), Portugal e Israel estavam impreparados para o que viria a seguir. Tinham ambos àreas  reduzidas face à vizinhança e valores de
 capitação por área  próximos,não tinham muitos amigos e estavam rodeados de inimigos-refiro-me naturalmente a Israel e à África portuguesa.Como escrevi na minha MSG anterior, ambos tiveram apoio e desapoio de dois presidentes
 americanos influentes (Kennedy e Nixon) e um "hinterland" rico ----diáspora  judaica um,riquezas naturais outro (petróleo e minérios).E como resolveu cada um a borrasca em que se meteu ?  Israel desencadeou a guerra dos seis dias e emergiu   vitoriosa,Portugal  levou 13 anos a perder a guerra.

Cumprimentos.CR

Eu percebo a sua ideia, não percebo é porque escreve isso aqui, não estamos no tópico referente a historia militar, estamos no tópico referente a reformar e modernizar as forças armadas para o futuro.
 

*

Carlos Rendel

  • 187
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #72 em: Fevereiro 25, 2013, 11:12:27 am »
Sem querer transformar um foro num diálogo,apenas faço uma citação:

 
Citar
Quem não aprender com os erros do passado,está condenado a repeti-los.
Santayana

  Dr. Jurista:     O exército de Israel estava bem armado pelos americanos,assim como os árabes o estavam pelos
                        soviéticos .Defrontaram-se aí dois tipos de armamento rivais à escala mundial.Todos aprenderam
                        qualquer coisa.Isto passou-se em 1967,o que eu disse foi que ninguém  estava preparado no início
                        da década de sessenta para o que viria a seguir.  

                   Reitero as minhas desculpas por estar fora de contexto e fora do debate em causa
CR
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7489
  • Recebeu: 259 vez(es)
  • Enviou: 99 vez(es)
  • +32/-27
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #73 em: Fevereiro 25, 2013, 11:41:40 am »
Citação de: "Carlos Rendel"
 Dr. Jurista:     O exército de Israel estava bem armado pelos americanos,assim como os árabes o estavam pelos
                        soviéticos .Defrontaram-se aí dois tipos de armamento rivais à escala mundial.Todos aprenderam
                        qualquer coisa.Isto passou-se em 1967,o que eu disse foi que ninguém  estava preparado no início
                        da década de sessenta para o que viria a seguir.  

                   Reitero as minhas desculpas por estar fora de contexto e fora do debate em causa


Eu também peço desculpa pelo off-topic. Carlos Rendel, que armamento americanos era utilizado pelos israelitas em 67?
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #74 em: Fevereiro 25, 2013, 05:29:44 pm »
Programa pros e contras de ontem sobre os cortes nas forças armadas

http://www.rtp.pt/icmblogs/rtp/pros-con ... post=43567
 

 

Coreia do Norte vs Coreia do Sul - Forças Aéreas

Iniciado por BC304Quadro Forças Aéreas/Sistemas de Armas

Respostas: 26
Visualizações: 7556
Última mensagem Abril 09, 2015, 03:44:33 pm
por olisipo
"Defesa pessoal" para Forças de Segurança

Iniciado por JKDU PortugalQuadro Forças de Segurança

Respostas: 11
Visualizações: 5779
Última mensagem Agosto 01, 2008, 05:43:48 pm
por RicP
Forças de elite dos "Mossos d´Esquadra" (Catalunha)

Iniciado por urso bêbadoQuadro Forças Policiais de Elite

Respostas: 1
Visualizações: 1845
Última mensagem Maio 08, 2012, 09:43:52 pm
por Lightning
Marca e modelo de algemas usadas pelas forças de segurança?

Iniciado por DuarteQuadro Forças de Segurança

Respostas: 3
Visualizações: 4299
Última mensagem Fevereiro 01, 2010, 04:31:54 am
por Frezze
Forças mecanizadas do exército Espanhol à beira de Portugal

Iniciado por dremanuQuadro Portugal

Respostas: 13
Visualizações: 3495
Última mensagem Maio 08, 2006, 12:40:15 pm
por carlovich