Fogos Florestais

  • 803 Respostas
  • 115155 Visualizações
*

sergio21699

  • Especialista
  • ****
  • 933
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: Fogos Florestais
« Responder #75 em: Setembro 01, 2011, 07:04:16 pm »
Concordo, mas metia tambem os presos a trabalhar.
-Meu General, estamos cercados...
-Óptimo! Isso quer dizer que podemos atacar em qualquer direcção!
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8449
  • Recebeu: 744 vez(es)
  • Enviou: 1211 vez(es)
  • +61/-33
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Fogos Florestais
« Responder #76 em: Setembro 01, 2011, 08:31:03 pm »
Bem lembrado! E esses também, aqueles nos últimos meses de pena ou em julgamento que penas menores fossem trocadas por este tipo de trabalho. Delitos menores como excesso de álcool ou conduzir sem habilitação legal. Em vez de irem para a escola de crime que são as prisões.
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

Edu

  • Especialista
  • ****
  • 1166
  • Recebeu: 155 vez(es)
  • Enviou: 12 vez(es)
  • +5/-3
Re: Fogos Florestais
« Responder #77 em: Setembro 01, 2011, 09:00:20 pm »
Quanto a mim já há muito tempo que os presos, não apenas alguns mas sim todos, deviam ser obrigados a trabalhar gratuitamente, seja na prevenção de incêndios, seja na produção de bens para o estado. Por exemplo podiam ser criadas quintas nacionais que produzissem bens alimentares para as forças armadas e escolas do estado, assim os presos deixariam de ser mais uma fonte de despesa para o estado mas sim uma fonte de rendimento. Tenho a certeza que muitos criminosos ao saberem que se fossem apanhados iam trabalhar no duro pensavam duas vezes antes de cometerem o crime.
 

*

sergio21699

  • Especialista
  • ****
  • 933
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: Fogos Florestais
« Responder #78 em: Setembro 01, 2011, 09:24:54 pm »
Citação de: "Edu"
Quanto a mim já há muito tempo que os presos, não apenas alguns mas sim todos, deviam ser obrigados a trabalhar gratuitamente, seja na prevenção de incêndios, seja na produção de bens para o estado. Por exemplo podiam ser criadas quintas nacionais que produzissem bens alimentares para as forças armadas e escolas do estado, assim os presos deixariam de ser mais uma fonte de despesa para o estado mas sim uma fonte de rendimento. Tenho a certeza que muitos criminosos ao saberem que se fossem apanhados iam trabalhar no duro pensavam duas vezes antes de cometerem o crime.
O estado oferece-lhes alojamento, alimentação, cuidados médicos, e até seringas  :evil:

Por mim as prisões deviam ser como estas: http://libertytuga.com/2010/03/22/xerife-do-arizona-tem-prisao-exemplar-2/
« Última modificação: Setembro 02, 2011, 02:07:32 am por sergio21699 »
-Meu General, estamos cercados...
-Óptimo! Isso quer dizer que podemos atacar em qualquer direcção!
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8449
  • Recebeu: 744 vez(es)
  • Enviou: 1211 vez(es)
  • +61/-33
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Fogos Florestais
« Responder #79 em: Setembro 01, 2011, 09:52:48 pm »
Concordo e em vez de 5 anos de prisão 1 ano nessas condições chegava bem, se for muito tempo o corpo começa a habituar-se.
Mas isso é outro tópico...
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

urso bêbado

  • 75
  • +0/-0
Re: Fogos Florestais
« Responder #80 em: Abril 10, 2012, 06:22:00 pm »
Por desgraça é mais uma coisa que partilhamos galegos e portugueses, mas nem só.
Na Galiza já não é apenas aos verões que arde a floresta: se temos um inverno como o deste ano já cheiramos a cinça nas cidades de março por diante.

Pergunto-me qual é a razão para aceitarmos esta maldição bíblica dos lumes florestais... Isto não se passaria jamais na Alemanha ou na Suíça, por falarmos em paises nos quais a natureza e tão comprida como as nossas e seria inaceitável pelas suas gentes estar a falar cada ano nas mesmas  :!:
 

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1229
  • Recebeu: 69 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +7/-31
Re: Fogos Florestais
« Responder #81 em: Abril 10, 2012, 08:12:13 pm »
Tendo em conta o estado a que chegou a gravidade dos fogos florestais em que um bocado de calor significa logo imenso território ardido, tendo ignição a meio da noite... está na altura de considerar isto como eco-terrorismo e explico porquê:

Tal como no terrorismo trata-se:

Crime contra a vida, a integridade física ou a liberdade das pessoas;
Crime de produção dolosa de perigo comum, através de incêndio, explosão, libertação de substâncias radioactivas ou de gases tóxicos ou asfixiantes, desmoronamento de construção, contaminação de alimentos e águas destinadas a consumo humano ou difusão de doença
Crime contra a natureza

Pena de prisão mínima deverá ser 12 anos e obrigar os indivíduos a fazer reflorestação da área ardida.

Uma vez tratando-se de um crime terrorista a PJ e SIS terão em maior consideração este tipo de ameaça investigando de forma mais intensa as actividades que rodeiam este crime.
 

*

urso bêbado

  • 75
  • +0/-0
Re: Fogos Florestais
« Responder #82 em: Abril 10, 2012, 08:24:17 pm »
Citação de: "Camuflage"
Tendo em conta o estado a que chegou a gravidade dos fogos florestais em que um bocado de calor significa logo imenso território ardido, tendo ignição a meio da noite... está na altura de considerar isto como eco-terrorismo e explico porquê:

Tal como no terrorismo trata-se:

Crime contra a vida, a integridade física ou a liberdade das pessoas;
Crime de produção dolosa de perigo comum, através de incêndio, explosão, libertação de substâncias radioactivas ou de gases tóxicos ou asfixiantes, desmoronamento de construção, contaminação de alimentos e águas destinadas a consumo humano ou difusão de doença
Crime contra a natureza

Pena de prisão mínima deverá ser 12 anos e obrigar os indivíduos a fazer reflorestação da área ardida.

Uma vez tratando-se de um crime terrorista a PJ e SIS terão em maior consideração este tipo de ameaça investigando de forma mais intensa as actividades que rodeiam este crime.

Sem qualquer dúvida é terrorismo. Também por pôr em risco vidas e fazendas das pessoas e ter custado mortes, ferimentos graves, destruição da vida inteira na que as pessoas tinham investidos seus capitais, mortandade de animais de criança e de estimação, destruição do património nacional, desaparecimento de património cultural material irremediável...

Terrorismo, sem mais. Eu até lhe bania o adjetivo "ecológico" para deixá-lo apenas em terrorismo e até no grau de alta traição à pátria. O cumprimento íntegro das condenas mas também a utilização da força de mão dos delictuosos -terroristas- na recuperação das florestas. Aliás, é precisa uma forte campanha nas escolas, nos meios de comunicação e por toda a parte de que um país que queima o terreno (não se faz nem na guerra) é um povo enfermo.
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Fogos Florestais
« Responder #83 em: Abril 25, 2012, 11:51:14 am »
Foi  apresentado, na sede da Autoridade de Proteção Civil, em Carnaxide, o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF 2012). Estiveram presentes na cerimónia o secretário de Estado da Proteção Civil, Filipe Lobo d´Ávila, o presidente da ANPC, Major-General Arnaldo Cruz e o comandante nacional da ANPC, Vítor Vaz.

Relativamente às aeronaves disponíveis, de 1 de julho a 30 de setembro (Fase Charlie), os fogos florestais vão ser combatidos por 44 meios aéreos, mais três que no ano transacto - 35 helicópteros de ataque inicial, 5 helicópteros pesados e 4 aviões anfíbios.

Segundo a resolução nº 23/2012 do Conselho de Ministros, ontem publicada em Diário da República, "O Estado celebrará assim, para o ano de 2012, um contrato de prestação de serviços de disponibilização e locação de meios aéreos com a EMA, que compõem o dispositivo permanente, como a locação dos meios necessários ao dispositivo sazonal de combate aos incêndios florestais

A EMA ja publicou um comcurso Publico para alucação  de 18 helicopteros  e 4 avioes anfibios  


Não eram estes que iam ser extintos e a tarefa entregue a FAP ja em 2012?
 

*

Get_It

  • Investigador
  • *****
  • 1702
  • Recebeu: 187 vez(es)
  • Enviou: 432 vez(es)
  • +7/-1
Re: Fogos Florestais
« Responder #84 em: Abril 26, 2012, 01:41:36 am »
Além deve ter notado que não estamos em altura de eleições e que a mama ia fazer falta.

Cumprimentos,
:snip: :snip: :Tanque:
 

*

miguelbud

  • Analista
  • ***
  • 701
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +1/-1
Re: Fogos Florestais
« Responder #85 em: Abril 26, 2012, 12:20:40 pm »
Citação de: "chaimites"
Foi  apresentado, na sede da Autoridade de Proteção Civil, em Carnaxide, o Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Florestais (DECIF 2012). Estiveram presentes na cerimónia o secretário de Estado da Proteção Civil, Filipe Lobo d´Ávila, o presidente da ANPC, Major-General Arnaldo Cruz e o comandante nacional da ANPC, Vítor Vaz.

Relativamente às aeronaves disponíveis, de 1 de julho a 30 de setembro (Fase Charlie), os fogos florestais vão ser combatidos por 44 meios aéreos, mais três que no ano transacto - 35 helicópteros de ataque inicial, 5 helicópteros pesados e 4 aviões anfíbios.

Segundo a resolução nº 23/2012 do Conselho de Ministros, ontem publicada em Diário da República, "O Estado celebrará assim, para o ano de 2012, um contrato de prestação de serviços de disponibilização e locação de meios aéreos com a EMA, que compõem o dispositivo permanente, como a locação dos meios necessários ao dispositivo sazonal de combate aos incêndios florestais

A EMA ja publicou um comcurso Publico para alucação  de 18 helicopteros  e 4 avioes anfibios  


Não eram estes que iam ser extintos e a tarefa entregue a FAP ja em 2012?

Acho que a EMA só seria extinta depois de 2012, uma vez que havia contratos já assininados que terminam este ano. No entanto... acho que isso acabou por ser conveniente e concordo com o que o Get_IT disse.

Todos os anos alugamos avioes anfíbios canadair, este tipo de avioes teriam alguma utilidade para o estado fora da época de incendios?
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8449
  • Recebeu: 744 vez(es)
  • Enviou: 1211 vez(es)
  • +61/-33
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Fogos Florestais
« Responder #86 em: Abril 26, 2012, 12:44:52 pm »
Citação de: "miguelbud"
Todos os anos alugamos avioes anfíbios canadair, este tipo de avioes teriam alguma utilidade para o estado fora da época de incendios?


Há uma versão SAR mas que não é a que nós alugamos, e que poderia ser utilizada para complementar o C-295.
Isto se pertencesse e fosse operado pela FAP.
http://www.aerospace-technology.com/pro ... rdier_415/
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

miguelbud

  • Analista
  • ***
  • 701
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +1/-1
Re: Fogos Florestais
« Responder #87 em: Abril 26, 2012, 01:07:37 pm »
Obrigado HSMW,

É caso para dizer que o lobby dos incendios é de facto muito rentável para alguns.
 

*

chaimites

  • 1663
  • Recebeu: 61 vez(es)
  • Enviou: 2 vez(es)
  • +0/-0
Re: Fogos Florestais
« Responder #88 em: Abril 26, 2012, 01:34:46 pm »
Para fogos florestais canadair é para Ingles ver,   seria melhor  substitui-los helicopteros pesados,  mas ter uma hidroaviao a abastecer  numa albufeira  ou num estuario da melhor espetáculo
 

*

miguelbud

  • Analista
  • ***
  • 701
  • Recebeu: 25 vez(es)
  • Enviou: 15 vez(es)
  • +1/-1
Re: Fogos Florestais
« Responder #89 em: Abril 26, 2012, 05:58:46 pm »
Citação de: "chaimites"
Para fogos florestais canadair é para Ingles ver,   seria melhor  substitui-los helicopteros pesados,  mas ter uma hidroaviao a abastecer  numa albufeira  ou num estuario da melhor espetáculo

Sim claro, tendo em conta os litros descarregados por hora e a capacidade e reabastecer em mais locais, helicópteros pesados sao muito mais eficientes em Portugal. No entanto os canadair teriam uso fora da altura de incendios e poderiam ser melhor rentabilizados.

Exemplo: a FAP teria os canadair e durante a época de incendios alugava-os ao MAI. Uma vez que estes sao complementares aos C295, as missoes SAR estariam cobertas e o estado faria uma melhor gestao de recursos, em vez de estar a oferecer dinheiro a empresas espanholas todos os anos e nao ficar com nada.

Em relaçao a helicópteros pesados o mesmo nao seria aplicável, pois nao me parece que na FAP tivessem muito uso (Digo isto porque os únicos que conheço sao o kamov que temos, o mil 26 e o skycrane).