Votação

Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?

Sistema SHORAD/HIMAD
19 (14.4%)
Aumento do numero de Carros de combate
8 (6.1%)
Sistema Soldado do futuro
11 (8.3%)
Sistemas anti-carro
5 (3.8%)
Novas armas ligeiras
34 (25.8%)
UAV/UCAV para a UALE
6 (4.5%)
Remodelação das infraestruturas mais antigas
18 (13.6%)
Helis ligeiros/médios - UALE
14 (10.6%)
Novos VCI/VBTP para a BrigMec
10 (7.6%)
Artilharia AP/rebocada
3 (2.3%)
Sistemas de transmissões
4 (3%)

Votos totais: 80

Votação encerrada: Maio 07, 2010, 09:53:52 pm

Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?

  • 265 Respostas
  • 41776 Visualizações
*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8436
  • Recebeu: 733 vez(es)
  • Enviou: 1164 vez(es)
  • +58/-16
    • http://youtube.com/HSMW
Qual deveriam ser as prioridades para o Exército nesta década.
Tendo em contas a restrições financeiras só dou duas opções  :mrgreen:

Sistema SHORAD/HIMAD ( Fixos ou móveis, portáteis ou não e respectivos radares )

Aumento do numero de Carros de combate ( mais esquadrões de Leopard 2A6 )

Sistema Soldado do futuro ( nacional ou importado, gestão em rede do campo de batalha, em pequeno numero para a forças especiais)

Sistemas anti-carro (Javelin/TOW/LAW, portáteis ou não )

Novas armas ligeiras ( 9mm, 7,62mm, 5,56mm, Lança granadas, armas de sniper )

UAV/UCAV para a UALE (vigilância do campo de batalha e ataque )

Remodelação das infraestruturas mais antigas ( obras de remodelação e restauro, oficinas, cozinhas, electricidade, agua, alojamentos, etc. )

Helis ligeiros/médios - UALE ( transporte ou ataque )

Novos VCI/VBTP para a BrigMec ( modernização do M113 ou novas viaturas )

Artilharia AP/rebocada ( novos sistemas de 155mm e 105mm )

Sistemas de transmissões ( rádios de montagem veicular e portáteis ou talvez mesmo um POSAT - 2 )
« Última modificação: Maio 07, 2010, 11:27:44 pm por HSMW »
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

voador

  • 218
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #1 em: Maio 07, 2010, 10:02:26 pm »
so mesmo reparar as infraestruturas q estao a cair de podre e reparar as viaturas, tendas e os poucos meios q temos e apoiar as FND.

Desconfio que nem para isso há dinheiro, deixem-se de utopias pff
 

*

Luso

  • Investigador
  • *****
  • 7486
  • Recebeu: 359 vez(es)
  • Enviou: 116 vez(es)
  • +88/-190
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #2 em: Maio 07, 2010, 10:05:47 pm »
Continuar a existir.
Ai de ti Lusitânia, que dominarás em todas as nações...
 

*

corapa

  • 261
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #3 em: Maio 07, 2010, 11:07:31 pm »
Citar
por voador » Sexta 07 Mai, 2010 10:02 pm

so mesmo reparar as infraestruturas q estao a cair de podre e reparar as viaturas, tendas e os poucos meios q temos e apoiar as FND.

Desconfio que nem para isso há dinheiro, deixem-se de utopias pff
so mesmo reparar as infraestruturas q estao a cair de podre e reparar as viaturas, tendas e os poucos meios q temos e apoiar as FND.

Desconfio que nem para isso há dinheiro, deixem-se de utopias pff

Sem sombra de dúvidas!
 

*

HSMW

  • Moderador Global
  • *****
  • 8436
  • Recebeu: 733 vez(es)
  • Enviou: 1164 vez(es)
  • +58/-16
    • http://youtube.com/HSMW
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #4 em: Maio 07, 2010, 11:12:21 pm »
Por isso é que estão dar como data 2020!
Algum dia haverá dinheiro! Ou isto é uma crise eterna e nunca mais teremos uma ameaça à nossa paz?
Ou vamos ficar parados no tempo e depois esperar que venha um Conde de Lippe  e faça o que era nosso dever fazer?
http://www.youtube.com/profile_videos?user=HSMW

"Tudo pela Nação, nada contra a Nação."
 

*

nelson38899

  • Investigador
  • *****
  • 4129
  • Recebeu: 253 vez(es)
  • Enviou: 258 vez(es)
  • +43/-2
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #5 em: Maio 08, 2010, 12:26:42 am »
Na minha opinião o exercito, necessitava de umas instalações melhores e um sistema anti-aéreo e comunicações e a arma ligeira. Mas o mais certo é virem mais leopards e um sistema de artilharia do tipo CAESER.
"Que todo o mundo seja «Portugal», isto é, que no mundo toda a gente se comporte como têm comportado os portugueses na história"
Agostinho da Silva
 

*

Camuflage

  • Investigador
  • *****
  • 1229
  • Recebeu: 69 vez(es)
  • Enviou: 29 vez(es)
  • +7/-31
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #6 em: Maio 08, 2010, 12:37:47 am »
Encomendar um estudo rigoroso e começar a vender património, fusão/extinção de forças (caso se aplique), apostar no desenvolvimento/exportação de tecnologias e «know-how», entre outras possíveis sugestões que o estudo possa recomendar.
 

*

lazaro

  • 473
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #7 em: Maio 08, 2010, 01:43:10 am »
Como acabei de ver a série Generation Kill, estou bastante agressivo e vou passar a fazer uma razia:
1º - Implementar a médio prazo um sistema de Comando, Controlo e Comunicações (voz, dados e imagem) que integre de forma interoperável as diversas funções de combate: manobra; apoio de fogos; logística/apoio de serviços, etc. Sem sistema integrado de C3 não vale a pena investir no que quer que seja porque nada será interoperável e portanto coordenável, treinável, ... .
2º - Transformar a BrigMec em Brigada Média com PANDUR (esta é mesmo mázinha :mrgreen:
8º - Que LÁZARO seja o novo patrono do Exército.

EM PERIGOS E GUERRAS ESFORÇADOS
 

*

Nuno Calhau

  • Perito
  • **
  • 342
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #8 em: Maio 08, 2010, 01:49:23 pm »
Citação de: "Luso"
Continuar a existir.

Mas qual Exército?

Portugal detem algum Exército?


Um Abraço.
 

*

White_lynx

  • Membro
  • *
  • 122
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #9 em: Maio 09, 2010, 02:54:58 pm »
Citação de: "Camuflage"
Encomendar um estudo rigoroso e começar a vender património, fusão/extinção de forças (caso se aplique), apostar no desenvolvimento/exportação de tecnologias e «know-how», entre outras possíveis sugestões que o estudo possa recomendar.

concordo completamente. Se o exercito nao recebe receitas suficientes do estado tem de ele proprio investir. temos mentes brilhantes e com muito potencial em portugal que precisam de trabalho que podiam revolucionar nao so  o exercito mas também portugal com o desenvolvimento de armamento e outras tecnologias :evil: ). Sem Leozinhos e M**** afins.
3º - Exterminar a BrigInt e alguns dos seus Regimentos, como a conhecemos.
4º - Incrementar a importância da BrigRR como a Grande Unidade Ligeira com características expedicionárias. Exterminar os helis no Exército e criar uma capacidade conjunta (inter-ramos) orientada exclusivamente para o apoio aeroterrestre. Incentivar ao nível politico o oferecimento de forças de operações especiais em TO's como o do Afeganistão.
4º - Criar uma Brigada Logística e acabar com umas xafaricas do Comando da Logística que fazem parte da componente operacional do exército.
5º - Implementar a capacidade ISTAR do exército.
6º - Reconhecer que os Comandos são a melhor de combate das forças Armadas da NATO (esta é a brincar) e que o SLB é o melhor clube do mundo (esta é a sério).
7º - Que a LPM seja cumprida  :mrgreen:
8º - Que LÁZARO seja o novo patrono do Exército.

EM PERIGOS E GUERRAS ESFORÇADOS[/quote]

 BENFICA!!!!!
 

*

voador

  • 218
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #10 em: Maio 09, 2010, 05:54:09 pm »
Citação de: "White_lynx"
Citação de: "Camuflage"
Encomendar um estudo rigoroso e começar a vender património, fusão/extinção de forças (caso se aplique), apostar no desenvolvimento/exportação de tecnologias e «know-how», entre outras possíveis sugestões que o estudo possa recomendar.

concordo completamente. Se o exercito nao recebe receitas suficientes do estado tem de ele proprio investir. temos mentes brilhantes e com muito potencial em portugal que precisam de trabalho que podiam revolucionar nao so  o exercito mas também portugal com o desenvolvimento de armamento e outras tecnologias :evil: ). Sem Leozinhos e M**** afins.
3º - Exterminar a BrigInt e alguns dos seus Regimentos, como a conhecemos.
4º - Incrementar a importância da BrigRR como a Grande Unidade Ligeira com características expedicionárias. Exterminar os helis no Exército e criar uma capacidade conjunta (inter-ramos) orientada exclusivamente para o apoio aeroterrestre. Incentivar ao nível politico o oferecimento de forças de operações especiais em TO's como o do Afeganistão.
4º - Criar uma Brigada Logística e acabar com umas xafaricas do Comando da Logística que fazem parte da componente operacional do exército.
5º - Implementar a capacidade ISTAR do exército.
6º - Reconhecer que os Comandos são a melhor de combate das forças Armadas da NATO (esta é a brincar) e que o SLB é o melhor clube do mundo (esta é a sério).
7º - Que a LPM seja cumprida  :twisted:
Realmente há pessoal que não tem a noção do país onde vive!!!

Portugal não tem nem nunca terá potencial estratégico para produzir equipamento militar capaz de estar ao nivel dos melhores.

Olhem para a vizinha espanha!!! Compra as patentes e depois fabrica !!!! Isso sim !!!

E desenganem-se, nos próximos 10 anps não vai haver nada de novo
 

*

White_lynx

  • Membro
  • *
  • 122
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #11 em: Maio 09, 2010, 05:58:45 pm »
Citação de: "voador"
Citação de: "White_lynx"
Citação de: "Camuflage"
Encomendar um estudo rigoroso e começar a vender património, fusão/extinção de forças (caso se aplique), apostar no desenvolvimento/exportação de tecnologias e «know-how», entre outras possíveis sugestões que o estudo possa recomendar.

concordo completamente. Se o exercito nao recebe receitas suficientes do estado tem de ele proprio investir. temos mentes brilhantes e com muito potencial em portugal que precisam de trabalho que podiam revolucionar nao so  o exercito mas também portugal com o desenvolvimento de armamento e outras tecnologias :evil: ). Sem Leozinhos e M**** afins.
3º - Exterminar a BrigInt e alguns dos seus Regimentos, como a conhecemos.
4º - Incrementar a importância da BrigRR como a Grande Unidade Ligeira com características expedicionárias. Exterminar os helis no Exército e criar uma capacidade conjunta (inter-ramos) orientada exclusivamente para o apoio aeroterrestre. Incentivar ao nível politico o oferecimento de forças de operações especiais em TO's como o do Afeganistão.
4º - Criar uma Brigada Logística e acabar com umas xafaricas do Comando da Logística que fazem parte da componente operacional do exército.
5º - Implementar a capacidade ISTAR do exército.
6º - Reconhecer que os Comandos são a melhor de combate das forças Armadas da NATO (esta é a brincar) e que o SLB é o melhor clube do mundo (esta é a sério).
7º - Que a LPM seja cumprida  :twisted:
Realmente há pessoal que não tem a noção do país onde vive!!!

Portugal não tem nem nunca terá potencial estratégico para produzir equipamento militar capaz de estar ao nivel dos melhores.

Olhem para a vizinha espanha!!! Compra as patentes e depois fabrica !!!! Isso sim !!!

E desenganem-se, nos próximos 10 anps não vai haver nada de novo

Mas o que acha, que nao temos cabeças tao boas como as dos outros paises para fazer tanto ou melhor como eles?
 

*

voador

  • 218
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #12 em: Maio 09, 2010, 08:06:58 pm »
Citação de: "White_lynx"
Citação de: "voador"
Citação de: "White_lynx"
Citação de: "Camuflage"
Encomendar um estudo rigoroso e começar a vender património, fusão/extinção de forças (caso se aplique), apostar no desenvolvimento/exportação de tecnologias e «know-how», entre outras possíveis sugestões que o estudo possa recomendar.

concordo completamente. Se o exercito nao recebe receitas suficientes do estado tem de ele proprio investir. temos mentes brilhantes e com muito potencial em portugal que precisam de trabalho que podiam revolucionar nao so  o exercito mas também portugal com o desenvolvimento de armamento e outras tecnologias :evil: ). Sem Leozinhos e M**** afins.
3º - Exterminar a BrigInt e alguns dos seus Regimentos, como a conhecemos.
4º - Incrementar a importância da BrigRR como a Grande Unidade Ligeira com características expedicionárias. Exterminar os helis no Exército e criar uma capacidade conjunta (inter-ramos) orientada exclusivamente para o apoio aeroterrestre. Incentivar ao nível politico o oferecimento de forças de operações especiais em TO's como o do Afeganistão.
4º - Criar uma Brigada Logística e acabar com umas xafaricas do Comando da Logística que fazem parte da componente operacional do exército.
5º - Implementar a capacidade ISTAR do exército.
6º - Reconhecer que os Comandos são a melhor de combate das forças Armadas da NATO (esta é a brincar) e que o SLB é o melhor clube do mundo (esta é a sério).
7º - Que a LPM seja cumprida  :twisted:
Realmente há pessoal que não tem a noção do país onde vive!!!

Portugal não tem nem nunca terá potencial estratégico para produzir equipamento militar capaz de estar ao nivel dos melhores.

Olhem para a vizinha espanha!!! Compra as patentes e depois fabrica !!!! Isso sim !!!

E desenganem-se, nos próximos 10 anps não vai haver nada de novo

Mas o que acha, que nao temos cabeças tao boas como as dos outros paises para fazer tanto ou melhor como eles?


Claro que temos cabeças !

Não é isso que está em causa  !!!

Está em causa a rentabilização do investimento !

Mesmo que produzissemos um qualquer sistema de topo, a quantidade necessaria para as Forças Armadas Portuguesas é irrisória, para o rentablizar e os outros principais países quanfo produzem, além de terem mercado interno muito maior, pensam sempre em exportar a seguir, o que torna o preço muito mais baixo.
Ou seja o custo de um investimento desta natureza não justifica face à dimensão das nossas necessidades.
Justifica sim fazer concursos honestos e sem corrupção à mistura, de forma a produzir cá, sob patente. Alías foi a isso que se deveu o sucesso da G3 no nosso país.

Além disso, qualquer investimento nessa area feito por nós, vai ser sempre desvirtuado pelas quintas, pelos interesses e pela corrupção. É bom não esquecer que estamos em Portugal  :mrgreen: e é só ver os jornais para se perceber que qualquer concurso publico é tudo menos sério.

Eu dei o exemplo do E/R 525, no qual já se investiu mais de 36 milhões de euros e que além da tecnologia ser alemã, não existem acessórios para o dito cujo (as antenas partem-se em operações, como é natural !!! mas sobressalentes nuinguém pensou !!! não foi pensado globalmente para todas as forças mas sim apenas para operções classicas, não tem capacidade TACSAT e nem sequer foi homolgado pela NATO, nem nunca o será !!!) ou seja já está ultrapassado e ainda nem sequer o ditribuiram a totalidade das forças armadas !!!
Outro exemplo mais, o fardamento !!! As fardas são de fraca qualidade, e imitam as dos outros exercitos, mas encolhem, não mantém a cor e não existe controlo de qualidade nos tamanhos, a mochila m/98 é uma copia contrafeita da bergaus vulcan cyclops II, feita pela monte campo e não tem nem metade da resistencia da original, os kit bags que se distiubuem para as FND, rasgam-se pelas alças e partem os fechos, etc, etc

Se for preciso mais exemplos eu dou

E não esquecer o motivo pelo qual a UMM foi à falencia !!!
 

*

corapa

  • 261
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #13 em: Maio 09, 2010, 09:46:49 pm »
Em relação ao 525, lembro-me de ver o protótipo do rádio numa bancada de trabalho na EPT em desenvolvimento, em 1995 e só o vi entrar ao serviço, mas ainda em testes em 2005 - 10 anos para desenvolver um rádio é capaz de ser um bocado.
Quanto á fardas nem vale a pena falar, quando na decada de 80 tivemos tecidos de qualidade e agora temos algo que eu nem consigo qualificar.
Como disse o voador e bem os espanhois compram as patentes e depois produzem eles - criam postos de trabalho e desenvolvem a economia.
Os próprios australianos que não são propriamente pobrezinhos fazem o mesmo - basta ver o exmplo da Steyer.

A prioridade do exército deveria ser restruturar a sua organização territorial e operacional de modo a rentabilizar meios humanos e materiais - o que nunca será feito de acordo com os interesses futuros, mas apenas a curto e médio prazo.

Cumps
 

*

White_lynx

  • Membro
  • *
  • 122
  • Enviou: 1 vez(es)
  • +0/-0
Re: Qual deveria ser a prioridade para o Exército até 2015-2020?
« Responder #14 em: Maio 09, 2010, 10:26:46 pm »
eu percebo que realmente nao haja dinheiro para a produçao para a exportaçao de nova tecnologia, mas pode se criar e vender a patente, sem ter de fabricar e vender em massa.  é claro que mesmo para isto e preciso re estruturar o exercito e cortar um bocadinho em ordenados exagerados e brutas reformas de alguns de oficiais.....
 

 

Unidades do Exército a "criar"

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 0
Visualizações: 2520
Última mensagem Junho 16, 2006, 01:28:18 pm
por PereiraMarques
Exército Português volta a querer adquirir o EC 635T1

Iniciado por coleccionador

Respostas: 8
Visualizações: 5602
Última mensagem Setembro 20, 2004, 07:11:29 pm
por Ricardo Nunes
Relação Unidades do Exército face à ultima reestruturação

Iniciado por PereiraMarques

Respostas: 62
Visualizações: 17153
Última mensagem Março 02, 2007, 09:56:51 pm
por Artic Fusion
Exército cria Museu Militar da Guarnição do Porto

Iniciado por Marauder

Respostas: 0
Visualizações: 1277
Última mensagem Junho 29, 2006, 09:58:32 am
por Marauder
Exército abre «loja do cidadão militar» na Guarda

Iniciado por Cabeça de Martelo

Respostas: 0
Visualizações: 2438
Última mensagem Janeiro 11, 2007, 04:36:15 pm
por Cabeça de Martelo