Notícias (Forças de Segurança)

  • 450 Respostas
  • 63463 Visualizações
*

Elgeninho

  • 35
  • +0/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #60 em: Fevereiro 25, 2010, 03:44:06 pm »
Citação de: "Açoriano"
Citação de: "pxcastro"
Os civis, não têm direito de se informarem dos concursos e das respectivas forças a que vão concorrerem? Se calhar é bom, para não fazer fracas figuras na entrevista!
Agora não pense só nos elementos das forças de segurança, pois no fórum também existem militares, ex-militares, vigilantes das empresas de segurança e muitos outros que podem não ser nada, mas gostavam de ser e que provavelmente sabem mais que muitos tachistas dessas instituições.
:wink:
A resposta é para o Elgeninho mas cito essa frase do pxcastro porque foi uma conversa acertada, discreta.
Se a pergunta era para mim, muitos que por aqui passam sabem que sou candidato e não me estou a fazer passar por elemento das FS e o que cá digo é fruto do que procuro saber, pergunto, vejo, leio e ouço.
Ao menos vou sabendo como está para onde vou tentar ir.

Açoriano e desde já, espero sinceramente que consigas atingir o teu objectivo, e vais conseguir, com força, determinação e coragem.

Para o outro user,, vou-te responder com um caso prático e real.

Uma vez em trabalho tive o prazer de estar com um elemento da segurança privada e em conversa, ele diz me assim: meu sonho era ir para a polícia, mas já não tenho idade e eu pergunto-lhe, porque não o foste no passado concorrer...e ele: só tirei até ao 9º ano, não gostava da escola, não apetecia estudar, só gostava da boa vida, e eu: pois, depois arrependemos.

E agora respondendo, a vida é feita de prioridades, e talvez para muitos foram estudar, passar horas a ler livros para um dia conseguirem atingir os seus objectivos, outros foi a boa vida e agora arrependam-se.
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7811
  • Recebeu: 240 vez(es)
  • Enviou: 171 vez(es)
  • +12/-3
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #61 em: Março 02, 2010, 01:46:37 am »
Governo quer acelerar a modernização tecnológica dos postos da GNR


O novo coordenador da Unidade de Tecnologias de Informação de Segurança quer garantir ainda este ano o acesso de mais postos da GNR à rede electrónica do Ministério da Administração Interna e está apostado em combater o desperdício.

Convicto que é possível aumentar a qualidade do serviço e racionalizar meios, o novo coordenador da Unidade de Tecnologias de Informação de Segurança (UTIS), que assumiu funções esta segunda-feira, espera garantir ainda este ano o acesso de mais postos da GNR à rede electrónica do Ministério da Administração Interna.

«Um ganho importante será ter, até ao final deste ano, mais de metade das unidades que estão sem rede dentro da rede», ou seja, cerca de cem, disse Carlos Gonçalves.

O coordenador da UTIS espera agora eliminar desperdícios, ou seja, acabar com o facto «ter um circuito autónomo para uma força quando esse circuito vai em paralelo com um outro que poderá ser partilhado por todos».

Carlos Gonçalves espera que o acesso à informação, interna e externa, se torne mais rápido nas diferentes unidades do Ministério da Administração Interna.

O novo coordenador da UTIS esclarece que o sistema está protegido contra falhas e espera ajudar a criar a maior fiabilidade nas comunicações entre agentes de segurança interna.

O Director-Geral Adjunto do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras espera levar o conhecimento adquirido nas plataformas tecnológicas de identificação para todas as unidades de segurança da dependência do Ministério da Administração Interna.

TSF
 

*

acpool

  • Membro
  • *
  • 93
  • +0/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #62 em: Março 03, 2010, 10:15:15 pm »
Citar
21 Fevereiro 2010 - 00h30

PSP da Amadora
Carrinha anda com os pneus nos arames
A 21 de Dezembro de 2009, o CM deu a conhecer a história de duas carrinhas do piquete da PSP da Amadora que, durante semanas a fio, andaram a circular com os vidros remendados por plásticos e um escudo de protecção. A Polícia resolveu essa situação, mas, agora, a carrinha que veio substituir as anteriores "já anda com os pneus quase nos arames".


A denúncia foi feita ao CM por José Mendes, da ASPP-Lisboa. "Foram retiradas as duas anteriores carrinhas e substituídas por outras tantas. Uma avariou-se e, desde há uma semana, a que ficou [de marca Iveco] anda com os pneus quase todos gastos, nos arames", referiu o dirigente sindical. A agravar a situação, a carrinha Iveco serve para seis secções do piquete da Amadora. "Há turnos em que três equipas têm de a usar", concluiu José Mendes. A PSP não quis comentar o caso.



 

*

sergio21699

  • Especialista
  • ****
  • 933
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: Carreira de Polícia Municipal
« Responder #63 em: Março 17, 2010, 08:36:36 pm »
Citar
Lisboa e Porto unem-se por alterações na regulação do trânsitoAutarcas querem que polícia municipal seja responsável pelo tráfego nas duas cidades

Os autarcas de Lisboa e do Porto vão reivindicar junto do ministro da Administração Interna, Rui Pereira, a transferência das competências de regulação do trânsito para as polícias municipais.

«Vamos pedir para falar com o senhor ministro e expor-lhe novamente esta questão», afirmou António Costa (PS) aos jornalistas, após um almoço com o presidente da Câmara do Porto, Rui Rio (PSD).

Esta transferência tem vindo a ser reivindicada pelo presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, desde o último mandato autárquico, no cumprimento de uma resolução de conselho de ministros decidida quando era o actual autarca da capital era ministro da Administração Interna.

«É altura de mudar. É muito difícil que quem é responsável pelo tráfego da cidade não tenha competência para policiar o trânsito na cidade. Essa coincidência é essencial, já o pensava na altura [em que tutelava a Administração Interna], continuo a pensar», argumentou António Costa.

Além da coincidência acerca da necessidade de transferir para as polícias municipais as competências de regulação de trânsito, os autarcas convergem também na necessidade de alterar a lei eleitoral autárquica.

Além da Red Bull Air Race, os presidentes de Câmara de Lisboa e do Porto estabeleceram um entendimento para a realização de intercâmbios de estudantes das duas cidades e a utilização de espaços comerciais para promoção de Lisboa no Porto e do Porto em Lisboa.

http://www.tvi24.iol.pt/politica/tvi24-policia-municipal-rio-rui-alberto-costa/1148121-4072.html
-Meu General, estamos cercados...
-Óptimo! Isso quer dizer que podemos atacar em qualquer direcção!
 

*

sergio21699

  • Especialista
  • ****
  • 933
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #64 em: Março 18, 2010, 02:13:55 pm »
Citar
Unidade Nacional de Combate à Corrupção
PJ faz buscas nas suas próprias instalações


 Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), um organismo da Polícia Judiciária, foi, segundo a Sábado, alvo de buscas pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), que também é tutelado pela PJ (actualizada)

Um documento com o timbre da Polícia Judiciária apreendido durante buscas do processo Face Oculta desencadeou uma investigação à Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC), disse à Lusa fonte ligada ao processo.

A notícia de buscas na UNCC, a pedido do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP), foi hoje avançada pela revista Sábado.

A mesma fonte indicou que o documento com o timbre da PJ, apreendido durante a investigação do Face Oculta, «não tem a ver com o processo investigado em Aveiro», relacionado com crimes de corrupção, fraude fiscal entre outros ligadas a empresas privadas e do sector empresarial do Estado.

O documento estava relacionado com um processo em investigação na UNCC, pelo que foram determinadas buscas, realizadas pela própria PJ, a essa unidade da Judiciária.

A mesma fonte explicou à Lusa que a existência desse documento fora da UNCC «pode configurar um crime de violação de segredo de justiça ou segredo profissional».

A Lusa contactou a direcção Nacional da Polícia Judiciária que recusou «comentar investigações em curso».

No entanto, adiantou o director nacional adjunto da PJ, Pedro do Carmo, «no exercício das suas competências, a PJ efectua todas as diligências necessárias para o apuramento da verdade dos fatos qualquer que ela seja».

Segundo a edição electrónica da revista Sábado, os investigadores procuravam a proveniência da fuga de informação que fez com que documentos relativos ao processo Banif/Angola, em segredo de justiça, chegassem às mãos de Armando Vara.

Carlos Alexandre, juiz do Tribunal Central de Investigação Criminal, e José Bráz, director da PJ em Lisboa, terão coordenado as operações, que decorreram na semana passa, nas instalações localizadas na Rua Alexandre Herculano, no centro da capital.

SOL

http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Socied ... _id=166256
-Meu General, estamos cercados...
-Óptimo! Isso quer dizer que podemos atacar em qualquer direcção!
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7811
  • Recebeu: 240 vez(es)
  • Enviou: 171 vez(es)
  • +12/-3
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #65 em: Março 28, 2010, 10:40:54 pm »
Novos elementos da PSP e GNR só estarão na rua em 2011


O ministro da Administração Interna afirmou hoje que os dois mil novos elementos da PSP e GNR que as forças de segurança vão poder admitir, na sequência de um despacho ministerial, só estarão na rua em 2011.

Em declarações aos jornalistas, à margem do IX Congresso Nacional dos Bombeiros Portugueses, em Setúbal, Rui Pereira disse que, «antes de saírem para a rua, os novos elementos têm que ser recrutados e têm que ter formação», confirmando que estes novos 2 mil efetivos não estarão nas ruas em 2010.

Recorde-se que a GNR e a PSP vão poder desencadear procedimentos concursais para admitir, no total, 2 mil novos efetivos, na sequência da assinatura, a 24 de março, de um despacho conjunto por Rui Pereira e pelo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos.

O CDS criticou hoje o Governo por haver aumento "zero" de agentes de forças de segurança em 2010.

"O Governo disse que iriam entrar imediatamente mais dois mil novos elementos para as forças de segurança, mas isso não é verdade", disse o deputado Nuno Magalhães em conferência de Imprensa.

Segundo este dirigente democrata cristão, um concurso para a GNR ou para a PSP, demora em média sete meses em procedimentos administrativos e, depois de aberto o curso, um polícia tem de ter nove meses de instrução.

Lusa
 

*

RicP

  • 357
  • +0/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #66 em: Abril 10, 2010, 07:39:46 pm »
Assassino de polícias pode sair da prisão já em 2011

http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1539450
 


*

RicP

  • 357
  • +0/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #68 em: Abril 11, 2010, 07:03:40 pm »
"Portugal está a tornar-se num paraíso para os criminosos"


http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1540840
 

*

Açoriano

  • 720
  • +0/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #69 em: Maio 01, 2010, 11:13:55 pm »
GNR detido por tráfico de droga

Um primeiro-sargento da GNR de Loulé foi detido por suspeitas de tráfico de cocaína. A Polícia Judiciária encontrou o agente na posse de quase três mil doses de droga.
O militar já foi agente da PSP esteve na extinta Guarda Fiscal. Na sexta-feira foi vigiado e seguido. Por haver suspeitas de ter droga no carro, foi mandado parar na estrada Nacional 125.

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/gnr-m ... -4071.html
 

*

Açoriano

  • 720
  • +0/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #70 em: Maio 07, 2010, 02:44:37 pm »
Agente da PSP reformado morre em troca de tiros com patrulha da polícia

Um agente da PSP reformado foi hoje mortalmente baleado na sequência de uma troca de tiros com uma patrulha da PSP do Laranjeiro, em Almada, disse fonte policial.
Segundo a mesma fonte, um dos agentes terá sofrido ferimentos ligeiros e recebeu tratamento hospitalar, mas entretanto já terá tido alta.

http://noticias.pt.msn.com/Sociedade/ar ... =153305876
 

*

Cabecinhas

  • Investigador
  • *****
  • 1518
  • Recebeu: 5 vez(es)
  • Enviou: 11 vez(es)
  • +2/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #71 em: Maio 18, 2010, 02:45:38 pm »
Citar
Granadas na panela da sopa
Duas granadas foram descobertas dentro da esquadra da PSP de Odivelas na manhã do passado dia 7 deste mês. As granadas foram encontradas sobre a panela da sopa, junto ao refeitório da instituição, numa área de serviço de apoio à cozinha.
Este local não está isolado dos restantes espaços daquelas instalações, tão-só porque a porta exterior que separa estas áreas tinha (e tem (?)) o fecho avariado. Mais inacreditável é o facto da proximidade com o bar e as salas utilizadas pelos agentes da investigação criminal.
De qualquer forma, a ocorrência poderá ter sucedido fora de horas. Mas essa determinação deverá ler-se dentro de dias, no relatório que eventualmente será produzido pela Policia Judiciária militar que esteve no local, segundo noticiou a RTP 1.
No entanto, os engenhos encontrados não fazem parte do equipamento utilizado pelos profissionais da Polícia de Segurança Pública.
Também não menos estranho é o facto de dois automóveis da PSP, devidamente caracterizados, terem aparecido com vestígios de vandalismo. Neste caso não foram revelados detalhes sobre onde e quando foram cometidos tais actos.
De qualquer forma poderemos estar perante uma espécie de noite das bruxas, onde houve tempo para tudo – para alguém, de fora ou de dentro, se ver livre das granadas e dar largas à imaginação deixando umas marcas nos automóveis da corporação.
José Maria Pignatelli
http://umrumo.blogspot.com/2010/05/granadas-na-panela-da-sopa.html
Um galego é um português que se rendeu ou será que um português é um galego que não se rendeu?
---
 

*

Lusitano89

  • Investigador
  • *****
  • 7811
  • Recebeu: 240 vez(es)
  • Enviou: 171 vez(es)
  • +12/-3
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #72 em: Junho 06, 2010, 06:00:29 pm »
Plano antiterrorista impedido pela indefinição das polícias


A indefinição do papel das polícias portuguesas no combate ao terrorismo, a sua falta de articulação e de complementaridade são os grandes obstáculos à criação de um plano antiterrorista, recomendado pelo Conselho da Europa há mais de cinco anos.

A explicação é de José Manuel Anes, presidente do Observatório de Segurança, criminalidade Organizada e Terrorismo (OSCOT), que defende que, apesar da falta de estratégia, Portugal tem os meios para actuar.

Portugal é o único país da União Europeia que ainda não tem uma estratégia antiterrorista, mesmo com a ETA a actuar em território nacional e tendo o Conselho da Europa definido já há mais de cinco anos as directrizes de combate ao terrorismo a serem seguidas pelos países europeus, revela a edição deste domingo do Diário de Notícias. Embora esteja contemplado na lei que a unidade contra o terrorismo da Polícia Judiciária (PJ) é a única que faz investigação antiterrorismo, a verdade é que as outras forças policiais e de segurança têm uma participação na luta contra este fenómeno, mas sem papel definido, explicou José Manuel Anes.

«Isso ainda não está completamente bem definido, aí é que é a questão. Há toda uma cultura, já com alguma história, por parte de algumas forças policiais, o caso da PJ, e naturalmente é difícil mudar isso. Não sei se será necessário mudar, mas é necessário complementar, porque há outras forças policiais que têm um papel no combate ao terrorismo, e tem de ficar muito bem definida a articulação dessas diversas contribuições. Isso tem sido um obstáculo», afirmou José Manuel Anes. Segundo o responsável, além da PJ, estão «empenhadas nesse combate» os serviços de informação (SIS) e as unidades adequadas ao estudo e prevenção na Polícia de Segurança Pública (PSP), na Guarda Nacional Republicana (GNR) e no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

«Ainda há muitos passos para dar, alguns já foram dados, mas o mais importante é aumentar a coordenação entre polícias, nomeadamente no que diz respeito à partilha de informações», disse, acrescentando que a criação de uma base de dados comum «é um dos objectivos que deve ser implementado o mais depressa possível».

Para José Manuel Anes, também falta ainda fazer algum trabalho no sentido de uma cooperação transeuropeia. O presidente do OSCOT considera que a cooperação com Espanha está a funcionar bem e deu bons resultados, mas que ainda falta para se poder ter uma grande estratégia europeia de coordenação e de partilha de informações das diversas forças policiais.

Contudo, sublinha: «O Conselho da Europa definiu como prioridades impedir o planeamento, as deslocações, as comunicações, e desmantelar as redes de apoio. Foram feitas imensas prisões nos últimos anos que impediram atentados terroristas na Europa, sem que as pessoas tenham consciência».

Lusa
 

*

Marco Barros

  • 16
  • +0/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #73 em: Junho 07, 2010, 10:56:47 pm »
Citação de: "Açoriano"
GNR detido por tráfico de droga

Um primeiro-sargento da GNR de Loulé foi detido por suspeitas de tráfico de cocaína. A Polícia Judiciária encontrou o agente na posse de quase três mil doses de droga.
O militar já foi agente da PSP esteve na extinta Guarda Fiscal. Na sexta-feira foi vigiado e seguido. Por haver suspeitas de ter droga no carro, foi mandado parar na estrada Nacional 125.

http://www.tvi24.iol.pt/sociedade/gnr-m ... -4071.html


Isto são julgamentos antecipados, tao coitado do militar tinha acabado de fazer uma apreensão e ia entregar tudo á esquadra!
"A melhor defesa contra os traidores é a traição"
 

*

sergio21699

  • Especialista
  • ****
  • 933
  • Recebeu: 1 vez(es)
  • +1/-0
Re: Notícias (Forças de Segurança)
« Responder #74 em: Junho 17, 2010, 12:09:39 pm »
Polícias protestam em Lisboa, Porto, Guarda e Faro
Económico com Lusa  
17/06/10 10:58

   
--------------------------------------------------------------------------------
.Sete sindicatos da PSP organizam hoje vigílias de protesto em simultâneo nas cidades de Lisboa, Porto, Guarda e Faro para demonstrar o "descontentamento" com as actuais políticas do Governo.

Segundo os sindicatos, as vigílias de protesto têm por objectivo demonstrar a "desmotivação" que os polícias sentem com as políticas do Governo, não só ao nível da segurança, como também no plano sócio profissional, como o estatuto profissional da PSP, que entrou em vigor no passado dia 1 de Janeiro.

"Vamos deixar bem claro que estamos em desacordo» com os regimes de aposentações e de saúde, que «penalizam todos os polícias e familiares", com os "atrasos nas promoções e a ausência do subsídio de fardamento, que deveria estar actualizado desde Janeiro", refere o Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP).

A "não alteração" do regulamento disciplinar, que "remonta a 1990", a "retirada de direitos adquiridos" e a "falta de meios materiais e humanos" são outros motivos de "descontentamento" dos polícias apontado pelos sindicatos.

As vigílias de protesto realizam-se, entre as 20h e as 22h, junto aos Governos Civis do Porto, Guarda e Faro e junto à residência do primeiro-ministro, em Lisboa, sendo ainda entregues «manifestos de descontentamento».

As quatro vigílias contam com a presença do SPP, Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP), Sindicato Unificado de Polícia (SUP), Sindicato Nacional de Polícia (SINAPOL), Associação Sindical dos Oficiais de Polícia (ASOP), Sindicato Nacional da Carreira de Chefes (SNCC) e Sindicato Independente da Carreira de Chefes de Polícia (SICCP).

Esta é a segunda vez que os sindicatos da Polícia de Segurança Pública (PSP) se juntam para protestar contra as políticas do Governo. No ano passado, os sindicatos realizaram uma manifestação contra o estatuto profissional, que reuniu cerca de oito mil agentes.

http://economico.sapo.pt/noticias/policias-protestam-em-lisboa-porto-guarda-e-faro_92286.html
-Meu General, estamos cercados...
-Óptimo! Isso quer dizer que podemos atacar em qualquer direcção!
 

 

Johnson&Johnson: Notícias

Iniciado por MarauderQuadro Mundo

Respostas: 0
Visualizações: 1083
Última mensagem Junho 26, 2006, 06:36:44 pm
por Marauder
Coreia do Norte vs Coreia do Sul - Forças Aéreas

Iniciado por BC304Quadro Forças Aéreas/Sistemas de Armas

Respostas: 26
Visualizações: 7828
Última mensagem Abril 09, 2015, 03:44:33 pm
por olisipo
"Crise já atinge Forças Armadas"

Iniciado por LanceroQuadro Portugal

Respostas: 8
Visualizações: 2836
Última mensagem Junho 04, 2008, 06:13:35 pm
por Gina
"Forças Armadas - Uma Visão para Portugal"

Iniciado por LanceroQuadro Livros-Revistas-Filmes-Documentários

Respostas: 0
Visualizações: 1470
Última mensagem Março 03, 2009, 04:06:00 pm
por Lancero
Forças de elite dos "Mossos d´Esquadra" (Catalunha)

Iniciado por urso bêbadoQuadro Forças Policiais de Elite

Respostas: 1
Visualizações: 1898
Última mensagem Maio 08, 2012, 09:43:52 pm
por Lightning