Sector Naval

  • 168 Respostas
  • 38896 Visualizações
*

Malagueta

  • 261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #30 em: Setembro 30, 2011, 02:44:59 pm »
Caro chaimites

O que eles deviam ser obrigados não era a lançar o novo concurso de forma a permitir a entrada de estaleiros Portugueses, mas sim a ficarem e pagar os barcos anteriormente encomendados ao ENVC.

Boicutou o negocio porque?
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #31 em: Setembro 30, 2011, 03:08:42 pm »
Se fossemos chineses ja tinhamos navios Panamax a navegar pelo tejo ate Espanha!  :mrgreen:
 

*

Malagueta

  • 261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #32 em: Setembro 30, 2011, 03:13:54 pm »
lol,

mas o governo dos acçores boicoutou o negocio da utelização do atlantida para outros fins por algum motivo especial?
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #33 em: Setembro 30, 2011, 03:31:46 pm »
Citar

Um empresário luso-canadiano apresentou uma proposta para a compra do navio. Objectivo é criar linha marítima entre os Açores e a Madeira

O luxuoso ferryboat Atlântida, encomendado aos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) pelo Governo Regional dos Açores, entidade que acabou por o recusar devido a uma diferença mínima na velocidade máxima, poderá, afinal, acabar por fazer transporte turístico… nos Açores. Tudo porque um emigrante açoriano no Canadá, proprietário de uma empresa de transportes marítimos, acaba de apresentar uma proposta para a integração do navio no modelo de transportes que apresentou para aquela região autónoma e que prevê, inclusive, uma linha marítima entre Açores e Madeira.

"Quero dar aos meus conterrâneos aquilo que eles precisam, com toda a qualidade. O Governo Regional dos Açores já tem esta proposta em mãos", explicou ao DN John Amaral, o empresário, gerente da "Cascata do Mar", empresa de capitais canadianos interessada no negócio. A proposta de John Amaral prevê uma rede de três navios num investimento de 100 milhões de euros.

O Atlântida, ferry encomendado pelo Governo mas entretanto rejeitado, seria utilizado em cruzeiros de 9 dias por todo o arquipélago. Sobre este ferry, conforme explicou o empresário, o Governo Regional já pagou 32 milhões aos ENVC e a proposta da empresa ao Executivo dos Açores passa por liquidar esse valor, faseado por um período de 10 anos, com pagamentos de 3,2 milhões de euros anuais. "Prestações essas que serão pagas com o serviço de Aluguer do Navio Atlântida, para Cruzeiro de Turistas em todas as ilhas dos Açores, durante todo o ano", acrescentou.

"Não é por causa de menos de duas milhas de velocidade que se abandona um navio novo. Para o turismo isso não faz nenhuma diferença", disse ainda o empresário.



Meu caro, alguem anda a meter milhões ao bolso com o fretamento de navios para os Açores
2010 /2011 custou 20 milhoes ao contribuinte por 6 meses de aluguer!
O Atlantida ia estragar a "galinha dos ovos de ouro"  a muito boa gente!
 

*

Malagueta

  • 261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #34 em: Setembro 30, 2011, 03:38:41 pm »
boas,

Citar
Meu caro, alguem anda a meter milhões ao bolso com o fretamento de navios para os Açores
2010 /2011 custou 20 milhoes ao contribuinte por 6 meses de aluguer!
O Atlantida ia estragar a "galinha dos ovos de ouro" a muito boa gente!

Infelizmente, não é o unico caso, enquanto não começar a serem presos.. etc... vai ser dificil levantar o País.

Mas neste caso, o navio até ia ser utelizado numa Rota que não existe, nem ia afectar os bolsos dessa "boa gente".
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #35 em: Setembro 30, 2011, 03:51:56 pm »
Isto ja e entrar por caminhos muito escuros,  mas,  e só pensar um bocadinho, porque motivo, nao premitem que a NAVIERA ARMAS  opere nos Açores!

A Naviera ARMAS em 2010 queria incluir Ponta Delgada na rota Portimão-Funchal-Canarias, mas, mais uma vez os interesses dessa "boa gente" falaram  mais alto!

O que tinham a perder???

Citar

A empresa espanhola ‘Naviera Armas’, que opera com navios mistos de passageiros e carga entre as ilhas das Canárias e na ligação entre Portimão e o Funchal, já manifestou interesse junto do governo dos Açores e da ‘Atlanticoline’ para operar em Ponta Delgada, retomando as ligações marítimas do arquipélago para a Madeira e Portugal Continental.


Acho que a Troika se esqueceu de fazer uma visita as nossas regiões autonomas!
« Última modificação: Setembro 30, 2011, 04:03:36 pm por chaimites »
 

*

miguelbud

  • Analista
  • ***
  • 700
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +1/-1
Re: Sector Naval
« Responder #36 em: Setembro 30, 2011, 03:59:35 pm »
Citação de: "Malagueta"
Mas neste caso, o navio até ia ser utelizado numa Rota que não existe, nem ia afectar os bolsos dessa "boa gente".

Sim Malagueta,  mas nao te esqueas que o nosso "amigo" Sócrates e o governo regional dos Açores tinham um projecto para construçao de um Terminal de Cruzeiros na baía de Angra do Heroísmo. Ora se o Atlantida fosse pra lá, uma vez que está 100% preparado para os porto açoreanos isso poderia inviabiizar a construçao do terminal. Assim cortou-se logo o mal pela raiz e parafraseando o chaimites: "a culpa do Atlantida foi do Zé do malho".

No entanto isto aconteceu quando o Governo da República e o regional dor Acores tinham a mesma cor, como as coisas mudaram e o navio ainda nao foi vendido e o tio Álvaro até estava no Canadá antes de ser ministro da economia... (Ai, é tao bom sonhar).
 

*

Malagueta

  • 261
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #37 em: Setembro 30, 2011, 04:20:42 pm »
lol,

Para mim era bom acordar e ver que era só um pesadelo o que se tem passado em Portugal, infelizmente
esse Senhor que me recuso a prenunciar o nome, ainda vai "curtir" umas belas ferias para Paris, a conta de coisas dessas.
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #38 em: Setembro 30, 2011, 04:23:23 pm »
Miguelbud temos falando tanto dele........ aqui esta!

 Em honra do "Ze do malho"


Foto Egídio Santos

Os herois que moldavam o aço e rebitavam chapas á força do malho! (marreta)
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8290
  • Recebeu: 692 vez(es)
  • Enviou: 1026 vez(es)
  • +40/-8
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Sector Naval
« Responder #39 em: Setembro 30, 2011, 04:59:47 pm »
Aquele maço é de madeira...  :?
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #40 em: Setembro 30, 2011, 06:05:34 pm »
Nao encontrei nenhuma foto de marreta!  :D

Olha que nao devia ser facil passar o dia a malhar de marreta de 15 quilos

http://youtu.be/2V-EYGEFPBE
 

*

miguelbud

  • Analista
  • ***
  • 700
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +1/-1
Re: Sector Naval
« Responder #41 em: Setembro 30, 2011, 07:39:05 pm »
A marreta é utilizada pelo senhor da direita, por isso é que ele parece mais cansado e nem a conseguiu trazer consigo.  :mrgreen:

A foto é muito boa, ilucida bem o quanto era difícil construir um navio naquela altura.

Chaimites, o Gil Eanes foi construído á força do malho, nao foi?
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #42 em: Setembro 30, 2011, 08:19:39 pm »
Sim!

O Gil Eanes ainda é do tempo da chapa dobrada  e rebitada, á força de marreta!

Nao faço ideia mas sao uns milhares de rebites...
 

*

Feinwerkbau

  • Membro
  • *
  • 283
  • Recebeu: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Sector Naval
« Responder #43 em: Setembro 30, 2011, 08:30:18 pm »
realmente estamos num país onde a concorrência favorece imenso o consumidor e a economia  :), não sei se de 15 se de 20kg lol

agora imaginem andar todo o dia a martelar rebites em brasa com um martelo de ar comprimido em ferro fundido quem tem cara de pesar praí 30kg

felizmente a construção naval tem evoluido muito ao longo dos anos :)
 

*

miguelbud

  • Analista
  • ***
  • 700
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +1/-1
Re: Sector Naval
« Responder #44 em: Novembro 09, 2011, 10:28:06 am »
Infelizmente nao tenho a versao impressa, pois creio que lá haverá mais detalhes sobe isto.

Douro Azul ganha novo contrato de 20,5 milhões e vai construir outro navio

Mário Ferreira dobra o valor da encomenda nas negociações com os Estaleiros de Viana e a Navalria.

O crescimento da Douro Azul entrou em velocidade de cruzeiro. Em contraciclo com a recessão económica portuguesa, a maior operadora de cruzeiros turísticos no rio Douro aposta no reforço da sua frota.

http://www.jornaldenegocios.pt/home.php ... 17873&pn=1
 

 

Sector público nacional melhorou nos anos 90

Iniciado por Tiger22

Respostas: 0
Visualizações: 1435
Última mensagem Fevereiro 06, 2004, 02:12:50 am
por Tiger22
Sector do Turismo e Hotelaria

Iniciado por Marauder

Respostas: 205
Visualizações: 50522
Última mensagem Setembro 17, 2018, 11:29:03 am
por Lusitano89
Sector da Saude - Hospitais, etc..

Iniciado por Marauder

Respostas: 126
Visualizações: 23381
Última mensagem Janeiro 16, 2019, 02:20:36 pm
por Lusitano89
Sector da Agricultura e pecuária

Iniciado por Marauder

Respostas: 12
Visualizações: 4309
Última mensagem Dezembro 25, 2006, 06:54:01 pm
por Luso
Sector da Imprensa Escrita

Iniciado por TOMKAT

Respostas: 0
Visualizações: 1544
Última mensagem Agosto 31, 2006, 01:04:22 am
por TOMKAT