REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS

  • 378 Respostas
  • 43565 Visualizações
*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1517
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #45 em: Fevereiro 20, 2013, 12:19:06 am »
Pelo pouco ou nada que percebo, estas lanchas servem de complemento e não de substituição das pequenas "corvetas" que são os NPO.
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #46 em: Fevereiro 20, 2013, 12:21:25 am »
Citação de: "LuisC"
Então quer dizer que o programa dos NPOs fica-se pelos dois navios...será assim?

Estas propostas do IDN são sempre de "marte"  :mrgreen: .
Parece-me que as propostas deles, de um modo geral, seriam boas se, estivessemos a criar um pais do 0, mas como não estamos, como envolve organismos que já tem a sua historia, tradições, influencias, etc, é dificil fazer uma reforma muito radical, mas algumas propostas são capazes de se concretizarem.

Essa destas lanchas substituirem os NPO acho estranho, principalmente pelo deslocamento deles, é que a lancha tem 600 toneladas e o NPO tem 1600 toneladas...
É que nós não temos uma ZEE só costeira, também temos a ZEE oceanica em volta das ilhas dos Açores e Madeira, esses navios tem que se capazes de se fazerem mar a dentro para ai até meio do Atlântico.

Outra coisa que dizia no jornal era que a construção destas lanchas e a modernização das fragatas deviam ser feitas nos ENVC.
 

*

jurista

  • Membro
  • *
  • 131
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #47 em: Fevereiro 20, 2013, 08:24:48 am »
Citação de: "Lightning"

Outra coisa que dizia no jornal era que a construção destas lanchas e a modernização das fragatas deviam ser feitas nos ENVC.

Tenho muitas dúvidas sobre a legalidade disso.
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #48 em: Fevereiro 20, 2013, 11:19:22 pm »
Hoje o Diário de Noticias tinha mais algumas novidades sobre o programa de reforma das Forças Armadas, não tinha muitas novidades, mais do mesmo, ter capacidade expedicionária de 2 Batalhões/agrupamentos, duas Fragatas, etc.

A novidade para mim, e que talvez deixe os saudosistas das poderosas FAs portuguesas do Império em choque :wink: .

Pois, segundo o texto, é dos paises cujas FA, temos mais em comum, tamanho muito parecido, ambos tem zonas maritimas extensas, ambos sao na UE, da NATO, etc.

Mas o jornal alerta para algumas diferenças que, no fim, podem ser importantes para conseguirmos ter essa tal capacidade similar à Dinamarca.

A Dinamarca tem umas FA com 25.000 elementos e um orçamento de 3 mil milhões de euros.
Portugal tem umas FA com 38.000 elementos e um orçamento de 2 mil milhões de euros e com a reforma pretende-se ficar com
umas FA de 30.000 elementos e um orçamento de 1.8 mil milhões de euros (corte de 200 mil euros).

Portugal actualmente tem cerca de 400 militares nas várias operações internacionais, a Dinamarca tem 750 só no Afeganistão.

O jornal questiona, será que nós com mais 5.000 homens para manter do que a Dinamarca, e um orçamento 1/3 menor, conseguimos ter a capacidade expedicionária que ambicionamos?
 

*

Kalil

  • Membro
  • *
  • 20
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #49 em: Fevereiro 21, 2013, 04:44:35 pm »
A Dinamarca é um optimo exemplo para as nossas FA, já agora, até é UK bom exemplo para o nosso país e os nossos políticos!

Podem começar por tentar perceber como é que se controem fragatas de 6000 ton por pouco mais de 300 milhões..
Depois, podem comparar o equipamento das BrigMec, CV 9035, Piranha 8x8..

Cumprimentos
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 13646
  • Recebeu: 556 vez(es)
  • Enviou: 607 vez(es)
  • +39/-10
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #50 em: Fevereiro 21, 2013, 04:49:21 pm »
O RU? Eles estão a fazer a mesma coisa que nós (cortar a eito).

Já a Dinamarca... sabiam que houve (há?) militares de algo semelhante à "reserva operacional" no Afeganistão? Pois é, só assim é que conseguiram homens para cumprir com todas as missões.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7489
  • Recebeu: 259 vez(es)
  • Enviou: 99 vez(es)
  • +32/-27
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #51 em: Fevereiro 22, 2013, 12:04:02 am »
Citação de: "Lightning"
conseguimos ter a capacidade expedicionária que ambicionamos?

Nem mais um soldado para as colónias dos outros!

Onde estão hoje os hippies das boas famílias que apelavam à saída das nossas "colónias"?
São os mesmos que mandam os nossos morrerem nas colónias dos outros.

Os nossos que fiquem aqui, mais seguros e mais baratinhos.
Ao diabo com o "expedicionarismo" a bem dos "companheiros fraternos".
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

Carlos Rendel

  • 187
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #52 em: Fevereiro 22, 2013, 11:44:34 am »
A Dinamarca que faz fronteira apenas com a Alemanha,pode dizer-se que mais parece a pulga e o elefante. Na II Grande Guerra
foram invadidos por motivos estrategicos por mar, não deram um tiro e não houve mortos nem feridos ao fim
das três horas que durou a invasão.Se qualquer resistencia era suicida,tambem era de ter em conta os simpatizantes do invasor.
Não se trata de um  país em desenvolvimento,mas dispõe de uma agricultura adequada (bons solos,clima previsível),uma industria
naval,farmaceutica e mecanica,em parte exportada e investigação tecnológica afamada, com muitos contratos com as FAD.
Portanto  a Dinamarca vive com outro desafogo que Portugal e tem reservas ainda por explorar na Gronelandia,quase um conti-
nente.
Quanto a Portugal e os seus 190 generais,tudo depende do futuro que é uma carta fechada.Se pensarmos a rapidez  com que se
geram conflitos e a total imprevisibilidade dos mesmos devemos acautelar o futuro  e estar preparados para o que der e vier.
O compromisso das Forças Armadas é com Portugal,os portugueses e o seu futuro.E,nesta perspectiva, há que contar com outra
ameaça, sendo que a Protecção Civil nunca será suficiente: os fenómenos naturais.Nos quais se enquadram:
a) Sismos e tsunamis;b) Vulcanismo (Açores) c)Chuvas torrenciais e secas de anos.Compreende-se a magnitude e o alcance
destes fenómenos. Vi,num trabalho de laboratório,que 75% das casas de Lisboa,em caso de um sismo como o de 1755,
seriam destruidas sem recuperação. Mas,caso acordem os vulcões Etna (Itália) ou "La cumbre vieja" nas Canárias,podemos
ter a certeza que os seus efeitos maléficos nos vão bater à porta.CR
CR
 

*

Miguel

  • Investigador
  • *****
  • 2495
  • Recebeu: 19 vez(es)
  • Enviou: 6 vez(es)
  • +2/-4
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #53 em: Fevereiro 22, 2013, 08:45:47 pm »
Citar
Nem mais um soldado para as colónias dos outros!

Onde estão hoje os hippies das boas famílias que apelavam à saída das nossas "colónias"?
São os mesmos que mandam os nossos morrerem nas colónias dos outros.

Os nossos que fiquem aqui, mais seguros e mais baratinhos.
Ao diabo com o "expedicionarismo" a bem dos "companheiros fraternos  

 :G-Ok:  Certissimo

Ate podem acabar com as forças armadas, Portugal ainda existe ???

Ou é uma colonia das mafias multinacionais??
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #54 em: Fevereiro 23, 2013, 12:42:59 am »
Mas Portugal alguma vez na sua história se conseguiu defender sem aliados? Já em Aljubarrota tivemos os arqueiros ingleses cá a ajudar.

Portugal não é nenhuma potência militar, nós somos como a Dinamarca, a Bélgica, etc, a unica coisa que podemos fazer é ter aliados mais fortes que os nossos tradicionais inimigos. Nem que gastassemos o raio do PIB todo na Defesa conseguiamos nos defender sozinhos das grandes potências do mundo, Alemanha, Russia, EUA, etc.

É a história...
 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #55 em: Fevereiro 23, 2013, 12:56:42 am »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Já a Dinamarca... sabiam que houve (há?) militares de algo semelhante à "reserva operacional" no Afeganistão? Pois é, só assim é que conseguiram homens para cumprir com todas as missões.

Nós não temos esse problema :mrgreen: .
 

*

Cabeça de Martelo

  • Investigador
  • *****
  • 13646
  • Recebeu: 556 vez(es)
  • Enviou: 607 vez(es)
  • +39/-10
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #56 em: Fevereiro 23, 2013, 12:25:33 pm »
Eu ainda não percebi essa comparação com a Dinamarca, eles têm metade da nossa população e a mesma têm bastante mais dinheiro que a nossa.

O que é que há para comparar?

Eles têm milhões de cidadãos espalhados pelos quatro cantos do mundo? Não!

Se não têm, não têm nem metade das obrigações que as nossas Forças Armadas têm, nem têm que gastar milhões numa altura de austeridade a mandarem navios para áfrica por causa de mais um golpe de estado/assassinato/etc.

Carlos Rendel, 210 quê? Nós temos quantos Generais no activo? As pessoas esquecem-se que nós tivemos umas Forças Armadas enormissimas e que combatemos quase 15 anos. A Dinamarca a última vez que teve que combater foi umas horas e depois já fazia parte do Reich.

Ok, é verdade que Portugal caiu e foi em minutos e sem um único tiro, mas isso já é outra conversa.
7. Todos os animais são iguais mas alguns são mais iguais que os outros.

 

*

Lightning

  • Moderador Global
  • *****
  • 6536
  • Recebeu: 334 vez(es)
  • Enviou: 409 vez(es)
  • +20/-2
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #57 em: Fevereiro 23, 2013, 12:47:10 pm »
Citação de: "Cabeça de Martelo"
Eu ainda não percebi essa comparação com a Dinamarca, eles têm metade da nossa população e a mesma têm bastante mais dinheiro que a nossa.

O que é que há para comparar?

Eles têm milhões de cidadãos espalhados pelos quatro cantos do mundo? Não!

Podia se comparar com outros paises, Bélgica, Holanda, Suécia, Grécia :mrgreen:
 

*

typhonman

  • Investigador
  • *****
  • 2695
  • Recebeu: 23 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +5/-6
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #58 em: Fevereiro 23, 2013, 03:38:56 pm »
Amanhã a noite no prós e contras debate sofre os "Defense Cuts"...


cumprimentos
Artigo 308º

Traição à Pátria

Quem, por meio de violência, ameaça de violência, usurpação ou abuso de funções de soberania:

a) Tentar separar da Mãe-Pátria, ou entregar a país estrangeiro ou submeter à soberania estrangeira, todo o território português ou parte dele
 

*

Kalil

  • Membro
  • *
  • 20
  • +0/-0
Re: REFORMAR E MODERNIZAR AS FORÇAS ARMADAS
« Responder #59 em: Fevereiro 23, 2013, 09:00:53 pm »
Citação de: "Kalil"
A Dinamarca é um optimo exemplo para as nossas FA, já agora, até é UK bom exemplo para o nosso país e os nossos políticos!

Podem começar por tentar perceber como é que se controem fragatas de 6000 ton por pouco mais de 300 milhões..
Depois, podem comparar o equipamento das BrigMec, CV 9035, Piranha 8x8..

Cumprimentos

Escrevi Uk por engano, dicionário auto do telemóvel. O Reino Unido há muito que deixou de ser exemplo para alguém.

A comparação com a DK presumo que resulte do tamanho das forças ser semelhante ao que se pretende para nós. Mas na verdade, são situações sem comparação porque o contexto económico e social dos dois países é completamente diferente, como o Carlos Rendel mencionou.

A nossa situação actual podia ser bem melhor, bastava ter evitado alguns tiros nos pés na última década, e ter canalizado o investimento para áreas realmente prioritárias. Há muito tempo que era necessário fazer cortes e reformular a estrutura das FAs. Agora vai ser feito da pior forma, às três pancadas e por quem, se calhar, até nem está tecnicamente apto para tal.

E quando o PS for novamente para o governo (que não nos livramos desta doença de duas caras PS/PSD tão depressa) lá virão novos cortes e reformulações na área da defesa.

Acresce também, que não é só a má qualidade política que "empena" as FAs. Porque é que os NPOs demoraram 10 anos? E os Pandur que morreram na oficina? Será só falta de €€€...
 

 

Coreia do Norte vs Coreia do Sul - Forças Aéreas

Iniciado por BC304Quadro Forças Aéreas/Sistemas de Armas

Respostas: 26
Visualizações: 7556
Última mensagem Abril 09, 2015, 03:44:33 pm
por olisipo
"Defesa pessoal" para Forças de Segurança

Iniciado por JKDU PortugalQuadro Forças de Segurança

Respostas: 11
Visualizações: 5779
Última mensagem Agosto 01, 2008, 05:43:48 pm
por RicP
Forças de elite dos "Mossos d´Esquadra" (Catalunha)

Iniciado por urso bêbadoQuadro Forças Policiais de Elite

Respostas: 1
Visualizações: 1845
Última mensagem Maio 08, 2012, 09:43:52 pm
por Lightning
Marca e modelo de algemas usadas pelas forças de segurança?

Iniciado por DuarteQuadro Forças de Segurança

Respostas: 3
Visualizações: 4299
Última mensagem Fevereiro 01, 2010, 04:31:54 am
por Frezze
Forças mecanizadas do exército Espanhol à beira de Portugal

Iniciado por dremanuQuadro Portugal

Respostas: 13
Visualizações: 3495
Última mensagem Maio 08, 2006, 12:40:15 pm
por carlovich