Combate a fogos pela F.A.P.

  • 944 Respostas
  • 186995 Visualizações
*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2429
  • Recebeu: 1206 vez(es)
  • Enviou: 716 vez(es)
  • +694/-172
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #870 em: Maio 15, 2019, 08:30:51 pm »
Tribunal de Contas aguarda resposta da Força Aérea sobre contrato de helicópteros do Estado

https://observador.pt/2019/05/15/tribunal-de-contas-aguarda-resposta-da-forca-aerea-sobre-contrato-de-helicopteros-do-estado/
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 

*

perdadetempo

  • Perito
  • **
  • 493
  • Recebeu: 163 vez(es)
  • Enviou: 310 vez(es)
  • +28/-1
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #871 em: Junho 28, 2019, 05:31:13 pm »
Contrato de locação de 16 helicópteros ligeiros de 28 de Maio a 30 de Junho de 2019 para o DICIR, aparentemente enquanto se aguarda visto do tribunal de contas a acreditar no ponto 4.

http://www.base.gov.pt/base2/rest/documentos/704355

Cumprimentos,
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4118
  • Recebeu: 1954 vez(es)
  • Enviou: 746 vez(es)
  • +549/-71
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #872 em: Julho 03, 2019, 06:59:00 pm »
Avião de combate a incêndios cai em Ferreira do Zêzere. Piloto está bem

Um avião de combate a incêndios caiu ao rio, na zona de Dornes, concelho de Ferreira do Zêzere, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém. Apesar do susto, o piloto conseguiu ejetar-se e está bem.

O avião - um Alfa 8 - estava estacionado em Ponte de Sor, distrito de Portalegre, e dirigia-se para o combate a um incêndio rural em Pombal, no distrito de Leiria. O alerta foi dado às 16h46 por um cidadão.

Segundo fontes do município e da Proteção Civil, o avião amarou na barragem de Castelo de Bode, estando o piloto consciente e a ser assistido pelos bombeiros.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Santarém especificou, em declarações à agência Lusa, que o avião amarou em Ponta de Vale da Ursa, junto a Dornes, e que o piloto "está consciente, orientado, e já está em terra a ser assistido pelos bombeiros".

O presidente da Câmara de Ferreira de Zêzere, Jacinto Lopes, assegura que o avião "não bateu em nada" e que o acidente ocorreu durante uma manobra de recolha de água.

O autarca, que se deslocou ao local do acidente, explicou que o avião permanece à superfície.
Quanto ao estado de saúde do piloto, e segundo fonte do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), disse estar "sem queixas" e recusou o transporte para uma unidade hospitalar.

Para o local, de acordo com o CDOS, foram mobilizadas as corporações de bombeiros de Ferreira do Zêzere e Cernache do Bonjardim (concelho de Sertã, distrito de Castelo Branco), com sete veículos, um bote e 17 operacionais.

O avião tinha sido mobilizado para o combate a um fogo rural no concelho de Pombal, no vizinho distrito de Leiria.

A Proteção Civil recebeu às 16h46 a informação, dada por um cidadão, de que o avião tinha caído, desconhecendo-se então se a aeronave se encontrava em terra ou na barragem de Castelo de Bode. O avião tinha partido de Ponte de Sor, no distrito de Portalegre.
 
Pelas 18h00, o combate ao incêndio no concelho de Pombal, na freguesia de Abiúl, mobilizava 219 operacionais, 62 viaturas e seis meios aéreos, segundo informação da Proteção Civil. O alerta para este fogo, em povoamento florestal, foi dado às 15h52.


https://www.noticiasaominuto.com/pais/1281541/aviao-de-combate-a-incendios-cai-em-ferreira-do-zezere

PS  mais um relato bem estruturado e muito esclarecedor do que aconteceu a aeronave em questão  um ALPHA08 !

Abraços

« Última modificação: Julho 04, 2019, 09:13:14 am por tenente »
 

*

Charlie Jaguar

  • Investigador
  • *****
  • 2429
  • Recebeu: 1206 vez(es)
  • Enviou: 716 vez(es)
  • +694/-172
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #873 em: Julho 04, 2019, 10:03:01 am »
PS  mais um relato bem estruturado e muito esclarecedor do que aconteceu a aeronave em questão  um ALPHA08 !

Abraços

Vá lá, vá lá tenente um Alpha 8 não é mau. Se tivesse sido um Hotel é que era pior. :mrgreen:

CM do dia seguinte:

"Milagre em Ferreira do Zêzere: Hotel cai ao rio, e único hospede salva-se in extremis. Ejectou-se pela janela do 1º andar e foi prontamente socorrido por populares. Não apresentava ferimentos, porém ficou sem o pequeno-almoço que já estava pago.:mrgreen:
Saudações Aeronáuticas,
Charlie Jaguar

         "PER ASPERA AD ASTRA"
               (Por Caminhos Árduos, Até Às Estrelas)
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: tenente, ocastilho

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4118
  • Recebeu: 1954 vez(es)
  • Enviou: 746 vez(es)
  • +549/-71
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #874 em: Julho 05, 2019, 10:55:27 am »
PS  mais um relato bem estruturado e muito esclarecedor do que aconteceu a aeronave em questão  um ALPHA08 !

Abraços

Vá lá, vá lá tenente um Alpha 8 não é mau. Se tivesse sido um Hotel é que era pior. :mrgreen:

CM do dia seguinte:

"Milagre em Ferreira do Zêzere: Hotel cai ao rio, e único hospede salva-se in extremis. Ejectou-se pela janela do 1º andar e foi prontamente socorrido por populares. Não apresentava ferimentos, porém ficou sem o pequeno-almoço que já estava pago.:mrgreen:

muito bom !!!

Abraços
 

*

zawevo

  • Membro
  • *
  • 210
  • Recebeu: 51 vez(es)
  • Enviou: 4 vez(es)
  • +18/-8
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #875 em: Julho 25, 2019, 07:14:01 pm »
Um pouco de estatística:

Em 1997, o secretário de estado armando vara do governo de guterres entendeu que não competia à FA intervir nos incêndios mas sim que deveriam ser contratadas empresas civis.

Fui à Pordata procurar por áreas ardidas anualmente e consegui os números de 1980 a 2016.

Fiz a média da área ardida anualmente do período 1980/1997 que de 84 883 há. Fiz o mesmo para o período 1998/2016 e deu 129 627 há.
Convenhamos que esta muito inteligente medida do sr. vara incrementou anualmente (em média) a área ardida em cerca de 50%.
Quem é amigo das empresas civis quem é?

Ainda não consegui encontrar os gastos anuais em aluguer dos meios aéreos mas vou continuar a procurar.
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Get_It, nelson38899, Red Baron

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5474
  • Recebeu: 1112 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +378/-136
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #876 em: Julho 25, 2019, 07:51:00 pm »
Um pouco de estatística:

Em 1997, o secretário de estado armando vara do governo de guterres entendeu que não competia à FA intervir nos incêndios mas sim que deveriam ser contratadas empresas civis.

Fui à Pordata procurar por áreas ardidas anualmente e consegui os números de 1980 a 2016.

Fiz a média da área ardida anualmente do período 1980/1997 que de 84 883 há. Fiz o mesmo para o período 1998/2016 e deu 129 627 há.
Convenhamos que esta muito inteligente medida do sr. vara incrementou anualmente (em média) a área ardida em cerca de 50%.
Quem é amigo das empresas civis quem é?

Ainda não consegui encontrar os gastos anuais em aluguer dos meios aéreos mas vou continuar a procurar.

É dividir por 3: https://www.publico.pt/2019/01/13/politica/noticia/forca-aerea-autorizada-pagar-111-milhoes-euros-meios-aereos-combate-fogos-1857504

Citar
A Força Aérea já está autorizada a lançar os concursos para locação de meios aéreos para combate a fogos e para pagar os que já actuaram no ano passado. No bolo total há cerca de 110 milhões de euros disponíveis todos os meios locados entre 2018 e 2022. Um valor a que acrescem 11,8 milhões para o concurso de gestão dos três helicópteros ligeiros do Estado, entre 2019 e 2022, o que perfaz um total de cerca de 121,8 milhões.



Cumprimentos
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 

*

NVF

  • Investigador
  • *****
  • 2883
  • Recebeu: 1293 vez(es)
  • Enviou: 2716 vez(es)
  • +497/-90
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #877 em: Julho 26, 2019, 03:03:04 am »
Estás a esquecer-te de outros factores:

- aumento da temperatura média global;
- aumento das temperaturas extremas, que aumentam em muito o risco de incêndio (na Califórnia, com um clima semelhante ao nosso, o aumento de 1ºC nas temperaturas máximas no verão aumenta o risco de incêndio em 600 %);
- em 97, os únicos meios da FAP (MAFFS) já se encontravam inoperacionais e encostados na BA6 há já bastante tempo;
- o C-130 equipado com MAFFS não é particularmente eficiente no combate aos FF.

Dito isto, nenhum governo — antes ou depois do 25/4 — apostou na aquisição de meios aéreos adequados, com a excepção dos Ecureil e dos Kamov que foram a palhaçada a que ainda assistimos.

Everyone you will ever meet knows something that you don't.
- Bill Nye
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, tenente, MATRA

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4118
  • Recebeu: 1954 vez(es)
  • Enviou: 746 vez(es)
  • +549/-71
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #878 em: Julho 26, 2019, 11:23:18 am »
Estás a esquecer-te de outros factores:

- aumento da temperatura média global;
- aumento das temperaturas extremas, que aumentam em muito o risco de incêndio (na Califórnia, com um clima semelhante ao nosso, o aumento de 1ºC nas temperaturas máximas no verão aumenta o risco de incêndio em 600 %);
- em 97, os únicos meios da FAP (MAFFS) já se encontravam inoperacionais e encostados na BA6 há já bastante tempo;
- o C-130 equipado com MAFFS não é particularmente eficiente no combate aos FF.

Dito isto, nenhum governo — antes ou depois do 25/4 — apostou na aquisição de meios aéreos adequados, com a excepção dos Ecureil e dos Kamov que foram a palhaçada a que ainda assistimos.


NVF não leves a mal mas vou acrescentar mais qq coisita.

O MAFFS ou qq sistema que seja colocado em aeronave de asa fixa, não hidroavião, é puro desperdício de dinheiro e perda de eficácia nos combates aos FF. Os tempos de rotação necessários para atestar o dito sistema acrescidos dos tempos de voo para e da base onde se atesta os depósitos são muitíssimo superiores aos tempos de rotação, voo para/de a(s) albufeira(s)/rio(s) onde os hidro atestam.

Abraços
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: NVF, Charlie Jaguar

*

mafets

  • Investigador
  • *****
  • 5474
  • Recebeu: 1112 vez(es)
  • Enviou: 602 vez(es)
  • +378/-136
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #879 em: Julho 26, 2019, 03:33:37 pm »
Estás a esquecer-te de outros factores:

- aumento da temperatura média global;
- aumento das temperaturas extremas, que aumentam em muito o risco de incêndio (na Califórnia, com um clima semelhante ao nosso, o aumento de 1ºC nas temperaturas máximas no verão aumenta o risco de incêndio em 600 %);
- em 97, os únicos meios da FAP (MAFFS) já se encontravam inoperacionais e encostados na BA6 há já bastante tempo;
- o C-130 equipado com MAFFS não é particularmente eficiente no combate aos FF.

Dito isto, nenhum governo — antes ou depois do 25/4 — apostou na aquisição de meios aéreos adequados, com a excepção dos Ecureil e dos Kamov que foram a palhaçada a que ainda assistimos.


NVF não leves a mal mas vou acrescentar mais qq coisita.

O MAFFS ou qq sistema que seja colocado em aeronave de asa fixa, não hidroavião, é puro desperdício de dinheiro e perda de eficácia nos combates aos FF. Os tempos de rotação necessários para atestar o dito sistema acrescidos dos tempos de voo para e da base onde se atesta os depósitos são muitíssimo superiores aos tempos de rotação, voo para/de a(s) albufeira(s)/rio(s) onde os hidro atestam.

Abraços

Os MAFFS são sistema de emergência. Quando não há mais nada para largar água são usados os mesmos, tanto mais que nos EUA quem é dono do sistema é o USFS, que faz acordos com a USAF e a USCG para usar os C130. Ou seja, basicamente é quando a populaça vê o incêndio a chegar e vai buscar as mangueiras do jardim e os baldes de água porque não vê nenhum bombeiro.  ;)

https://www.fs.fed.us/managing-land/fire/planes/maffs

Citar
The U.S. Forest Service contracts with private companies to provide airtankers to drop fire retardant as part of wildfire suppression efforts. But during periods of high wildfire activity, often there aren’t enough contracted airtankers to meet demands. That’s where Modular Airborne Fire Fighting Systems (MAFFS) come in.

MAFFS are important because they provide a “surge” capability that can be used to boost wildfire suppression efforts when contracted airtankers are fully committed or not readily available.





Saudações
« Última modificação: Julho 26, 2019, 03:35:39 pm por mafets »
"Nunca, no campo dos conflitos humanos, tantos deveram tanto a tão poucos." W.Churchil

http://mimilitary.blogspot.pt/
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: Charlie Jaguar, tenente

*

goldfinger

  • Perito
  • **
  • 356
  • Recebeu: 138 vez(es)
  • Enviou: 33 vez(es)
  • +44/-0
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #880 em: Julho 30, 2019, 05:15:29 pm »
A algunos políticos deberían ser linchados en plaza pública,  :N-icon-Axe:  :N-icon-Gun: :2gunsfiring:

Polémica en Portugal por comprar ropas antiincendios inflamables

Miles de chalecos y bragas antihumos fueron distribuidos en 1.900 aldeas lusas por empresas ligadas al partido socialista

Incendio por la campaña contra incendios. Un adjunto del secretario de Estado de Protección Civil ha dimitido por la compra de lotes antiincendios inflamables, caros y, además, con intereses comerciales entre los fabricantes y destacados dirigentes socialistas regionales.


La trama, desatada por el diario Público, comenzó con el descubrimiento de que las bragas o bufandas para colocarse en la boca con el fin de no tragar humo estaban fabricadas con material inflamable. A esta primera contradicción le sucedió que, además, el contrato de fabricación era de una cuantía superior a los precios normales que el Gobierno, en un primer momento, argumentó por la urgencia del encargo.  Finalmente, se ha descubierto que el responsable del encargo era un adjunto a la Secretaría de Estado de Protección Civil, Artur Neves. Más aún, el hijo de este, Nuno Neves, ha firmado varios contratos con organismos públicos, que prohíbe la ley de incompatibilidades.

Eran más de 15.000 lotes de chalecos reflectantes y 70.000 bragas de cuello antihumo, repartidas por las aldeas con riesgo de incendios. El reparto forma parte de la campaña Aldeas Seguras, Personas Seguras, cuyos folletos también habían sido impresos por otra empresa ligada al PS. Todo ello, además, sin concurso público alguno, ya que el Gobierno argumentó circunstancias urgentes para obviar este mecanismo obligatorio.

La política contraincendios es el punto débil para la reedición del Gobierno socialista en octubre

El dimisionario, Francisco José Ferreira, era adjunto del Secretario de Estado de Protección Civil, líder del Partido Socialista en Arouca y que trabajó de pastelero hasta ser fichado para “ejercer funciones de técnico especialista” de Protección Civil en 2017. Ferreira ha declarado que fue él quien adjudicó los contratos de las bragas antiincendios inflamables.

Los contratos fueron adjudicados a empresas ligadas al Partido Socialista de Portugal, la mayoría de ellos a Brain One, una compañía que tiene varios acuerdos con el Ayuntamiento de Arouca, municipio gobernado por José Artur Neves entre 2015 y 2017 y hoy Secretario de Estado de Protección Civil. La otra empresa es Foxtrot Aventura, propiedad del marido de una alcaldesa socialista en Guimarães.

La polémica salta en plena temporada de incendios, en vísperas electorales, lo que aventa las críticas contra el Gobierno socialista y sus dirigentes, que culpan a todos de los fuegos excepto a su Administración. En los recientes incendios de Mação, el ministro de Interior, Eduardo Cabrita, acusó a su alcalde de no haber activado el Plan de Emergencia, lo que provocó la crítica de las autoridades municipales.

En 2017, 112 personas fallecieron en grandes incendio, principalmente en Pedrógao, en el mes de junio, y en Penacova, en octubre. La tragedia no dañó electoralmente al partido socialista gobernante, que cosechó resultados históricos en las municipales y en las recientes europeas, sin embargo, otra tragedia forestal sí que dañaría las perspectivas de reedición del Gobierno socialista, como pronostican todas las encuestas. Es su punto débil -junto a los servicios públicos en salud y transporte- y la oposición intenta sacar partido de esos fallos.



https://elpais.com/internacional/2019/07/30/actualidad/1564472431_429840.html


A España servir hasta morir
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4118
  • Recebeu: 1954 vez(es)
  • Enviou: 746 vez(es)
  • +549/-71
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #881 em: Julho 30, 2019, 06:32:05 pm »
A algunos políticos deberían ser linchados en plaza pública,  :N-icon-Axe:  :N-icon-Gun: :2gunsfiring:

Polémica en Portugal por comprar ropas antiincendios inflamables

Miles de chalecos y bragas antihumos fueron distribuidos en 1.900 aldeas lusas por empresas ligadas al partido socialista

Incendio por la campaña contra incendios. Un adjunto del secretario de Estado de Protección Civil ha dimitido por la compra de lotes antiincendios inflamables, caros y, además, con intereses comerciales entre los fabricantes y destacados dirigentes socialistas regionales.


La trama, desatada por el diario Público, comenzó con el descubrimiento de que las bragas o bufandas para colocarse en la boca con el fin de no tragar humo estaban fabricadas con material inflamable. A esta primera contradicción le sucedió que, además, el contrato de fabricación era de una cuantía superior a los precios normales que el Gobierno, en un primer momento, argumentó por la urgencia del encargo.  Finalmente, se ha descubierto que el responsable del encargo era un adjunto a la Secretaría de Estado de Protección Civil, Artur Neves. Más aún, el hijo de este, Nuno Neves, ha firmado varios contratos con organismos públicos, que prohíbe la ley de incompatibilidades.

Eran más de 15.000 lotes de chalecos reflectantes y 70.000 bragas de cuello antihumo, repartidas por las aldeas con riesgo de incendios. El reparto forma parte de la campaña Aldeas Seguras, Personas Seguras, cuyos folletos también habían sido impresos por otra empresa ligada al PS. Todo ello, además, sin concurso público alguno, ya que el Gobierno argumentó circunstancias urgentes para obviar este mecanismo obligatorio.

La política contraincendios es el punto débil para la reedición del Gobierno socialista en octubre

El dimisionario, Francisco José Ferreira, era adjunto del Secretario de Estado de Protección Civil, líder del Partido Socialista en Arouca y que trabajó de pastelero hasta ser fichado para “ejercer funciones de técnico especialista” de Protección Civil en 2017. Ferreira ha declarado que fue él quien adjudicó los contratos de las bragas antiincendios inflamables.

Los contratos fueron adjudicados a empresas ligadas al Partido Socialista de Portugal, la mayoría de ellos a Brain One, una compañía que tiene varios acuerdos con el Ayuntamiento de Arouca, municipio gobernado por José Artur Neves entre 2015 y 2017 y hoy Secretario de Estado de Protección Civil. La otra empresa es Foxtrot Aventura, propiedad del marido de una alcaldesa socialista en Guimarães.

La polémica salta en plena temporada de incendios, en vísperas electorales, lo que aventa las críticas contra el Gobierno socialista y sus dirigentes, que culpan a todos de los fuegos excepto a su Administración. En los recientes incendios de Mação, el ministro de Interior, Eduardo Cabrita, acusó a su alcalde de no haber activado el Plan de Emergencia, lo que provocó la crítica de las autoridades municipales.

En 2017, 112 personas fallecieron en grandes incendio, principalmente en Pedrógao, en el mes de junio, y en Penacova, en octubre. La tragedia no dañó electoralmente al partido socialista gobernante, que cosechó resultados históricos en las municipales y en las recientes europeas, sin embargo, otra tragedia forestal sí que dañaría las perspectivas de reedición del Gobierno socialista, como pronostican todas las encuestas. Es su punto débil -junto a los servicios públicos en salud y transporte- y la oposición intenta sacar partido de esos fallos.



https://elpais.com/internacional/2019/07/30/actualidad/1564472431_429840.html

Goldfinger, nesse fatídico ano de 2017 faleceram vitimas dos FF, mais de uma centena de Portugueses !

Para que houvesse uma demissão foi preciso o nosso PR vir a terreiro fazer pressão para que tal acontecesse.
FOI UMA VERGONHA !!!!!

Quando apos tal tragédia o PM nem sequer teve a honra, a sensatez, a humildade, de assumir que o estado falhou, e como tal se tinha que demitir pois se alguém é responsável é ele, que é o chefe do Governo, e mais ninguém, o que é podemos, mais, devemos pensar acerca desta pessoa ???

É uma Vergonha foi como se nada tivesse passado, a perda de mais de uma centena de Portugueses mortos por incúria, desleixo, incompetência, falta de coordenação, falta de meios de combate, chama-lhe o que quiseres, revela bem de que são feitos os nossos Politicos, o Poder a que estão agarrados vale bem mais que cem Portugueses, CEM PORTUGUESES, UMA ENORME PERDA !

Que estejam em PAZ !


Abraços
« Última modificação: Julho 30, 2019, 06:35:54 pm por tenente »
 
Os seguintes utilizadores agradeceram esta mensagem: goldfinger

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4118
  • Recebeu: 1954 vez(es)
  • Enviou: 746 vez(es)
  • +549/-71
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #882 em: Julho 30, 2019, 10:20:31 pm »
Ainda há quem seja mais ingénuo que eu !!



Abraços
 

*

MATRA

  • Membro
  • *
  • 223
  • Recebeu: 58 vez(es)
  • Enviou: 422 vez(es)
  • +16/-5
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #883 em: Julho 31, 2019, 02:46:51 pm »
tenente, esse quando aparece onde, apenas por curiosidade :)
An appeaser is one who feeds a crocodile — hoping it will eat him last.
Sir Winston Churchill
 

*

tenente

  • Investigador
  • *****
  • 4118
  • Recebeu: 1954 vez(es)
  • Enviou: 746 vez(es)
  • +549/-71
Re: Combate a fogos pela F.A.P.
« Responder #884 em: Julho 31, 2019, 05:37:49 pm »
tenente, esse quando aparece onde, apenas por curiosidade :)

Quando ??????

Abraços
 

 

Concurso de aluguer de meios aereos para combate aos incendios 2020

Iniciado por luis simoes

Respostas: 8
Visualizações: 303
Última mensagem Novembro 04, 2019, 08:06:57 am
por tenente
Puma fora dos fogos

Iniciado por Lancero

Respostas: 17
Visualizações: 6142
Última mensagem Maio 22, 2006, 10:12:07 am
por Rui Elias
Pumas no combate a incêndios

Iniciado por TOMKAT

Respostas: 128
Visualizações: 32842
Última mensagem Setembro 19, 2005, 10:24:30 pm
por TOMKAT
Capacidade de Combate Efetiva da FAP

Iniciado por typhonman

Respostas: 15
Visualizações: 3422
Última mensagem Dezembro 24, 2017, 05:31:14 pm
por Stalker79